Chegamos a última semana de audições da quinta temporada do The Voice Brasil e com ela a expectativa de ver os times completos e começar a vislumbrar as possíveis batalhas e eliminações da semana que vem.

Eu mesmo, Nye Melo estou de volta na cobertura do The Voice Brasil. Após várias audições de altíssimo nível, prosseguimos com os técnicos tentando completar seus times. Hoje, Carlos sedução me ajuda nos comentários e a nossa fiel leitora Tati. Se você, assim como a Tati, quiser participar comentando as apresentações aqui, basta clicar no FALE CONOSCO no canto superior do site e citar quais realities musicais você assiste. Agora vamos ao que interessa!

Peu Kuyumjian – Yesterday

peu-kuyumjian-the-voice-brasil-bla-5

Clique aqui para assistir a apresentação

Primeiramente #ForaTemer, segundamente que sobrenome é esse? E olha que eu não sou referência para falar de nomes, né? Mas voltando ao que interessa, arrasou na escolha da música e trabalhou perfeitamente na conexão e exploração da voz. Até agora tentando entender por qual motivo entregaram ele de mãos beijadas para o Carlinhos. #TeamBrown

Carlos – Que escolha perfeita! Essa versão de Yesterday é linda e ficou mais Ainda na voz dele, muito bom!

Tati – Tomara que a fama traga um nome artístico mais bonitinho e pronunciável para esse moço, né? Achei a apresentação um pouco chatinha, mas merecia uma cadeira sim, ele tem um timbre interessante e soube segurar o nervosismo.

Vitória Carneiro – Palpite

vitoria-carneiro-the-voice-brasil-am-3

Clique aqui para ver a apresentação

Eu amo quem tem um timbre e uma forma de cantar que você consegue diferenciar de qualquer outra pessoa. Vitória teve essa característica de sobra e mereceu muito entrar no programa. #TimeLulu

Carlos – Vou dar só um palpite, acho que essa vai longe. Timbre lindo, voz controlada e super afinada. Estou adorando essa temporada.⁃

Tati – A Vitória tem duas coisas que geralmente amo em cantores: o timbre com sotaque e o jeito de cantar com um sorriso no rosto. Achei uma boa apresentação. Ela começou bem, foi ficando um pouco linear, mas depois que Lulu virou melhorou muito. Um bom nome para o time dele, que até então estava meio fraco.

 Lilian – Faltando um pedaço

lilian-the-voice-brasil-am-9

Clique aqui para ver a apresentação

Famosa por um viral no Youtube, Lilian chegou ARREBENTANDO com essa voz suave, clara e controlada. Não entendi a demora dos técnicos em virar as cadeiras. Qual o problema do Teló? O que me chamou bastante atenção foi que quando ela parou de cantar parecia até outra pessoa, louca sim, mardiamor. #TeamMilk

Carlos – Essa temporada realmente está num nível bem alto. Voz suave, a música escorregou na voz dela, além do carisma e de ser bem louca. Segura esse team Claudiaaaa.

Tati – AMEI essa moça, gente! Sem exageros, sem gritaria, apenas boa voz e interpretação com um agudo gostosinho. Curiosa pra saber se ela terá futuro no Team Claudinha.

Elian Flores – Estou Apaixonado

elian-flores-the-voice-brasil

Clique aqui para ver a apresentação

Deu pra perceber que ele estava super nervoso, né? Perdeu completamente o tempo da música e deixou tudo uma grande bagunça. No final ainda tentou alcançar uma nota alta e não conseguiu. Foi bem difícil ver isso tudo.Vamos perdoar por ele ser um baby ainda. #Eliminado

Carlos – Sou suspeito em falar de cantor sertanejo por não gostar muito, mas essa performance foi bastante karaokê de beira de esquina, aquelas máquinas que ficam rodeadas de bêbados. Faltou voz.

Tati – Olha, estou chocadíssima que essa temporada está tão boa que até os piores, no caso esse moço, não estão tão ruins. Diferente das últimas temporadas, que a cada quatro candidatos três eram filhotes de cruz credo. Realmente, Elian não mereceu virar uma cadeira, estava muito afobado. Mas vi potencial nele, principalmente pelo repertório.

Laura Dalmas – Nada Sei

laura-dalmas

Clique aqui para ver a apresentação

Vou concordar com o Lulu em dizer que a escolha da música não ajudou muito, porém, discordo no fato dele achar a voz dela parecida com a da Paula Toller, pois me lembrou bastante a Paula Fernandes. Achei que assim como o Elian ela perdeu o ritmo e tempo da música, Lulu deu ótimas dicas e se ela seguir, pode nos surpreender. #TeamLulu 

Carlos – Escolheu a zona de conforto, uma música que trouxe muito à semelhança da voz com a artista original e isso sempre é ruim. Falta um pouco de controle e talvez ela se perca ao tentar cantar outros tipos de música.

Tati – Lulu acertou ao dizer que ela não fez a escolha da música correta. Realmente o tom alto da música deixou a voz dela soar um pouco chata em alguns momentos. Não achei sensacional, mas ela tem uma boa voz e preenche a cota MPB (música para barzinho) do programa.

Assim, Lulu fecha seu time e fica com o seguinte cenário para a próxima fase:

Time Lulu

time-lulu-the-voice-brasil-2016

Carol Ferreira – Adivinha o quê

carol-ferreira-the-voice-am-4

Clique aqui para ver a apresentação

Amo quem sabe criar e mostrar personalidade através de um arranjo diferente, ainda mais se esse show de personalidade for acompanhado com uma voz suave e linda maravilhosa como essa. Lulu se revirando sem poder virar foi hilário! #TeamTeló

Carlos -É impressão minha ou os timbres femininos estão muito parecidos nessa temporada? Todas muito boas e muito controladas, voz poderosa ,segura e firme. Quase não reconheci a música pelo arranjo.

Tati – Que tranquilidade dessa moça em se apresentar mesmo tendo um problemão em casa. Em momento nenhum ela me pareceu nervosa e foi muito bem, com um ótimo arranjo, que favoreceu muito o estilo dela. No final ela fez umas modulações, que mostrou que ela é bem técnica. Ainda bem que ela foi com o Teló, pois acho que assim ela terá mais chances de ir longe.

Jéssica Stephens – História de Lily Braun

jessica-stephens-the-voice-brasil-am-3

Clique aqui para ver a apresentação

Parecia meio nervosa, mas percebe-se bem o quanto ela tem uma voz maravilhosa e muita técnica. Precisa trabalhar mais em ter melhor controle e não se perder no nervosismo. #TeamMilk

Carlos – Voz com muita modulação e alternada com falsetes. Não sei dizer o quanto ela pode alcançar nas notas e senti um pouco de insegurança.

Tati – Jéssica tem falsetes e agudos lindíssimos e uma ótima presença de palco. Tem algumas coisas que ela faz com a voz que me incomodam, pois não me parecem naturais. Porém, achei muito boa e fechou bem o Team Claudinha.

Com a Jéssica, Claudinha fecha seu time e segue como o mais forte na briga pelo título.

Time Milk

time-claudia-leitte-milk-the-voice-brasil-2016

Fernanda Silva – Seguindo em frente

fernanda-silva-the-voice-am-7

Clique aqui para ver a apresentação

Por favor, STOP audições com cortina 2k16! Após esse primeiro protesto, STOP cantores forçando sotaque/dicção. D-E-T-E-S-T-O! Não, não e não! Apesar de perceber o quanto Fernanda domina as técnicas vocais, eu não consigo gostar de cantores assim, sorry!

Carlos – Projeto de Maiara e Maraísa, típica cantora de boiadeiro que ganhou a competição de musa do boi ! Voz forte, timbre bonito e muito bonita! E claro que apostou numa música sobre boiadeiro, nenhuma surpresa, além dos seus somente 20 anos.

Tati – Maravilhosa! Uma voz bem potente, mas que não é forçada e nem incomoda. Se eu não tivesse escutado “Evidências” 355 vezes no TXFactor BR, adoraria vê-la cantando no programa.

Laura Vieira – Boa Sorte

laura-vieira-the-voice-brasil-bla-13

Clique aqui para ver a apresentação

Para mim, o destaque de Laura foi o de ter uma voz marcante e diferente das demais, porém vocalmente falando ela ficou MUITO limitada e não mostrou muita variedade. Pode surpreender na próxima fase, mas por enquanto ficou muito OK! #TeamBrown

Carlos – Não entendi porque demoraram tanto para virar! Não fez parecido, não semitonou, voz poderosa, música boa e colocou a própria essência. Acredito que tenha futuro.

Tati – OoooOOOOooooooo minha filha, não precisava dessa introdução pra essa música, né? Mas mesmo assim gostei. Ela é muito novinha e tem uma voz bonita. Acho que se for bem aconselhada pode fazer boas apresentações.

Com a aquisição de Laura, Carlinhos fecha o seu time.

Time Brown

time-carlinhos-brown-the-voice-brasil-2016

Júlia Ribeiro – Paciência

julia-ribeiro-thevoice

Clique aqui para ver a apresentação

Júlia representando Juazeiro – BA, terra de Ivete e vizinha da minha cidade linda. Primeiramente queria saber quais são os critérios de Teló par virar essa bendita cadeira. Júlia tem um timbre BEEEM particular e com um plus de uma rouquidão maravilhosa a ser trabalhada. É uma pena que tenha sido #Eliminada.

Carlos – Mega contralto e existe uma discordância com contraltos e vozes roucas femininas, gostei, achei uma voz diferente e por isso talvez viraria, mas senti um pouco de falta de controle vocal.

Tati – Achei a voz forçada em alguns momentos, porém ela não é ruim e tem uma rouquidão legal na voz. Quem sabe daqui alguns anos, se o programa ainda existir.

Gabriel Correa – Chuva de Arroz

gabriel-correa-the-voice-brasil-bla-25

Clique aqui para ver a apresentação

Voz SUPEEEEEER comum e é só isso mesmo. Canta bem, mas não tem QUALQUER diferencial dos demais cantores. Se chegar na fase em que o público decide, já sabemos que vai para a cota do bonito padrãozinho para ser arrastado pelo público. #TeamTeló

Carlos – Não vejo ele cantando músicas clichês como Luan Santana, mas sim um reggaeton, uma música sensual que precisa tirar a roupa, quer dizer… Gostei da voz, mas vejo ele em outras músicas e acho que tem potencial, pelo menos não vai precisar muito dela pra chamar atenção.

Tati – Quando ele começou a cantar eu pensei assim: nossa mais um boy mara, que vai ser arrastado pelo programa sem saber cantar. Mas num é que além de gatíssimo, o menino num canta bem? O oposto do Teló AHAHAHA Ele cantava rock, mas também vejo futuro pra ele no sertanejo. Porém, pela voz acho que ele poderá se arriscar durante o programa com outras escolhas musicais e surpreender. Espero ver mais dele durante o programa ahahaha.

Assim, Michel Teló fecha seu time country e encerramos a fase das audições.

time-michel-telo-the-voice-brasil-2016

Para encerrar a noite, Lulu Santos se apresentou com a música ‘Tudo Bem exceto pela sua roupa‘ em um arranjo completamente diferente, tanto que por pouco não reconheci a música. Clique aqui para conferir a performance do técnico!

Com o final das audições, fica a expectativa pelas batalhas e pela presença da nossa rainha soberana dona da porra toda, Ivete Sangalo. Preparados para ver a mídia fazendo sensacionalismo com a relação de Ivete e Claudinha esse show de talento e carisma atuando como técnica no The Voice adulto?

Além disso, já fizeram suas apostas para os pareamentos das batalhas? Conta pra gente enquanto a próxima quinta não chega!

Nyegirton
Nyegirton

Mestrando em Matemática e engenheiro nas horas vagas. Sarcástico e bêbado sempre que possível. Apaixonado por humor, suspense, terror e trêta.
Deixe-nos um comentário!
  • Mauricio Lemos

    NYEGIRTON… Li em algum lugar que a estrutura do programa é a seguinte:
    5 audições
    3 batalhas
    2 batalhas dos técnicos
    quartas de final
    semi-final
    final
    Você sabe se vai ser assim mesmo? Como será essa batalha dos técnicos, corre o risco de algum técnico chegar a final sem candidato? Na entrevista coletiva o diretor informou que nas quartas de final teria uma surpresa que nem os técnicos sabem o que é. VocÊ deduz algo?

%d blogueiros gostam disto: