Posts Populares

The Voice – S20E03 – The Blind Auditions, Part 3

Você quer blinds @? Então toma!

Olá, gente bonita! Hoje tivemos o início da segunda semana de blinds do nosso The Voice US. Essa temporada tá bem legal de acompanhar já que está sendo muito saudosa, isso porquê ela carrega consigo a marca de 10 anos de programa. A gente esperava um pouco mais de elementos nostálgicos? Claro que sim! Mas tá dando pro gasto hahahaha.

Na última semana, tivemos uma premiere week bem bacana, comparando com as duas últimas, eu achei esse começo o mais interessante. Houveram algumas audições que nos deixaram empolgados e já outras que são aquilo que a gente mais viu ao longo desse tempo acompanhando esse reality chiclete.

Enfim, sem mais prolongamentos, eu conto com duas pessoas incríveis pra comentar comigo. O primeiro deles é um paneleiro icônico que não costuma estar por aqui nos realities músicais, mas hoje se propôs a comentar as audições de hoje. E o outro comentarista é o Cauã, que já comenta conosco há algum tempo e hoje veio nos agraciar com suas opiniões. Vamos lá?

[#TeamKelly] Ryleigh Modig – “when the party’s over” by Billie Eilish

Avalie a performance:

Vitor: AAAAAAA, eu amo essa música. Eu não sou muito fã de “Beliche” (como diria a maravilhosa Clarice), mas essa é uma das músicas queridinhas. Gostei muito da execução, ainda que o arranjo não tenha sido o que mais poderia me agradar, o que me surpreendeu mesmo foi o carisma dela, me lembrou um pouco a Rizzi Myers da S16 nesse aspecto, tomara que ela não pegue a maldição de Rizzi e seja largada nas batalhas. Mandou bem!

Valber: Amo essa música da Billie, achei arriscado ela começar no grave, não tinha curtido muito porém conforme ela foi subindo o tom foi ficando linda a performance. Não foi uma performance perfeita vocalmente, mas pegou muito na emoção. Morri com ela falando com a Kelly que é gay, não tem risco nenhum do Nick.

Cauã: Eu amo a vibe dessa música, a energia que ela me passa é surreal, uma das minhas favoritas da Billie. Sendo bem sincero, curti o estilo dela, porém não gostei da voz, algo comum, não chamou minha atenção.

[#TeamLegend] Pia Renee – “Master Blaster” by Stevie Wonder

Avalie a performance:


Vitor: Que incomum, né? Pia foi bem fora da caixinha do TVUS com essa música, eu já tinha ouvido numa dessas audições que o YouTube recomenda, muito boa por sinal, vou deixar aqui pra quem quiser ver. Anyway, eu super curti a vibe da Pia ainda que não veja muito futuro pra ela na competição, ela seria ótima num #TeamGwen da vida, mas creio que John fará um bom trabalho com ela.

Valber: O tipo de voz que eu simplesmente amoooo. Runs? Tivemos. Drive? Tivemos. Um timbre lindo, com muita potência e soube escolher muito bem a música pra sua audição. Já é alguém que vou torcer e quero indo pelo menos até os playoffs.

Cauã: Reggae, agora sim. Eu amo esse estilo, amo essa música, a energia que ela trás, algo inexplicável. Curti a Pia demais, quando soube que ela estaria no The Voice, dei um pesquisa e soube que ela esteve no Idol em 2008( na qual ela arrebentou), posso não ser tão fã do John, porém ele é o técnico certo para ela.

[#TeamNick] Andrew Marshall – “Gravity” by John Mayer

Avalie a performance:


Vitor: Ai, gente que ódio desse programa escravo de high note. Pra mim, Andrew fez uma apresentação super legal, melhor que a de muita gente por aí, super gostosa de ouvir, eu gostei e vou defender.

Valber: Gente como esse boy vira uma cadeira só? Merecia muito mais. Fiquei impactado com o tom da voz, os recursos que ele usou em cada Gravity pra não soar repetitivo. Foi muito bom mesmo. O forte dele claramente é o tom e caso indo para as battles com um favorito podemos dar adeus ao cordeiro. Não sei como Nick trabalha seus acts mas esse é um com grande potencial.

Cauã: Sempre temos cantores como ele, mesmo estilo, mesma vibe… eu curto essa música no nível absurdo, porém achei tão pombo essa apresentação.

[#TeamBlake] Emma Caroline – “Slow Burn” by Kacey Musgraves

Avalie a performance:


Vitor: Cansado… olha me desculpa, mas que apresentação mais chata viu! O timbre dela é completamente exaustivo, não fez nada que não já tenhamos visto 1.000.000x de vezes, música chata. Fora que ela tem uma personalidade bem pacata. Sem condições. Como sabemos que o público vota com o pé e Blake ama levar country artists para os lives, ela pode ir bem longe.

Valber: Emma tem um timbre legal, a música é perfeita, a versão que ela fez foi bem boa mas acho que ela tem certas limitações que podem não levar ela longe. Blake tem um histórico bom em trabalhar com vocês assim, talvez vá bem longe mas vamos ver.

Cauã: Que timbre lindo, e gostoso de ouvir. Gosto bastante de country music, achei a Emma uma típica candidata à ir longe. Achei a voz dela limpa, ouviria por horas sem cansar. Blake tem tudo o que ela precisa e tenho certeza que juntos, formarão uma ótima dupla.

[#Eliminado] James Tutson – “Beyond” by Leon Bridges

Avalie a performance:


Vitor: Ele tem um estilo muito legal, mas houve problemas sérios com a afinação. Se ele tivesse feito uma escolha de música melhor, na qual se adequasse bem a sua voz e estilo, talvez ele teria virado uma cadeira ou duas. Ele tem um tom doce, com certeza. Também senti ele um pouco relaxado demais, eu tava esperando que subisse.

Valber: A música não ajudou, os vocais não tiveram uma precisão, o falsete ficou baixo e por isso achei bem justo não ter avançado, talvez voltando outra temporada mais preparado se saia melhor.

Cauã: Puxa eu adoro essa música. Ele foi melhor do que muitos que tiveram cadeiras hoje.

[#TeamLegend] Ciana Pelekai – “Dance Monkey” by Tones and I

Avalie a performance:


Vitor: Essa música é o meu inferno pessoal, se qualquer pessoa quiser me torturar, é só colocar “Dance Monkey” pra tocar. Ciana tem muito talento, eu pude reconhecer isso já que ela fez esse terror musical, pelo menos, ouvivel. Na apresentação, ela conseguiu transparecer vocais sólidos, criativadade e até um pouco de emoção. Gostei muito da personalidade dela, mas ainda assim não dá pra esquecer a insuportabilidade dessa música.

Valber: Não vi nada que a destacasse aqui. A música escolhida mostrou o que sabe fazer, John quis tanto que bloqueou Nick kkkkkk. Não acho que vá longe com John porém gosto de esperar até as battles pra ver como se sai com outra música e a pressão de ser um duo.

Cauã: A melhor apresentação da noite. Só duas cadeiras? Como assim, ela simplesmente incendiou o palco, que vibe boa. Acredito que ela teria muito mais potencial no time Nick, porém o o bloqueio… acredito que ela irá longe se o John trabalhar corretamente.

[#TeamNick] Jose Figueroa Jr. – “At This Moment” by Billy and the Beaters

Avalie a performance:


Vitor: Meu Deusss, essas blinds que não mostram o candidato são muito horríveis e legais ao mesmo tempo. Logo de início, eu jurava que era uma mulher cantando, a voz parecia um mix de India Carney(S08) e Kimberly Joy(S15), eu amei muito. A apresentação foi bem divertida, e o style de Jose é tudo. Amei os melismas. Acho que ele e Dana poderiam fazer uma battle muito boa!

Valber: O cara tem uma voz muito boa. Chocado com os inúmeros runs em diferentes tons, não conhecia a musica e até que apresentou ela bem. Mais um pro time do Nick que está até me surpreendendo com o time.

Cauã: Eu jurava que ele cantaria em espanhol, e seria um act da Kelly hahahaha. Achei potente, tem uma voz gigantesca, e irá render bons frutos na competição.

[#TeamKelly] Halley Greg – “I’m Like a Bird” by Nelly Furtado

Avalie a performance:


Vitor: Mulher que timbre mais lindooo! Talvez a songselection tenha atrapalhado um pouco quanto ao número de cadeiras viradas. Tenho certeza que com as escolhas certas, ela pode arrasar muito. Halley me lembra muito a Kat Hammock (S17). O que me deixa triste é que Kelly é péssima com songchoice, então, o futuro de Halley é bem incerto.

Valber: No geral não curti, porém reconheço a voz incrível e a ousadia de mudar um clássico. De início eu achei incrível e eu tava certo que a música ia crescer e manter a versão original até o fim. Essa versão me remeteu muito a versão de Somewhere Only We Know da Lily Allen. Halley é 1chair mas tem muito potencial ainda mais com Kelly.

Cauã: Eu amo essa vibe indie. Adorei a voz e estilo dela, acho que a Kelly será a técnica perfeita para ela também.

[#TeamLegend] Durrell Anthony – “What’s Going On” by Marvin Gaye

Avalie a performance:


Vitor: Senti o impacto! Como Durrel não foi four chair turn? eu não sei, por que Jesusss… o homem pisou todas as blinds de hoje. Alguém também sentiu John Holiday vibes? Pra mim, ele fez tudo, controle impecável, afinação maravilhosa, falsetes bem lançados. Durrel você quer o mundo? eu te dou. Até me fez dançar! HAHAHA

Valber: Gente vocês já sabem que John vai fazer de um tudo pra arrastar esse homem né. Não que ele seja ruim, a performance é bem boa, ele tem um ótimo falsete e manda com facilidade até. É um participante que tem tudo pra eu gostar mas pelo histórico de John morro de medo do coach saturar ele.

Cauã: O cara parece comigo gente, achei meu irmão gêmeo perdido no The Voice hahaha. Ele é a vibe do time John, adorei a interpretação, super viraria minha cadeira.

[#Eliminado] Jessy Desorcy – “Dust on the Bottle” by David Lee Murphy

Avalie a performance:


Vitor: Nervosismo é f#da, né gente? O cara tinha um timbre até legal e uma rispidez muito interessante, mas realmente o nervosismo atrapalhou muito. O coitado tava tão ansioso que começou a engolir as palavras, e foi aí que deixou muito a desejar. Uma pena.

Valber: Ele começou cantando baixo, ficou quase como guia de karaokê tanto que a Kelly tava cantando junto. Quando a música cresceu eu curti o rasgado na voz dele, mas não teve muito tempo pra mostrar esse lado e o nervosismo o atrapalhou demais. Eu acho que tem um potencial bom aqui e que a gente pode ver em próximas temporadas, se tiver.

Cauã: Não curti, não senti emoção, faltou muita coisa. Achei tudo muito confuso.

[#TeamBlake] Avery Roberson – “If You’re Reading This” by Tim McGraw

Avalie a performance:


Vitor: Uau, que lindo o jeito que ele tava cantando essa música, ele tava realmente contando uma história! Ele me pegou desde as primeiras palavras da música! A voz dele é tão bonita que mesmo cantando uma música toda morgada do Tim McGraw, eu comprei. Achei bem bacana, talvez ter virado as quatro cadeiras tenha sido demais, foi uma apresentação de country bem acima da média.

Valber: Um timbre único que transita pelo pop e country de fato um prato cheio para os coaches que lutaram para ter no time. Avery teve uma ótima audição, causou uma ótima impressão aos jurados e eu acho que ele ainda não se achou no estilo musical dele o que pode acontecer dele cantar um pop e flopar assim como o country. Enfim, tem muito potencial e gostei bastante.

Cauã: Achei comum, não curti. As vezes acho que tem todo um flop, quando o artista faz uma mega apresentação, só viram duas cadeiras, quando faz uma apresentação água com açúcar todos viram… vai entender.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

E assim encerramos mais um dia de audições. Como destaques da noite, eu definiria Durrel lendário, Andrew perfeito, Ryleigh icônica e Jose sensato que arrasaram em suas blinds. O que me deixou surpreso foi que a apresentação quatro cadeiras não foi surpreendente pra ninguém, já que o pessoal que tava virando os quatro, tavam se esforçando real e fazendo blinds memoráveis. Abaixo, vocês vão encontrar um mapeamento constando a disposição dos times, dá uma olhada!

#TeamBlake: Aaron Konzelman, Avery Roberson*, Cam Anthony, Emma Caroline*, Ethan Lively, Pete Mroz.

#TeamKelly: Corey Ward, Gean Garcia, Halley Greg*, Kenzie Wheeler, Ryleigh Modic*.

#TeamLegend: Carolina Rial, Christine Cain, Ciana Pelekai*, Durrell Anthony*, Pia Renee*, Victor Solomon.

#TeamNick: Andrew Marshall*, Dana Monique, Devan Blake Jones, Jose Figueroa Jr.*, Raine Stern, Zae Romeo.

*artistas adquiridos neste episódio

– – –

E no mais é isso gente! Lembrando que amanhã teremos mais um episódio, então fiquem ligados que terá review por aqui também. Lembrem de responder a nossa enquetezinha abaixo 🥰. Se cuidem e até amanhã!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Vitor Neves

Nordestino, do melhor estado: Alagoas. É técnico em informática. Gosta de maratonar séries e realities nas horas vagas. Ama ver audições aleatórias no YouTube. E também, às vezes, gosta de se aventurar na cozinha.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries