Posts Populares

The Voice AU – S08E06 – The Blinds, Part 6

Cadê os all stars minha gente?

Olá pessoal, mais uma review de TVAU no ar, e depois do fiasco que foi a participação de um all star que em sua temporada conseguiu chegar na final, e agora nessa temporada não virou nenhuma cadeira, o episódio decidiu nos poupar de ver algo semelhante ocorrendo novamente e com isso não tivemos nenhum AS nesse sexto ep. O que estou achando disso? Bem, acho interessante, mas seria melhor uma temporada toda com all stars, e não eles concorrendo em temporada comum com candidatos que estão tentando pela primeira vez… Soa um pouco injusto. 

Já adianto também que achei o episódio bem ruim, com combos, vários eliminados, e dos quarto que viraram cadeira, somente uma é maravilhosa. Enfim, para os comentários de hoje, contarei com a ajuda do meu migo paneleiro Lindomar e com o comentarista convidado Lucas. Vamos lá! 😀 

[#TeamGeorge] Siena Fodera – “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman” by Aretha Franklin

Avalie a performance:

 

Rick: Básico do básico. Siena fez uma audition bem morna com um dos maiores hinos que temos na música. Não entendi todo o alvoroço que os coachs fizeram, mas para mim, durante a música inteira ficou uma sensação de que ficou faltando algo. Siena não é ruim, talvez a escolha da música que foi errada, já que foi maior do que ela. Também não senti muita coisa ao ouvi-la cantando, foi bem karaokê para mim. 

Lindo: Uma música gigante, poderosa e com muito espaço para deslizar e de forma geral Siena conduziu a performance de forma sólida, mostrou um timbre bem interessante e surpreendeu, principalmente por ter apenas 13 anos. Eu senti que faltou uma conexão dela com a música, em relação aos vocais trabalhar mais o controle e tal, mas não a vejo indo muito longe na competição, especialmente indo com George que costuma ser bem traçoeiro em seus times, será que alguém com 13 anos aguenta uma bronca de George? Let’s see.

Lucas: Que legal ver uma jovem com uma interpretação tão introspectiva desse clássico! A versão ficou leve, muito gostosinha de ouvir…Siena tem um belo timbre grave, afinado e com uma boa extensão. Com músicas corretas ela tem potencial para crescer e aparecer na competição! #BomTrabalhoGarota.

[#TeamDelta] Molly Waters – “Don’t Rain On My Parade” by Funny GIrl

Avalie a performance:

 

Rick: Como fã de Funny Girl, da digníssima Barbra Streisand, e claro do mais importante, fã de Glee (hahahaha) eu tenho muuuita propriedade sim para falar dessa música e julgar todo mundo que canta ela. Primeiro que eu odeio quem acelera a música em um ponto que quase sai fora do ritmo. Tudo bem que parte disso é por conta de ser uma audition e o tempo é curto, mas em certas frases da música ela quase perdia o ritmo de tão acelerada que estava. Segundo que nenhuma das grandes notas da song teve o impacto necessário… Faltava emoção e um pouquinho mais de sustentação, já que 1 segundo e meio de nota para essa música não é nada. Por fim, teve umas notas que foram estridentes demais, pareceu um pouco desafinado para mim. Ela até tinha uma atitude e uma aura bem Broadway, mas só isso não bastou para fazer jus a esse hino de música. 

Lindo: Exagerada, sem controle vocal, sem emoção e bem qualquer coisa, a única coisa que salvou isso aqui foi o carão, a pose, a presença de palco e a energia que Molly colocou em sua performance e acredito que isso acabou sendo o diferencial para Deltinha virar para ela, mas não a vejo indo longe não.

Lucas: Musicais, temos! Admiro a ousadia da Molly que venho toda trabalhada na interpretação cênica, dicção perfeita, afinadissima e com uma voz forte! Apostar nos musicais com estilos do jazz e blues é pra quem se reconhece como artista e sabe aonde quer chegar… Cantou e Encantou!

[ELIMINADO] Charlie Fittler – “Shotgun” by George Ezra

Avalie a performance:

 

Rick: A carinha do nenê quando ele não conseguiu virar nenhuma cadeira AAAA que peninha minha genteee. Charlie tem um estilo interessante, mas ao mesmo tempo me irrita, pois as vezes me remetia esses countrys chatos que temos no TVUS sabem? Acho que ele é material para o programa, mas não deu sorte de ter virado pelo menos uma cadeira.

Lindo: Meu Deus eu não ia prestar para ser coach, olha a carinha da criança quando ninguém virou? Ele se empolgou pela batida e energia da música ms o nervossimo o impediu de ir melhor, crescer e conseguir mandar bem. Concordo com George sobre ele se prender a seu estilo natural ( country music, urghh) pois faria bem a ele e traria conexão com a música. 

Lucas: O que foi isso aqui em? Socorro… kkkkkkkkkk Não amigo, apenas Não! Como o senhorito é jovem e tem potencial, escolha uma outra canção, treine bastante para nos entregar um performance digna e volte para o programa!

[#TeamGuy] Jessie Eilers – “Angel” by Sarah McLachlan

Avalie a performance:

 

Rick: Eu fiquei um pouco dividido com Jessie, porque achei sua performance mediana, teve um tanto de emoção, e os melismas dela eram lindos, mas em mais de um momento eu tive a impressão que Jessie passou perto de derrapar na voz e desafinar, e isso me incomoda muito. Parecia que a qualquer momento ela não iria conseguir mais sustentar a voz e desafinar ali, mas felizmente isso não aconteceu. Eu acho que ela conseguiu se sair bem com a música, mas eu achei a audition mediana por essa impressão que ficou martelando em meu ouvido. Enfim, de toda forma achei merecido ter virado as cadeiras. 

Lindo: Eu já fiquei chorando desde a historinha que eles contam antes da audição e quando começou apenas compreendi toda a dor que ela carrega. Perder uma mãe e com apenas 15 anos e cantar em homenagem a ela não é um dos desafios mais fáceis. Eu fiquei tocado pela forma como ela se entregou, se mostrou vulnerável e conseguiu conduzir com firmeza até o final. Eu não costumo ser um apreciador de vocais competentes, perfeitos e sem erros, eu gosto mesmo é de emoção, entrega. 

Lucas: Angel? Já merece minha cadeira virada só pelo bom gosto musical…mas aí ela vem e me mostra que sabe emocionar! Cantores, cantam…Artistas, emocionam! Apresentação lindíssima e emotiva! Jessie se seguir nessa linha artística, vai longe… Ótima audição!

[ELIMINADO] Keenan Te – “Say My Name” by Destiny’s Child

Avalie a performance:

 

Rick: Tentou fazer um agrado para a Kelly, mas o pobi não conseguiu virar a cadeira dela, que pena. A real é que achei bem ruim mesmo, sempre acho interessante quando algum boy canta essa música, mas a versão dele ficou meio perdida em meio a outras versões desse estilo. Bem esquecível.

Lindo: Faltou sal, faltou personalidade e faltou vocal! Keenan veio com vontade e tentou fazer sua própria versão vingar mas não rolou. Eu senti os vocais dele bem frágeis, fracos de certa maneira e ele acabou focando muito na energia com a platéia, olhando para os lados meio nervoso e isso deixou tudo ainda mais bagunçado. Enfim, ao menos para ele valeu a experiência de cantar com Kelly e Guy! 

Lucas: O Pop clássico da década de 90′ muito bem executado, sim! Keenan fez uma apresentação super legal dessa música empoderada, afinado, voz legal, tudo certinho, uma pena ninguém ter virado! Parabéns Garoto!

[#TeamGeorge] Vendulka Wichta – “Karma Chameleon” by Culture Club

Avalie a performance:

 

Rick: Ai que maravilhosaaaaaaaa!!! Eu amo quando aparece esses acts bem únicos e que ainda cantam músicas dos coaches e simplesmente arrasam. Vendulka fez uma versão acústica bem folk do clássico do Boy George, e a voz dessa moça é lindíssima, com muitas nuances seja pro grave ou pro agudo. Já vejo ela realizando os meus sonhos de act indie/folk, cantando versões lindíssimas de músicas diferentonas. Finalmente uma candidata para salvar esse episódio que estava indo para o buraco. Só espero que esse anjo não caia logo na próxima fase, mas só por ter cantado uma música do Boy e ter ido para o time dele, eu acredito que ela conseguirá chegar longe e eles farão um bom trabalho. <3 

Lindo: Eu to no chãooo! Que audição mais FODAAAAA, que coisa mais original, corajosa, pretensiosa e poderosa! Vendulka tem uma vibe meio folk, meio indie e transformou a song do Boy George em algo totalmente único, irreconhecível e principalmente MARAVILHOSO. Eu já a tenho como a minha favorita na temporada, Boy George não se atreva a fazer besterias sua POC! 

Lucas: Você quer uma linda voz com incríveis variedades de tons? Apresentação super zen porém de grande impacto artístico! Vendulka fez uma releitura da canção tão inovadora que até o Boy George demorou um pouco para perceber que a música era dele e da sua banda! Belíssima performance.

*CONSIDERAÇÕES FINAIS*

Mais um episódio bem meh… O que está acontecendo contigo em dona TVAU? Quero meus talentos de volta! O episódio focou bastante nos coachs, já que tivemos Guy cantando com Vendulka e Guy e Kelly cantando com Keenan, o que me faz ter calafrios de imaginar o rumo que a franquia está tomando parecendo seguir os passos do TVUS (vai quebrando senhor toda maldição).

#TeamGeorge: Diana Rouvas*, Dezi K, Sellma Soul, Madi K*, Lee Harding, Oliver Cuthbert, Siena Fodera, Vendulka Wichta.

Team George teve facilmente hoje a melhor adição em seu time, com Vendulka que eu tenho certeza que será muito bem aproveitada no show. Além dela ainda teve Siena que apesar de eu não ter gostado, os jurados aparentaram amar, então talvez ela pode surpreender.

#TeamGuyTannah Zancanaro, Chynna Taylor, Lara Dabbagh, Akina Maria, Jesse Teinaki, Chriddy Black, Mitch Paulsen, Siena Fodera, Jessie Eilers.

Guy teve Jessie que também foi uma boa adição ao time dele e eu acho que Guy irá conseguir trabalhar bem com ela.

#TeamDelta: Luke Zancanaro, Daniel Shaw, Natasha Stuart, Zack Fawor, The Koi Boys*, Erin Cornell, Molly Waters

Delta teve Molly, e sabemos que Deltinha adora um musical, então não acho impossível ela arrastar essa menina (desculpe a forma de falar, estou revoltado ainda com a audição dela).

#TeamKelly: Zeek Power, Prinnie Stenvens*, Amanuel Visser, Dakota Striplin, Mack Moses, Kristie Mercer, Denzel, Henry Olonga.

Kelly não levou ninguém, mas também nem precisa, já que o time dela está ótimo.

É isso pessoal, fique atentos para as reviews dos próximos episódios e deixe aí nos comentários sua opinião sobre as blinds de hoje. Deixarei abaixo o link para vocês assistirem o episódio completo, e também a enquete para votarem. Nos vemos na próxima! 😀

Clique aqui para assistir o episódio completo

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries