Posts Populares

The Voice – S08E14 – The Live Playoffs, Part 1

Finalmente os programas ao vivo começaram! Já estava na hora de descobrirmos do que nossos candidatos são capazes. E, sinceramente? Foi uma decepção pra mim.

Vamos por partes, ok? Antes de mais nada, o primeiro dia de Playoffs trouxe Team Blake e Team Pharrell pro jogo. Rick vai comentar as performances comigo e eu vou trazer aquela opinião nada imparcial que sei que vocês adoram (SQN). Vamos começar com Team Blake:

Sarah Potenza – “Free Bird” by Lynyrd Skynyrd

Com seu look country, Sarah trouxe uma música de Lynyrd, que é uma banda que até gosto bastante. A song choice achei bem inteligente, assim como nos Knockouts. Porém, a execução achei um pouco difícil de lidar. Acredito que essa tenha sido uma das piores apresentações dela até aqui, principalmente pelos vocais e gritos (que não suporto mesmo). No mais, boa presença de palco e um bom começo para o Team Blake na noite.

Rick – Bom, eu estava com ótimas expectativas para ela. Acho que foi bem, mas só. (Como não comparar com a rainha Juliet?)

Caitlin Caporale – “Best Thing I Never Had” by Beyoncé

Quando vi a song choice de Caitlin, já gostei. Acho que super combina com ela. Achei um dos melhores vocais da noite, lado a lado com Hannah e Mia. A presença de palco foi boa, assim como a entrega e a conexão com música. Achei comparável com sua Blind Audition, do ponto de vista positivo.

Rick – Gosto muito da Cait, mas achei sua escolha um tanto quanto saturada. Na questão voz foi ótima, e combinou perfeitamente com seu tom. Espero muito que ela fique.

Hannah Kirby – “I Feel the Earth Move” by Carole King

Não conhecia a musica que Blake havia escolhido para Hannah, mas achei que ela deu super conta do que a música requeria. Esse ar creepy de Hannah é muito legal, e combinado com os ótimos vocais da noite, nos rendeu uma performance que eu ouviria o dia todo. P.S.: Achei sacanagem o que os figurinistas fizeram com ela. Ficou parecendo uma tiazona.

Rick – Ela é bem divertidinha e tal. Mas não dá, ainda mais com essa música. Tenho que dizer que ela tem uma ótima voz, mas acho que já deu o que tinha que dar.

Lowell Oakley – “Jealous” by Nick Jonas

Adoro essa música! Já esperava uma apresentação perfeita de Lowell. Caí por terra quando ele abriu a boca no primeiro verso. Vocais frágeis, inconstantes. Me pareceu bem nervoso. Acredito que da metade pra frente da música ele melhorou, mas confesso que foi difícil ver a apresentação até o fim. Bato palmas pra personalidade que ele impõe no palco, mas sinto falta de apresentações como “Hound Dog”.

Rick – No início da música ele ficou abafado pelos backing vocals. Ele tentou crescer na música, mas sinceramente, não funcionou. Ele saiu de sua zona de conforto e acabou nos entregando essa performance “estranha de se ver e ouvir”.

Mia Z. – “Ain’t No Sunshine” by Bill Withers

Esse lado blues de Mia é uma delícia! A escolha musical combinou muito bem com ela, e já estou esperando ela trazer um pouco de Amy Winehouse pro programa. Ótimos vocais, um dos melhores do Team Pharrell na noite. Ela conseguiu dominar o palco com sua voz e me envolveu facilmente. Torcendo para vê-la no Top 12.

Rick – Mia tornou a música dela. Foi ótima, eu simplesmente amei tudo o que ela fez! Seu tom, suas firulas… Tudo incrível! Performance perfeita.

Koryn Hawthorne – “How Great Thou Art” by Cliff Barrows

Achei que Koryn começou muito bem na música. Sou preconceituoso com músicas religiosas em programas assim, e por isso odiei a song choice. Considerando a performance, achei bem ruim. Os vocais tremidos me trouxeram uma sensação de asma HAHAHAHAHAHA. A emoção que ela trouxe para a apresentação provavelmente compensou todos os problemas que me incomodaram. Foco pra nota alta no fim da música, que foi o melhor da apresentação.

Rick – Caramba!! Estou sem palavras. Fui pego desprevenido por essa menina. Ela arrasou no palco, gente. Estou impressionado e tiro meu chapéu.

Corey Kent White – “Make You Feel My Love” by Garth Brooks

Corey sem violão, já mereceu meus aplausos. A song choice veio do estilo que todo country gosta: muito emotiva. Achei que ele trouxe a conexão necessária pra música, embora os vocais não estivessem perfeitos. Boa presença country no Top 12, se passar. Ah, presença de palco continua zero não é?

Rick – Achei uma performance bem fraca e sonífera. Não tenho muito o que dizer, simplesmente não gostei.

Brooke Adee – “Love Me Like You Do” by Ellie Goulding

Quando vi que era música de Ellie, esperava o melhor de Brooke! Elas são muito parecidas, e eu queria ver ela tentando. A questão é que foi a música errada. Não permitiu Brooke mostrar do que é capaz. Pelo contrário, expôs demais seus problemas. Achei uma apresentação bem sofrível, e demorei pra conseguir assistir a performance até o fim. Brooke foi uma decepção nos lives.

Rick – Gostei muito dela, apesar da escolha da música ter sido um pouco questionada. Nada impediu Brooke de subir no palco e se entregar inteiramente. Ótima performance.

Meghan Linsey – “Love Runs Out” by One Republic

Que song choice foi essa meu Deus? Achei os vocais de Meghan ótimos, como sempre. Mas essa música não foi boa com ela. A personalidade que ela trouxe, junto com a presença de palco salvou a apresentação. Mas achei bem sofrível de assistir também. Quero Meghan brega gente. Espero que Blake pare de inovar com ela. AHHAHA

Rick – Foi bem contagiante, mas nada excepcional. O meu problema com Meghan é que não sou fã de seus gritos, e ela grita demais. No geral, ela mostrou postura no palco e foi bem vocalmente.

Sawyer Fredericks – “Trouble” by Ray Lamontagne

Uma das poucas vezes que consegui aguentar Sawyer. Acho que o fato de o nível do programa ter sido muito baixo ajudou. Mesmo assim, a voz dele ainda me irrita, e pelo fato de não conhecer a música, não fui muito entretido com a apresentação.

Rick – Adoro essa música, e tenho que dizer que ficou PERFEITA na voz de Sawyer. Incrível como essa música fez bem pra ele. Fora que ouvi um lado mais forte e pesado em sua voz, que gostei muito. Arrasou.

Ainda sobrou tempo pra jogar Sugar na plateia!

Analisando o geral da primeira noite de programas ao vivo, tenho que dizer que fiquei decepcionado. Muitos erros vocais, escolhas musicais bem chatas. Não me senti empolgado com nenhuma equipe, em geral. Foi sofrível aguentar algumas apresentações até o fim, o que me leva ao meu Top Top da noite, seguido pelo do Rick entre parênteses

1 – Mia Z. (Mia Z.)

2 – Hannah Kirby (Sawyer Fredericks)

3 – Caitlin Caporale (Koryn Hawthorne)

4 – Corey Kent White (Brooke Adee)

5 – Meghan Linsey (Meghan Linsey)

6 – Sawyer Fredericks (Caitlin Caporale)

7 – Sarah Potenza (Sarah Potenza)

8 – Koryn Hawthorne (Lowell Oakley)

9 – Lowell Oakley (Corey Kent White)

10 – Brooke Adee (Hannah Kirby)

Acredito que devem integrar o Top 3 do Team Pharrell: Mia Z., Sawyer Fredericks e Koryn Hawthorne. Enquanto isso, Team Blake deve ter Meghan Linsey, Corey Kent White e Hannah Kirby no Top 12 da temporada. QUE ASSIM SEJA, BRASIL!

Fiquem ligados que hoje tem Team Adam e Team Xtina bombando. E amanhã tem os live results, com o anuncio do Top 12. Segura!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries