Posts Populares

The Voice – S20E01 – The Blind Auditions, Part 1 [SEASON PREMIERE]

Uma década inteira de The Voice!

Oi, gente! Se o The Voice já está no ar há 10 anos, eu bem posso dizer que escrevo sobre ele há, pelo menos, 7 anos! Isso é uma vida, viu! Se alguém acompanha a gente desde os primórdios deste site, que começou como blog, que jornada! E você que acompanha agora, que bom termos este espaço.

As coisas não andam fáceis, mas é bom ter o nosso reality musical pra desafogar, né? Eu confesso que nem estava tão animada para essa nova temporada, mas não estarei passando nenhum segundo de alienação não, vamos de The Voice!

Pra não me alongar muito mais, nesta temporada, contamos com o retorno do Nick Jonas à bancada, substituindo a diva fashion, Gwen Stefani. Os outros três seguem firmes e fortes, John Legend, Kelly Clarkson e Blake Shelton!

E vamos lá, né? Hoje eu conto com os comentários de Clarice e Leonardo! Sim’bora?

[#TeamKelly] Kenzie Wheeler – “Don’t Close Your Eyes” by Keith Whitley

Avalie a performance:


Luana: Oh meu Deus, acho que não tinha como uma blind representar melhor 10 anos de The Voice USA mesmo, né? Um country raiz, com direito a corte de cabelo mullet e tudo, minha gente. Eu, sinceramente, não achei nada demais. Mas sabemos como os americanos são emocionados com artistas country nesse programa, então, imagino eu, que Kenzie ainda tenha muito pano pra manga nessa temporada. A Kelly virou bem rápido pela conexão com a música, e a postura super composta com a qual o Kenzie iniciou e manteve por toda sua performance. O Blake virou pra não desperdiçar o block dela também, haha. Enfim, achei uma boa audição, mas nada espetacular ou fora do comum.

Clarice: O CARA TEM UM MULLET EM PLENO 2021, MINHA GENTEEEE!!! E o block duplo no Blake! Eu não gosto de country, mas gosto bastante dessa música, o timbre anasalado do Kenzie tem tudo pra agradar o público americano, imagina se ele tivesse no Team Blake?! Já teríamos um winner! hahaha Kenzie tem uma voz bem consistente, se mostrar um pouco mais do seu alcance nas próximas apresentações, tem tudo pra se destacar no Team Kelly.

Leonardo: Não sou muito fã dessas músicas country não, mais tenho que admitir que o Kenzie fez uma audição muito boa, gostei da forma como ele passou a emoção da letra da música e Kelly que não é besta já deu o block no Blake, garota esperta. Coitado do Nick.

[#TeamNick] Dana Monique – “Freeway of Love” by Aretha Franklin

Avalie a performance:


Luana: Kelly, mulher, por que tu não virou? Chocada. Enfim, gente. É a diva da premiere, sempre tem, né! Eu achei que Dana entregou tudo, a música já foi algo diferente do que estamos acostumados, e ela teve muita personalidade pra segurar os vocais e os carões! Acho que ela vai render demais na temporada, e espero vê-la arrasar nas próximas etapas, pois é sempre bom ter uma diva vocal pra segurar o nível nos live shows.

Clarice: Dana é uma boa cantora, isso é inegável, mas vamos combinar que ela é completamente igual as cantoras do estilo dela que tivemos desde a 1ª temporada. Sem pôr nem tirar. A escolha dela com o Nick me surpreendeu, eu amo gritadeiras, mas achei ela um pouco forçada. O caminho mais obvio pra ela seguir nessa vibe do soul seria o John, mas vamos ver como será o caminho dela no Team Nick.

Leonardo: O que foi essa audição aqui viu, achei a Dana perfeita do início ao fim e olhe que cantar Aretha Franklin não é para qualquer um não, viu. Ela soube passar todo o swing da música e os agudos que ela deu, muito bom.

[#TeamBlake] Cam Anthony – “Lay Me Down” by Sam Smith

Avalie a performance:


Luana: Estamos em 2021, por qual motivo as pessoas ainda cantam “Lay Me Down”? Ai, gente, que preguiça, vamo trocar esses disco, sério. Eu não gosto de Sam Smith, então, posso estar sendo super intransigente, mas enfim. Em questão vocal, achei que Cam foi SUPER bem, soltou umas notas super bonitas à medida que a canção foi crescendo. Eu curti, mas teria escolhido algo diferente, só pra não ficar na mesmice, sabe.

Clarice: Nossaaaa, gostei do Cam, hein! 19 anos e já consegue passar tanta emoção! Mesmo nervoso, ele consegue fazer uns melismas incríveis, tem uma rouquidão e falsete ótimo. Gostei da intensidade de sua voz. Nick espertíssimo em bloquear o John, que seria a escolha óbvia, mas bobeou tanto que o perdeu pro Blake! hahahaha Kelly que deu bobeira em não virar pois achei que Cam merecia sim as 4 cadeiras!

Leonardo: MEU DEUS DO CÉU, o que foi isso aqui, Brasil. O Cam foi perfeito do início ao fim da audição, zero defeitos, soube transmitir a emoção da letra, cantar Sam Smith em competições musicais já se tornou um clichê e as vezes até mesmo complicado da gente se surpreender com as apresentações. Mais o Cam me fez anda nas nuvens com essa audição, menino arrasou e tem futuro na competição.

[#TeamLegend] Christine Cain – “Watermelon Sugar” by Harry Styles

Avalie a performance:


Luana: Depois que eu descobri que essa música pode ser sobre heroína frutada, minha vida nunca mais foi a mesma, nunca mais consegui escutar da mesma forma, haha. Mas olha, eu gostei do que a Christine apresentou aqui, saiu do senso comum, o que eu valorizo demais, afinal, já vamos em 10 anos de audições. Ela foi perfeita? Não. Mas eu achei as “falhas” da voz dela super charmosas, deu uma identidade à sua performance que, talvez, se ela tivesse cantado de maneira impecável, não tivesse existido. Enfim, me surpreendeu, porque não vim esperando muita coisa.

Clarice: Eu adoreeei!!! Christine estava nervosa, isso é verdade, mas adorei a ousadia de pegar um hit pop e dar essa roupagem mais soul. Faltou um pouco mais de personalidade, talvez, se arriscar mais vocalmente, mostrar mais o alcance dela, mas achei algo super interessante e mal posso esperar pra ver o que ela poderá fazer nas battles.

Leonardo: Ahhhh que coisa linda foi essa aqui, primeiro eu amo essa música do Harry Styles e vendo a Christine cantando aqui foi um bálsamo para os meus ouvidos, que perfeita viu. Ela soube incluir uns agudos e aquela nota alongada ali perto do fim, zero defeitos.

[#Eliminada] Madison Curbelo – “Don’t Worry Be Happy” by Bobby McFerrin

Avalie a performance:


Luana: QUE ÓDIO, QUE ÓDIO DESSE POVO! Eu achei essa audição tão doce, tão leve, tão gostosinha. E a Madison ainda tem um “quezinho” de Amy Vachal, e sim, eu sou muito apegada a esse estilinho de cantor/cantora. Ai, fiquei tristinha por ela, viu. Tadinha.

Clarice: Ooooooooooooh! Migaaa, não é por nada não, mas você precisa escolher uma música que mostre mais o seu potencial do que apenas o seus “oooooooooooh”!!! E que musiquinha chata, misericórdia!!!

Leonardo: Ah, uma vibe tão legal essa música, achei a Madison um pouco nervosa, mais não o que que colocam nas bebidas desses técnicos.

[#TeamBlake] Pete Mroz – “Can’t Find My Way Home” by Blind Faith

Avalie a performance:


Luana: Por que toda temporada agora, tem que ter um “parceiro” do Blake? Gente, tá faltando cantor pra recrutar? Vamo ver isso aí, viu. Apesar de tudo, gostei bastante, já vou logo dizendo. Mas vamos ser sinceros? ONDE, APENAS ONDE o John Legend escutou alguma semelhança da voz desse homem com a voz do Nick Jonas? Pelo amor de Deus, não tem nada a ver. Achei, inclusive, a voz dele mais chegada pra uma versão bem menos potente e metálica da Miley Cyrus. Enfim, foi legal e tem cara de gente que vai dar trabalho.

Clarice: Achei uma voz gostosinha, uma apresentação regular e totalmente no safe. Pete acabou conseguindo 2 cadeiras, mas aí que vem o curioso, ele e Blake estiveram numa banda juntos aaaaanos atrás em Nashvile! Bizarro, não?! Então é óbvio que ele foi com o Blake, mas ainda assim acho que não deve ir muito longe no Team Blake.

Leonardo: Foi bem na medida certa, nada demais aqui, mais um que vez para preencher a cota country com o Blake.

[#TeamNick] Devan Blake Jones – “Hard Place” by H.E.R.

Avalie a performance:


Luana: Vish, curti não. Essa voz é tão comum, tem em toda temporada. O Devan é bom vocalista, mas a essa altura do campeonato, acho que precisa de mais pra cativar. Achei os falsetes meio irritantes, e enquanto ele estava no refrão senti a voz bem “no limite”, como se ele estivesse no topinho do alcance dele, ou talvez, fosse uma voz mista meio mal trabalhada, não sei pontuar, porque não sou tão especialista assim. De qualquer forma, não foi uma audição que me prendeu, achei super básico e genérico. Mas parabéns pela songchoice, isso foi legal!

Clarice: Achei a voz do Devan bem trêmula, principalmente nas partes mais baixas, chegou a falhar um pouco, quando ele subiu o tom no refrão eu achei que melhorou, mas ainda assim achei bem fraco e praticamente dominando pelos nervos.

Leonardo: Cantar H.E.R não é para qualquer um não viu e o Devan soube entregar uma apresentação muito boa dessa música, ainda conseguiu colocar a sua identidade na música e aquelas notas agudas ali no final da apresentação, gostei muito

[#TeamNick] Raine Stern – “Electric Feel” by MGMT

Avalie a performance:


Luana: A audição começou e eu, bem viúva do Adam, já pensei “nossa, o Adam iria amar isso, viraria em 1s”, e não só pela música e a guitarra, mas por toda a vibe da Raine mesmo. Enfim, fiquei até aflita à medida que os coaches não viravam, que suspense! De um ponto de vista bem pessoal, essa foi minha audição preferida até então. Não soou cansativa ou batida, Raine teve personalidade e muito estilo. Espero que tenha futuro no programa!

Clarice: MEU DEEEEEUS!!! Eu amo quando são essas blinds que não mostram a cara da pessoa e são de fato vozes que não se parecem com a pessoa! Mostrava uma guitarra elétroca e eu achando que era da banda do The Voice, mas era da Raine, que na verdade é uma menina com um vozeirão da porra, que foi melhorando ao longo da música, soltando uns tons mais rasgados, principalmente aquela nota final e arrasando na guitarra. Nessa horas que fico pensando o quanto que Adam Levine iria AMAAAAAR estar nesse programa e se deparar com artistas assim!

Leonardo: Chocado que é uma garota, estava assistindo e até na hora que o John virou eu estava convicto que era um rapaz. Raine foi muito bem, além de cantar lindamente, ela toca muito bem, viu. Gostei bastante da dinâmica que ela fez com a música.

[#Eliminada] Madison Marigold – “If The World Was Ending” by JP Saxe ft Julia Michaels

Avalie a performance:


Luana: Oh mulher, podre, né? A música é perfeita, mas além de terem cortado já pra metade do negócio, o que mostraram nem foi bom. Triste. Nem tem muito o que comentar, porque foi bem qualquer coisa e não mereceu cadeiras mesmo. É isto.

Clarice: Não estraga minha música, amiga!! Não entendi algumas escolhas vocais que a Madison fez, pra que enfiar falsete e melismas? Menos é mais aqui! Essa música é mais sobre sentimento do que firulas!

Leonardo: Como assim não viraram para essa moça, ah gente assim não dá. Gostei muito da Madison, estava nervosa, sim. Mais gostei dela. Esses jurados sei não viu, só Jesus na causa por eles.

[#TeamKelly] Corey Ward – “Dancing on My Own” by Robyn

Avalie a performance:


Luana: Começou super bem, essa largada no final das notas deu muita pegada. Eu viraria super rápido também. Acho que ao longo da performance, eu fiquei esperando uma explosão que não veio. Mas de toda forma, já mostrou muito potencial! Corey tem um drive bonito na voz, que pode encaixar em várias canções! Achei até bom o Blake não virar, pois, claramente, a família dele queria ele no #TeamBlake, e eu acho que ele perderia demais com essa escolha. A Kelly não é a coach perfeita, mas isso nem existe, eu só espero que os dois trabalhem bem e nos rendam boas apresentações!

Clarice: Essa música é intensa, pelamordideus. Corey fez uma apresentação carregada de emoção, dedicada à sua mãe, e o resultado rendeu algumas cadeiras pra ele. Gostei da voz dele, tem um timbre meio rasgado que eu adoro, e mostrou ter um alcance interessante também. Gostei da apresentação!

Leonardo: Ah gente, essa música sempre me deixa emocionado, o Corey foi perfeito, me lembrou um Calum Scott, que literalmente se tornou o dono dessa música né mores. Mais o Corey foi muito bem, gostei bastante.

[#TeamLegend] Victor Solomon – “Glory” by Common ft John Legend

Avalie a performance:


Luana: Ai, gente, podem me crucificar aí, nem ligo. Mas eu achei essa audição UM PORRE, UM SACO, PURGANTE, INTRAGÁVEL. O homem é uma cópia do John Legend, velho. Quem aguenta isso? Eu tenho uma preguiça imensa da forma de cantar do Legend, logo, eu estava fadada ao desgosto aqui, né. Enfim, ótimo cantor, obviamente vai bem longe na temporada, porém cansada desde já. Só uma notinha aqui, milagre o John virar pra alguém cantando música dele, né? Inclusive, “Glory” disputou o Oscar de Melhor Canção Original (e ganhou) com “Lost Stars” do Adam, sabiam? John Legend sempre vitorioso, haha. Serasse vem aí mais uma vitória, meu povo?

Clarice: Eu gosto tanto dessa música, quem me conhece sabe que sou fã do John Legend e de suas músicas e achei a voz do Victor extremamente parecida com a do John! E olha, é super raro ver John virando pra alguém cantando uma de suas músicas hahahaha O cara é bom mesmo, John deve saber trabalhar com ele e deve ir longe no Team John!

Leonardo: Ahhhhhhh que coisa linda foi essa aqui. O Victor foi muito corajoso em cantar essa música belíssima do John Legend, com o próprio ouvindo e curtindo muito. Gostei das transições que ele fez durante a música, não foi exagerado em momento nenhum, zero defeitos

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Bem gente, é isto! Premiere bem morna, mas ultimamente vem sendo assim, mesmo. Nem adianta a gente ser exigente, porque vamos nos decepcionar. Eu vim já sem expectativas e acabou que até curti. Não teve ninguém que me fizesse morrer de amores, mas também não teve ninguém ruim. No fim, foi um na média satisfatório.

Continuo achando Nick Jonas totalmente água com açúcar e prefiro a Gwen em questão de personalidade. Mas seguimos firmes e fortes. Em sua primeira temporada, Nick foi bem até, então tem tudo para evoluir ainda mais como mentor e render ótimas parcerias esse ano! Ficamos na expectativa, né?

E só pra deixar vocês situados, os times terminaram assim:

#TeamBlake: Cam Anthony*, Pete Mroz*.

#TeamKelly: Corey Ward*, Kenzie Wheeler*.

#TeamLegend: Christine Cain*, Victor Solomon*.

#TeamNick: Dana Monique*, Devan Blake Jones*, Raine Stern*.

*artistas adquiridos neste episódio

– – –

E pra finalizar, não esqueçam de votar na nossa enquete, e amanhã temos a continuação dessa premiere, viu? Fiquem atentos! Se cuidem, bebam bastante água e aproveitem o momento, sempre! 🙂

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Luana

Sinceramente, não sei mais há quanto tempo estou nesse site? Mas olha, faz um bom tempo! HAHA. Atualmente cuido mais de reviews de realities musicais, mas também faço meus corres nos seriados, porque a vida é isso aí! Tenho 24 anos, sou formada em rádio/tv/internet, e nas horas vagas vocês me encontram por aqui! ;)

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries