Posts Populares

The Voice UK Kids – S03E03 – Blind Auditions 03

Preparem os lenços amigas!

Chegamos ao terceiro episódio de audições do #TheVoiceUKKids! Os times estão mais ou menos pela metade e nossos coaches seguem na briga pelas melhores vozes mais fofos que você já ouviu. O episódio de hoje foi marcado por algumas injustiças, momentos fofos e momentos de superaçãooo! Os comentários ficam por conta da paneleira jovem mais presente que já existiu Erik e do nosso leitor Lucas.

#TeamJessie – Jazzy Bolton – “If I Go” by Ella Eyre

Lindo: Chocado com a qualidade vocal de Jazzy, quanta harmonia, quanto controle e dinâmica que ela conseguiu inserir em sua performance do hit de Ella Eyre. Eu acho que entre as grandes vozes mais próximas do “diva pop” Jazzy foi a que mais AMEI! Sua opção em ir com Jessie era bem óbvio, aliás bem difícil a Jessie J receber um não aí nessa bancada.

Lucas: Respeitem a 4 Chaires dos notões! Jazzy cantou e encantou na sua excelente audição, teve carisma, segurança, técnica, timbre lindo, ótima colocação da voz nas notas e o que foi aquela afinação na subida do tom da canção? Bom trabalho garota, pode entrar e fica à vontade viu, pois sabemos que a senhorinha é do time das candidatas lacradoras! 

Erik: Que música chatinha, né gente? Mas eu adorei ela! Arrasou nos vocais, entregou uma performance super sólida, cheia de personalidade e por mais que eu tenha achado ela um pouquinho nervosa ela deu conta disso e arrasou. Pisou com força querida! 

#TeamDanny – Ryan Lofthouse – “Dancing in the Dark” by Bruce Springsteen

Lindo: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH um super fã de McFly (olar Thais)! Ryan chegou pensando em ir ao #TeamDanny, mostrando o porque é um super fã dele e escolheu a música sabendo que Danny AMAAA essa música e o que podemos dizer, a estratégia foi certeira! Ryan tem uma voz LINDA, soube conduzir a performance com alma, conexão com a letra e empolgar a todos, a coisa mais linda foi sua reação quando Danny virou! E o que posso dizer do dueto minha gente? O que dizer deste duetooo, eu estou no chãoooo! A coisa mais linda Danny e o mini Danny tocando guitarra e ele realizando o sonho de cantar com seu ídolo, apenas AMEI.

Lucas: Quando o candidato já tem pelo menos uma cadeira virada só porque teve a sorte de escolher cantar uma das música preferidas de um dos técnicos… e assim caminha a humanidade, pois saber escolher as canções nesse programa é uma ótima estratégia de sobrevivência! Ryan fez tudo certinho, tem uma voz bonita, afinada, executou as notas corretamente e ainda lançou o violão para dar um charme no visual artístico! S: curti

Erik: Essa música é muito boa, hein? O menino já chegou arrasando na songchoice. O menino tem um timbre bonito e nada mais isso, não achei nada de especial a voz dele. Mas ele canta com tanta paixão! Esse sorrisão no rosto, essa empolgação ao cantar, lindo! Me fez ficar vidrado na apresentação até o final por causa disso. No final das contas eu amei!

#TeamWill – Mackenzie Richards – “Perm” by Bruno Mars

Lindo: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH que icônico que Mack foi! Ele chegou gritando #TeamWill com aqueles movimentos de dança e entregando uma performance cheia de personalidade e que contagiou a todos ao seu redor. Os vocais não foram os melhores, mas o esforço e o empenho dele valeram demais a cadeira do Will, o bichinho MERECEU demais minha gente! To feliz.

Lucas: Quem chega arrasando, dançando, dominando o palco e contagiando toda a platéia? é ELE, né ninguém não queridinhos! Kkkkkkkkkk. Performance super alegre, alto astral, dinâmica, criativa, só a voz que ficou prejudicada pois ele focou mas no “show” do que em mostrar seu potencial vocal, acredito que o Will vai trabalhar isso na próxima apresentação dele e se ele nos entregar uma voz de respeito…saiam de baixo viu? Pois Carisma aqui transborda!

Erik: Que ícone, ARRASOU TODOOO! Pisou na apresentação cheia de personalidade, no estilo e da performance no geral! Ele não tem uma voz das melhores, mas é basiquinha e ele não comentou erros graves que faz a gente odiar a apresentação. Eu amo quando vem uns kids assim, que vão pra se divertir e aproveitar o palco, e de quebrar virar uma cadeira, né? Claro haha Will arrasou não deixando o menino sair, adorei!

 

#TeamJessie – Aiysha Russell – “What a Difference a Day Makes” by Dinah Washigton

Lindo: Que timbre mais doce que Aiysha tem, simplesmente eu poderia ficar ouvindo essa voz por algumas horas em algum momento de paz. Aiysha fez uma linda audição, com nuances maravilhosos que ela conseguiu inserir apesar da linearidade da música, mostrou afinação e eu fiquei literalmente surpreso com apenas duas cadeiras se virando, o óbvio ocorreu e ela foi com Jessie.

Lucas: Lindíssimo tom de voz, aveludado, afinado, execução correta das notas…só acho que ela precisa melhorar urgentemente a questão da interpretação, senti falta dela se entregar a canção e nos emocionar, vamos corrigir isso em? Te aguardo na próxima fase… #Okzinho

Erik: Que ANJOOOOOOO Eu amei essa menina aaa! Que voz suave, bem sutil e linda! Senti falta de um pouco mais de entrega na apresentação, mas deve ser por conta do nervosismo! Vai e arrasa querida porque tu tem uma voz lindaa!

#Eliminada – Liv – “Thursday” by Jess Glyne

Lindo: O início de Liv foi maravilhoso e a parte mais suave destacou um lado mais angelical de sua voz, mas quando ela chegou próximo do refrão sua voz ficou longe do que seria o necessário para dar conta dessa música, achei uma pena pois ela veio cheia de vontade e seu rostinho mostrava isso, ela engoliu o choro em seco por não ter virado e fiquei com muita dó. Ela trouxe a amiga Logann e ainda deu a deixa aos coaches que ela também se apresentaria.

Lucas: Princípio básico de um programa musical, escolha uma canção que a SUA voz dê conta do recado…fora isso, a música irá “engolir” você e a porta do programa é “serventia da casa”! 

Erik: Se ela tivesse cantando uma música que fosse suave e conseguisse mostrar mais da sua voz como no começo seria incrível. Mas infelizmente não rolou porque depois foi só ladeira abaixo. Volta depois amore que dá certo! 

 

#Eliminada – Logann – “100 Days, 100 Nights” by Sharon Jones & The Dap-Kings

Lindo: Logann foi a amiga da Liv (que não passou) e ela escolheu uma música cheia de dinâmica e demanda por vocais grandiosos e ela mostrou muito talento minha gente, o que foram os notões seguidos dos Run… ficou claro que em alguns momentos ela se perdeu e uma maior controle vocal era necessário, mas Logann merecia demais uma cadeira, foi uma grande injustiça ninguém ter virado para ela.

Lucas: Logann: Como ousam tocar nos meus R&Bs? Técnicos atrevidos e as vezes incompetentes, estou revoltado!!! Aaaaa não, duas candidatas maravilhosas injustiçadas no mesmo dia, como assim produção? A Logann veio toda trabalhada na personalidade, fez carão, lacrou na interpretação, voz grave linda que chega nas notas altas destruindo tudo pela frente, pois ela é dessas, R&B ousada e lacrativa! Essa performance transbordou a Artista que ela é, estou inconformado com seu potencial sendo desperdiçado dessa forma… 

Erik: A menina pisou e segurou a marimba da música e mesmo assim ninguém virou? Que palhaçadaaa! Eu gostei dela, não taanto mas gostei! Trouxe uma música bem boa pra mostrar o vozeirão e dar close, e ela conseguiu naquelas. Não foi uma ótima performance, mas merecia pelo menos uma cadeira! 

 

#TeamPixie – Colin Justin – “You Make Me Feel So Young” by Frank Sinatra

Lindo: A definição de uma alma velha nascida em um corpo de um pequeno jovenzinho, ele falando que o que AMA mesmo é Frank Sinatra e um bom e antigo Jazz e chegou todo vestido no terninho eu apenas já sabia que seu destino seria o #TeamPixie e foi dito e feito. Ele tem uma voz limpa, forte, poderosa e sabe conduzir tudo com certo controle, Colin tem talento para melhorar e crescer na competição e eu apenas quero colocar ele um potinho e proteger, que criança mais fofaaaaaa AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Lucas: No estilo dele não tinha uma musiquinha mais com cara de “criança”, mais jovial, mais adolescente… não gosto de ver crianças cantando músicas de idosos, não combina com a vibe e nem com a trajetória da carreira deles após o programa! Existem Jazz, Blues e etc com uma pegada mais “infantil” ou alegre, que pelo menos essas sejam as escolhidas para ele cantar! Voz, afinação e interpretação tudo certinho, ele deu o melhor que seu potencial pode nos entregar! 

Erik: AAAAA QUE FOFOOOOO eu amei! Ele pegou uma música bem longe da idade dele né kkk mas senti que ele deu a cara dele pra música e fez uma apresentação muito bonita. Os viciados estavam ótimos e ele não deixou a desejar, arrasou! 

 

#TeamWill – Peyton Chu – “Colors of the Wind” from Pocahontas

Lindo: Como esses coaches ousaram a pensarem em não virar, uma voz tão infantil, tão doce, tão perfeitaaaa, Peyton foi a própria mini-princesa da Disney e eu concordo tanto com Pixie, é a coisa mais fofa que já vi em toda minha vidaaa! Meu choque maior foi ela ir com Will perante Jessie e Pixie, mas ela foi uma garota esperta e eu já quero ela na final SIM, Will não me decepciona por favor.

Lucas: Quando a voz cheia de fofura ajuda a mostrar para os Técnicos que esse programa é para CRIANÇAS e que não há nada de errado com elas quando ainda tem vozes infantis e interpretações puras, meigas e singelas! Peyton toda corajosa escolheu uma música difícil para cantar e mesmo assim ela deu conta do recado e fez uma linda apresentação, Parabéns! 

Erik: QUE ANJOO AAAAAAAAAA O SURTO MEU PAI! Nem precisava ouvir direito a voz pra gritar QUE HINO! Songchoice maravilhosa, apresentação cheia de delicadeza e sutileza. Adorei tudooo, o timbre super fofo, a voz super bem colocada, já estava revoltado achando que nenhum técnico iria virar pra esse ícone mirim que poderia ser intérprete da Mulan no live action! (Forçando o barro) ameii.

#TeamDanny – Wren Snaith – “Leave (Get Out)” by JoJo

Lindo: Saímos de uma audição delicada, fofa e infantil, para uma audição cheia de alma, juventude, profundidade e maturidade vocal de certa forma. Wren me surpreendeu pois seu timbre é LINDO e aqueles nuances que ela criou nas partes mais suaves da música foram maravilhosos! Seu timbre me lembrou um pouco o da vocalista do London Grammar e eu estou muito feliz que Danny salvou a noite e impediu uma grande injustiça de acontecer, Wren EU TE AMO desde já.

Lucas: Que lindo timbre grave/rouco, Wren já tem uma voz pronta para o rádio, afinada e correta nas notas! Acertando nas escolhas das próximas canções para a voz dela…se preparem para o lacre! Wren tem muito potencial para ser explorado e sugiro que ela siga a linha das canções emotivas/românticas, será perfeito para a voz dela! #Amei

Erik: SOS eu amei essa menina! O timbre dela é lindo, ela é muito boa tecnicamente e arrasou em tudo. Não gostei muito da música escolhida, acho que não deu a ela muitas possibilidades pra mostrar o que pode fazer, daí ela precisou se virar nos 30 e talvez por isso tenha ficado um pouquinho “bagunçado”. Mas eu AMEI a voz e espero que daqui pra frente ela tenha songchoices melhores e que arrase, porque ela tem muito potencial.

#TeamDanny – Danny Corbo – “We Are Stars” by The Pierces

Lindo: Gente que voz é essa? Cheia de dinâmica, alcance, potência, singularidades, afinação e controle. eu to no chão com Danny, apesar de ter um pouquinho de coisas que não curti muito, algumas notas quando ele inseria e sua voz saia um pouquinho de seu controle, mas em geral ele fez uma ótima audição e mostrou seu valor, Danny pode ser uma grata surpresa nos lives. Fiquei extremamente feliz com ele indo com o xará dele, concordo com Pixie sobre seu timbre ser especial e com a maturidade que ele mostrou aqui.

Lucas: Uma voz é uma voz né amigos? E voz bonita o Danny tem de sobra… Afinado, Técnico, Timbre bonito, sendo bem trabalhado pelo Técnico, tem potencial para ir longe no programa! #Curti

Erik: QUE HINO! Que voz, que presença! Parecia que tava no seu próprio show, bicho. AMEI! O timbre, a música, tudo! Acho que é um dos nomes fortes da temporada até então, por ter uma voz madura, bem afinada e com muita técnica. Pisou todo! 

 

#Eliminada – Gracie O’Brien – “It’S So Quiet Uptown” from Hamilton

Lindo: Os coaches estão com poucas vagas em suas equipes e procurando por vozes específicas e tal, mas não tem desculpas minha gente, Gracie deixou o coração no palco e mostrou uma maturidade incrível para performar dessa maneira, manter os vocais poderosos e segurar a música dessa maneira, eu fiquei chocado e to indignado que Danny ficou olhando esperando Pixie ou Jessie virar e nenhuma delas virou, porra todos podiam virar, eu to muito chateadooo, Gracie merecia demais.

Lucas: A Injustiçada da noite, temos! O que aconteceu com a bancada de Técnicos? Surtaram ou estão com muita “cera no ouvido”? Para não valorizarem uma apresentação Icônica de alto nível como essa…isso aqui foi impecável! Belíssima voz, afinadissima, notões lacradoras, interpretação emotiva…0 defeitos! Pela ética e moral da imagem desse programa tem que ocorrer um “Wildcard” para essa menina minha genteeeeeee! Apresentação Encantadora, Parabéns! #Emocionado

Erik: Esses coaches tem m*erda na cabeça, né? Só isso mesmo pra explicar porque ninguém virou. Nem tenho muito o que dizer, vou deixar apenas a minha indignação mesmo. 

 

#TeamPixie – Chloe Dring – “She Used To Be Mine” by Sara Bareilles

Lindo: OMG, que menina batalhadora minha gente e ela tocou meu coração com tanto sentimento em uma interpretação poderosa desse hino da Sara. Sua performance foi cheia de momentos poderosos e suas feições mostraram sua capacidade de com apenas ONZE anos se conectar com uma música da grandiosidade de She Used To Be Mine e eu fiquei apenas CHOCADO com a qualidade, amém que Pixie virou e evitou uma segunda tragédia de ocorrer. 

Lucas: Apresentação emocionante desde o início… a Chloe chegou para tocar os nossos corações com suas canções e não é que ela conseguiu? Interpretação impecável! Linda voz, afinada e que fez ótimas transações entre os vários e complexos tons que a canção exige! Aqui são os clássicos casos que a emoção vale mais que a perfeita técnica vocal… 

Erik: A GENTE GRITA QUE HINO PRA MÚSICA E DEPOIS QUE HINO PRA APRESENTAÇÃO! Que presença é essa, amigos! Arrasou toda e entregou a emoção que essa música precisa. Apaixonado estou!

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Que episódio foi esse minha gente? Apesar da grande injustiça cometida contra Gracie, tivemos muita gente maravilhosa e muita explosão de fofura e o sofrimento nas Batalhas vai ocorrer com certeza afinal cada coach terá apenas 3 artistas após o fim das Battles! As equipes ficaram asssim…

Team Danny: Conor Marcus, Danny Corbo*, Ivy Pratt, Mykee-D Worman, Ryan Lofthouse *, Sam Wilkinson e Wren Snaith*.

Que guinada que o #TeamDanny deu nesse episódio! Ryan, Wren e Danny são três pequenas estrelas e podem facilmente ir longe na competição! Aliás sofrendo com uma possível battle entre Ivy e Wren que tem 99% de chances de ocorrer.

Team Jessie J: Adi Nair, Aiysha Russell*, Amaree Ali, Charley Jones, Jazzy Bolton* e Keira Laver.

Jazzy e Aiysha são dois vocais femininos com certo controle e com uma grande capacidade de atingir high notes ou de levar uma balada de forma suave com maestria, Jessie acertou em cheio em pegar as meninas. Entre os nomes anteriores Keira Lair a jovem fofa de 9 anos é o grande destaque da Jessie para mim, uma pequenina cheia de carisma, interpretação e que com certeza vai puxar muitos votos caso vá aos lives.

Team Pixie: Aimee Bryceland, Caillin Joe, Chloe Dring*, Colin Justin*, Gracie-Jayne Fitzgerald, Liam Price e Sweet Harmony

Chloe chegou e pra mim já é a favorita a vencer essa temporada! Enre os nomes anteriores sem dúvidas Gracie-Jayne e seu poderoso vozeirão e Aimee e sua bela interpretação são os outros nomes que eu destacaria aqui.

Team Will: Alfie King & Ava, David Adderley & Ammani Bengo, Lil Shan Shan, Mackenzie Richards*, Peyton Chu* e Rosa O’Reilly

Peyton <3 <3 <3, inserir emote vomitando arco-iris hahaha. Que adição maravilhosa do Will foi essa em pegar a pequena Peyton pro seu time. Uma batalha entre Peyton, Alfie & Ava e Lil se apróxima, afinal são os três pequeninos! Mack tem toda uma energia e pode vir a surpreender também.

* são os artistas desse episódio

Curtiram o episódio? Eu gostei BASTANTE e fiquei surpreso com a subida de nível em relação aos episódios iniciais! Logo mais teremos a review do último episódio de audições e daremos então inicio a fase de batalhas.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Amado por 30 milhões de Brasileiros! Paulista, Canceriano, 25 anos, Químico e atualmente faço Doutorado em Biotecnologia e Polímeros. Me achou nerd neh? Sou mesmo! Amo uma boa banda alternativa/indie, fã número 1 de Imagine Dragons e adoro perder um bom final de semana maratonando séries! P.S. Sou bêbado também gente, me chama para uma cerveja e para falar de série!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries