Posts Populares

The Voice of Holland – S11E01/08 – The Blind Auditions [Season Premiere]

O The Voice Holland está de volta para sua 11º Temporada

Olá pessoal, o The Voice of Holland, está de volta para sua 11º Temporada. A nova temporada retornou no dia 20 de novembro de 2020. Por conta da Pandemia de Covid-19, não todos os técnicos junto no estúdio. A Anouk por ter problemas respiratórios, preferiu se manter em casa e a produção fez toda uma operação e com todo esse empenho, conseguiram gravar as audições.

O time de técnicos desse ano conta com o retorno de Anouk, Ali B e Waylon e com o estreante Jan Smit nas cadeiras vermelhas giratórias.

Por conta da fase já ter sido encerrada, vamos apenas conferir um breve resumo de como os times foram formados e os destaques que surgiram em cada time, só que dessa vez foi formado o top 55 e sendo assim um time pode ter mais candidatos que os demais, portanto não estranhem se nas battles surgirem três candidatos disputando por apenas uma vaga, aliás são essas as battles mais sofridas pra mim.

 

[Team Waylon]

O Waylon já está a 5 temporadas seguidas no reality, sendo que já ganhou duas vezes e sempre se mostrou um excelente coach nessa primeira rodada. Ele tem pra mim um time bem equilibrado, tem um time bem misto e cheio de acts com timbres e perfis peculiares. Além dele ter um time bem forte pra mim, considerando o time em geral, também tem a candidata que mais amei nessa temporada e já torço fortemente, a Sezina. O time é formado por 15 participantes, sendo assim teremos aqui uma ou mais battles de trio. Dentre os participantes do time, eu gostei bastante da Channah, Sezina, Refael e Renee, mas reconheço também a o timbre e a fofura do Sem Rozendaal, que pode surpreender nas próximas fases, além dos já citados acima.

Sezina Kelsey – “All By Myself” by Celine Dion

Leonardo: Meu Deus. Já conheço essa garota aí desde da primeira vez que ela participou da versão kids do programa, todas as duas participações dela foram perfeitas. E ela já mostrou o que veio nessa apresentação, controle impecável, soube segurar a voz e explodir no momento certo e com certeza vai longe na competição e quem saber pode até ganhar.

Renee Schnater – “Million Reasons” by Lady GaGa

Leonardo: Eu ainda estou chocado com essa perfeição aqui, porque a Renee foi perfeita do início ao fim e olhe que é difícil agradar um little monster como eu, tem que aquela apresentação arrasadora e foi isso que eu vi aqui. Perfeita do início ao fim e pode também seguir longe na competição. Fico repetindo essa audição várias vezes e todas as vezes me arrepio.

Refael Mirila – “Runnin” by Naughty Boy ft Beyoncé and Arrow Benjamin

Leonardo: Mesmo o Refael sendo do time do Waylon, tenho que destacar aqui a paixão que a Anouk sentiu antes de virar a sua cadeira, porque essa audição aqui foi incrível do começo ao fim, o Refael soube se destacar cantando e ainda por cima tocando lindamente o piano. Outro que pode ir longe na competição.

[Team Jan]

O Jan Smit é estreante da vez no reality. Ele tem pra mim um time bem equilibrado, e bastante misto. O time é formado por 14 participantes, sendo assim teremos aqui também uma ou mais battles de trio. Dentre os participantes do time, eu gostei bastante do Dim, da Anne van der Zee, do Bram Houg, da Dionne Damen, da Brenda Bee e do Jasper Wever. Todos esses citados podem vim a surpreender na competição

Jasper Wever – “When We Were Young” by Adele

Leonardo: O Jasper se mostrou um ótimo candidato, ele simplesmente foi muito bem na sua audição e todos nós sabemos que cantar Adele, já até se tornou clichê nos realitys musicais mundo afora. Porém o Jasper soube moldar a música para a voz dele e ficou impossível de não curtir essa versão cantada por ele

Brenda Bee – “There Must Be An Angel” by Eurythmics

Leonardo: A Brenda me surpreendeu de forma bastante positiva, primeiro que tem essa voz maravilhosa, não conhecia essa música do Eurythmics, o que foi esses agudos durante a performance. Segundo toca piano lindamente. E por último me prendeu de uma forma, que estou até agora fascinado por essa blind.

Dionne Damen – “No Time To Die” by Billie Eilish

Leonardo: Ah como não amar qualquer pessoa que cante Billie Eilish, sou suspeito para falar. A Dionne soube se sair muito bem com essa música ao mesmo tempo melancólica e forte também. Gostei muito de tudo no geral. Pode chegar longe na competição também.

[Team Anouk]

A Anouk é para mim a melhor técnica que existe no programa, mesmo com alguns deslizes no decorrer do programa e já ganhou duas vezes, inclusive ano passado com a linda da Sophia. Ela tem pra mim o melhor time até o momento e bastante eclético. O time é formado por 12 participantes. Dentre os participantes do time, tenho vários favoritos, entre eles o Bram Sangster, o Job Teunis, a Inge Lamboo, a Joanne Tholel, o Wibrand Brontsema, o Lucas van Roekel, a Hanin Al Kadamani, o Dani van Velthoven e o Sebastien van Dorp. Todos esses citados podem vim a surpreender na competição.

Hanin Al Kadamani – “Let It Be” by The Beatles

Leonardo: Essa audição foi linda do início ao fim, primeiro pela mensagem transmitida pela letra da música, que abrange muito bem a situação dos refugiados, que é o caso da Hanin. E vê a família dela se emocionando com toda a cadeira que ia virando. Gostei muito da forma que ela cantou a música. Tem tudo para surpreender nas próximas fases.

Lucas van Roekel – “Jealous” by Labrinth

Leonardo: Como não lembrar do Lucas na versão kids. Naquela época o menino já arrasava e agora mais velho e ainda por cima mais experiente. Essa apresentação foi perfeita do início ao fim, fez Anouk levantar da cadeira mesmo que virtualmente e essa música é linda do início ao fim. Vai muito longe na competição.

Inge Lamboo – “Nothing Breaks Like a Heart” by Miley Cyrus

Leonardo: Ah eu gostei muito dessa versão da Inge, dessa música maravilhosa. Ela não precisou mudar muito a música, porém soube cativar e levar a gente em uma viagem interessante e também tocou violão muito bem. Se for bem aproveitada pode se destacar nas próximas fases.

[Team Ali B]

O Ali B é para mim um técnico meia boca demais, ele pode ter o melhor time possível, porém não sabe escolher direito e acabar se prejudicando no decorrer da competição. Ele tem alguns nomes bons nomes no time, que podem surpreender, caso não ocorra algum decisão injusta. O time é formado por 14 participantes. Dentre os participantes do time, tenho alguns favoritos, entre eles a Karlijn Luisman, a Robin Kuipers, a Shanelle de Lannoy, a Nienke Fitters e Alyssa van Ommeren. Todos esses citados podem vim a surpreender na competição.

Karlijn Luisman – “You Say” by Lauren Daigle

Leonardo: Ah essa audição foi tão linda e fofa do início ao fim. A Karlijn soube demonstrar emoção com a música e soube passar a emoção da letra da música. Essa música é linda e acho que se for bem aproveitada, pode chegar adiante na competição.

Robin Kuipers – “Rise” by Katy Perry

Leonardo: A Robin foi tão perfeita nessa audição, que até me faltam palavras para descrever o que eu passei com essa blind. Essa música da Katy Perry tem uma letra tão forte, que é impossível não se emocionar com ela. Tão lindo vê a família dela, principalmente o irmão dela, se emocionando no decorrer da apresentação. Pode surpreender ao decorrer da competição

Shanelle de Lannoy – “Through The Fire” by Chaka Khan

Leonardo: A Shanelle, o que essa audição aqui meus amigos. Já estava tudo perfeito desde do início, quando chegou no fim e ela deu aqueles agudos e aqueles falsetes, eu fiz a mesma cara que o Waylon fez. A família dela também, principalmente a irmã dela, que vibrou logo com a primeira cadeira virada. Tem grandes chances de ir muito longe na competição.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Fazendo um breve resumo sobre as blinds, acho que temos muitos candidatos que podem surpreender nas próximas fases, destaco aqui o Team Anouk e o Team Waylon, que saem na frente com ótimos candidatos. Mais também no Team Ali B e o Team Jan, tem bons nomes e que podem vim a surpreender nas proximas fases.

#TeamAliB: Efrens & Hessel Du Mark*, Senne Didderen*, Karlijn Luisman*, Omar Lansheuvel*, Sjoerd Bos*, Robin Kuipers*, Kimberly Ter Haar*, Shanelle de Lannoy*, Alyssa van Ommeren*, Naomi Faerber*, Emmy el Sayed*, Nienke Fitters*, Annabelle Leenheer* e Younique*;

#TeamAnouk: Bram Sangster*, Job Teunis*, Maurice van Kersbergen*, Nash Baey*, Inge Lamboo*, Joanne Thotel*, Syldiane Asaiti*, Wibrand Brontsema*, Lucas van Roekel*, Hanin Al Kadamani*, Dani van Velthoven* e Sebastien van Dorp*;

#TeamJan: Dim de Groot*, Laura Ross*, Anne van der Zee*, Hilde Vos*, Bram Houg*, Angelina Garcia*, Dionne Damen*, Wilco de Roon*, Evie van der Heijden*, Lisa Post*, Maartje Rutgers*, Brenda Bee*, René Jonker* e Jasper Wever*;

#TeamWaylon: Sejan Sergeant*, Renee Schnater*, Livv*, Refael Mirila*, Cécile Buteau*, Jorieke Sterken*, Kann Kurmus*, Jeffrey Kuipers*, Sezina Kelsey*, Michelle Splietelhof*, Channah Hewitt*, Karlijn de Vries*, Sem Rozendaal*, Anne Peters* e Daniël Bos;

* artistas adicionados do primeiro episódio ao último de blinds

É isso pessoal, espero que tenham gostado desse resumo das Blinds e no próximo post, vai do primeiro round de batalhas dessa temporada.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Leo Santos

Sou uma pessoa louca pelo The Voice ao redor do mundo e sempre em buscas de novas inspirações e um pinguinho de loucura. Também sou fanático por música em geral, principalmente Lady Gaga. Tô tentando ser sempre antenado nas novidades ao redor do mundo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries