Posts Populares

The Voice Of Holland – S09E05 – The Blind Auditions 05

Ahhhh … que essa fase continue assim maravilhosa!

E aí pessoal, prontos para mais um episódio de Blind Auditions? O TVOH já está no seu quinto episódio e não sei se estou muito empolgado nessa temporada, mas tenho que dizer que estou muito animado com essas audições. Posso dizer sem arrependimento, que cada episódio tenho amado vários participantes, não sei como, mas tem surgido muita gente boa e talentosa e ainda nesse episódio, tivemos candidatos ainda muito maravilhosos.

Seguindo com essa vibe boa que temos uma boa temporada em frente, vamos comentar tudo o que rolou nesse episódio com a ajuda de Thiago, que novamente vem comentar comigo.

[Team Anouk] Jet van der Steen – “Turning Tables” by Adele

Michel: Ela escolheu uma das minhas músicas favoritas da Adele, uma grande escolha e acredito que também foi acertada por conta que valorizou bastante seu belo timbre. Tiveram alguns pequenos deslizes vocais em sua performance, totalmente compreensíveis por conta do seu nervosismo, até porque ela ainda é uma garota de 16 anos, sendo assim, precisa um pouco mais de maturidade vocal e presença de palco, algo que com um bom coach, pode ser bem resolvido. Gostei muito dela, tem um timbre que me agradou bastante, sua audição deixou a desejar em alguns aspectos técnicos, porém tem muito potencial.

Thiago: adorei o timbre dela e apesar de não ter me conectado muito com a performance eu curti legal. A melhor parte é quando aparecia o irmão dela no vídeo -qqqq

[Team Lil’ Kleine] LAURA – “Komt Wel Goed Schatje” by LAURA

Michel: Muito corajoso da parte dela vim de original para as audições, porque pode ser tanto um diferencial, tão quanto também uma performance que cause certa estranheza por conta do desconhecimento. Vocalmente a LAURA tem uma voz interessante, bem afinada e uma ótima dicção, porém confesso que a música apesar de ser até legalzinha, faltou causar mais impacto. A apresentação foi um pouco linear demais, foi o tipo de performance animadinha, o suficiente para quer ouvir mais dela e razoavelmente boa, porém também esquecível.

Thiago: Olha eu não gostei não. Música muito linear e chata, a voz dela é ok e a performance em si foi bem sem gracinha pra mim.

[Team Ali B] Niels Hereijgers – “Leave A Light On” by Tom Walker

Michel: Esse sim é o tipo certo de música para se cantar numa audição, que justamente será sua primeira impressão no programa. Eu não conhecia a música, porém gostei bastante, ela tem uma batida muito massa e tem um certo tom melódico, sem soar também tão clichê, já vou adicionar na minha playlist. Sobre o Niels, ele tem uma voz linda, tem uma certa suavidade que me agrada muito e mostrou que é um ótimo vocalista, mostrando tanto da sua extensão vocal mais baixa, quanto a mais alta. Foi uma performance sem erros, acertando desde a songchoice até os vocais impecáveis.

Thiago: Gente amei, a música é maravilhosa e eu amei muito o timbre dele. Tava super afinado e acho que não deslizou nenhuma vez. Uma das minhas blinds favoritas da temporada.

[Eliminada] Kim Sandee – “Wolves” by Selena Gomez & Marshmello

Michel: Cara, o que sempre digo é que não adianta o candidato ser bom, se não escolhe a música certa. Eu achei a Kim maravilhosa, adorei a voz dela, porém a escolha da música não foi a melhor, apesar de eu ter gostado de sua performance, entendo que os coaches não viraram porque parecia que a música não se encaixava bem em seu timbre que soa algo mais maduro. Uma pena ela não ter sido aprovado, gostei muito da sua voz e acho que com uma outra música bem escolhida, facilmente seria aprovada.

[Team Ali B] Owen Playfair – “Human Nature” by Michael Jackson

Michel: Acho que essa é uma canção nada ideal para cantar-se num reality show, porque justamente não oferece momentos onde o artista possa se destacar vocalmente, ficando toda música numa zona de conforto vocal, tendo apenas os falsetes como algo mais difícil na canção. Dito isso, achei que o Owen falhou justamente na emissão dos falsetes, totalmente imprecisos e até mesmo um pouco desafinados e quanto ao restante da performance, ele apresentou apenas vocais medianos.

Thiago: Mano que performance chata da porra kkkkk acho essa música chatissima e juntou com o Owen e não podia ser um resultado diferente. Mas sla eu torci pra virarem pra ele, mas não gostei kkkk vai entender :v

[Eliminada] Victoria Nicol – “Licence To Kill” by Gladys Knight

Michel: Que performance mais errada essa, não gostei de nada. Vocalmente eu não curti muito seu timbre, não é um timbre muito agradável de se ouvir, alguns momentos soavam até mesmo irritante, para mim ao menos. Foi uma performance muito fraca, ficou devendo muito, tanto na questão dos vocais, quanto na presença de palco, muito abaixo do nível que essa temporada maravilhosa tem oferecido.

[Team Ali B] Zoë Livay – “Hometown Glory” by Adele

Michel: Mais outro hino de song da Adele, aliás uma das que mais amo e que pouco vimos em realities musicais. A Zoë tem um timbre muito interessante, apesar de não ter uma superextensão vocal ou ser do tipo diferenciado, tem algo em sua voz que me cativou muito, sem contar que ainda é muito jovem e ainda assim já mostrou muito potencial, numa performance com muito controle vocal e conexão com a canção. Gostei bastante da sua audição, apesar de achar que pensando mais na técnica vocal, tem coisas que precisam ser melhoradas.

Thiago: Mds eu tô muito apaixonado, eu juro que não entendo esses jurados que viram pra una act bem meia boca e comuns e não viram pra acts assim. Eu amei muito essa blind e tô louco pra ver mais dela na competição.

[Team Waylon] Jackie Lou – “Imagine” by John Lennon

Michel: Que pisão de vocais que essa moça deu, pqp. Gostei muito da introdução mais lentinha, onde ela canta num tom mais grave e lentamente, a primeira parte já estava maravilhosa, daí depois ela simplesmente dá uma oitavada e tira o restante da música no tom mais agudo, aliás mandando muito bem nas duas extensões vocais. Diante de todas as versões da música que eu me recordo, essa sem dúvidas é uma das mais criativas e que me passou mais originalidade. Por essa audição, a Jackie já mostrou ser dona de bastante técnica vocal e tem tudo para ser um dos destaques dessa temporada.

Thiago: Anouk, vc está louca querida??? Gente amei também, maravilhosa sem defeitos. Uma das minhas versões favoritas dessa música que eu acho chatinha hihi

[Team Ali B] Debrah Jade – “If I Ain’t Got You” by Alicia Keys

Michel: Música maravilhosa, mas pessoal, que tal escolher outras músicas da própria Alicia, hein? Bem, a Debrah foi super correta vocalmente durante toda a performance, apresentou conexão com o que cantava, porém achei que poderia entregar vocais mais desafiadores nessa canção. No geral, eu gostei da performance, realmente mereceu uma vaga para a próxima fase, porém espero que possa vê-la se arriscando mais, a impressão é que ela escolheu uma música que oferecia várias oportunidades dela explorar seu vocais, mas preferiu ficar na zona de conforto.

Thiago: Berro com o susto que o apresentador deu na família da menina kkkkkkkkk achei a voz dela bem legalzinha, foi afinada e entregou uma performance boa.

[Eliminada] Mattanja Joy Bradley – “Wake Me Up!” by Avicii

Michel: Gostei muito do instrumental da performance, porém os vocais, apesar de ter achado bastante interessante, ao menos nessa canção não me agradou bastante. Ela tem um timbre bem diferente, mas no seu caso, achei que isso tenha contado muito ao seu favor. Durante toda a performance, sentir  sua voz muito trêmula e as finalizações de cada frase ficaram bastante comprometidas. Infelizmente, mesmo para mim que adoro artistas nesse estilo, também não curti a performance da Mattanja.

[Team Anouk] Sterre Tuijl – “Jessie” by Joshua Kadison

Michel: Foi uma performance simples, porém o suficiente para ser aprovada. Ela tem uma voz bastante doce, escolheu uma música dentro de sua limitação vocal, aliás uma escolha muito acertada. No geral, foi uma performance corretinha, não teve nenhum erro grave de afinação ou algo do tipo, porém foi uma audição que me deixou na dúvida. Por um lado, preciso dizer que ela fez uma performance correta, por outro sentir falta de algo, foi uma performance agradável de ouvir, mas ao mesmo tempo também, tudo muito linear.

Thiago: Performance foi bem chatinha, mas ela me chamou bastante atenção, ela é interessante e o timbre dela é bem agradável de se ouvir.

[Team Anouk] Lyall Silié – “Lay Me Down” by Sam Smith

Michel: Sinceramente, não entendi todo esse hype dos coaches em terem virado tão rápido e da produção em colocar logo ele para fechar esse quarto dia de audições, até porque tiveram acts muito melhores que ele. Falando da performance em si, ele escolheu uma das músicas que mais amo e tenho que dizer que fez um trabalho até mesmo aceitável com ela, ofereceu bons vocais e transpareceu emoção enquanto cantava. Ele tem uma voz bonita, escolheu uma boa música que casou bem com seu timbre, só sentir falta dele cantar as partes de maior dificuldade da música, o que me deixou na dúvida se foi uma estratégia por não alcançar a nota ou simplesmente pelo tempo mais curto de audição.

Thiago: Esses coaches são bem esquisitos mesmo. Eu achei a performance bem ok, não entendi a euforia dos jurados com essa Performance xuxu kkkkkk olha eu acho que não viraria não, não senti absolutamente nada vendo isso.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Agora restam apenas mais dois programas de Blind Auditions e fico surpreso de ainda não ter enjoado dessa fase kkk, espero que continue assim. Contando apenas com os aprovados até o momento, já temos um ótimos cast para essa temporada, porém adorarei se surgirem mais acts maravilhosos, até porque quanto mais, melhor. Por enquanto os times estão equilibrados, tanto em quantidade, quanto em questão de talentos. Abaixo segue os times, com os nomes em negrito para os acts que considero como forte concorrentes.

#TeamAliB (12): Maya Shant, Evelien van Buren , Menno AbenSarah-Jane, JoHaLee, Amy Mielatz, Béla Becht, Earl Scott, Niels Hereijgers, Owen Playfair, Zoë Livay e Debrah Jade;

#TeamAnouk (10): Navarone, Ruben Anthony, Sanne VeltmanSanne de Winter, Cleo Vlogman, Billy MaluwIris Noëlle, Jet van der Steen, Sterre Tuijl e Lyall Silié;

#TeamLil’Kleine (9): Chevelly Cooman, Ginger, Natascha Bessez, Quido van de Graaf, Kimberly Fransens;
Mariëlle Flens, Sophie van der StokNika Pantovic e LAURA;

#TeamWaylon(12): Dennis van Aarssen, Jade PraiZe, Talita Blijd, Hard2Get, Xerxes Naseri, Patricia van Haastrecht, M’lissa, Sascha van den Kerckhove, Sascha van den Kerckhove, Yentl Pool, Luminize, Raigny Jozephia e Jackie Lou.

Até a próxima a review, aguardo todos vocês!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Michel Araujo

Meio baiano, meio sergipano, já passou dos 20 anos e um sofrido estudante de engenharia, com uma personalidade cheia de atitude e uma leve ousadia. Viciado em séries, realites e músicas, vai me encontrar sempre por aí escrevendo reviews, numa diversidade de gêneros de série e programas de TV.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries