Posts Populares

The Voice Brasil – S08E04 – Audições às Cegas – Parte 4

Bora pra mais uma rodada, turma!

Fala, galera! Que negócio gostoso de se ver e ouvir está essa temporada, hein? A bancada tá leve, completamente entrosada e entregue ao entretenimento e a música… Olha, essa 8ª temporada tem tudo para se consolidar como a melhor de todas! Sem contar que o elenco de candidados esse ano foi muito, mas muito bem pré-selecionado. Sinto falta do Brown? Sim! Assim como sentirei falta do nosso Adam no TVUs, mas é só falta de costume. Já, já estarei aos pés da deusa IZA que está pisando nos outros coaches e levando os melhores candidatos para si. Na franquia gringa não sei, mas voltemos ao Brasil.

Sem mais delongas, bora ver quem são as novas carinhas dos #TeamTeló, #TeamIvete, #TeamIZA e #TeamLulu? Para me ajudar na missão, dois amores, os panaleiros Tati e Thairo. Let’s?

Rik Oliveira – “Blame It On The Boogie” #TimeLulu

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Uma voz é uma voz! Técnica, dinâmicas invejáveis, carisma e bastante talento. Rik promete tirar onda nesse programa. Ele traz referências maravilhosas de Steview Wonder, Michal Jackson e outros caras dessa vibe, o que é massa. O cara mostrou ter muita qualidade vocal em uma performance tão curta e acredito que chegará bem longe na competição.

Tati: Ai, a vibe do Rik é muito boa, isso é inegável. Eu achei que ele começou com a energia muito boa, mas algo na apresentação foi ficando um pouquinho repetitivo e eu não consegui curtir muito a performance. De qualquer jeito, eu gosto desse estilo dele e ele tem bastante potencial para arrasar no programa!

Thairo: Que voz mais ‘infantil’ me lembrou até aquela menina do sapo do ano passado, não curti particularmente. A música também não combinou muito com ele, e acho que ficou faltando algo.

Isabella Arantes – “Deixa Ela Saber” #TimeTeló

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Ela tem uma voz bem forte e muito marcante. Podemos ouvir ela cantar bem distante e afirmar com certeza, essa é a voz da Isa. Isso é massa e espero que ela venha a me surpreender positivamente nas próximas performances. Acho que a moça pode vir a se destacar no time de Telozin.

Tati: Que vozeirão da Isa, gente! Bem típico dessas cantoras sertanejas mais contemporâneas. Olha, não é muito a minha praia, mas pra mim ela mandou super bem! Super afinada e confiante. Só achei que a música terminou do nada e faltou aquele final. De qualquer forma, no geral eu curti!

Thairo: Adoro um Sertanejo, ela tem uma voz bem profunda e que passa a sofridão que a música pediu. Fez os melismas bem colocados, apesar do nervosismo ter pegado um pouco, o “saber” dela foi ótimo. Com certeza uma boa aquisição para qualquer time.

Jô Borges – “Acreditar” #Eliminada

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Jô é daquelas cantoras que eu amo mesmo sem mostrar a voz. Ela transpira brasilidade e isso é tão lindo de se ver e ouvir. Adorei todo o seu carisma e vontade de estar ali. O nervosismo a atrapalhou demais, mas algo me diz que ela de fato voltará no ano seguinte e surpreendendo todo mundo. E venha cá, quem diz que essa mulher tem 54 anos? NINGUÉM!

Tati: Eu amo o The Voice Brasil por isso, um repertório muito lindo e NOSSO! Amo, amo! A Jô veio esbanjando brasilidade e eu curti muito isso nessa. Apesar de não ter visto nada de muito diferente na voz dela, eu gostei da performance. Não sei apertaria o botão, mas ela fez bonito!

Thairo: Não sou um dos maiores fãs de samba, mas a maioria das pessoas que cantam sempre tem vozes grandes. Acho que a escolha da música não foi das melhores, as palavras ficaram rápidas demais e queria ver mais canto. Além de algumas falhas vocais.

Samara Alves – “I’m Not The Only One” #TimeIvete

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Samara tem muita qualidade, mas essa canção só a atrapalhou. Achei que ela quis mostrar tanto que acabou sendo quase que engolida por seu próprio talento. Como acredito em seu potencial, acredito que ela mostrará tudo aquilo que pode nas batalhas.

Tati: Ai, gente, essa música não combina com reality, pois o começo é muito chatinho e até a pessoa crescer com a canção, a performance está quase acabando e foi justamente isso que aconteceu, Samara começou bem mais ou menos, mas foi só melhorando. Refrão impecável, ao meu ver, com uma potência bem legal! Com a música certa, ela só vai arrasar.

Thairo: Acho interessante quando um cantor do gênero diferente faz um cover do original. Porém, faltou uma profundidade na performance dela. Apesar de bons vocais, faltou para mim uma emoção ao sofrimento que a música tem. Não sei como seria em outras musicas.

Amanda Magalhães – “Quando Fui Chuva” #TimeIza

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Achei que a Amanda mostrou demais em sua performance e não focou tanto na voz. Fiquei bastante crazy enquanto essa menina ia entregando as notas…. mas no fim a menina merecia ganhar uma vaga dentro de um dos times.

Tati: Amanha chegou toda performática e foi crescendo durante a performance. O timbre dela é bonito, mas achei que ela não soube organizar muito bem a apresentação, pois vi diversos recursos vocais sobrepostos e não sei se a proposta da música permitia isso. Fiquei confusa! Mas cantar ela sabe, né? Ela pode concertar isso durante o programa perfeitamente.

Thairo: Eu adoro essa música e que dança estranha é essa? Foram as duas primeiras coisas que eu pensei. Em alguns momentos achei a voz dela meio irritante. Quando as cadeiras não viraram ela ficou tentando de varias coisas pra poder virar alguma, e conseguiu, mas não me convenceu. Com o treinamento de Iza talvez ela melhore demais.

Yolanda de Paulo – “Desperdiçou” #TimeTeló

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Teló tá montando um time tão plural que eu quero ver só como serão as battles do seu grupo. Yolanda é uma potência grandiosa. Fiquei extremamente empolgado com o que ela nos apresentou e torcendo para que um dos quatro apertasse logo aquele botão. Essa menina vai dar muito trabalho para os seus adversários.

Tati: A performance da Yolanda me causou a mesma impressão que a de Amanda, ou seja, achei um pouco bagunçada. Assim como Amanda, ela tem um bom material vocal, mas quis mostrá-lo todo na performance. Mas a voz dela é bonita e certeza de que ela pode mandar muito bem daqui pra frente.

Thairo: Ela tem um timbre muito bom, fez ótimas transições e cantou muito bem. Já estava ficando em dúvida por que ninguém estava virando. Ela melhorou muito no final da música, as pausas que ela fez foram certeiras e ela teve toda uma teatralidade que casou.

Catarina Rosa – “The Show Must Go On” #TimeIvete

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Um dos destaques do episódio. Catarina traz tanta força, tanta entrega, tanta energia… Amei vê-la em cena. Ela escreveu de fato o que ia nos apresentou e entregou cada letra ensaiada. Amei bastante isso aqui, hein? Let’s go, honey!

Tati: Hinoooooooooooooooooooooo! Escolha ótima para a energia da Catarina. Eu acho que ela soube construir uma boa performance para uma audição. Claro que em uma performance de live ela poderia se jogar mais, mas ela fez um básico muito bem feito e o suficiente pra mostrar que ela arrasa!

Thairo: Sou um pouco rígido com essa musica por que não é qualquer um que consegue cantá-la como merece. Acho que inclusive Ivete foi rápida, deveria esperar a parte alta. Ela teve ótimos vocais isso sem sobra de duvidas, mas faltou algo, que propicie aquele bum na apresentação da candidata.

Flora Cruz – “Baba” #TimeLulu

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Delícia de apresentação. Flora foi ousada em trazer algo diferente e o resultado não poderia ser melhor. Adorei sua voz, sua imagem e acredito que ela continuará inovando e dando a sua cara nas demais canções que vir a escolher.

Tati: Ai, eu adoro esses arranjos mais afrontosos, que misturam ritmos totalmente distintos. Só aí Flora já me ganhou. Eu curti muito a performance o timbre dela é bastante agradável, super combinou com o arranjo que ela fez.

Thairo: Achei a versão cult e bem diferente, mas não curti. Pelo menos ele teve uma boa invenção algo meio Amy Vachal do The Voice US, vamos ver como ela vai sair nas próximas vezes. Essa foi bem mas eu como técnico não viraria.

Maria Luiza – “Tristeza Pé No Chão” #TimeIvete

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Quanta coragem a Maria demonstrou. Que timbre poderoso, né? E sua voz é bastante forte. Na verdade a presença dela no palco deixa uma atmosfera massa. Adorei muito a vibe e elegância que ela trouxe para sua apresentação. Ela vai dar um caldo bem bom ao lado de Veveta.

Tati: Realmente Maria estava um pouco nervosa e isso a atrapalhou um pouco, mas deu para perceber que ela tem uma voz bem “macia”, dessas que a gente adora ouvir. Além do mais, eu achei que ela se entregou à performance, de corpo e alma e por isso gostei.

Thairo: Ela tem muito controle na voz, ela fez uma puxada do grave que foi muito boa. Além disso ela é uma pessoa apaixonável, você vê que ela canta sentindo e com uma voz bonita mesmo, acho que foi uma boa aquisição e que pode crescer na competição.

Isis Raylanne – “Foi Deus Quem Fez Você” #Eliminada

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: A bichinha é novinha e tem muito para mostrar. Infelizmente será numa próxima. Qualidade ela tem e tem tudo para retornar mais forte em uma futura temporada.

Tati: Alá, a bichinha começou esfregando na nossa cara o sotaque mais bonito desse país hahahaha! Gostei de ver Isis cantando, gente, principalmente pela pronúncia das palavras. Está certo que ela poderia ter escolhido uma música mais favorável, mas ela tem muito potencial.

Thairo: Ouvindo essa musica lembrei do Para Nossa Alegria, inclusive seria interessante uma versão profissional dessa musica em um reality. Ela tem uma voz bonita e o sotaque muito fofo, mas fiquei esperando algo a mais que nem sei dizer o que é já que vocalmente ela foi bem.

EL1 – “Essa Mina É Louca” #TimeLulu

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Olha o menino do X Factor Br aí, gente. O material vocal do EL1 é bem legal. Todo o fogo performático que ele traz também muito bacana de se ver. O pacote o transforma em um candidato diferenciado e cheios de surpresa. Atenção para esse #TeamLux, hein?

Tati: Ai, gente, quando ele falou que ia fazer algo diferente, eu pensei que ele ia mudar o arranjo totalmente, mas acabou que vi uma proposta não muito disrupitiva hahaha. De qualquer forma, ele tem um estilo bem legal e, apesar de ter achado a performance um pouco bagunçada, eu acho que pode render boas apresentações daqui pra frente.

Thairo: Tá aí, gostei dele. Ele deu uma cortada no final das palavras. Colocou uma diferença na letra da música, e realmente animou sem desafinar e fazendo algo diferente. Acho que ele tem um futuro no programa e passou uma energia contagiante

Mari Bodas – “Apaga a Luz” #TimeIvete

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Tá mutio massa os candidatos pré-selecionados, gente. Mari esbanja simpatia e versatilidade. Além de ser super comercial. Adorei demais sua apresentação. Eu já tô imaginando real ela mandando um rapzão bem atual e legal hahaha. Arrasa, linda.

Tati: Ai, fiquei super dividida! Voz de Mari é linda, super potente! Mas não consegui me apaixonar pela performance, não. Sabe quando falta alguma coisa? Mas a bichinha sabe cantar e pode ser muito bem trabalhada pela Veveta.

Thairo: O que tá acontecendo que estão virando só no final de um em um? Melhor do que os 4 virando. Ela foi bem e contagiante com a música.

Vidal Assis – “Estácio, Holly Estácio” #TimeLulu

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Minha gente, se lembram do Marcos Lessa, da 2ª temporada? Vidal me lembrou exatamente ele. Que postura única. Quanta elegância. Cada nota em seu devido lugar. É o cantor que eu amo ver e ouvir? Naum. Mas é mó legal ter alguém como ele dentro da competição. Jogue duro, negão.

Tati: Achei uma performance legal? Achei! Até porque amo essa música, mas a impressão que tive a música toda era que Vidal estava sussurrando, sei que isso se deve ao registro dele, mas não é o tipo de voz que me apetece. Mas é legal que ela tenha conseguido uma oportunidade.

Thairo: Gente.. foi tão suave, mas tão que tive que aumentar o volume da TV. Foi muito parado, não teve ápices, eu particularmente não curti, e não consegui nem entender direito o que ele estava falando ou cantando, acho que não funcionou.

Karine Rayne – “Dona de Mim” #TimeIza

Clique aqui para ver a apresentação

Lucas: Totalmente dona de si! Rayne veio mirando exatamente no ponto onde queria chegar e atingiu algo além dele. Achei #4chairs um exagero que só, mas a dinâmica pós-apresentação foi bem divertida então valeu. Bora ver o que a mina vai trazer para nós nas próximas.

Tati:

Thairo: Cantar a música do técnico é baixo nível, já querendo que as pessoas virem mesmo. A Iza toda animada com a música adorei haha, apesar da cantora não ter sido uma das melhores. Acho que ela podia ter arriscado mais boçalmente, mas não foi ruim, só inconsistente.

Condiderações finais

Coisa boa esse episódio, hein? Embora eu tenha achado o mais fraco de todos mostrados até então, o nível se manteve ideal e tivemos candidados bem especiais nessa levada. Tô aqui na torcida para que tenhamos grandiosas vozes guardadas para os dois últimos episódios de Audições às cegas. E vocês daí de casa? O que acharam? Animados com a temporada? Seu fave surgiu neste episódio? Nos conta tudo aqui embaixo nos comentários. Queremos saber de tudo. Beijão e até terça, turma!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lucas Salles

Um baiano que é capricórniano, aspirante a jornalista, que ama festas, viagens assistir a sériados, ver uma boa treta e realitys shows! Ah, eu sou tirado a figura pública também, viu? Vão no instagram, busquem por @eulucassalles e vem seguir o paneleiro mais sã que já existiu, sqn!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries