Posts Populares

The Voice UK Kids – S02E03 – Blind Auditions 03

ITI MALIA

Olá pessoal, estamos aqui firmes e fortes na maratona do The Voice Kids com mais uma review. Apesar da ‘correria’ do programa, eu estou achando as audições bem legais, tendo várias surpresas, shows de fofura e muito talento! Bom, para os comentários de hoje contarei com a ajuda da fofíssima amiga Tati, ninguém melhor do que esse serumaninho para comentar TVKids com a gente né? Simbora então. 

Brooke – “Don’t Stop Me Now” by Queen

Rick: Gente, que espevitadinha ela, amei muito! Essa música não é nada fácil, e Brooke deu um show de atitude, vocais e respiração. Ela não perdeu o ritmo nenhuma vez, fez as passagens super direitinho e sua voz em determinados momentos soaram excelentes, com certa agressividade e muito bem colocada. Ela arrasou muito mesmo, fez um trabalho de gente grande, e o mais impressionante, ela tem somente NOVE ANOS… COMO ASSIM BRASIL? #TeamDanny

Tati: É o primeiro vídeo da história do The Voice Kids que estou vendo, nunca curti muito e olha que já fui surpreendida, viu? Olha o repertório e atitude dessa menininha, gente? Parece que ela realmente está entendendo o que está cantando. A voz dela é de criança mesmo, então por isso vou relevar o timbre que não me agradou tanto! Mas amei a afinação e amei o empenho dessa bonitinha! 

Harry – “To Much Too Ask” by Niall Horan

Rick: Socorro, eu adorei esse rapazinho! A voz dele é muito boa, ele possui entonações excelentes, e conseguiu passar toda a vibe da versão original da música. Se esse boyzinho criança já canta assim, eu já imagino o ícone que ele será quando crescer. Vamos ver como ele vai se sair na competição, pois espero muito que ele vá bem, pois estou encantado na voz desse menino. Aliás, já podemos pedir para ele cantar talvez Scars do James Bay, ou alguma canção bem WGWG vibes? #TeamDanny

Tati: Harry não começou tão bem e eu achei que ele estava um pouco nervoso, mas a blind dele foi numa crescente bem legal. Parece que ele foi pegando confiança e isso ficava nítido no rostinho dele. Bem fofo! Eu achei ele bem afinadinho e tentou se conectar a todo momento com a canção. Eu não dou conta desse empenho, não, gente! Mais um que quero adotar ahahaha. 

Ella – “Don’t Rain On My Parade” by Funny Girl

Rick: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA EU AMO ESSA MÚSICA, MEU DEUS, AMÉM MUSICAIS! Gente, Ella fez um belíssimo trabalho, já deu para notar o grande belting que ela tem, e que ela será uma soprano de respeito quando amadurecer sua voz. Teve alguns momentos que faltou muito pouco para ela conseguir acertar a nota em cheio, mas de toda forma ela foi muito bem, sem derrapar nenhuma vez e ainda conseguir interpretar incrivelmente bem. Essa menina nas batalhas vai surpreender, eu tenho certezaaaaaaa! #TeamPixie

Tati: Meu musical favorito cantando por uma baby. Juro que abri o vídeo pensando: será que ela vai dar conta? E confesso que fiquei bem surpreendida. Ella começou mais contida, mas com muita atitude e só foi melhorando, mesmo com as cadeiras não-viradas. Essa crescente é maravilhosa, já que a própria música tem disso e eu terminei a apresentação de boca aberta. Inclusive, essa seria uma ótima música para ela nos lives. 

Kori – “All My Life” by K-Ci & Jojo

Rick: Gente, eu fiquei um pouco chocado com esse menino, ele fez umas coisas ali impressionantes para a idade dele, fora essa estilo tão marcante de cantar e que futuramente se aperfeiçoará ainda mais. Eu esperava que ele facilmente viraria as três cadeiras, mas acabou virando só uma, entretanto o importante é que ele virou. Vamos ver como ele irá se sair na competição, pois ele tem uma voz realmente bem impressionante. #TeamDanny

Tati: Kori é fofíssimo! Ele abriu a boca e eu já disse “aaawn”. Mas, infelizmente, achei essa audição um pouco morninha. Se não fosse a fofura dele, eu teria dormido, certamente. Além do mais, percebi problemas de dicção nele, que me incomodaram um pouco. Mas, ele também tem potencial e sei que poderá crescer daqui pra frente. Vamos ver como será. 

Riley – “Non Je Ne Regrettw Rien” by Édith Piaf

Rick: GENTE, QUE COISA MAIS ESTRANHA E MAIS FOFA EU ESTOU MORRENDOOOO. O boyzinho veio todo na fantasia de policial, com roupinha e óculos escuros (bem na onda do menino do episódio de ontem) e surpreendentemente cantou uma canção desse estilo que agora eu não me lembro o nome, mas não é lirico não né gente? Me digam aí nos comentários. Enfim, foi muito divertido, mas ele acabou não virando nenhuma cadeira. #Eliminado.

Tati: Tô falando que esses kids tem um reportório muito rico hahahahahha Eu conhecia essa música de algum lugar e NUNCA pensei que ouviria essa música em reality! Olha, eu gostei da interpretação, mas também tive a impressão de que falta algo em Riley para dizer que esse seja o momento certo pra ele. Talvez tenha sido a songchoice equivocada, mas eu também não viraria a cadeira. 

Phoebe “With You” by Ghost Musical

Rick: MEU DEUS GENTE, COMO ENTREGARAM ESSE HINO DE CRIANÇA DE MÃO BEIJADA PARA A PIXIE SEM NEM AO MENOS VIRAREM PARA ELA????? Eu estou gritando com a voz dessa menina, With You é uma música lindíssima e uma das minhas favoritas de musicais, e Phoebe fez um belíssimo trabalho, atingindo as notas de forma espetacular, além de colocar toda a interpretação/emoção que a música demanda. Eu amei MUITOOOO, e já estou na torcida por essa little star da Broadway. #TeamPixie.

Tati: Phoebe tem algo que as outras crianças que vi hoje não apresentaram: ela tem postura e canta como uma adulta. E isso é surpreendente, já que estamos falando de uma baby. Olha a construção dessa apresentação, minha gente. Ela soube subir e descer os tons nos momentos certos e entregou uma apresentação boa tecnicamente e cheia de emoção. Eu estou chocada que ela não foi #3chair, pois merecia. Linda! 

Mandy “Move” by Little Mix

Rick: ITI MALIA (acharam que eu não iria soltar essa né?) QUE COISA MAIS FOFINHA! Achei que ela foi muito fofa e boa, mas três cadeiras achei um tanto exagerado hahaha. Enfim, adorei a escolha da música, Move hino, e Mandy arrasou ali no palco, toda alegrinha e pulando pra cá e para lá. #TeamWill.

Tati: Fofa, fossíma! Mas convenhamos, né, meu povo? A bichinha ainda está imatura vocalmente e passou pela fofura, apenas. Eu realmente não curti essa blind, pois, mesmo com toda energia da Mandy, ainda assim eu consegui achar a blind um pouco chatinha. 

Lola – “Like I’m Gonna Lose You” by Meghan Trainor

Rick: Que voz forte essa jovenzinha tem, fiquei bem passado. Eu achei que a escolha da música poderia ter sido melhor, essa canção não combinou tanto com seu timbre, além de não permitir que ela explorasse alguns recursos como esse pequeno “rasp” na voz, que ela fez no momento que Danny virou. Ela talvez surpreenda, e creio que com a música certa ela poderá arrasar bem mais. Vamos ver como Danny vai trabalhar com ela. #TeamDanny.

Tati:  É impressão minha ou tinha algum problema no microfone da Lola? Em certos momentos ele pareceu mais baixo, não sei. Olha, eu gostei da voz dela, um timbre muito interessante e gostei quando ela subiu o tom para o mais grave. Porém, ela precisa melhorar a forma como projeta sua voz, pois eu senti uma variação muito grande. De qualquer forma, é um bom timbre e eu vejo muito potencial ali, apesar de não ter curtido a blind. 

Charlie – “Baby” by Justin Bieber

Rick: Primeiro: Que bonito a bota dele, quero uma igual. Segundo: Tava demorando essa música aparecer no tvkids né? hahahahahaha. Me desculpa gente, mas não gostei não, achei que ele tava super inseguro e travadinho, e acabou cantando mal, além de não conseguir entregar a presença de palco que a música pede. Era para el ter pulado pelo palco todo, ter contagiado e público e etc, mas acabou não rolando. Fiquei bem surpreso do Danny e da Pixie virarem, mas fazer o que né kakaka. #TeamDanny

Tati: 2018 e ainda cantam essa música? Ai, gente, esse menino deveria estar nas fraldas e mesmo assim ele entrou na onda. Stop “Baby” pra sempre, sério! hahahaha. Enfim, gosto duvido à parte, eu não gostei blind. Achei que ele pecou muito vocalmente e deu para perceber que ele estava um pouquinho nervoso. Foi o pior tecnicamente até aqui, ao meu ver. 

Lilia – “Dream a Little Dream of Me” by Ella Fitzgerald

Rick: Awwn, que pena que ela não conseguiu virar nenhuma cadeira. Eu achei que ela começou na música muito bem, mas depois aparentemente ela foi ficando nervosa e acabou desandando e derrapando em alguns momentos. Uma pena, pois eu achei ela bem interessante, mas realmente precisa melhorar um pouco a sua voz para crescer mais. #Eliminada.

Tati: Essa é uma das poucas músicas que eu “deixo” ser cantada para sempre em realities, por mais que pareça se saturar hahaha. Eu amo essa música demais, minha gente. E achei que combinou com o estilo e voz da Lilia. Não achei uma blind BOA, mas não foi de toda ruim e se ela virasse alguma cadeira, eu entenderia, pois eu vi certo potencial ali. 

Lucy – “Moon River” by Andy Williams

Rick: NOSSA SENHORA, QUE VOZ INCRIVELMENTE LINDA ESSA MENINA TEM. Muito controle e paixão em sua voz, eu amei sua entonações, assim como a forma tão bela que ela interpretou essa linda canção. Eu considero ela facilmente como uma das favoritas pelo pacote completo que ela tem, de voz, carisma e ter uma presença imponente, mesmo em uma canção lenta. Arrasou muito, e fez um belo trabalho indo com o Danny. #TeamDanny.

Tati: Que forma maravilhosa de terminar a noite, gente. Que maravilhosa, que princesinha e que blind mais emocionante. Na nota mais alta eu arrepiei simplesmente. Essas músicas mais clássicas ficam lindas nas vozes dessas crianças e não foi diferente com Lucy, que se conectou realmente com a canção e mandou muito bem nos vocais. Minha fave da noite, sem dúvidas. 

Bom pessoal, e assim finalizamos mais um episódio de audições. Deixe aí nos comentários sua opinião sobre as kids de hoje e nos vemos na próxima. Até mais <3 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries