Panela de Séries » Arquivos The Voice US - S12E03 - The Blind Auditions Part 3 - Panela de Séries

Posts Populares

The Voice US – S12E03 – The Blind Auditions Part 3

Blake Shelton rumo ao hexa? 

Antes de começar a review, vou enaltecer meu homem favorito desse mundo: Adam Levine! Olhem a carinha desse homem minha gente, como dizer não? hahaha Esse episódio trouxe esse singelo momento! kkk

Pronto agora que enalteci, vamos todos sentar em nossas cadeiras e ver o que rolou de melhor nessa terceira noite de audições, que pela primeira vez foi em uma quinta feira! SOS THE VOICE fica só na segunda e terça por favor! Os comentários ficam por conta de Rick (minha amiga sofredora indie) e Gerson (minha amiga não tão sofredora country).

Brandon Royal – “Master Blaster” by Stevie Wonder #Team Gwen

Lindomar: Menlik e Troy foram fundidos em um boy e ele é o Brandon! Ele tem uma vibe meio reggae com gingado, canta de forma acelerada brincando com a letra, tem uns nuances legais, inflexões, mas achei ele bem mais ou menos, não vi um diferencial nele, mas pode vir a surpreender, entre as suas opções a escolha era bem óbvia.

Gerson: Gente, que coisa incrível! Adorei o estilo de Brandon, já que esse é um estilo que não vemos todo dia no The Voice. Adorei as inflexões da voz dele e como ele pode oscilar entre as notas. Acredito que ele tenha muito mais pra mostrar, ainda mais com essa energia. Amei que ele escolheu a Gwen, não vou mentir.

Rick: Eu adoro essa música, e até que Brandon foi bem, mas eu não entendi absolutamente NADA que ele estava cantando… Que dicção é essa moço? Isso me incomodou horrores, mas a sorte é que a vibe da música me contagiou bastante.

 

Ashley Levin – “Let Him Fly” by Dixie Chicks #TeamBlake

Lindomar: Alisan marcou a Season 10 com essa música e só de Ashley escolher ela ganhou uma grande responsabilidade. Ela tem um timbre ligeiramente semelhante ao de Alisan, mas com menor alcance e mais rasgado, como não conseguiria ir nas notas altas ( ao menos presentes na versão da Alisan) ela abordou a canção de forma mais suave e sinceramente criou um efeito lindo, gostei bastante dela e ela como cantora country fez o óbvio.

Gerson: Que voz madura! Impossível não comparar com Alisan, vencedora da S10. Inclusive, achei bem similar os timbres, apesar de Ashley não ser alcançar as notas tão altas quanto a última vencedora do programa. No geral, achei o timbre legal, mas esperava mais conexão com a música. Acho que tem potencial.

Rick: Catando essa música, é inevitável não compararmos com Alisan, já que ela deixou sua marca no The Voice com nessa song. Eu me assustei muito com o inicio, porque foi muito igual a Alisan, mas depois ela seguiu um rumo diferente, e deu para notar mais suas nuances e distinguirmos melhor sua voz. Eu gostei bastante, ela tem uma voz bem bonita e limpa.

  

Quizz Swanigan – Who’s Lovin’ You by Jackson 5 #TeamAlicia

Lindomar: O cantor mais jovem que pisou no palco do The Voice e foi ohhhh..ohhh… uma bosta! O início foi irritante porque ele comecou com aquelas firulas e depois encarou uma sequencia com a dicção meio afetada, depois ele se encontrou mas fugiu de todas as notas altas que poderia encaixar, acabou que foi pombo demais, jamais viraria para ele.

Gerson: Assim, não foi ruim. Mas esse timbre… não curti muito não. Ele escolheu uma péssima música pra ele, porque não conseguiu se conectar e passou uma apresentação bem rasa e sem graça. Achei meio pombo.

Rick: A voz dele é bem diferente, e tenho que confessar que eu não gostei muito não, achei que houve excesso de vibrato ali em algumas partes… As notas altas foram bem executadas mas é isso… Nada espetacular, e pessoalmente sua voz não me agradou.

  

Julien Martinez “Pride and Joy” by Stevie Ray Vaughan #TeamAdam

Lindomar: Olha eu senti sentimentos controversos nessa audição, porque por um lado curti bastante o timbre dele, a postura no palco, mas por outro lado achei que ele pecou na execução, não conseguiu talvez destacar o seu melhor por conta da song choice feita por ele para a audição, faltou tempero nesse angu!

Gerson: Mas gente! Que timbre louco é esse??? Achei a voz interessante, e me lembrou o queridinho de Lindomar da temporada passada. Foi bem okay, porque esperava mais atitude e tal. Foi afinado, mas poderia ter sido melhor.

Rick: Achei uma audição interessante… Eu não viraria só por aquela nota rouca no final, entretanto esse é o ponto forte dele (não que seja um diferencial), mas é interessante. Vamos ver como Julien vai se sair daqui para frente.

 

Casi Joy – “Blue” by LeAnn Rimes #TeamBlake

Lindomar: Gente vi todos nos grupos do facebook venerando Casy desde terça quando sua audição foi liberada, juro que tentei achar ela sensacional, mas achei ela apenas uma boa vocalista, ela tem algo sim que encanta, ela tem um jeito singelo de abordar a canção, meio com fofura, tem um timbre bem interessante e acho que ela poderia cantar músicas completamente diferentes viu, mas não senti uma forte ligação com ela não, infelizmente. Viraria para ela pela qualidade, mas vamos ver se ela me surpreende nas próximas fases.

Gerson: Logo de cara só consegui pensar em Mary Sarah! Que coisa maravilhosa! Adorei Casi e seu timbre. As colocações da sua voz são sensacionais e mostram como ela tem o domínio do seu instrumento de trabalho. Gostei que ela também conseguiu se divertir no palco e entregar uma performance que eu poderia assistir 3 dias seguidos sem enjoar. Adorei, melhor da noite!

Rick: Ela canta muito, mas confesso que a voz dela não me agradou tanto… Achei bem irritante em alguns momentos. Mas olha, que controle… Ela sabe muito bem como usar sua voz. Pontos positivos: Controle. Pontos negativos: Canta e parece com a Mary Sarah só que ruiva (deuzolivre).

 

 

Encerrada a primeira semana de audições (amém florence welch) os times ficaram assim……

#TeamAdam (4) – Johnny Hayes, Mark Isaiah, Jesse Larson e Julian Martinez.

#TeamGwen (4) – JChosen, Stephanie Rice, Savannah Leighton e Brandon Royal.

#TeamBlake (5) – Breenley Brown, Lauren Duski, Aliyah Maulden, Ashley Levin e Casy Joy.

#TeamAlicia (5) – Anatalia Villaranda, Felicia Temple, Autunm Turner, Lilli Passero e Quizz Swanigan

Como vemos Adam tem um time cheio de macho e o nome que mais brilha ali é o de Johnny Hayes, precisa melhorar meu amor…. No Team Gwen temos Stephanie como o grande nome até aqui, ela é uma boa vocalista e toda sua história podem impulsionar ela como uma forte candidata, Blake tem o time mais forte, ele tem Casy, Ashley e mais uma cantoras countries loiras que sempre são arrastadas e por fim no Team Alicia temos Lilli e Anatalia como os grandes destaques.

Fugindo um pouquinho dos times e olhando pra bancada apesar de cair na mesmice dos mesmos argumentos principalmente Gwen falando sobre os 17 anos, de como ela liderou uma banda cheia de meninos e tal, temos uma bancada extremamente simpática e com bons momentos de risos, como quando Blake fala que ganhou mais que todos juntos, e Alicia vira e fala, claro você está aqui desde que eu tinha 18 anos! kkkk Os momentos de risos superam a melação do casal Shelfani e como Adam não sossega a bunda na cadeira estamos tendo algo bem dinâmico que da uma leveza ao show, necessária após 12 temporadas! Ainda sinto saudades de Miley, mas é o que temos!

Pra encerrar deixo com vocês esse GIF maravilhoso de Adam Levine, sim caro leitor estou tentando fazer você ser #TeamAdam a qualquer custo hahaha e me despeço aqui das audições, semana que vem Gerson e Dam acompanharam vocês!

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Amado por 30 milhões de Brasileiros! Paulista, Canceriano, 25 anos, Químico e atualmente faço Doutorado em Biotecnologia e Polímeros. Me achou nerd neh? Sou mesmo! Amo uma boa banda alternativa/indie, fã número 1 de Imagine Dragons e adoro perder um bom final de semana maratonando séries! P.S. Sou bêbado também gente, me chama para uma cerveja e para falar de série!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu