Posts Populares

The Voice – S20E05 – The Blind Auditions, Part 5

Senhor, eu preciso de um milagre

Éééé gata, já chegamos no quinto episódio de blinds da VIGÉSIMA season do programa! E olha gente, eu vou ser bem sincero com vocês, nenhuma audição me impressionou ainda. Eu gostei de algumas, detestei outras, mas ninguém me deixou realmente animado até agora. Eu realmente espero que os participantes consigam melhorar nas próximas fases.

Enfim, eu ainda tenho fé que um milagre pode acontecer. E para conferir se alguma coisa boa aconteceu hoje, temos dois convidados maravilhosos: os comentaristas Douglas e Paulo. Vamos lá conferir como foi essa quinta noite de apresentações!

[#TeamKelly] Savanna Woods – “Zombie” by The Cranberries

Avalie a performance:

Davi: Ui ui, não é começamos o programa de hoje bem? Olha, eu gostei bastante dessa apresentação aqui, viu?! Primeiro que a voz de Savanna em si já é bem interessante, ainda mais com essa música. E segundo que ela arrasou vocalmente, se jogou em algumas notas e entregou uma blind bem legal.

Douglas: Nossa que menina maravilhosa. Eu só posso dizer que amei ela cantando Zombie, que é uma das minhas músicas preferidas. Essa rapidez na voz, esse drive bem colocado e toda essa energia que essa menina transmitiu durante a performance, me deixou hipnotizado. Mais uma que faz parte do grupo de acts que gosto haha. Espero ver oq vão fazer com ela daqui pra frente, pois já imaginei ela cantando algumas músicas.

Paulo: Mesmo ela tendo dito no VT que música ia cantar, eu juro que não percebi até chegar no refrão. Achei uma pena ela não ter ido com Nick, porque ele realmente parecia querer trabalhar com ela. Bom, eu não achei essas coisas todas, nem gostei da voz dela nem sei pra quê o violão que ela pouco tocou, mas é o que tem pra hoje…

[#TeamNick] Rachel Mac – “Let Him Fly” by Patty Griffin

Avalie a performance:

Davi: Gostei bastante do início da apresentação, achei que ela começou bem. A voz dela é bonita e escolheu uma música legal. Mas eu senti que ela ficou um pouquinho nervosa depois que o Nick virou e isso acabou afetando a afinação. PS: que surto foi aquele dela com o Blake?

Douglas: Apesar de não ter me chamado a atenção como a Anna e a Savannah, a Rachel fez uma apresentação bem bonita. Ela começou de um jeito calmo, tranquilo e depois soltou bem a voz, o que é incrível pra uma menina de 15 anos se soltar bem assim num palco. Gostei muito dos seus vibratos vem colocados nos finais das frases e também amei a sua interpretação da música. Ela fez eu me conectar com a canção do início ao fim. Tenho certeza que ela pode evoluir muito durante a competição e chegar longe.

Paulo: Tadinha da fã do Blake. Não acredito que ainda levaram a apresentação da menina pra mostrar. Eu gostei da voz dela, mas achei a apresentação bem falha, talvez pelo nervosismo. Mas, vamos ver o que o Nick consegue extrair dela.

[#Eliminados] Almond&Olive – “Wildflowers” by Tom Petty

Avalie a performance:

Davi: Ai gente, eu achei tão bonitinho o beijo antes da apresentação. Mas infelizmente eu concordei com os técnicos nessa. A música escolhida não colaborou e eles não estavam muito bem harmonizados. Quem sabe se eles tivessem escolhido uma música diferente, poderiam ter mostrado uma dinâmica melhor.

Douglas: São poucas as duplas que vão ao The Voice que me conquistam e essa com certeza não foi uma delas. Eles são até fofos cantando juntos, escolheram uma boa música, fizeram um bom arranjo, mas tiveram momentos que as vozes não se encaixavam (não sei se era por conta do nervosismo) o que atrapalhou bastante a performance em si. Acho que se eles trabalharem mais a interação das vozes, as harmonias e a conexão entre os dois, acho que eles podem ir longe.

Paulo: Olha, foi bonitinho, mas sem gracinha e uma música bem curta. Acho que eles podiam ter tentado algo diferente. Normalmente, as duplas não começam já com o dueto. Deixam pra depois pra até deixar os técnicos curiosos. Acho que eu também não viraria.

[#TeamNick] Lindsay Joan – “Nightmare” by Halsey

Avalie a performance:

Davi: Nossa, eu me surpreendi real com essa apresentação aqui. Lindsay escolheu uma música que eu particularmente gosto muito e se apresentou muito bem. Ela acertou umas notas ali que eu fiquei passado. Eu adorei e quero ver o que mais ela tem para oferecer.

Douglas: Eu AMEI isso aqui! Mulher você já se tornou uma das minhas favoritas e espero grandes coisas de você! Gostei de cada palavras cantada, do timbre, da técnica vocal da emoção. Quando a vi, achei que ia ser algo genérico, mas ela entregou uma performance linda, carregada de emoção. Aquela High Note no final, junto de umas melismas foram o complemento perfeito pra fazer essa pra mim (até agora) a melhor blind da temporada.

Paulo: Eita que Nick tá no maior desespero pra encher esse time, virando pra todo mundo. Eu não sei exatamente o que pensar dessa apresentação. Pareceu meio corrida, com um sobe-desce-grita e a Lindsay pareceu bem nervosa pra mim, mas valeu as cadeiras viradas.

[#TeamLegend] Rio Doyle – “When We Were Young” by Adele

Avalie a performance:

Davi: Ai meu Deus, que timbre é esse?! Confesso que eu sou cadelinha de gente com o timbre grave, então Rio já tem pontos comigo. E essa música é linda! Eu só esperava um pouquinho mais de explosão na segunda parte. Fora isso, eu gostei.

Douglas: Eu acho essa música tão linda, mas já tá meio passada pra reality musical, o que torna meio que impossível não comparar com outras performances que já foram feitas dela. A Rio não foi ruim, muito longe disso, porém ela também não foi a melhor. Ela tem um timbre legal, foi afinada, se conectou bem, mas não trouxe aquele diferencial pra música. Independente dessa performance, não ter sido grande, acho que ela tem um potencial grande se o John souber trabalhar bem com ela.

Paulo: Não achava que ela era tão jovem, me pareceu que forçou um bocado a voz. Achei os técnicos bem honestos com ela ao dizer as razões de não terem virado e espero que ela leve os conselhos e cresça, embora eu não seja muito fã do John.

[#TeamBlake] Jordan Matthew Young – “I’m No Stranger to the Rain” by Keith Whitley

Avalie a performance:

Davi: Como nem tudo é perfeito, temos um country básico para estragara essa sequência de apresentações legais. Ai gente, quem aguenta isso? Não fez nada demais na apresentação e ainda recebeu três cadeiras. Sinceramente, viu…

Douglas: Me desculpem os amantes desse tipo de Country, mas nossa que negócio chato. Eu achei uma performance bem linear, ele parecia que tentava caminhar e não saia lugar. Eu sei que muito do Country é sobre contar uma história, mas nesse caso eu não senti nada, não me conectei, curti um total de zero coisa nisso. Já sei que é um que vai longe por ser country e Time Blake.

Paulo: Sério que Nick achou que tinha alguma chance aí? Nem a apelação de Kelly resolveu. Rs. Apesar de tudo, eu não gostei. Achei a afinação complicada, algumas notas ele não chegava bem. Achei 3 cadeiras muito.

[#Eliminado] Tyler Kohrs – “More Hearts than Mine” by Ingrid Andress

Avalie a performance:

Davi: Nossa gente, eu senti ele muito perdido nessa apresentação. Não sei se foi a escolha de música ou o nervosismo, mas não gostei não.

Douglas: Acho tão chato quando a produção fica cortando a performance e só passando uma parte. O que deu pra sentir do que foi mostrado, e que ele estava bem nervoso. Não senti conexão com a música, parecia algo meio karaokê. A voz dele é boa, mas precisa trabalhar mais e colocar mais alma no que canta.

Paulo: Foi bem esquisito, né? Tadinho… precisa escolher uma música melhor na próxima.

[#TeamLegend] Zania Alaké – “Sweet Love” by Anita Baker

Avalie a performance:

Davi: Que classe! Quem me conhece sabe que eu tenho uma paixão maior por cantoras pretas e sempre espero muito delas. E apesar de não ser o maior fã dessa música e Zania estar um pouco nervosa no começo, eu até que gostei dessa audição. Eu adorei a dinâmica da apresentação dela, se segurando no começo para dar uns agudos no final. Mas assim, eu esperava um pouquinho mais.

Douglas: E temos aqui uma diva. Não sei porque mas senti uma vibe meio Ali Caldwell nela. Gostei muito dos vocais, das notas mais agudas e como ela executou tudo isso (até sou um pouco suspeito pra falar, pois sou um amante das divas em realities). Achei seu timbre lindíssimo, sua voz se encaixou bem com a música e ela passou todo recado que a música propõe. Aquela linda nota na voz de cabeça no final foi a cereja do bolo e fez querer ouvir de novo essa performance por mais algumas vezes (até vou baixar a música na versão dela).

Paulo: Zania veio cheia de atitude e com uma suavidade na voz muito legal. Gostei dela. Não precisa de muita gritaria pra fazer uma audição bonita, embora a música achei meio sem graça, mas ela entrou e tá valendo.

[#TeamBlake] Savanna Chestnut – “Hold Me Know” by Thompson Twins

Avalie a performance:

Davi: Eu não vou mentir, eu achei a apresentação um pouco básica. Eu tenho um pouco de preguiça de country, isso é old. A voz dela é ok, fez o básiquinho com uma música chatinha e não me surpreendeu. Enfim, a cara do time Blake mesmo.

Douglas: Aquela menina bem vibe Taylor Swift no começo. Achei a Savanna muito fofa. Não foi uma grande performance, mas também não foi ruim. Não conhecia a música e pra mim ela incorporou bem, até fui dar uma olhada na letra e achei que ela fez ali tudo que a música pedia. Seus vocais foram simples, não tiveram firulas e técnicas avançadas, mas acho que isso foi um fator pra que o Blake visse algo de especial nela e ter virado a cadeira. Vamos ver se teremos uma nova Bradbery nas mãos de Blake.

Paulo: Atualizaremos com o comentário do leitor em breve.

[#Eliminada] Nadianicole – “I Wanna Be Down by Brandy” by Brandy

Avalie a performance:

Davi: Eu queria ver essa audição completa… O pouco que foi mostrado pareceu que ela estava tendo alguns problemas de afinação, mas também vi uns notas bem altos que ela acertou. Mas realmente ela parecia um pouquinho perdida.

Douglas: A moça tem uma voz linda, mas foi bem genérica. Tem aquela vibe diva, mas que já apareceu muito no programa. Acho que quando esses acts aparecem, os coaches ficam mais criteriosos e ela não apresentou um diferencial. Espero que ela se prepare mais, coloque mais sua cara na música e venha em outras temporadas.

Paulo: Atualizaremos com o comentário do leitor em breve.

[#TeamKelly] Anna Grace – “my future” by Billie Eilish

Avalie a performance:

Davi: Eu acho essa música tão chata, vocês não tem noção. E olha, eu estava esperando muito essa blind e confesso que fiquei um pouco decepcionado. E eu também não achei os runs que ela fez tão incríveis quanto os técnicos acharam. Enfim, espero que ela surpreenda futuramente para justificar o hype dos spoilers.

Douglas: Uma performance linda e cheia de emoção. Amei tudo que a Anna apresentou aqui. Ela chegou de um jeito simples, intimista e com uma voz suave e foi me conquistando a cada palavra cantada. Curti muito as melismas que por sinal ela executou muito bem e teve aquela afinação impecável. Primeira apresentação e eu fiquei no hype, pois ela tem o jeito dos acts que eu curto nesses programas. Doido pra ver mais dela.

Paulo: Olha, eu não gostei dessa música não, mas a voz da moça é muito bonita, na mesma linha de algumas teens que passaram pelo programa. Agora 4 cadeiras? Que exagero… boa sorte pra ele no team Kelly.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

E gente, eu até que me surpreendi com esse episódio em geral. Não teve nada que fizesse gritar, mas teve algumas apresentações bem legais. As mulheres dominaram o episódio de hoje, ein?

#TeamBlake: Aaron Konzelman, Avery Roberson, Cam Anthony, Connor Christian, Emma Caroline, Ethan Lively, Pete Mroz, Jordan Matthew Young*, Savanna Chestnut*.

As duas aquisições de Blake hoje foram fraquinhas, né? Acredito que ambos podem cair na graça do público, mas eu particularmente não me vejo gostando deles.

#TeamKelly: Corey Ward, Gean Garcia, Gihanna Zoe, Halley Greg, JD Casper, Kenzie Wheeler, Ryleigh Modic, Anna Grace*, Savanna Woods*.

Kelly saiu com duas meninas com muito potencial. Savanna entregou bastante hoje e espero que Kelly trabalhe com ela.

#TeamLegend: Carolina Rial, Christine Cain, Ciana Pelekai, Deion Warren*, Durrell Anthony, Pia Renee, Victor Solomon, Rio Doyle*, Zania Alaké*.

Team Legend pegou duas candidatas que são a cara desse time. Rio e Zania fizeram audições legais e consigo ver ambas indo longe, mas se depender do tabalho de John…

#TeamNick: Andrew Marshall, Bradley Sinclair, Dana Monique, Devan Blake Jones, Jose Figueroa Jr., Raine Stern, Zae Romeo, Lindsay Joan*, Rachel Mac*.

Duas artistas com audições com muito potencial e que podem entregar muito com o coaching do Nick. Só espero que elas não flopem.

*artistas adquiridos neste episódio

– – –

E assim termina o quinto episódio de audições! Um aviso: amanhã não tem episódio do The Voice! Voltamos semana que vem com mais episódios! Não esqueçam de comentar e votar na nossa review. Até semana que vem!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Davi

Estudante de artes cênicas na Universidade de Brasília e extremamente viciado em todo tipo de reality show. Também viciado em muitas séries. É isto.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries