Posts Populares

The Voice of Holland – S10E14/15 – Liveshows 1/2

Vamos a formação do TOP 8?

Voltando a cobrir a décima temporada do excelente The Voice of Holland chegamos a um formato ligeiramente diferente ao da última temporada, dessa vez duas equipes se apresentam a cada semana e dentro de cada time um candidato avança direto (o mais votado pelo público) e o coach precisa decidir entre os outros dois dando assim um SAVE. Após isso teremos a formação do TOP 8 e depois iremos direto a grande final, sendo assim perdemos uma performance a mais de cada candidato =( .

Outra coisa antes de começarmos é um pequeno pedido de desculpas pelo atraso, toda a equipe do The Voice of Holland está passando por um período conturbado entre vida pessoal e obrigações que precisam ser feitas, então o tempo para passar por aqui e comentar isso com todo carinho que vocês merecem tem sido escasso por conta disso os atrasos. Decidimos unir os dois episódios em uma review e iremos time por time!

#TeamAnouk – “Dream On” by Aerosmith

Primeiro tivemos Sophia, Sanne e C.J. se unindo para uma poderosa reedição de Dream On que só me fez desejar saber como seria uma versão inteira na voz de Sophie, que garota especial minha gente <3 <3. Sanne e C.J. fizeram um bom trabalho aqui mas o destaque foi Sophie, que voz <3.

C.J. – “Set Fire To The Rain” by Adele

Lindo: Olha vimos um C.J. melancólico, teatral e totalmente entregue na rodada anterior que até me fez ver ele podendo surpreender mas aqui vemos que Anouk errou completamente em dar uma balada da Adele e pedir para ele inserir sua rouquidão. Tudo limitou demais e ele passou longe de mostrar o seu melhor com toda aquela vulnerabilidade e conexão com a música que é seu forte, além disso sinto que seus vocais estavam no máximo que as vezes saiam um porquinho do que seria o exigido para essa música, a nota alta no final perfeita mas foi isso.

Thiago: Eu até que curti essa performance… Foi uma versão meio que fraca dessa música, mas eu gostei da vibe da performance em si. O C.J é muito bok vocalmente falando e isso compensa muito fora que eu gostei bastante da explosão da música no final.

Erik: Senti um gostinho do arranjo de quando Jordan cantou essa música no TVUS, hein? Mas não chegou nem perto querido. Eu adoro a voz do CJ e senti que foi uma das boas surpresas pros lives, mas ele já chegou morto porque essa performance não teve absolutamente nada demais. Não foi ruuim, mas também passou longe de ser bom, ficou ali no limbo pra ser esquecido.

 

Sanne Huisman – “River” by Bishop Briggs

Lindo: Anouk querida? Você avançou Sanne e deu as songs que deveria dar para a Fleur? Gente Sanne arrasou, mas me lembro da sua linha na audições com California Dream e esperara ver ela seguindo essa linha com músicas cheias de notas, mas estavamos vendo ela indo num lado mais rocker que era a proposta da Fleur. Não que foi ruim, longe disso porque Sanne é LENDÁRIA e fez valer sua presença nesses lives, mas passou longe de ser a música adequada para ela.

Thiago: A primeira vez que eu vi essa performance eu não curti muito, mas revendo agora até que eu curti bastante. A timbre da Sanne é muito forte e casou perfeitamente com o arranjo dessa música que eu gostei bastante depois de rever agora. Eu só mudaria a iluminação pra algo mais rock e agitado e gostaria de ver a Sanne mais solta no palco, mas ainda sim gostei demais da performance.

Erik: Eu AMOOOOO Sanne com todas as minhas forças, uma das minhas favoritas da edição. Mas, assim, eu fiquei meio desapontado com essa songchoice. Não que eu tenha achado ruim, a música casou muito bem com a voz dela e eu achei até mesmo muito boa a performance, mas esperava mais sabe? Esperava algo mais parecido com seu Knockout. Enfim, apesar disso a fada não fez feio e pisou MUITO, mesmo sendo super curta a apresentação.

 

Sophia Kruithof – “Keep Your Head Up” by Ben Howard

Lindo: Lenda do FOLK! Mas a pergunta que não quer calar, Anouk não acertou uma song choice nesses lives, a música caiu super bem na voz da lenda e ela fez tudo correto e foi ótima, mas convenhamos não é uma song choice para lives, não tem apelo, não tem um nível de dificuldade alto que Sophie facilmente executaria, Anouk está em uma péssima noite. Sobre a performance foi LINDA, poderosa e até me acalmou um tiquinho <3.

Thiago: Sophia nunca falhou, essa menina é perfeita em tudo o que se propõe. No começo eu achei a songchoice um pouco errada pra ela, mas ela foi maravilhosa e segurou muito bem a marimba de uma música um pouco mais acelerada. Eu acho que ela já é uma presença confirmada na final e espero eu que ela realmente esteja lá pq é perfeita.

Erik: AAAAAAAAA QUE ANJO! Sophia tem uma das vozes mais lindas da temporada com toda certeza, e eu acho até que ela pode ser uma das finalistas. Aliás, essa apresentação é uma prova de que ela tem tudo pra ser um dos grandes nomes, porque ela trouxe algo muito fora da curva dos demais participantes, um estilo bem singular e único. A música foi super bem escolhida, ela estava muito confortável. Eu AMEI!

Resultados – Team Anouk

Sem surpresas o público avançou com Sophie Kruithof direto aos lives, uma das favoritas da temporada e que vem fazendo jus a isso! Anouk fez o correto e salvou Sanne Huisman e espero que ela saiba escolher melhor as músicas para ambas as meninas nas semi finais ou corremos o risco de ver o Team Anouk sem representantes. Sendo assim C.J. acabou sendo eliminado!

 

#TeamLilKleine – “Kon Ik Maar Even Bij Je Zijn” by Gordon

Entendemos nada neh gente, mas já fiquei atento com a reação do público quando Kes entrou na música. Não entendi nadinha aqui mas achei extremamente fofo, a experiência da April, a classe e evolução da Kes e o Danilo que até foi bem.

 

April Darby – “Crazy In Love” by Beyoncé

Lindo: TALENTO, VOZ, MARIMBA, POSE, DESENVOLTURA e um desejo enorme de dar o melhor de si SEMPRE, April conte comigo para tudo, ela chegou com uma das songs mais cliches e simplesmente arrasou na performance apesar de ter pecado nos vocais devido a esse arranjo mais acelerado que foi usado que acabou engolindo ela em alguns momentos, enfim essa mulher é um furação no palco e ela merecia uma música e arranjo melhor.

Thiago: A April é uma vocalista de primeira e é maravilhosa, mas infelizmente o arranjo e a songchoice acabaram prejudicando bastante o rendimento dela. A presença tava no ponto, mas faltou um pouco mais de volume de voz em alguns momentos que acabaram dando uma sensação de que ela estava sendo engolida pelo instrumental. Lamento muito pela eliminação da April pq ela era uma act maravilhosa que poderia render bastante ainda, fora que eu não achei essa performance ruim.

Erik: April, você quer o mundo? EU TE DOU! Que performance MARAVILHOSAAA, sem palavras pra essa mulher. Achei que ela veio com fogo nos olhos pra passar, infelizmente Lil já está consagrado pelo portal de notícias EU que é um dos piores coaches do The Voice, porque em duas fases seguidas ele fez escolhas horrorosas. April não passar depois dessa apresentação é o CÚMULO. Enfim, tá aí minha nota de repúdio.

 

Danilo Kuiters – “Zjin Het Je Ogen” by Koos Albers

Lindo: Meu desejo seria chegar aqui e dizer que não curti e que não entendi nada, mas a verdade é apenas sobre a segunda parte desse desejo, Danilo mandou muito bem aqui, conseguiu não soar boring completamente e provavelmente deixou as tias do sofá da Holanda super felizes e com muita vontade de votar por ele.

Thiago: Aquela performance que a gente não entende literalmente nada, mas acha tudo muito lindo kkkkk. Não sei nem pra onde essa língua vai, mas eu realmente achei a performance belíssima e no ponto. A voz do Danilo me agrada muito e eu curti demais como essa música soou agradável.

Erik: Você não tinha nem que tá aqui né, querido? A definição do macho básico. A voz é ruim? Não, mas também nada que explique ele ter chegado tão longe. Lil estava doido da cabeça quando decidiu trazer esse moço ao invés de Charine. Achei o começo chato, depois no meio ficou mais chato e o fim foi chato também. É isso.

Kes van den Broek – “Let You Love Me” by Rita Ora

Lindo: PERFEITA, a melhor apresentação da primeira noite foi da jovem e surpreendente Kes! Com um pop chiclete da Ritinha, Kes chegou e com muito carisma e presença de palco nos entreteu e mostrou que pode ser a grande surpresa na final, a voz dela me agrada tanto gente, é algo tão gostoso de se ouvir e Kes é apenas a performance mais vista dessa primeira noite de lives (Team Anouk e Lil Kleine).

Thiago: Amada??? Eu achava a Kes a coisa mais sek graça dessa competição, pra mim não devia passar nem das batalhas, mas estaria eu agora deitando pra ela? Achei a performance extremamente perfeita puts, a voz casou direitinho com a música, a coreografia foi bem legal e sla amei muito essa performance.

Erik: Gente, eu nunca pensei que diria isso mas Kes já é meu amorzinho. Ela cresceu demais na competição e essa performance foi TUDOOOOO! Eu amei demais, a música, a coreografia, os vocais perfeitos. Sério, se ela continuar nessa crescente ela tem chances pra caramba no programa, e eu amo um pop pra eu sentir vontade de levantar e rebolar a raba mesmo não tendo a menor capacidade pra isso. Arrasou!

Resultados – Team Lil Kleine

A lenda Kes van den Broek segue surpreendendo e foi a escolhida pelo público para avançar direto e depois coube a Lil Kleine realizar uma injustiça com April Darby e mandar ela embora e decidir avançar com Danilo Kruiters. Entrentanto isso é esperado, Danilo é o cantor dutch que segue no idioma do país sem ir pro inglês e sempre ao menos um candidato nessa linha chega as finais.

 

#TeamAliB – “I Don’t Care’ by Ed Sheeran and Justin Bieber

Ali B minha filha se matou os três com essa song choice errada para todos eles kkk, fiquei com vergonha alheia do uhuu uhhuu e Ali B fez isso apenas para ele faz o rap neh gente, nem vamos nos alongar comentando isso aqui, vamos as performances…

 

Ayoub Maach – “Angel” by Sarah McLachlan

Lindo: Olha eu gostei mais do que nos KOs quando ele fez uma versão meia boca de Halo, mas eu continuo no ponto que Ayoub está longe do nível de Emma, Sophie, Kes e vem com muito mais views que as meninas apenas por ter estourado quando criança, espero que ele não vença escorado desse jeito porque nenhuma de suas performances nessa temporada foi espetacular ou próximo disso, tem sido apenas umas coisinhas sem graça ou sem emoção ou sem explosão. Hoje ele até teve emoção, mas faltou mais entrega dos vocais principalmente no final.

Thiago: Melhor performance dele no programa. Sem exageros ele soou tão bem e tão lindo que acabou rendendo uma performance perfeita. Esse final foi belíssimo.

Erik: Aff, esse menino é extremamente hypado e era muito melhor criança, mas pra não ser injusto ele mandou muito bem nessa apresentação. Vocalmente foi impecável e a música o valorizou muito, mandou muito bem.

 

Fatima Zohra – “Good As Hell” by Lizzo

Lindo: Vou me adiantar aqui que Fátima foi a eliminada nesse time porque o público avançou com Ayoub mesmo com essa performance meia boca neh, estou PUTISSIMO. Fátima veio com uma performance cheia de carisma, vocais poderosos e muito talento e ainda com essa song da maravilhosa da Lizzo, eu AMEI demais e já revi umas dez vezes.

Thiago: Amei demais a energia dela, o timbre é extremamente interessante em alguns momentos e foi uma boa performance pra mim.

Erik: LENDAAAAAA música icônica, meu pai! Porém, infelizmente, senti que não foi uma boa escolha pra essa fase. Ela já tinha tido uma apresentação mais animadinha no KO então se eu fosse ela trazia algo mais emocionante tipo a audição pra carimbar a vaga na próxima fase, mas né, fazer o que. Eu achei muito legal, mas nada além disso.

 

Daphne van Ditshuizen – “Miracle” by Ilse de Lange

Lindo: Outro anjooooo, a voz doce e serena da Daphne é uma das melhores coisas dessa temporada mas diria o que mesmo que falei da Sophie aqui, a song choice foi ótima para a voz dela mas pecah em apelo com o público, não tem um momento super marcante ou que exploda um sentimento e isso faz falta na hora do voto.

Thiago: Lenda perfeita em absolutamente tudo o que faz. Eu amo tanto puts… E mesmo na sua performance que eu menos gostei por conta da songchoice ela continuou perfeita e cantando bem como sempre. Se Ali fosse ganhar o The Voice adulto um dia eu queria muito que fosse com essa anja.

Erik: FADAAAAAA, confesso que depois de sua apresentação anterior eu estava com as expectativas altíssimas. Não vou dizer que ela não as supriu, mas com certeza poderia ter sido muito melhor. Acho que a música não a favoreceu, mas segue sendo meu amorzinho da temporada.

 

Resultados – Team Ali B

Como adiantei acima o público que não sabe votar avançou com Ayoub Maach direto ao TOP 8 e restou a Ali B salvar o anjo Daphne ou a deusa Fátima e eu estaria dividido aqui demais porque amo AMBAS, pela performance de hoje eu iria com Fátima, mas pela competição num todo iria com Daphne então nem vou criticar a escolha de Ali, Ali B salvou Daphne van Ditshuizen e assim Fátima Zohra foi eliminada.

 

#TeamWaylon – “Desperado” by Eagles

Que grata surpresa ver o Waylon se juntando a sua equipe ali desde o início e vimos a melhor performance em grupo de um time até aqui, todos foram bem mas com os destaques positivos para Robin que matou a pau.

 

Robin Buijs – “Piece Of My Heart” by Janis Joplin

Lindo: ROBIN ENTENDA VOCÊ É PERFEITA! Sabe aquela candidata que sempre faz tudo certo e no final acaba sendo eliminada e ninguém sabe o porque? Robin essa é você, entretou, gritou, cantou, voz cheia e uma performance extremamente sólida, eu só fiquei desejando ver mais de Robin no programa e já estou odiando com todas as forças esse novo formato.

Thiago: Prejudicadissima pela songchoice, não segurou a marimba da música em momento algum pra mim, oq é triste pq adorei ela semana passada

Erik: Oh anjo, coitada né? já nasceu morta. Eu não via Robin passando em nenhum cenário, mas confesso que nem ligo muito. Acho ela bem ok, e a performance foi bem mais do mesmo também, não curti tanto.

 

Emma Bortien – “Love Of My Life” by Queen

Lindo: Aparentemente Waylon é o coach mais dedicado aqui, porque Robin veio com produção e Emma também com todo um jardim de rosas que deu um efeito lindo a essa obra de arte que foi essa performance. Aquele final com aqueles Love Of My Life.. uhuuu… que nuances lindos que Emma criou minha gente, PERFEITA.

Thiago: Finalmente uma songchoice boa e a lenda entregou uma ótima performance. Amo a maneira que a Emma consegue subir as notas e envolver geral com a voz dela. Muito maravilhosa.

Erik: FINALMENTE UMA APRESENTAÇÃO DIGNA DE SUA AUDIÇÃO! Emma é uma das mais perfeitas da edição mas pra mim estava apagada, mas hoje ela voltou a ser minha favorita depois dessa apresentação LINDA, foi tudo de bom e já é a melhor da fase pra mim.

 

Stef Classens – “Used To Love You” by Dean Lewis

Lindo: Serio? Eu elogiei Waylon até aqui mas essa música super básica pro Stef enquanto Robin teve que se matar e dar a vida no palco? Eu achei que Stef fez o trabalho bem feito mas passou longe de ser algo marcante, aliás nada muito marcante em toda sua trajetória neh.

Thiago: Sempre achei ele básico demais, mas nessa rodada ele me soou extremamente agradável e tudo deu certo nessa performance dele, a songchoice ajudou bastante.

Erik: Vocês não me critiquem, mas eu adoro a voz do Stef. Achei a música meio meh, mas foi boa pra sua voz e valorizou seu timbre, gostei muito no geral e acho que ele fez um bom trabalho.

Resultados – Team Waylon

O público fez o correto e salvou a fada Emma Bortien! Waylon tinha apenas um trabalho que era salvar Robin, mas o macho deitou pro Stef Classens e salvou ele. Sendo assim temos a segunda grande injustiça desses lives que foi a eliminação da lendária Robin Buijs.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Semana que vem teremos as Semi-Finais e eu apostaria numa final com Ayoub, Emma, Sophie e Kes vendo tudo como está, e até diria que corre o risco de Sophie ficar de fora dependendo de como tudo for vermos Danilo ou Stef nessa vaga.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

A indie/gótica do @PanelaDeSéries! Paulista, canceriano, 27 anos de dores na coluna, faço Doutorado em Biotecnologia e vivendo pelo mundo. Me chama para beber @ e vamos falar de série, falar de Imagine Dragons e Lana Del Rey, falar de signos, falar de ciência e xingar os fascistas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries