Posts Populares

The Voice AU – S09E11 – The Battles Rounds, Part 1

E vamos de ENCRENCA!

Hello, people! Como vocês já devem saber, nessa temporada o TVAU decidiu inverter a ordem de suas fases, e trazer as batalhas já agora. Antes, nós tínhamos primeiro os KOs, depois as battles. Agora, após essa fase de batalhas, nós seguiremos para os Playoffs que, na verdade, terão a mesma dinâmica dos já conhecidos “nocautes”, do TVUS.

Bem, já posso adiantar para vocês que o episódio de hoje foi dedo no cu e gritaria, viu. Cheio de controversas e discussões, principalmente entre os coaches. Mas, vamos deixar de enrolação e assistir as performances? Hoje eu trago meu amigos, Lindo e Tati para comentar comigo! Sim’bora!

[#TeamGeorge] Clarrisa Spata VS Virginia Lillye – “Call Me” by Blondie

Avalie a performance:


Luana: Meu Deus??? Eu não esperava jamais gostar tanto disso aqui como eu gostei! O George simplesmente ARRASOU na hora de transformar uma batalha que seria, aparentemente, bem esquisita, num momento tão único e especial para ambas! Clarissa já havia nos impressionado bastante nas audições, e acho que bem por isso, essa battle acabou sendo da Virginia! Virginia teve uma blind legal, mas hoje ela transcedeu, amados. Ela entrou na música já com tudo, e finalizou com chave de ouro! Clarissa deu aquele ar de “Fantasma da Ópera” na apresentação e tornou tudo extremamente refinado e bonito. Eu ficaria muito dividida aqui, mas seguiria com a Virginia, por ela ter realmente sido a revelação do momento.

Lindo: Que combinação foi essa minha gente? E não é que vingou?? A batalha dos contrastes foi luz vs trevas, white vs black, rock vs opera haha. E eu gostei muito do que vi, sinto que a song favoreceu Virginia e ela soube aproveitar isso demais, mas Clarissa não ficou para trás, sua técnica aprimorada, seu talento bruto e sua força mostraram a que vieram. Eu amei que quando começou a Virginia saiu de trás da bancada dos coaches e tomou seu posto no palco e por outro lado Clarissa estava lá após uma nota do caralhooo, enfim Clarrisa não perdeu sua essência e conseguiu brilhar, Virginia foi uma rockstar e acredito que o resultado foi o mais justo possível. Virginia escolhida por George e Clarissa salva indo ao #TeamDelta e dizendo não ao #TeamGeorge dessa vez, era o lugar que Clarissa queria estar desde sempre.

Tati: Sabe uma batalha pensada para dois artistas totalmente diferentes mas que casa muito bem? Então, temos aqui um excelente exemplo, diferentemente do que veremos mais pra frente (né, Guy?). Eu amei tudo aqui, gente: a divisão, a forma como cada uma brilhou à sua respectiva maneira e o pisão dado no Guy após os comentários hahaha. Ao contrário dele, eu achei que a batalha funcionou muito bem e a batalha teve uma dinâmica e vocais muito bons. Por questões de gosto, eu ficaria com a Virgínia.

Vírginia (2) VS (1) Clarissa

VENCEDORA: Virginia | STEAL: Clarissa (#TeamDelta)

[#TeamDelta] Eilishia Semaan VS Graeme Isaako – “Dirrty” by Christina Aguilera (ft. RedMan)

Avalie a performance:


Luana: MEUS FILHOS???? Jesus, e essas batalhas que tinham TUDO para serem desastrosas, na verdade, sendo perfeitas?! Eu estou em choque. Eu nunca pensei na minha vida inteira que “Dirrty” seria uma boa música para uma batalha, estou sem palavras. Primeiro que, tanto Graeme, quanto Eilishia não foram grandes coisas em suas audições. Ambos tiveram aquela vibe bem “cordeiro de batalha”, e chegaram aqui e simplesmente se superaram! Ainda assim, senti a voz da Eilishia mais fraquinha do que a do Graeme. Toda a questão de PERFORMANCE foi excepcional para os dois. Mas acho que no quesito VOZ, o Graeme foi bem mais contundente do que a Eilishia. Por isso, eu optaria por dar a vitória ao Graeme.

Lindo: Aaaaah Xtina e ela aparecendo num videozinho pra bff aussie dela Delta e incentivando os dois, sinto que ambos vieram com mais energia ainda ao palco. A entrada de ambos foi incrível e a forma como ambos seguram vocais sólidos com toda aquela dança e conseguiram segurar a marimba, para mim o domínio de Graeme ficou mais claro todo o tempo e ele deu o nome naquele palco, Elishia conseguiu segurar vocais e dança mas faltou um certo brilho, eu totalmente entendi a escolha da Delta e achei até que justo o steal que Elishia recebeu.

Tati: Meu Deus???? Eu amei!!!!! Foram um primor vocalmente? Não! Mas entraram de cabeça na performance e entregaram um número bem agradável de se assistir, com direito a dança e tudo. Um arraso! Eu gostei mais do Graeme, mas porque acho Elyshia um pouco mais limitada mesmo, por isso eu iria com ele.

Eilishia (0) VS (3) Graeme

VENCEDOR: Graeme | STEAL: Eilishia (#TeamKelly)

[#TeamKelly] Alex Weybury VS Mason Llyod – “The Best” by Tina Turner

Avalie a performance:


Luana: Não acredito que mais uma batalha de songchoice duvidosa funcionou, meu Deus. Sim, foi a batalha mais fraca dessas três primeiras, é verdade, mas ainda assim, foi um duelo bem legal! Alex foi o moço que recebeu dois blocks nas audições, e o pobre do Mason, eu nem lembro dele. Sendo assim, claramente, eu já estaria mais inclinada a gostar do Alex. E bem, foi isso mesmo que aconteceu. Apesar de achar que o Mason foi super bem, a batalha foi bem construída ao espírito do Alex, e obviamente, isso o favoreceu bastante, possibilitando que ele se destacasse. Eu nem acho que ele seja grandes coisas, mas sinto que a Kelly já está bem apegada ao seu pianista e não irá abrir mão dele nem tão cedo. Não julgo tanto, afinal, eu também daria a vitória ao Alex aqui.

Lindo: Esse era o par mais óbvio do #TeamKelly porque ambos os cantores compartilhar um estilo sing-songwriter cantando baladas clássicas e com uma pegada folk, confesso que Mason me despertou um brilho no olhar nas audições e Alex foi o primeiro artista a causar todo o burburinho com dois blocks. Eu fiquei realmente atento pelo que vinha aqui e acabamos vimos um Alex no piano e um Mason no violão e sinto que a voz de ambos se somaram demais no palco e talvez o excesso de confiança e a personalidade mais ácida de Mason pode ter o prejudicado perante a decisão de Kelly porque sinceramente achei seu timbre o grande destaque aqui apesar dos vocais sólidos de Alex, para mim foi claramente uma vitória de Mason e achei um tico injustoo o resultado kkk.
P.S. adorei o pisão dele em Guy falando que ele tem paixão pela música dentro de si.

Tati: Aí, gente. Acho que criei expectativas demais, viu? Pois só nessa primeira noite de batalhas eu achei que três batalhas foram extremamente sem graças e essa é uma delas. Foi gostosinha de se ouvir, mas assistindo achei tão sem graça. Sabe quando você sente que falou alguma coisa? Poderiam ter feito um melhor recorte da música e, assim, dar um momento mais especial. Eu fiquei bem decepcionada e gostei um pouco mais do Alex.

Alex (2) VS (1) Mason

VENCEDOR: Alex | ELIMINADO: Mason

[#TeamGuy] Kirby Burgess VS Stephanie Cole – “Scared To Be Lonely” by Dua Lipa & Martin Garrix

Avalie a performance:


Luana: Mas minha gente? Se não fosse o nome da Kirby ali no título, eu jamais reconheceria ela, sério! Obviamente, a batalha foi toda construída para a Stephanie. Inclusive, ainda ontem eu estava comentando no nosso grupo do TVAU de Whatsapp que a Stephanie me lembrava a Dua Lipa em questão de estilo/identidade musical. Assim, eu senti que a Kirby tentou com absolutamente tudo que tinha dentro de si para vencer esse embate. Mas é aquela coisa, tudo foi bem mais orgânico para a Stephanie, ela não precisou fazer muita coisa para se sobressair. Afinal, ela estava em sua própria pele, diferentemente da Kirby, que foi totalmente descarecterizada para se encaixar numa songchoice bizarra demais para quem ela é quanto artista (ou, no mínimo, ao que ela indicou ser seu “eu artístico” nas audições). Como eu já tinha bem mais simpatia pela Stephanie, eu levaria ela adiante, baseado em hoje.

Lindo: Vou ser curto aqui, a song choice acabou sendo bem adequada e achei que as duas deram o seu máximo e até demais kkkk em alguns momentos, para mim Stephanie engoliu Kirby na maioria do tempo e achei a decisão de Guy bem acertada em seguir com ela em seu time, Stephanie é uma força pop e acho que ela preenche uma lacuna no #TeamGuy como artista feminina pop que não tem competição para ela.

Tati: Aí, eu curto demais a Stephanie, gosto muito da vibe pop dela, mas não gostei da batalha, infelizmente. Nesse caso, achei que a Kirby até contribuiu pra isso. Acabei achando um pouco sem graça e desproporcional em alguns momentos. Mesmo assim, achei Steph melhor e ficaria com ela.

Kirby (0) VS (3) Stephanie

VENCEDORA: Stephanie | ELIMINADA: Kirby

[#TeamKelly] Lyric McFarland VS Soma Sutton – “Rehab” by Amy Winehouse

Avalie a performance:


Luana: Então, né…. Não tinha como tudo ser perfeito no dia, né. A voz da Soma esteve bem mais tolerável aqui do que eu sua audição, ainda assim, é algo estranho e irritante demais para os meus ouvidos. Lyric não esteve em seu melhor momento, em grande parte, devido à songchoice meio sem noção. Não sei, foi algo difícil de definir. Talvez, eu optasse por seguir com a Soma, só pela curiosidade de ver o que ela escolheria para si nos Playoffs e entender um pouco melhor como ela se sairia com algo que realmente funcionasse para seu timbre peculiar.

Lindo: Eu confesso que a voz de Soma é a definicação de um timbre único, de originalidade mas não necessariamente seria a voz que eu ouviria no meu fone de ouvido, do outro lado a maravilhosa e retornante Lyric que eu AMOOOO e que tenta se redescrobrir nessa competição. A batalha acabou que combinou com toda estranheza da voz da Soma e ela conseguiu brilhar, para mim Lyric ficou limitada pela música apesar da transformação vocal que ela sofreu nos últimos anos, ela conseguiu numa zona confortável aos seus vocais ser um monstro, Soma foi sólida e com toda sua estranheza conseguiu um steal. Eu avançaria com Lyric se a decisão fosse minha e mais uma vez discordo de Guy Escroto Sebastian kkkk e amei que Lyric discordou e George pontoou que apesar de ser uma música sobre Rehab ela tem sim uma vibe mais “happy”.

Tati: Outra batalha que eu quase dormi. Mas eu super entendo nesse caso porque Lyric tem enfrentando limitações vocais e Soma também tem lá suas dificuldades. Eu não gostei muito dessa batalha pro que eu achei que elas não ousaram e acabei achando a performance linear. Eu escolheria Lyric, mas ela não me encheu os olhos, não.

Lyric (2) VS (1) Soma

VENCEDORA: Lyric | STEAL: Soma (#TeamGuy)

[#TeamGuy] Bukhu Ganburged VS Johnny Manuel – “Earth Song” by Michael Jackson

Avalie a performance:


Luana: Gente, a songchoice foi absolutamente INCRÍVEL. Eu só não entendo por qual motivo o Guy sentiu a necessidade de reduzir o Bukhu a mero objeto de background do Johnny? Na minha mente, eu fiquei imaginando os momentos dele na música e super seria possível! Não entendo de maneira nenhuma qual foi o sentido dessa decisão infeliz do Guy. Talvez o Bukhu não seja tão brilhante vocalista quanto o Johnny, mas ele tem, definitivamente, muito mais qualidade vocal a ser apresentada do que foi mostrado aqui. A audição do Bukhu foi transcedental e especial, mas hoje ele foi reduzido a quase nada. O Guy disse que fez isso pela originalidade do Bukhu, mas sinceramente, como você tenta destacar a originalidade de alguém, sem dar espaço para ele propriamente CANTAR numa COMPETIÇÃO DE CANTO? Não faz o menor sentido, não tem cabimento. Essa batalha poderia ter sido um momento INCRÍVEL na história do TVAU, mas acabou sendo apenas triste. Johnny foi FENOMENAL, e é uma pena que isso não possa ser o destaque desse embate, já que não temos com o que comparar de seu adversário. Não vou tomar partido, porque foi tudo extremamente injusto para ser avaliado.

Lindo: Guy Sebastian sendo injustooo… que novidade neh mores.. Sim achar um par para Bukhu era um desafio e uma song ainda mais, mas uma música sem notas tão altas, com uma vibe mais folk e um outro pareamento faria muito mais sentido, Johnny é uma força da natureza na equipe de Guy e esse par foi injusto para caralho, a batalha não foi uma batalha, foi uma performance solo de Johnny com um instrumentista por trás dele, se Bukhu teve 20 s de canto foi muito e achei maravilhosa que Kelta caiu em cima de Guy, massacraram ele e eu AMEI, atento pro circo tomorrow, se Guy tiver o mínimo de censo de justiça ele salva Bukhu e Johnny e se Bukhu for o save e alguém mais o salvar, espero que ele escolha o outro coach, arrependimento neh Bukhu? Baseado no que foi apresentado temos que ir de Johnny aqui.

Tati: Que pataquada foi essa, minha gente? Fazia tempo que eu não via algo tão escroto no The Voice. Sério, o que se passou na cabeça do Guy pra colocar um cara pra apenas tocar em uma composição de voz? Isso foi injusto demais. E olha que a batalha tinha potencial para ser um arraso. Não que tenha sido ruim, mas só Johnny brilhou. Eu iria com ele, inclusive!

VENCEDOR: ??? | STEAL/SAVE/ELIMINADO: ???

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Que dia, hein? E obviamente, não foi o melhor momentodo Guy Sebastian! Não é novidade que ele é um dos coaches menos amados de todas as franquias aqui para nós do Panelas, mas hoje ele conseguiu se superar! Sim, sabemos que boa parte de todo o drama do The Voice Austrália é manufaturado pelos próprios produtores. Ainda assim, essa patifaria com o Bukhu ultrapassou todos os limites. Foi uma tremenda falta de respeito com o artista que se prôpos entrar numa competição musical para CANTAR, e acabou sendo reduzido a efeite. Ao meu ver, a única solução para essa situação seria avançar ambos artistas para a próxima fase e esquecer que essa “batalha” sequer aconteceu, viu. Johnny foi sensacional, mas não é justo tomarem uma decisão, quando o Bukhu não foi dado às mesmas oportunidades. Enfim, amanhã teremos o desfecho dessa baixaria. Vamos aguardar, lol.

No mais, hoje foi um bom dia de batalhas, e já esperamos que amanhã seja melhor ainda! Inclusive, vamos conferir os duelos de amanhã? Saca só, teremos:

  • (#TeamDelta) Stellar Perry x Matt Gresham – “Slide Away” by Miley Cyrus
  • (#TeamDelta) Claudia Harrison x Maddy Thomas – “Dreams” by The Cranberries
  • (#TeamGeorge) Despina Savva x Siala Robson – “Teenage Fantasy” by Jorja Smith
  • (#TeamGeorge) Ricky Muscat x Roxanne Lebrasse – “Queen of The Night” by Whitney Houston
  • (#TeamKelly) Bo’Ness x Charlie McFarlane – “Circles” by Post Malone
  • (#TeamGuy) Natalie Gauci x Xy Latu x Wolf Winters – “Old Town Road” by Lil Nas X (ft. Billy Ray Cyrus)

E por fim, por enquanto, os times estão assim para os playoffs:

#TeamDelta: Clarissa Spata*, Graeme Isaako.

#TeamGeorge: Virginia Lillye.

#TeamGuy: Soma Sutton*, Stephanie Cole.

#TeamKelly: Alex Weybury, Eilishia Semaan*, Lyric McFarland.

*steal / **save

CLIQUE AQUI E CONFIRA PARA BAIXAR OS EPISÓDIOS DA TEMPORADA!

Os episódios completos serão disponibilizados para visualização e download durante toda a temporada, mas como dependemos de um fórum externo, algumas vezes o link pode demorar mais a sair! Tenham paciência!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Sinceramente, não sei mais há quanto tempo estou nesse site? Mas olha, faz um bom tempo! HAHA. Atualmente cuido mais de reviews de realities musicais, mas também faço meus corres nos seriados, porque a vida é isso aí! Tenho 24 anos, sou formada em rádio/tv/internet, e nas horas vagas vocês me encontram por aqui! ;)

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries