Posts Populares

The Voice AU – S09E19 – Showdowns, Part 2

Dia de Showdowns do #TeamGeorge e do #TeamDelta!

Hello queridos leitores retornamos com nossa última rodada de Showdowns e que antecede as Semi-Finais. Ontem, Kelly fez suas escolhas óbvias e avançou com Chris Sebastian e Mark Furze enquanto Guy Sebastian cometeu um pecado em deixar Matt Gresshaw e Stephanie Cole para levar Timothy na minha humilde opinião, além disso ele escolheu obviamente e merecidamente Johnny Manuel. Nessa noite foi a vez dos dois melhores coaches dessa bancada colocarem seu time para o jogo e decidirem quem vão ser os 4 talentos que vão ir as Semi-Finais que vão ocorrer amanhã e consequentemente a Grande Finale que será no domingo e finalmente com influência do público.

É importante deixar claro que esse formato foi adotado devido as restrições do corona virus na Austrália que impediu que Kelly e George retornassem e tudo mais que vocês todos já sabem, mas mais uma vez preciso ressaltar a capacidade da produção do reality em trazer grandes cenários e cuidarem dos artistas criando aquele momento único que marca muito a carreira deles.. Nos comentários eu trago duas das pessoas que mais AMOOOOO nesse mundo minha fadinhaaa Dam e minha irmãaaa Luana. Vamos ver o que rolou.

[#TeamGeorge] Elyse Sene-Lefao – “Freedom” by Beyonce

Avalie a performance:


Lindo: Elyse retornando cantando a mesma canção na qual ela falhou em 2019 em sua audição e mostrando toda sua evolução e amadurecimento como artista, ela se apoderou de tudo e trouxe uma performance impactante no geral. Eu simplesmente AMEI muita coisa que vi aqui, principalmente na interpretação dela e na confiança que ela mostrou no palco, mas no geral não vejo uma grande singularidade na Elyse e ainda acho que ela ainda tem evolução vocal para ser concretizada e que outras cantoras powerhouse na competição são melhores que ela, então não vejo muito espaço para ela seguir apesar da ótima performance.

Dam: MEU DEEEEEEEEEUS!!!! Garota, entenda uma coisa eu nasci pra te amar, PRA TE AMAR!!!! Freedom é uma das músicas mais importantes da minha vida e eu nunca pensei que eu a veria num reality um dia, mas até nisso o thevoice da Australia é perfeito né mesmo?

Luana: Amém, minha filha, amém, aleluia, glória a Jesus! Elyse não veio para brincar, né? Nossa, que performance cheia de vontade! Não foi a melor redenção de “Freedom” que eu já vi, mas foi incrivelmente especial para a Elyse, ainda mais por ter sido a música de sua 1ª audiçã! Eu achei babado, confusão e gritaria! Já começamos o programa com o pé na porta, viu? Dá vontade, né?

 

[#TeamDelta] Clarissa Spata – “Uprising” by Muse

Avalie a performance:


Lindo: A ideia genial de fazer uma opera com Uprising deu uma vibe total de apresentação em premiação ou abertura de alguma importante competição esportiva, mas faltou tempoooo. O tempo curto da performance deu a Clarissa poucas linhas onde ela cantou falado ali no início e logo isso não foi lá muito bom, quando ela entra no lírico tem um grande impactoo e ela simplesmente domina e eleva o nível da apresentaçãooo umas 10x, eu acho que com mais tempo ela saberia trabalhar melhor a dinâmica e faria algo ainda mais formidável, mas dentro dos 2 minutos ela fez o possível. Clarissa não é meu tipo favorito de artista em realities mas ela tem todo meu respeito e acho que veio para brigar ali pelas duas vagas no #TeamDelta.

Dam: Meu pai… Clarissa é um posso de inspiração pras gay. A bicha é performática, closeria, diva pra caralho. Mas, eu não curto muito as músicas que elas traz pro programa não, eu esperava mais inovações da parte dela.

Luana: Hm… Não me julguem, mas pelo preview, eu achei que essa performance seria bem maior do que isso. Foi uma ótima performance, mas nem foi a melhor da Clarissa. Foi grandioso e ousado, mas eu fiquei com a sensação de que faltou um momento mais “UAU”, sabe. Enfim, foi uma grande performance, de qualaquer maneira.

 

[#TeamGeorge] Angela Fabian – “I Still Haven’t Found What I’m Looking For” by U2

Avalie a performance:


Lindo: Eu compreendi total a Angela vir com algo upbeat e atemporal fugindo do estigma dela cantar algo emocional como todos esperavam, ela segurou a marimba de ser uma senhora de idade avançada e poder se divertir e cantar com um coral por trás dela, foi lindooo, eu senti que no geral ela poderia ter aproveitado um ou outro momento para ir mais alto nos vocais, mas senti que ela se divertiu, se jogou, se entregou e trouxe uma performance sólida. Não sei se será suficiente para ela se tornar uma das 2 opções de George, mas ela foi lindaaa e maravilhosa demais.

Dam: Vocalmente falando a gente sabe que é impossível Angela ir ruim, mas eu esperava mais dela, muito mais. Mas a culpa não foi dela, e sim da escolha da música que não ajudou muito né?

Luana: E vamos de surto na songchoice. A música ficou irreconhecível, né? Mas não sei se isso foi exatamente bom. Nós já vimos uma Angela mais dançante na rodada passada, ela já provou que segura a marimba. Acho que era a hora de voltar ao que nós conhecemos lá nas blinds, né. Algo mais emocional, onde Angela melhor se destaca. Acho que essa decisão de permanecer no dance/anos 80 vai custar a vaga do anjo. Uma pena.

[#TeamDelta] Goldi – “Dreams” by Fletwood Mac

Avalie a performance:


Lindo: Olha o duooo da D vindo para sua segunda performance oficial e na real eu senti que eles melhoraram muito em se entender, achar o momento que uma voz se sobressai sobre a outra, acho que Janie teve os melhores momentos aqui e estava mais conectada, senti que o Matt estava muito nervoso no início e isso prejudicou um pouco os vocais dele, mas no geral eu achei bem bom, achei que eles tão no caminho e quem sabe eles não tem um futuro fora do show, pelo que vi nas midias sociais de ambos eles pretendem continuar com o duo assim como artista solo nos próximos meses, vamos ver se eles vão se encontrar (mas acho difícil).

Dam: Olha, nunca fui muito fã deles, mas essa foi uma das minhas performances prediletas da rodada. Parece que a música foi feita pra eles e tudo funcionou muito bem aqui.

Luana: Socorro, tudo na minha carreira. Matt massacrou o Wolf mostrando como se faz low notes sem soar uma aberração vida da deepweb terrestre. Shades idiotas aparte, a performance foi muito linda, né? Eu adorei a forma que eles recriaram “Dreams”, e apesar de Janie ter dito muito mais destaque, eles harmonizaram muito bem. Não acho que eles vão seguir com a dupla depois do programa, masvale fazer um pack de umas 10 performances pra postar no YouTube, eu super assistiria! Aliás, não me surpreenderia se a Delta arrastasse sua criação por mais algumas rodadas, e pra ser sincera, eu nem reclamaria muito.

 

[#TeamGeorge] Masha Mnjovan – “Chains” by Tina Arena

Avalie a performance:


Lindo: Simplesmente impecável, Masha finalmente se soltou totalmente e trouxe uma performance unindo vocais poderosos, controlados e instigantes com emoção, entrega e vulnerabilidade, foi incrível, incrível e incrível. A forma como ela andou pelo palco e mostrou um certo desespero ali ajudou demais no impactoooo e o que foi aquele final gente. Foi digno de standingovation e aplausos de um estádio inteirooo, espero que com essa performance a Masha consiga romper um pouco do xenofobismo que ocorre por parte do público aussie por ela vim da Armênia.

Dam: Eu fico passado como Masha já nasceu pronta. A bicha é icônica demais e de uma presença que domina todo o ambiente. É impossível você prestar atenção em alguma coisa que não seja ela.

Luana: Meu Deus, O MASSACRE! Hoje tá demais, minha gente. É performance incrível por cima de performance incrível, estou ssem palavras. Sem dúvidas, Masha entregou sua melhor performance na competição e eu fico pensando no arrependimento da Kelly nesse momento, coitada. Eu não conhecia a música,mas me parece extremamente icônica. E né, a Masha entregou TUDO. Incrível, melhor performance até aqui!

 

[#TeamDelta] Steve Clisby – “Only Love Can Hurt Like This” by Paloma Faith

Avalie a performance:


Lindo: Aaaah Steve, eu simplesmente amo o vovô da competição por todo seu amor e carinho e entendi REAL a Delta ter trago ele até aqui por toda sua história e pelo carinho que eles tem um pelo outro. A escolha foi diferente do usual mas colocou Steve numa posição de cantar sobre amor e sobre como o amor pode ferir, a letra dessa música da Paloma é tão poderosa e incrível e achei que Steve soube ousar o suficiente para fugir do original e trazer uma vibe mais soul que ele sabe fazer sabiamente. Eu não vou falar que AMEI porque não AMEI, mas eu gostei muito de ver ele conduzindo a música inteira com aquela magia em sua voz que vimos nas audições quando ele cantou Magic, foi um lindo momento e não acredito que Delta vá avançar com ele, acredito que foi um lindo capítulo final em sua trajetória no The Voice.

Dam: O efeito que Steve me causou na sua blind não vem acontecido em suas outras performances não. A voz do Steve é muito boa, eu sou muito cadelinha dele mas a performance comparada as anteriores ficou bem abaixo.

Luana: Lenda com BOM GOSTO. Ai gente, eu gosto tanto do Steve. Claramente, a música foi bem maior do que a capacidade dele – pa ser honesta, ao vivo, essa música é maior do que a capacidade da própria Paloma Faith – e isso ficou na cara. Bom, a Delta trouxe ele até aqui por ter um certo apego, o que eu não julgo. Mas a jornada dele chegou ao fim no TVAU, né? Steve foi bem hoje, mas comparado aos outros, foi o que me causou menos impacto. Mas uma coisa é fato: BOM GOSTO MUSICAL ELE TEM, VIU.

 

[#TeamGeorge] Virginia Lillye – “Tightrope” by Janelle Monaé

Avalie a performance:


Lindo: Minha gente essa foi a performance que mais fiquei passado de TODOS, eu esperava um rock, uma balada ou até um reggae sei lá kkk, mas Tightrope com sua vibe upbeat foi o que menos esperei de Virginia até aqui. Virginia dominou o palco e mostrou um lado divertido de sua personalidade que ainda não tinha aparecido, eu fico chocado quando lembro que ela cantou Barracuda na audição e ta ai nessa vibe divertida com gente tocando flauta e backing vocal e entretendo a todos, lendaaaa Virginia mas acho que aqui foi a parada final de sua trajetória pois num time com Masha, Siala e Angela as chances são minimas.

Dam: Eu amo essa música e acho que Janelle canta ela como ninguém. A pessoa pra cantar uma música assim precisa ter uma personalidade muito característica e ao mesmo tempo que pareça forte, precisa ser leve como uma pena. Virgínia tem uma senhora voz e uma presença forte feio um touro e isso meio que deixou tudo muito over aqui, pelo menos na minha opinião.

Luana: São por songchoices como essa que fica claro que os artistas não escolhem suas músicas de verdade. Em qual galáxia a Vírgina iria escolher “Tightrope”, tendo centenas de canções de rock para interpretar? Nunca, né. Mas enfim, a performance foi legal e ela mandou bem numa música super compacta e sem espaços nem pra respirar. Só que, né. Não encaixou, não tinha como.

[#TeamDelta] Jesse Teinaki – “Make It Rain” by Ed Sheeran

Avalie a performance:


Lindo: Faça Chover.. Faça Chover e não é que choveu mores? Jesse abalou todo com sua performance mais intensa e sólida até aqui, os vocais mais grandiosos que ele trouxe até então e todo cenário com aquele laser neon na forma de um fio que se conectava a guitarra junto com a simulação da chuva e ele subindo os vocais de forma desesperadora e combinando com o que a música pedia foram TUDOOOOO, aquela nota no final foi TUDO PARA MIM. Enfim, eu senti que Jesse se entregou demais e transbordou emoção ali, simplesmente amei a performance e espero muito que meu Jesse vá as semi finais pois ele mereceu demais, simplesmente ABALOU TUDO. Go Jesse.

Dam: Nossa… Você fez chover mesmo viu meu filho, só não disse onde. Eu demorei de me convencer que Jesse era mesmo um candidato forte pra levar o programa mas essa performance provou por a mais b que o menino veio pra ganhar e tem todo o talento pra isso.

Luana: E vamos de chuva, e não é no céu! Que pisão, meu pai! Sabe quando alguém QUER AVANÇAR? Pronto, acontece isso aqui. Dentre todas as performances do Jesse, incluindo as da temporada passada, essa foi a melhor de todas! Adorei ver ele ali tocando a guitarra e mostrando um outro lado seu. Sim, ele não tem tanta potência ou drive na voz quanto a gente espera de alguém cantando “Make It Rain”, mas ele cantou com tanta urgência que compensou demais essa falta de “caráter” vocal. Foi ótimo, e veio na hora certa!

 

[#TeamGeorge] Siala Robson – “Emotional Criminal” by Siala Robson (Original)

Avalie a performance:


Lindo: Siala minha querida você é uma puta ARTISTA com extremo potencial para o mercado e para explodir, diria que se essa performance fosse num American Idol da vida que ainda gera sucessos (vide Gaby Barrett) você estaria com a vida feita. Siala trouxe o visual perfeito, a interpretação mais adequada e dominou o seu mundinho dentro daquele quadrado de vidro e seu hit Emotional Criminal, minha gente eu espero REAL que uma gravadora invista muito dinheiro nessa menina, ela é uma verdadeira joia totalmente trabalhadaaaa e sua dupla com Boy George é simplesmente perfeita.

Dam: Siala tem um dos timbres que eu mais amo na competição e essa performance é mais um desses casos em que a música parece ter sido feita pra pessoa e tudo aqui é simplesmente muito, muito gostoso de ver.

Luana: EU OLHEI E DISSE: ARTISTA DE VERDADE! Ai gente, eu amo a Siala tanto, sem condições! Ela é uma artista completa, totalmente pronta e moldada já. Fico muito feliz que o George entenda ela como ele entende, porque essa menina tem que brilhar muito ainda! Hoje, ela veio, mais uma vez, com uma original e conseguiu superar completamente o tropeço da semana passada. Foi tudo, foi incrível! Eu espero que ela seja a finalista do #TeamGeorge, porque ela é, sem dúvidas, a artista mais interessante de toda competição!

 

[#TeamDelta] Stellar Perry – “Like a Prayer” by Madonna

Avalie a performance:


Lindo: Stellar foi muito inteligente em sua escolha aqui pois fugiu da sequencia de músicas dramáticas e emocionais que ela vinha seguindo e vieo com uma música pop e que Delta simplesmente amou afinal ela ama um bom pop com performance hahaha. Stellar tomou uma posição não vista antes e na minha visão se colocou em perigo pois sua versão não fugiu muito da original, senti um pouco de falta de orginalidade no todo, mas achei a execução e a forma que foi pensada e tudo em geral muito bem, principalmente a nota próxima ao final e toda animação que ela estava, enfim, os elementos evidenciaram um cantora pop e diferente de tudo que ela apresentou, por um lado é ótimo pois mostra versatilidade mas por outro a põe em perigo.

Dam: Junto com Elyse, ESSA foi a melhor performance da noite. Nossa, Stellar tem um star quality notavel e ela segurou muito bem o arranjo pesado da música e a não decepcionou. Perfeito!!!

Luana: Tenho certeza que toda gay/pop girl já sonhou em ver a Lady Gaga cantando um cover famoso da Madonna. Obrigada Stellar por nos proporcionar um gostinho disso, minha filha! Eu achei que essa performance seria uma bomba, porque eu detesei a songchoice logo quando vi. Mas muita inocencia pensar que a Stellar estregaria algo menos do que estelar, né? Puts. Foi uma performance bem necessária parao momento, já que a Delta vinha reclamando da moça ficar “emocional” demais em suas apresentações. Eu sempre discordei das críticas, mas como quem avança os artistas é a Delta, e não eu, Stellar fez bem em jogar na cara de sua mentora que ela é uma artista completa e não tem isso de “emoção demais” não. Lenda, não dá ponto sem nó!

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Após uma noite de boas performances do #TeamGeorge e do #TeamDelta tivemos então as complicadas missões de cortar os times de 5 para apenas 2.. e coube primeiro a Boy George decidir quem seriam suas duas semi-finalistas entre suas cinco mulheres e depois a Delta entre seus cinco talentosos acts….

#TeamGeorge

#TeamGeorge: Siala Robson & Masha Mnjovan.

#TeamDelta

#TeamDelta: Stellar Perry & Jesse Teinaki

Achei as decisões extremamente coerentes e não surpreende neh? Boy George e Delta Goodrem tem sido os dois melhores coaches dessa franquia de longeee… George escolheu suas duas melhores apresentações dessa noite.. sinto que Elyse brilhou também mas falta um polimento nos vocais, Angela vem mostrando vários lados de si mesma mas falta um apelo com o público e as chances de Virginia eram bem baixas pelo segmento dela, então as opções pela rapper Siala que tem um gigante potencial para o mercado e a vencedora do The Voice Armenia foi a única coerente possível. Delta tinha 3 acts que brilharam nessa noite: Clarissa, Stellar e Jesse. Creio que Jesse se sobressaiu pela performance mais sólida, e vi pequenos problemas nas performances de Stellar e Clarissa, mas acredito que na soma do potencial eu iria com Stellar assim como Deltinha fez.

O Top 8 se apresenta amanhã na disputa pelas 4 vagas na Grande Final que vai ser no domingo, cada coach vai escolher seu finalista. Apenas por curiosidade deixo aqui para vocês o número de aprovação pelo público australiano após a performance dos Showdowns via o site/app do programa…

Johnny – 88 %
Chris – 82 %
Jesse – 80 %
Siala – 76 %
Timothy – 75 %
Stellar – 72 %
Masha – 70 %
Mark – 55 %

Acho que ai ficou meio claro quem são os favoritos da Austrália (hello Johnny e Chris), mas eu acredito que a final vai ser Johnny / Chris / Siala / Stellar e acredito que pode ser que na final veremos Siala vencendo mas acredito que Johnny tem boas chances também, acho que Stellar talvez com uma performance super emocional poderia ter uma chance e espero do fundo do meu coração que não seja Chris Sebastian o vencedor kkkk.. Entre os outros acts.. talvez Jesse ou Timothy poderiam vir a serem os vencedores também, mas acho mais complicado.

CLIQUE AQUI E CONFIRA PARA BAIXAR OS EPISÓDIOS DA TEMPORADA!

Os episódios completos serão disponibilizados para visualização e download durante toda a temporada, mas como dependemos de um fórum externo, algumas vezes o link pode demorar mais a sair! Tenham paciência!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

A indie/gótica do @PanelaDeSéries! Paulista, canceriano, 27 anos de dores na coluna, faço Doutorado em Biotecnologia e vivendo pelo mundo. Me chama para beber @ e vamos falar de série, falar de Imagine Dragons e Lana Del Rey, falar de signos, falar de ciência e xingar os fascistas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries