Posts Populares

The Voice AU – S08E15 – The Battles, Part 2

Grande dia, meus amigos!

Ah, eu amo tanto quando vejo um episódio que me agrada quase que 100%. É um deleite para essa pobre sofredora viciada em reality shows. Ontem, fiquei bem triste com a eliminação de Sheldon, porém, os refrescos vieram hoje em forma de resultados justos e batalhas tecnicamente ótimas.
Hoje é o último episódio de blinds e já um esquenta para o que veremos na semana que vem. Antes do episódio, estava um pouco desanimada, mas confesso que me animei um pouco. Vamos comentar sobre o programa? Ao meu lado hoje, tenho os paneleiros Erik e Lucas S.! Simbora!

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O EPISÓDIO COMPLETO

[#TeamGeorge] Akina Maria vs Carlos C Major – “Dirty Diana” by Michael Jackson

Avalie a performance:

Tati: Gente, já comecei o dia com esse murro na fuça hahaha! Que batalha foi essa? Achei muito boa, pois Boy juntou duas pessoas com personalidade forte, cantando uma música marcante e com um arranjo poderoso e foi isso aí que tivemos: uma batalha MUITO boa. Akina me surpreendeu demais aqui e Carlos, como sempre, arrasou no palco. Eu amo o C Major, mas eu daria a vitória para Akina, vocalmente melhor e adorei a postura dela durante a performance.

Erik: PUTZ, O PISÃO MEU PAI. Akina desde o começo só pisa na cara de todo mundo e entrega performances icônicas e Carlos tem uma presença de palco incrível, os dois juntos foi uma escolha bem feita demais! A música foi muito boa e faz o estilo de ambos, fez com que a batalha ficasse muito acirrada entre os dois. Quando eu pensava que Akina merecia ganhar Carlos vinha e pisava e assim como quando achava que Akina fosse perder, Carlos destruía tudo. Achei a batalha icônica e pra mim ocorreu um empate, mas na maior das pressões e se eu tivesse mesmo que escolher um, escolheria Akina por muito pouco.

Lucas S.: Se eu começasse a ver a season hoje eu certamente diria que a Akina é uma ‘all star’. A segurança no palco e a qualidade vocal dessa moça é invejável. Quanta personalidade! Ela executa tudo com propriedade e isso é bem bonito de se ver. A questão é que do outro lado temos um verdadeiro showman! Eu AMO ver o Major em cena. Ele me faz ter vontade de ir em um de seus shows, sabe? Ain, essa battle não poderia ser melhor. Os dois deram, aliás, firmaram seus nomes e espero que o Carlos vá longe na competição, por ele e por Akina.

Winner: Carlos C Major

[#TeamKelly] Lara Dabbagh vs Zeek Power – “Lovely” Billie Eilish & Khalid

Avalie a performance:

Tati: Apesar de amar Lara e curtir o timbre do Zeek eu não estava esperando muita coisa dessa batalha. Mas aí eu fui positivamente surpreendida e estou apaixonada por essa batalha em um nível que nem sei explicar. Primeiramente, a voz da Lara estava impecável! Ela arrasou vocalmente, tanto nos agudos, quanto nos tons mais graves. Em segundo lugar, a conexão de ambos com a música ficou perceptível e isso é essencial para uma canção que tem a letra com esse peso. Parabéns, Kelly, a senhora está louca nessa temporada, mas fez uma escolha perfeita para dois artistas e entregou a minha batalha favorita da temporada. Ah, e escolheu certo, pois eu também daria a vitória para Lara.

Erik: Meu pai do céu, que batalha PERFEITA! O Au pisa demais, bicho, misericórdia. Eu adoro o Zeek e gostei de suas duas performances anteriores, mas não tem como dizer que Lara perdeu isso aqui. Ela saiu totalmente da zona de conforto e entregou vocais que eu, particularmente, não imaginava que ela conseguiria fazer, foi incrível em tudo além da música casar total com a voz dela. Zeek não fez feio também e conseguiu ficar pau a pau, mas a vitória de Lara foi nítida. Uma das minhas batalhas preferidas da fase até então.

Lucas S.: Se eu começasse a ver a season hoje eu certamente diria que a Akina é uma ‘all star’. A segurança no palco e a qualidade vocal dessa moça é invejável. Quanta personalidade! Ela executa tudo com propriedade e isso é bem bonito de se ver. A questão é que do outro lado temos um verdadeiro showman! Eu AMO ver o Major em cena. Ele me faz ter vontade de ir em um de seus shows, sabe? Ain, essa battle não poderia ser melhor. Os dois deram, aliás, firmaram seus nomes e espero que o Carlos vá longe na competição, por ele e por Akina.

Winner: Lara Dabbagh
Wildcard: Zeek Power

[#TeamGuy] Chynna Taylor vs Kim Sheehy – “Never Tear Us Apart” by INXS

Avalie a performance:

Tati: Que poder, amores! Uma batalha de atitude, né? Ambas perfeitas, sem defeitos. E o que foi a nota da Kim? Ah, eu não dou conta, não. Achei que a batalha foi um pouco gritada, mas foi essa proposta mesmo e, por isso, nem me senti incomodada. Até porque foi uma batalha vocalmente muito boa. Eu realmente não sei quem venceu aqui e não me peçam para escolher alguém, pois não consigo.

Erik: Putz, mas esse programa destrói mesmo, né? Olha, quando eu vi que Guy tinha pareado as duas eu fiquei revoltadilsimo porque ele simplesmente juntou as duas melhores do seu time. Mas fazer o que, né? As duas são dois ícones e monstros vocais, arrasaram demais e entregaram uma performance icônica. Eu esperava um pouquinho mais, sei lá, mas tô pedindo muito porque o que elas entregaram tá de bom tamanho. Eu seguiria com Kim pois sua voz é menos estridente e me agrada mais, porém não julgo a escolha do Guy em seguir com Chynna, afinal ela arrasou muito também.

Lucas S.: Esperava muito mais dessas duas. Me julguem. Kim mais uma vez deu um banho de emoção, vocal, assim como Chynna. No entanto, algo que eu ainda não consegui decifrar me fez não curtir isso aqui. Não sei se foi a canção… Em termos de vencedora, avançaria com Chynna também. Ela é muito mais versátil que sua adversária e pode vir a render muito mais dentro da competição. Porém, é uma pena ver a Kim sair antes dos lives.

Winner: Chynna Taylor
Wildcard: Elsa Clement

[#TeamGeorge] Lee Harding vs Madi Krstevski – “Leave A Light On” by Tom Walker

Avalie a performance:

Tati: Pois eu estava esperando uma batalha babadeira entre esses dois e tal e George veio com uma música totalmente emotiva. Fazendo Madi e Lee saírem de suas zonas de conforto. Arriscado, mas funcionou demais, viu? Foi uma batalha muito bonita e com uma conexão muito boa também. Assim, não sou apaixonada pela voz de nenhum dos dois, mas gosto muito da entrega de ambos no palco e isso me cativa bastante. Apesar de eu gostar bem mais de Lee, nessa batalha, eu curti um pouco mais a Madi.

Erik: Gente, eu AMEI essa batalha. Lee entregou meu KO favorito da fase então assiste com enormes expectativas pra ver ele arrasando, ele foi bem, mas Madi teve o momento dela aqui! Eu não havia criado uma conexão com ela mas senti a música muito mais embaixada na voz dela e ela teve momentos muito bons que fizeram com que ele tivesse um foco maior na performance. Lee não decepcionou, mas acho que por causa da música mesmo ele ficou um pouco apagado e acabou que Madi foi um pouquinho superior. Eu daria a vitória a ela, mas gostei do trabalho de ambos!

Lucas S.: Após o grande crescimento da Madi na season passada, esperava que ela fosse outra candidata nesta, o que de fato aconteceu, não como eu gostaria. Acredito que todos estavam aguardando uma Madi performatica, que incendiasse o stage toda a vez que entrasse nele mas foi bem isso que aconteceu. Por outro lado, foi bacana conhecer esse lado da garota. Agora, o que dizer do Lee? O cara sabe do que faz. Sua voz tem uma magnitude que impressiona. George não seria burro e descartar o boy agora. Ele fez certo ao avançar com o rockeiro e acredito que esse cara vai chegar bem longe na competição.

Winner: Lee Harding
Wildcard: Madi Krstevski

[#Team Delta] Daniel Shaw vs The Koi Boys – “Let It Be” by Beatles

Avalie a performance:

Tati: Quando vi a prévia dessa música e vi que o povo estava chorando eu fiquei: YUKE? Mas, agora vendo os ensaios e tudo mais, eu entendo perfeitamente. A música foi feita em tributo às vítimas do atentado de Christchurch e, bem, só aí explica a emoção de todo mundo. Mas, não foi só por isso, né, minha gente? Os meninos conseguiram criar uma atmosfera totalmente emotiva e envolver quem estava assistindo. Fora que foi uma batalha vocalmente muito linda! A voz do Dani estava bonita, mas PELO AMOR DE DEUS nessas harmonias do trio, perfeitas. Eu gostei tanto, que daria a vitória para eles, viu?

Erik: Aí gente, eu amo demais essa música e quando saiu as prévias e mostrou todo mundo chorando eu já vim assistir isso com 0 preparo psicológico. Achei a batalha lindíssima, mas devo dizer que pesou muito mais pro lado do trio do que pro Daniel. Eu amei a audição, assim como seu KO, mas aqui na battle me senti 0 conectado com ele, achei sua voz valha e me deu a impressão de que ele não conseguia alcançar as notas direito. Por outro lado, tenho 0 simpatia pelo trio, mas aqui eles me conquistaram porque as harmonias e a entrega deles estava simplesmente incrível. Eu daria a vitória pra eles, apesar do Daniel me agradar mais como artista, acho que hoje não rolou pra ele.

Lucas S.: Isso aqui foi lindo demais. Meu Deus! De longe essa foi a melhor performance de Let It Be que eu já vi nas franquias The Voice. Daniel se mostrou mais uma vez absurdamente conectado com a canção, sua voz preencheu o espaço e se casou perfeitamente com as dos seus adversários que me impressionaram muito, inclusive. Eu não dava nada pelos The Koi Boys, os achava datados e bregas até antes dessa performance, depois da mesma, onde suas harmonias estiveram impecáveis… Passou até pela mind que eles podem render mais que o Dan. Enfim, só sei que ter um coach realmente faz toda a diferença e que Deltinha está em seu melhor ano como técnica, o que me deixa bem feliz.

Winner: Daniel Shaw
Wildcard: Sheldon Riley

*** CONSIDERAÇÕES FINAIS ***

Gente do céu, que episódio foi esse? Eu adorei todas as batalhas e fiquei impressionada com as performances de alguns. Se eu já tinha gostado do episódio de segunda, o de terça eu amei! Lara, Madi, o Trio de Akina me surpreenderam demais. E o mais engraçado foi que eu esperava que todos fossem meio que pisados em suas battles, sabe? E foi justamente o contrário. Eu amo esse tipo de plot hahaha!
Sobre as decisões, entendi todas. E, pra mim, a maior “injustiça” foi Daniel ter vencido, pois achei o trio realmente melhor. No mais, fiquei satisfeita: Lara venceu, Carlos foi bem páreo . E sobre os wildcards, gostei também. Única escolha errada, ao meu ver, foi a de Guy, mas esse daí está tão louco que nem me surpreendo hahaha! No mais é isso, gente. Ótimo programa e eu estou ansiosa pelos lives.

#TeamDelta: Daniel Shaw, Jordan Anthony, Natasha Stuart e Sheldon Riley

Esse time está na frente, pois é meu favorito de longe. Gosto dos quatro artistas (principalmente Sheldon <3) E preciso dizer aqui que eu fiquei empolgada com Jordan hahaha! Não sei se teremos um campeão aqui, mas Delta pode fazer um bom trabalho, sem dúvidas.

#TeamGeorge: Carlos C Major, Diana Ruvas, Lee Harding e Madi Krstevski

Outro time que gosto muito. Diana dona dele pra mim, mas acho que Lee, Madi e Carlos, apesar de não serem grandes coisas vocalmente, mandam muito bem no quesito performance. Não sei se esses três vão longe, mas, se Diana for, eu vou ficar bem feliz.

#TeamKelly: Denzel, Lara Dabbagh, Rebecca Selley e Zeek Power

Kelly, sua sortuda! Fez um monte de cagada e ainda conseguiu montar um time muito interessante. Denzel o que tenho a ver, mas, ele manda muito bem no rap. Rebecca maravilhosa e Lara um diamantezinho que me provou hoje que pode render muito. Só não sei muito bem o que esperar do Zeek e acho que ele pode ser um dos primeiros a rodar.

#TeamGuy: Chynna Taylor, Elsa Clement, Jack Vidgen e Mitch Paulsen

Oi, galera, tutupom, no tutorial de hoje o Guy vai ensinar como montar um time para privilegiar um artista. Nossa, sinceramente, odiei esse time. Chynna rainha, mas o resto não ligo. Aliás, preciso aproveitar para dizer que Jack é superestimado e, provavelmente, vai me fazer passar muita raiva. Espero mesmo que Chynna assuma seu posto de rainha do time e arrase nos lives. É a minha esperança.

Por hoje é só, pessoal. Mas antes de ir, gostaria de falar que teremos um TOP 16 com os wildcards. Isso mesmo! Todos os candidatos terão a oportunidade de se apresentarem e lutarem de igual por igual para continuarem no show na próxima semana. Fico feliz com isso e acho que Sheldon e Madi têm chances de avançarem. Estou no aguardo dessa informação pela produção. De qualquer forma, a primeira semana de “live” shows foi gravada e vocês podem ver a prévia do episódio aqui.

Beijo e não deixem de votar na enquete.

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O EPISÓDIO COMPLETO

gostou da matéria? deixe um comentário!

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries