Posts Populares

The Voice US – S20E10 – The Knockouts Premiere

E finalmente: NOCAUTES!

Oi, gente! Cá estou eu de volta para cobrir mais uma estreia da melhor fase desse programa ou, ao menos, tendia a ser! Os KOs sempre foram minha fase preferida, afinal, após as audições, é a primeira vez que o act tem a chance de escolher seu repertório, mostrando um pouco mais de seu estilo, muitas vezes despontando o favorito a partir daqui. Ao mesmo tempo, já observamos também grandes falhas épicas e quedas de queridinhos do público nessa etapa! É uma faca de dois gumes, eu diria que se trata do round mais decisivo do programa. Ainda mais nesse formato mais curtinho!

Bom, bem rapidinho, só recapitulando o nosso esquema de avaliação dos Nocautes… Mais uma vez usaremos as luvinhas, pra ilustrar de qual candidato gostamos mais em cada KO. Usaremos os nomes dos candidatos em cima de cada sticker, pra ficar mais fácil de entender. Os dois comentaristas e este reviewer que vos fala têm o direito a dar uma luva para cada apresentação, como sinal se gostou ou não. Pra ficar mais claro: o candidato que ganhar 3 luvinhas foi super amado por nós; o que ganhar ZERO luvinhas foi odiado. É simples e fica mais claro ao longo da review, então vamos lá.

No mais, hoje eu conto com os comentários da nossa deusa Clarice, e nosso também reviewer, Davi! Vamo sim’bora!

Corey Ward vs Ryleigh Modig

Corey Ward – “Already Gone” by Kelly Clarkson

Avalie a performance:


Luana: Meu Deus, que apresentação linda! Sinceramente? Acho que foi minha performance preferida da temporada até aqui! Vale ressaltar que essa é a versão do Sleeping At Last, e eu sempre desejei que alguém cantasse essa versão no programa! Lá na temporada da Lauren Duski eu morria de vontade de vê-la cantando, sabia que seria incrível. Fico feliz que o Corey tenha interpretado de forma tão linda quanto a “original”, foi perfeito! No primeiro “I didn’t want us to buuuuurn out”, eu já sabia que ele iria vencer esse embate com muita folga. Foi lindo!

Clarice: Singgggggg, Corey!!!! Meu Deus, essa música é foda demais, Corey é um artista incrível, adoro a forma que ele põe emoção em suas apresentações e aumenta a intensidade ao longo da música. Foi bem emocionante, num arranjo diferente e mais intimista do hit da Kellyzinha, mas que ainda assim permitiu que Corey brilhasse! Gostei bastante viu!

Davi: Eu não me simpatizo muito com Corey não, principalmente depois dele ter vencido Savanna, mas não dá pra negar que ele fez uma apresentação muito boa aqui. Pegou uma música da sua coach e entregou muito bem. Arrasou, Corey!

Ryleigh Modig – “Use Somebody” by Kings of Leon

Avalie a performance:


Luana: Socorro, que linda! Esse pareamento foi duro, viu? Kelly sempre tem dessas, incrível. Eu já tava bemcerta da vitória do Coerey, mas a Ryleigh não deixou por baixo não. Eu fiquei com a sensação que se eles tivessem trocado as músicas, teria sido ainda melhor pra ambos. Mas a verdade é que o Corey conseguiu se destacar mais aqui. Por uma margem bem pequena até, mas foi isso que senti. Eu daria a vitória ao Corey, mas com dor no coração pela Ryleigh que foi ótima também.

Clarice: Corey x Ryleigh é um pareamento difícil, viu dona Kelly!!! Pra que isso, mulher? Me surpreendi com a música da Ryleigh, mas a bixinha arrasa, né? Os falsetes dela são coisa de louco, ela mostra um controle vocal e se mostra bem segura ali na apresentação. É impossível escolher um dos dois, amei o Corey e amei a Ryleigh, escolheria os dois porque sou dessas!

Davi: Ai gente, eu gosto muito de Ryleigh, mas achei essa apresentação extremamente confusa. Ela tem muita técnica, principalmente nos agudos, mas ela não soube escolher os momentos certos para aplicar isso. Corey levou essa, pra mim.

COREY vs. RYLEIGH

VENCEDOR: Corey Ward | STEAL: Ryleigh Modig #TeamLegend

Ao meu ver, resultado bem justo. Mas pareamento bem injusto, né? Fico feliz pelo steal da Ryleigh, ela realmente fez por merecer. Agora é torcer pro John não destruir o brilho da menina.

KO #2: Team Blake
Jordan Matthew Young vs Ethan Lively

Jordan Matthew Young – “She Talks to Angels” by Black Crowes

Avalie a performance:


Luana: Rasgado bonito da voz do Jordan, né? Eu nem lembrava da existência do moço, mas ele foi muito bem aqui. Eu acho essa música bem chata, e apesar de nem ser tão utilizada assim no programa, ela soa bem batida, talvez por soar tão genérica e tão parecida com outras trocentas músicas de southnern rock, sei lá. Enfim, foi uma performance legal, mas não acho que tenha feito grandes coisas para destacar esse rapaz na competição.

Clarice: Jordan – Não vou mentir, nao lembrava do Jordan não! Hahahaha No entanto, ele soube escolher uma música bacana e fazer uma apresentação bem consistente, começou mais lentinho e foi crescendo no primeiro refrão. Apesar de achar a rouquidão em sua voz bem interessante, não acho que seja um artista que vá tãoooooo longe assim na competição, mas gostei da apresentação do Jordan!

Davi: Meu Deus, essa música deve estar no top 10 mais batidas do programa. E parece que outros exatamente iguais a ele já cantaram ela. E assim, ele até que tem um timbre legalzinho, mas eu não consigo me conectar de forma alguma.

Ethan Lively – “Help Me Hold On” by Travis Tritt

Avalie a performance:


Luana: Que inferno de apresentação, meu Deus. Vinte temporadas, gente, vinte! Ninguém aguenta isso mais, pelo amor de Jesus! Ai olha, eu realmente tô sem saco pra ouvir isso aqui. Vi até o final por pura obrigação, porém… UM PORRE. Por falta de opção, vamos de Jordan, ok?

Clarice: É, enquanto temos um Jordan fazendo uma apresentação bem bacana, se soltando no palco, por outro lado temos Ethan preso ao violão com o country raizão! Esse timbre que não me agrada nem por decretoo! Nem preciso ouvir muito da apresentação do Ethan pra chegar a conclusão que Jordan foi meu vencedor aqui! hahahaha

Davi: Puts, conseguiu ser pior que o anterior. Não lembro de absolutamente nada que Ethan tenha apresentado durante a competição e também não lembrarei dessa apresentação aqui. Bem esquecível e chato. Eu particularmente não levaria nenhum dos dois.

JORDAN vs. ETHAN

VENCEDOR: Jordan Matthew Young | ELIMINADO: Ethan Lively

Enfim, nem tem muito o que comentar, né? Foi um KO meio morno, mas que o Jordan, ao menos, mostrou mais vontade, mais dinâmica. Enfim, decisão correta do Blake.

KO #3: Team Legend
Ciana Pelekai vs Pia Renee

Ciana Pelekai – “Cuz I Love You” by Lizzo

Avalie a performance:


Luana: Risco grande ela resolveu correr, né? Bem, eu achei que ela foi bem, mas não foi perfeito. Houveram momentos que soaram bem feios, mas era um risco a se correr pela música escolhida. Não sei, fiquei meio em cima do muro com essa apresentação aqui. Como ainda não assisti a Pia, acho bem possível da Ciana ter sido engolida. Mas vamos ver em instantes!

Clarice: Tudo bem que eu aaaaaaamo gritadeira, mas Ciana me incomodou profundamente! Ela esteve completamente estridente ao longo de sua apresentação, as partes faladas estavam me irritando, no entanto, nas partes altas da música ela de fato arrasou. Sei la… eu gostei, mas ainda assim, fiquei incomodada, sabe? hahahaha

Davi: Nossa, tanta coisa aconteceu aqui, né? Muito que bem, primeiro tenho que dizer que Ciana escolheu uma música muito difícil e segurou muito a marimba. Ela estava muito entregue e determinada a fazer uma boa apresentação. Mas claro, o excesso de energia acabou acarretando em alguns problemas de afinação. Ainda sim, eu gostei.

Pia Renee – “What the World Needs Now Is Love” by Jackie DeShannon

Avalie a performance:


Luana: Minha irmã?! KKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Nem precisava disso tudo pra bater a Ciana, mulher. Que humilhação, meu Deus. Além da execução perfeita, coisa que nunca duvidei, a Pia entregou muita emoção numa música que, atualmente, impacta o mundo inteiro. Ela foi muito perspicaz, muito mesmo! Nossa, que performance perfeita, gente. Enterrou a Ciana, infelizmente. Pia vencedora com muita abertura, socorro.

Clarice: Por outro lado, eu esperava ver a Pia em algo gritadeiro também, mas ela veio numa balada clássica e olha essa elegância pra cantar! Nos mostrou até um pouco de seu grave hoje, fez algo mais contido, deixando pra alongar as notas só do meio pro final. Foi belíssimo! Eu escolheria a Pia aqui, só eliminaria aquele anel cafonérrimo dela! hahahahaha

Davi: Meu pai amado, pisou muito! Eu fiquei simplesmente chocado com essa apresentação de Pia. Um nível completamente diferente do que ela vinha mostrando. Ela apresentou vocais impecáveis e fez uma apresentação linda! Pia venceu essa Knockout.

CIANA vs. PIA

VENCEDORA: Pia Renee | ELIMINADA: Ciana Pelekai

Oxe, nem o que ser discutido aqui. Pia pegou a Ciana e fez de pano de chão, com todo respeito. Não havia outra decisão, se não, a vitória clara e absoluta da lenda perspicaz!

KO #4: Team Nick
Dana Monique vs Keegan Ferrell

Dana Monique – “Nutbush City Limits” by Tina Turner

Avalie a performance:


Luana: Como não lembrar da lendária Kimberly, né? Dana teve uma das melhores audições da temporada, e mais uma vez, apresentou algo ao qual se entregou de corpo e alma. Eu, como coach, teria pedido apenas para ela dar uma segurada nos gritos, ou talvez, salvar a maioria pro final. Mas de toda forma, foi uma apresentação muito boa. Vendo o seu adversário (e a podridão de música escolhida), eu acho que essa vitória é certa demais.

Clarice: Nossaaaaaaa essa música tem muita história nesse programa! Os fãs do The Voice mais recentes que me desculpem, mas é impossível ouvir essa música e não se lembrar da queen Kimberly Nichole! Já a Dana, achei que não fez sua melhor apresentação na competição, senti que ela tirou o pé em algumas notas, parecia hesitar cantar algumas partes, me incomodou, mas em outras botou o vozeirão pra jogo real! O talento dela é inquestionável, né minha gente?!

Davi: É disso que estamos falando! Eu estava precisando ouvir isso. Dana simplesmente entregou tudo! A música caiu perfeitamente com a voz dela. E eu simplesmente amei essa combinação. E aqueles vocais? Meu amor, ela canta!!! Arrasou muito!

Keegan Ferrell – “Just My Imagination (Running Away with Me)” by The Temptations

Avalie a performance:


Luana: Oh, meu filho? Tem tanta música no mundo, você realmente achou que iria fazer alguma coisa com “Just My Imagination”? Oh homem, por favor. Enfim, um verdadeiro festival do sono após a apresentação gigantesca da Dana. Deu até pena do menino, coitado. Enfim, Dana venceu de uma forma incomparável.

Clarice: Vou ser bem sincera, até agora não entendi pra que diabos Nick roubou Keegan! hahahahaha E até agora não entendi quem diabos é Keegan como artista que canta Maroon 5 nas blinds e agora ta aqui cantando The Temptations. E apresentação fraquíssima, por sinal, escolho a Dana com certeza.

Davi: Um banho de água fria, não é mesmo? Uma energia completamente diferente entre as apresentações. Mas até que ele acertou uns agudos legais. Enfim, acho que não tinha muito o que fazer depois de Dana. Minha vencedora é Dana Monique.

DANA vs. KEEGAN

VENCEDORA: Dana Monique | ELIMINADO: Keegan Ferrell

Coitado, né? O Keegan entrou derrotado e humilhado já. O que pareceu foi que a Dana entregou 200% do possível, e o Keegan não conseguiu chegar em 1%. Vitória indiscutível.

KO #5: Team Legend
Victor Solomon vs Gean Garcia

Victor Solomon – “My Girl” by The Temptations

Avalie a performance:


Luana: Esse que é o cover do John Legend, né? Enfim, e vamos de The Temptations de novo. Fiquei triste que ele nem se esforçou pra mudar a música, foi com o basicão dela mesmo. Ai gente, eu vou mentir pra que? Acho esse homem insuportável de chato desde a primeira apresentação dele no programa e é isso. Não fez nada aqui que mudasse minha opinião, continuo achando o cúmulo da breguice e da chatice.

Clarice: Acho que nem se Luna e Miles cantassem soariam tanto com John Legend como Victor soa! Chega a assusta as vezes! hahahaha Ele fez algumas runs, o timbre dele, socorroooo, parece muito o John! Achei a escolha musical interessante e foi bacana ver Victor se soltando mais no palco, sendo que foi algo que foi comentado desde as battles. Gosto da música e gostei bastate da apresentação do Victor.

Davi: Victor já chegou aqui como vencedor dessa Knockout, né? Eu gosto da voz dele e acho ele um dos melhores do time John, mas não sou muito fã desse estilo não. Eu queria que ele seguisse na vibe da blind dele. Mas ainda assim, ele deu umas notas babadeiras ali e eu achei legal.

Gean Garcia – “Afterglow” by Ed Sheeran

Avalie a performance:


Luana: Eu vi o nome da música e tive um mini surto aqui pensando “MEU DEUS A MINHA MÚSICA PREFERIDA DO “LOVER” DA TAYLOR SWIFT, ALGUÉM ME SEGURA”, mas daí eu comecei o vídeo e vi que, na verdade, é a música insuportável do Ed Sheeran, que tombo. Enfim, o pobre do Gean entrou derrotado, porque o John adora o Victor. Ele tem um timbre super diferenciado, mas não acho que escolheu a música correta pra destacar isso, na verdade, “Afterglow” da Taylor Swift teria sido uma escolha bem melhor, lol. Ainda assim, acho Gean bem mais interessante que o Victor, por isso, iria avançar o Gean.

Clarice: Não sei se foi esse arranjo mais voz e violão do início ou se era o nervoso de Gean, mas ele parecia bem inseguro no início. A música me surpreendeu bastante, adorei a hora que ele conseguiu interagir com a “plateia” mesmo ali preso ao microfone. Foi algo simples, não foi perfeito, mas foi bonitinho. Eu escolheria Victor porque ele se mostrou mais consistente e me agradou mais.

Davi: Eu gosto muito do timbre de Gean, um dos mais únicos da temporada. Mas não curti muito essa apresentação, acho que principalmente por conta da música escolhida. Eu espero bem mais que isso de uma Knockout. Eu acho que Victor levou essa aqui.

VICTOR vs. GEAN

VENCEDOR: Victor Solomon | ELIMINADO: Gean Garcia

Tecnicamente, o Victor venceu o embate mesmo. Eu não tenho muito do que reclamar. Apenas teria avançado o Gean por achá-lo mais interessante e com maior possibilidade de explorar coisas novas, mas não nego que seria uma escolha, no mínimo, controversa, dada as performances de ambos.

KO #6: Team Blake
Andrew Marshall vs Pete Mroz

Andrew Marshall – “I Won’t Give Up” by Jason Mraz

Avalie a performance:


Luana: Esses dias eu tava revendo a passagem da Christina Grimmie pelo programa e me acabando de chorar. Daí, eu vim ver o Andrew, e ele cantando “I Won’t Give Up”, achei super fofo. Lógico, foi uma coincidência, mas pra mim acabou sendo bem lindo e emocionante. Não foi o melhor KO da noite, mas achei uma performance muito sob controle e bem bonita.

Clarice: Olhaaa, tava apavorada com a ideia de Andrew ser eliminado injustamente nas Battles, mas Blake salvou o dia… porém aqui já o coloca logo no pareamento com seu queridinho! Tô de olho, hein Blake! Andrew consegue passar muita emoção em suas apresentações, gosto que ele faz partes mais intimistas e depois vai crescendo. Essa música é uma favorita minha, com significado pessoal, então ainda bem que Andrew fez jus a ela!

Davi: Nossa, Andrew vem surpreendendo bastante, né? Eu não lembro da blind dele, mas lembro que achei ele bem sólido na batalha. Hoje eu senti isso novamente. Acho que esse amigo para quem ele fez a homenagem deve ser bem próximo, porque ele estava muito entregue. Achei uma apresentação boa.

Pete Mroz – “Before You Go” by Lewis Capaldi

Avalie a performance:


Luana: Pelo instrumental do início eu achei que ele iria cantar “Peer Presure”, ai queria tanto! Mas assim, “Before You Go” é uma música bem bonita também. Achei as duas performances bem próximas, mas eu acabei preferindo o Andrew, pois acho que ele pegou uma música “menor” e entregou mais, enquanto Pete pegou uma música com maior potencial, mas não entregou tanto quanto a música permitiria. Enfim, é sobre isso.

Clarice: Por outro lado, Pete me surpreendeu com essa música, hein?! Saiu da mesmice do country e se jogou no hit do Lewis Capaldi, só faltou o gogó pra fazer jus à música, né amigo?! Senti falta daquele algo a mais que é tão característico no Lewis, uma rouquidão, um timbre mais rasgado, algo que mostrasse urgência… na falta disso, Pete ficava se movendo a esmo no palco e me deu uma agonia danada! Eu escolheria Andrew, com tooooooooda certeza!!!

Davi: Vish gente, não gostei muito não. Eu sou apaixonado por essa música, mas esse arranjo eu não consegui engolir. E não sei se essa música combinou muito com a voz dele. Mas tenho que admitir que ele segurou bem nas notas mais altas. Pra mim, Andrew venceu.

ANDREW vs. PETE

VENCEDOR: Pete Mroz | STEAL: Andrew Marshall #TeamNick

Que derrame foi esse, Blake? Tá doido, meu filho? Enfim, eu imagino que ele avançou o Pete por puro e absoluto hype e sabedoria por saber o que o público compra, né? Mas assim, Andrew merecia mais. Feliz pelo steal do Nick, bem merecido.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

 

#TeamBlake: Jordan Matthew Young, Pete Mroz.

#TeamKelly: Corey Ward.

#TeamLegend: Pia Renee, Ryleigh Modig (steal), Victor Solomon.

#TeamNick: Andrew Marshall (steal), Dana Monique.

Então, gente! Encerramos essa primeira noite de KOs, e foi bem satisfatório, concordam? Eu destacaria as performances de Corey, Ryleigh e Pia como as melhores da noite e que realmente fizeram valer o episódio. Espero que os próximos episódios tenham mais apresentações nesse nível, viu?

Sobre os times, ainda nem temos muito o que comentar, né? A Kelly, por exemplo, só teve 1 vencedor e 0 steals, então, realmente precisamos esperar pra ver quem sai com o melhor time. Mas eu ousaria dizer que as outras equipes vão lutar um pouco pra encostar na Kelly.

No mais, não esqueçam de votar na nossa enquete e fiquem ligadinhos nos próximos episódios! 🙂

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Luana

Sinceramente, não sei mais há quanto tempo estou nesse site? Mas olha, faz um bom tempo! HAHA. Atualmente cuido mais de reviews de realities musicais, mas também faço meus corres nos seriados, porque a vida é isso aí! Tenho 24 anos, sou formada em rádio/tv/internet, e nas horas vagas vocês me encontram por aqui! ;)

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries