Panela de Séries » Arquivos The Voice UK Kids - S01E05 - The Battles 1 - Panela de Séries

Posts Populares

The Voice UK Kids – S01E05 – The Battles 1

Let the battles begin!

Como diria nosso amado apresentador do TVUS, “let the battles begin!”, haha. Confesso que sempre fico muito animada com as batalhas, mas é bem agridoce! Por mais que eu ame demais ver o crescimento dos nossos pimpolhos, é sempre uma dor ter que se despedir dos eliminados! Mas seguimos tentando nos fingir de fortes, não é mesmo?

Eu, Luana, acabei assumindo essa review de última hora (eis o porque do atraso), então já peço desculpas por isso! Mas o que é um diazinho, né genten? Ainda mais quando venho-lhes trazer o prazer de ler as opiniões dos nossos maravilhosos comentaristas: Thaís, Paulo e Pedro, PPT. E já sabem o rito, né mores? Querem comentar também? Vai lá no “fale conosco” e vem que vem quicando! 😉

Sem mais blá blá blá, vam’bora é batalhar! Hoje é dia de battles, bb.

(#TeamPixie) Zena vs Miriam vs Jess F – “Little Me” by Little Mix

Luana: QUE BATALHÃO DA POXA, MEUS AMIGOS! Eu tô emocionada e de coração partido ao mesmo tempo aqui! As 3 mandaram bem demais e apesar de detestar girlbands, eu PRECISO dessa girlband aqui pra ontem! Cada uma das meninas mostrou a que veio e esbanjou atitude e confiança! Quando elas cantavam juntas meu coração saltava do peito, porque que coisa mais perfeita! E mesmo sendo tão competentes em grupo, elas não perderam em nada nos momentos individuais, souberam como performar brilhantemente sem precisar ofuscar nenhuma das outras! Amei demais, um baita batalhão! E minha decisão seria baseada unicamente em gosto pessoal, que no caso, seria a Zena.

Thaís: Aqui deveria ser o momento onde o The Voice encontra o The X Factor é um grupo de forma. Gente, sério, estou chocada como as vozes combinaram, foi, de longe, a melhor battle do dia. Eu fiquei chocada com a qualidade de todas, a ponto de achar qualquer vitória justa. Porém, mesmo tendo AMADO a blind da Zena, achei a Jess um pouco mais solta, então meu voto seria dela. Mas, gente, vamos conversar sobre a girlband, sério.

Paulo: Apresentação belíssima. As vozes das meninas combinaram perfeitamente, que harmonias. Um pisão mesmo. Apesar de as outras serem ótimas, a Jess claramente dominou a performance do início ao final e ainda soltou uns notaços. Escolha justíssima!

Pedro: Já começou o programa com uma apresentação lacrante dessas, bicho?? Gente, que trio incrível e quanto poder pra entoar o som das misturinhas. Zena é uma verdadeira powerhouse como Pixie diz, e aqui ela só mostrou o quanto é uma verdadeira profissional, teve atitude na coreografia, no vocal, fez carão e não deixou fácil. Miriam começou meio apagada mas foi soltando umas notas altas aqui e ali que encaixaram direitinho. Jess foi uma coisa de louco também, aquele high note no final quase me matou e soube se encaixar e bater de frente com Zena. Gostei da vitória de Jess e achei merecido, mas não acharia nada mal a Zena seguir.

    

 

(#TeamDanny) Jude vs Tilly vs Jack – “Place Your Hands” by Reef

Luana: Parece que o Danny nem quis esconder seu preferidinho, não é mesmo? Haha. Jack teve a “sweet disposition” de encarar as 2 kids mais “fraquinhas” do Team Danny, mas ele não levou a batalha como ganha não! Jack não se acomodou e fez questão de entregar tudo de si, embora nem fosse necessário nesse caso! Jude até que melhorou de sua audição pra cá, mas ainda assim não foi brilhante ao ponto de me fazer enxergá-lo como possível ameaça. E Tilly infelizmente ainda precisa de alguns aninhos nas costas, apesar de ser muito fofa e ter uma boa voz, ela não tem tanta experiência e ainda vai maturar com os anos. Mas Jack mandou bem e fez valer a preferência do coach aqui.

Thaís: Danny colocou seus dois acts mais fracos contra o seu “mini me”, claramente temos um favorito do coach. Jack dominou a performance com muito carisma e personalidade, amo muito. O que ele ficou devendo na blind, mostrou aqui e merece vencer.

Paulo: Essa era uma battle com vencedor praticamente já definido. Apesar de Jack dominar o palco, vocalmente falando eu preferi a Tilly e achei uma pena o Jude ter ficado meio apagadinho. Mas, enfim, foi uma ótima battle.

Pedro: A batalha mais fofa que você respeita cara <333 Os três como um todo não foram lá um super lacre vocal mas as dancinhas, caras e bocas no palco foram tudo de bom, não vou mentir. Jude pra mim foi o melhor vocalmente, foi mais preciso a perfomance toda, Jack parecia um verdadeiro astro do rock no palco com um tom rasgado e agitando a platéia e Tilly foi quase o mesmo de sua audição mas assim como Jack, soube manter presença de palco até o fim, e no geral foi tudo lindo.

    

 

(#TeamWill) Perry vs Lil’ T vs Cole – “Beggin” by Madcon

Luana: Ai, que doidera, cara! Eu pensava que o Lil’ T seria o pequeno protegido do Will até o fim dos tempos… Fui otária, lmao. Mas assim, preciso admitir que o Perry me surpreendeu BASTANTE! Eu não vi muita coisa nele nas audições e simplesmente me passou batido. Mas ele que veio para essa batalha e colocou as garrinhas de fora, mostrando que não sairia do programa sem pelo menos deixar até a última gota de sangue que tinha! E valeu muito a pena, porque eu gostei demais do resultado! Tanto a batalha toda foi muito legal, como o crescimento do Perry me deixou boquiaberta! Sensacional!

Thaís: Cole estava muito deslocado aqui, coitado. Enquanto Lil T se destacava nas partes rápidas da música, Perry chamava atenção no restante, mostrando muito desenvolvimento e crescimento desde a blind. Achei que ficou entre os dois, mas Lil T tem muita personalidade e é meu favorito do Team Will, não tem como não escolhê-lo, mas uma vitória do Perry já seria injusta.

Paulo: Essa era outra battle que eu pensava ter um vencedor já definido, o Lil T, e eu fiquei temeroso desde que o Perry deu as primeiras notas, porque, vocalmente, ele carregou a performance nas costas o tempo todo. O Lil ficou só no rap praticamente e o Cole quase não apareceu. Vencedor mais que bem merecido.

Pedro: Uma apresentação cheia de estilo com certeza, embora não sei se a música colaborou com isso. Imaginava que LIL’T teria um pouco de destaque nesta apresentação, afinal mudaram a letra de um rock antigo para um rap e adaptar a seu estilo, que me agrada mas nem só disso poderá viver numa competição de voz, não é? Cole parecia meio perdido na apresentação, embora tenha uma bela voz e ousado em melismas que encaixaram bem, e Perry estava meio inexpressivo mas com uma bela extensão vocal, e me pareceu justo sua vitória.

    

 

(#TeamDanny) Courtney vs Eboni vs Hollie – “Dancing In The Street” by David Bowie & Mick Jagger

Luana: Courtney, que claramente é a filha perdida da Kat Robichaud, que por si só já é a filha perdida do Mick Jagger, foi super favorecida nessa songchoice, haha. E embora Courtney tenha trazido toda aquela graça presente em sua audição e os pezinhos nervosos, por alguns momentos senti que ela estava “fazendo demais”, me causando o efeito “Chris Blue”, onde eu focava mais nas estripulias do que nos vocais em si. Eboni e Hollie foram mais contidas, mas preciso recompensar a Eboni aqui. Além dos ótimos vocais, a menina apresentou uma versatilidade incrível. Vocês lembram da Eboni das blinds? Ela nos entregou uma apresentação cheia de lágrimas de “I Dreamed a Dream” do musical “Os Miseráveis”, e aqui ela mostrou um lado COMPLETAMENTE diferente e mesmo assim arrasou! Pra mim, ela foi a vencedora moral desse embate.

Thaís: A batalha foi muito equilibrada. Eboni levou a música toda como se fosse o fio condutor, Holly a acompanhava de perto e Courtney era aquele ponto fora da curva. Ela é muito particular, muito peculiar, por mais que ela não fosse o centro da apresentação, os olhos acabam sempre indo para ela, com suas dancinhas expressivas e espontâneas. Ela é minha favorita desde a blind e por isso dou a vitória a ela.

Paulo: Pra mim a battle mais equilibrada. Qualquer uma poderia vencer, embora eu provavelmente não escolheria a Courtney porque a achei um tanto… intensa. Mas acho que foi esse o critério que a destacou das outras.

Pedro: A BATALHA MAIS EQUILIBRADA DA NOITE, e com uma songchoice incrível ao meu ver. Eboni tem uma voz incrível demais gente, fez até dancinha embora não tenha ousado tanto quanto a musica pede. Hollie é outra que me surpreendeu, mostrou um tom rasgado e desenvoltura mas Courtney é coisa de louco, né gente? É a Kimberly Nichole menor, fez gritinhos, falsete, dancinha, fez tudo e mais um pouco, parece uma versão feminina do Mick Jagger, e no final eu já esperava a vitória dela mas fico feliz por isso.

    

(#TeamWill) Dominiyka vs Zara vs Jake – “Never Forget You” by Zara Larsson

Luana: Zara e Dominiyka conseguiram encaixar suas vozes bem melhor aqui do que nas canções escolhidas para sua audições, o que foi bem legal de perceber. Mas vamos ser sinceros, todo o destaque dessa batalha foi do Jake! Ele ficou ali, minúsculo no meio das duas meninas, mas segurando uma marimba incrível! Ele alcançou umas notas muito boas e mostrou pra todo mundo que tamanho não é documento! (Esse é dos meus, hehe).

Thaís: Uma battle bem fraca, na real, pra mim podiam ir os três embora e voltar uma da battle de Little Me. A música não ajudou muito e as vozes não combinaram. Enfim, se eu fosse escolher, iria com aquele que não tentou brilhar a música toda.

Paulo: Eu achei super esquisito aquele menino entre as duas adolescentes, mas a voz dele casou bem entre os graves delas. No entanto, ele conseguiu se destacar em momento específicos. Talvez eu escolhesse a Dominiyka, mas Jake foi ótimo sim.

Pedro: Os três evoluíram muito de suas respectivas audições mas ainda assim faltava alguma coisa nessa apresentação, não sei exatamente o quê. Dominyka arriscou bem mais do que em sua audição, e tem uma bela voz e soube se impor, embora seu registro grave soe “descontrolado”. Zara tem uma voz de diva do pop realmente, mas não teve exatamente um momento de destaque. Agora, Jake realmente me surpreendeu, de nervoso demais e fora do tom na audição pra uma batalha aonde realmente se destacou como vencedor, aquela high note que ele segurou só confirmou isso.

    

 

(#TeamPixie) Tabi vs Erin vs Riccardo – “Somewhere Over The Rainbow” by Jude Garland

Luana: Que batalha linda! Quando vi que Tabi estava contra Riccardo, fiquei me perguntando “mas gente, eles são tão diferentes, como vai ser isso?”. Mas eis aqui como vai ser! Uma songchoice muito inteligente e que acabou dando oportunidade para os 3 brilharem, cada um à sua maneira. Ficou notável o treinamento clássico de Erin e Riccardo, contra o canto mais intuitivo de Tabi, e foi uma nuance que eu curti bastante! Mas ir contra o Riccardo seria tarefa dificílima para qualquer um aí, não é verdade? Ele tem muita potência vocal e sabe canalizar muito bem as suas emoções nas performances. Eu adorei os 3, mas é inegável o poder do Riccardo. Mas espero vê-lo cantando coisas mais atuais nas próximas fases, já que até aqui só o vimos cantar esses clássicos clichês de reality, embora tenha arrasado em ambas as vezes.

Thaís: Se tem algo que eu não gosto é que fiquem mudando a melhoria da música enquanto cantam, isso me irrita bastante, então vocês devem imaginar o quanto o Riccardo me incomodou nessa apresentação. Não gostei dele, na real, não gostei muito de tudo. A música é batida demais, Pixie precisa melhorar essas escolhas. Enfim, a Tabi foi muito agradável e, pra mim, foi a vencedora.

Paulo: Que coisinhinha mais fofa essa battle. A melodia ficou meio estranha pra mim, mas foi maravilhoso e acho que qualquer um escolhido, mas Riccardo conseguiu soltar uns notaços ali e a voz dele é bem emocionante. Mereceu passar também.

Pedro: MDS DO CEU, ESSA MUSICA É TÃO AMORZINHO!! Primeiramente, a Erin é a cara da Kirsten Dunst rsrsrs mas voltando, ela teve um gravão durante a musica surpreendente, passou conexão, passou paz, passou tudo e mais um pouco. Tabi só mostrou o quanto tem uma voz doce e diferenciada que ao meu ver, soube se destacar em meio a seus colegas. Mas Riccardo é incrível, o que esse garoto faz não tem explicação, ele tem uma voz explosiva e alcança notas incríveis, a batalha como um todo foi emocionante e todos foram às lágrimas, e eu não saberia o que fazer.

    

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Esse primeiro dia foi bem legal, né? Eu curti bastante. Não houve nenhuma batalha que eu tenha desgostado e ainda fomos presenteados com esse batalhão que foi “Little Me”, um verdadeiro sambão, meus amigos! Amanhã temos mais e já saberemos como os times seguirão para as Semi-Finais, que já acontecem na próxima semana. Mas pra não perder o costume, eis como estão as equipes:

 

#TeamDanny: Courtney e Jack.

 

#TeamWill: Jake e Perry.

 

#TeamPixie: Jess F e Riccardo.

Para assistir o episódio CLIQUE AQUI

Ei, antes de sair, vota aqui na melhor battle da noite, vem vem vem! Haha.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Imagine só que um dia me foi perguntado quem eu era, e juro, até hoje não sei responder. Mas os fatos são: tenho 21 anos; sou de escorpião; amo meu cachorro e meu gato mais que tudo; estudo Rádio/TV/Internet, ouço Maroon 5; piro no Adam Levine; consigo colocar os pés atrás da cabeça; e - contraditoriamente - por fim, nasci de 7 meses.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu