Posts Populares

The Voice UK Kids – S02E02 – Blind Audtions 02

Seguimos com a maratona!

Seguindo com um alto índice de fofuras com british accent, o The Voice UK Kids mostra que chegou para ficar! Quem quiser conferir tudo que rolou na estreia só precisa clicar aqui.

O episódio de hoje trouxe mais crianças formidáveis com muito talento, mas antes de falar do episódio queria relembrar uma participante da última edição que agora vem brilhando muito no America’s Got Talent, a lindíssima, a pleníssima, Courtney Hadwin.

Para quem não lembra ela foi até a final pelo #TeamDanny e agora está participando de um reality nos USA e garantiu uma vaga na fase final após reeditar um clássico com toda autenticidade e singularidade que ela tem.

Agora que já elogiei essa mini rainha vamos seguir o fluxo e ver o que rolou no episódio de hoje!

 

Ciaran – “Sax” by Fleur East

Lindo: Gente essa mini poc nasceu pro estrelatoooo! AAAAAAAAAH eu fiquei vibrando a todo tempo com toda a energia e presença de palco que exala dessa criatura. Os vocais foram agressivos e intensos e em alguns momentos ele pecou na respiração mas olha foi um nada perto de tudo que ele trouxe! Imaginem esse garoto um pouco mais velho? Eu to doido para ver mais dele na competição e não sei se Pixie foi a melhor coach para ele, para mim ele gritava Will. #TeamPixie

Luana: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, SABE A EXPRESSÃO “PISOU DE SALTO 15”? ISSO AQUI É A DEFINIÇÃO DELA, HAHAHA. Que figurinha mais sensacional, minha gente! Ciaran veio com toda a determinação do mundo, nos provar por 1 + 1 como ele já tem total noção de quem é quanto artista! Isso foi uma apresentação completíssima, e mesmo embora ele tenha tido alguns probleminhas de execução, o conjunto da obra foi sensacional demais para deixar passar! Eu amei demais!

Krishna – “How Deep Is Your Love” by Calvin Harris & Disciples

Lindo: Que jogada de maestria foi ele trazer toda a cultura indiana dele para esse hino do Calvin Harris. Krishna melhorou 500 vezes quando entrou na sua zona de conforto, não acho que a song choice foi a mais adequada para a voz dele, o refrão principalmente exigia muito e as notas saiam meio frágeis, sem força. Entretanto vimos um garoto cheio de energia e com muita história e com certeza ele merecia uma vaga na próxima fase e coube a Will I Am evitar uma tragédia. #TeamWill

Luana: Awww, que fofo! É sempre tão rico quando esses programas abrem espaço para outras culturas, e mesmo que a audição de Krishna não tenha sido tão perfeita, toda a sua “bagagem” cultural tem muito a agregar ao programa. Fico feliz que o Will tenha virado e dado um voto de confiança a essa criança que já tão nova, carrega tantos séculos de cultura e tradição em sua música!

Holly – “One Last Song” by Sam Smith

Lindo: Que talento essa garota tem minha gente! Holly tem aquela voz mágica para cantar baladas, cantar soul e cantar Adele e ela se entregou totalmente, podíamos sentir que a garota estava conectada com a letra e ela veio cheio de controle e mostrando diferentes nuances de sua voz, enfim foi uma audição perfeita e ela é mais uma que entra no #DreamTeam da Pixie que começa a ficar pesadooo, como passar todos? #TeamPixie

Luana: Primeiro, essa música me lembrou muito “Cry Me Out” da Pixie, e talvez por isso eu tenha passado a audição toda pensando “nossa, ela é muito a cara da Pixie”, haha. Mas sem dúvidas, né… Essa combinação não poderia ter sido diferente. Holly tem um timbre mais grave, com bastante profundidade, ela deu alguns deslizes, mas mesmo assim foi uma performance muito competente! Eu curti!

[Eliminada] Hannah – “Everybody Needs a Best Friend” by Norah Jones

Lindo: Ai gente meu coração está partido pela Hannah! Ela é muito excêntrica e original e pegou uma música totalmente inusitada e veio toda fofa com sua própria vibe e mandou ver! Eu acho que os coaches não viraram por sua voz soar um pouco irritante em alguns momentos e completamente descontrolada em outras, mas olha se eu fosse coach disso não ia prestar, ia sair virando mais que Gwen Stefani SOS.

Luana: Ah, que pena! A audição da Hannah não foi legal, e ela claramente estava bem nervosa e isso transpareceu nos seus vocais. Mas ela é uma fofa, bem “esquisita”, daquele jeitinho fofinho sabe, que você sente vontade de guardar num potinho e contemplar toda a singularidade todos os dias. Ai gente, que difícil esse negócio de julgar crianças, não dá não, haha.

 

Lauren Mia – “All I Want” by Kodaline

Lindo: Danny Jones meu bem que triste eu estou vendo Pixie levar todos seus acts! Lauren tem uma voz angelical, suave e doce e completamente adequada para cantar All I Want. Acho que o arranjo adotado acabou exigindo mais das notas altas dela e consequentemente da respiração e acho que por isso gostei muito mais das partes mais suaves onde ela veio com um pequeno falsete, achei mais bem delicado e bem trabalhado por ela. Gostei muito da performance e acho que ela tomou a decisão errada de coach afinal tem uma seleção no #TeamPixie.

Luana: Que linda! Que timbre de voz mais angelical! Eu acho – não tenho certeza – que Lauren teve problemas com as entradas e saídas da música, por muitos momentos eu senti que ela estava adiantada demais. Mas pra ser sincera, o arranjo também ficou bem confuso, né? Eu adorei tudo que ela fez vocalmente, e amei a escolha da música, mas não curti nem um pouco esse arranjo, mandou mal banda do The Voice UK Kids. Lauren, você foi linda!

Astrid – “God Bless The Child” by Billie Holliday

Lindo: Astrid traz a bandeira do Jazz lentinho e veio orgulhosa defendendo ela com toda uma pose e aquele laço no cabelo! Eu não achei a audição uauu, a voz não me conquistou mas eu fiquei torcendo tanto para alguém virar a cada vez que ela abria aquele bocão enorme e mais uma vez coube a Will salvar a noite e colocar essa doce garota em seu time. #TeamWill

Luana: Eu não tenho estruturas emocionais pra assistir esse programa, minha gente! Eu termino TODA audição chorando, que mico! HAHAHAHAHA. Astrid é uma fofa, e o seu sotaque é TÃÃÃÃÃO puxado que eu pensei até que ela estava cantando em outro idioma no início, haha. Eu não gostei tanto, porque tive realmente muita dificuldade para compreender o que ela estava cantando, mas achei de muito bom gosto a escolha da música, sem dúvidas mostra que essa menininha já tem uma boa noção de quem é musicalmente.

Josh – “Rollover DJ” by Jet

Lindo: “You’re such a cool dude”; Pixie definiu todo o visual rockstar de Josh com uma frase! Ele não tem uma voz uauu ou fez algum sensacional aqui, mas ele trouxe a guitarra e mandou ver! Acho que ele pode render muito cantando uma vertente mais pop-rock-indie como Arctic Monkeys, Kaiser Chiefs e acho que no futuro pode ser uma surpresa indo no #TeamDanny! Veremos o que vem pela frente.

Luana: Minha gente, eu estou berrando, LMAO! Josh parece que saiu diretamente daqueles filmes dos anos 80, tipo “Curtindo A Vida Adoidado” e afins, HAHAHAHAHAHA! Eu fico me perguntando de onde surgem essas figuras, porque são maravilhosos demais! Eu curti bastante o que Josh entregou, ele tem um estilo todo próprio e tenta até umas gracinhas na voz, mas o melhor mesmo é o seu talento tocando guitarra! Um verdadeiro rockstar, amei!

[Eliminada] Lauren – “Hallelujah” by Leonard Cohen

Lindo: Existe algumas coisas que você não deve mudar e essa é uma delas! Achei aquele início completamente esquisito e no final o arranjo que Lauren usou não funcionou para a voz dela e não funcionou como um todo! O timbre dela é bonito até mas a escolha musical aqui foi crucial.

Luana: Bem, Lauren surgiu com uma proposta super interessante, e eu até gostei do que ela fez. Mas acho que por ser tão ousado, os mentores ficaram um pouco confusos sobre o que fazer e também sobre como avaliar a performance como um todo. Aplaudo demais a coragem da menina, mas acho que pra uma primeira impressão, ela poderia ter escolhido uma música que encaixasse melhor com a proposta.

 

Will – “Both Sides Now” by Joni Mitchell

Lindo: Ai essa música <3 quando eu vi já fui pegando a caixa de lenços e vim preparado para chorar e no final acabou que não me convenci tanto! Will conseguiu se conectar com a poderosa letra dessa song e até certo ponto contou uma história como notou Danny, mas no final achei que ficou básico demais e não sei como ele vai disputar essa luta de leões que será o #TeamPixie.

Luana: Eu tenho um amor todo especial por essa música, mas a parte “cortante” dela é exatamente a mudança dos primeiros versos de “I really don’t know clouds at all” (e variações, “love” e etc), pro último “I really don’t know life at all”, porque essa metáfora de nuvens com a vida em geral sempre acaba dialogando com cada um de nós. E não sei se Will esqueceu, ou simplesmente resolveu não fazer, mas ele não cantou a parte mais emocional e que eu mais esperava e eu fiquei bem triste, não posso negar. Ele claramente já parece ser um adultinho e tem uma voz bem linda, mas nessa performance aqui ficou faltando “alma” sim, infelizmente.

Zoe – “1234” by Feist

Lindo: Ai que maravilhosa! Essa performance da Zoe me lembrou todinho daquela vibe mais “cool” da Colbie Cailat ou Corrinne Bailey Rae! Achei a performance uma delicia de assistir e vi a Zoe dominar tudo do início ao fim apesar de faltar um grande momento na song para ela explodir. Achei justo ela seguir no show e Danny finalmente consegue mais um artista essa noite. #TeamDanny

Luana: Danny espertíssimo, né mores! Ele sabia que a Pixie queria virar, mas só tava esperando um incentivo. Ele ficou caladinho, fazendo cara de paisagem, e no fim, quando ela não teria mais tempo de reação… Pá, virou e abocanhou a Zoe pra si, sem disputa! Arrasou, Danny! HAHAHAHA. Eu curti muito o timbre da menina, e achei a música bem difícil, nem tanto por amplitude vocal, porque ela não estica muito, mas sim pelo compasso bem marcado. Zoe teve momentos não tão legais, mas acho que na soma geral o saldo saiu bem positivo!

Yaroslav – “Nessun Domma” by Pavarotti

Lindo: Mini cantor lírico? Will na bancada? O casamento era perfeito e os outros coaches sabiam disso e nem se atreveram a se meter! Que voz a apurada que Yaroslav tem e ele conseguiu carregar tanta emoção principalmente no inicio antes do refrão que me deixou impressionado! Eu não faço ideia de como Will vai enfiar um lírico com outros dois cantores comuns nas batalhas mas estou ATENTO. #TeamWill.

Luana: Se tem uma coisa que eu amo no Will, é que ele ama o “diferente” tanto quanto eu e sempre tenta dar uma chance! Ele não esperou os grandes momentos da música para virar, ele quis coroar Yaroslav já pela coragem de subir naquele palco e cantar ópera como um profissional. Toda técnica mais clássica é complexa, e ver uma criança tão jovem já tão engajada com isso é muito legal. Não faz meu estilo, mas esse menino é muito talentoso e fez por merecer sua vaga!

…… TIMES……

Team Will: Natasha, Jude, Sienna-Leigh, Astrid, Krishna e Yaroslav

Se Jude, Natasha e Sienna vieram pisando ontem não posso dizer o mesmo das três adições de hoje! Não vejo tanto potencial principalmente em Astrid e Krishna! Entretanto Yaroslav deve ser uma das escolhas de Will para levar longe!

Team Pixie: Shaney-Lee, Lilia, Daniel, Ciaran, Holly, Lauren Mia e Will

Eu fico até tonto de olhar esse #dreamteam da Pixie! E olha que acho que de alguma forma o fofo do Shaney-Lee rouba uma das vagas nas batalhas para ele! Vai ser um verdadeiro massacre isso aqui! Eu destacaria o vozeirão de Daniel, a talentosa mini-Sia Lilia e a poc deusinha do pop Ciaran! Mas não vejo Holly, Lauren e Will como cartas fora do baralho.

Team Danny: Jacob, Drew, Josh e Zoe. 

Danny perdeu todas as batalhas para Pixie até aqui! Do time dele destacaria como potenciais as jovens Drew e Zoe, mas vamos ver o que vem por ai!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

A indie/gótica do @PanelaDeSéries! Paulista, canceriano, 27 anos de dores na coluna, faço Doutorado em Biotecnologia e vivendo pelo mundo. Me chama para beber @ e vamos falar de série, falar de Imagine Dragons e Lana Del Rey, falar de signos, falar de ciência e xingar os fascistas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries