Posts Populares

The Voice UK Kids – S04E07 – Semifinais

Semifinal com gostinho de Knockout!

Oi gente, cês tão bem? Restando apenas mais uma semana para o fim da temporada, seguimos curiosos para descobrir quem será o grande finalista de cada time. Para a semifinal, todos irão cantar, eles estarão escalados por time, e o mentor responsável escolherá um de seu time para avançar para a final – bem similar ao knockout do The Voice UK -. Eu sou #TeamPaloma declarado e espero que algum dos acts do time dela vença a competição. Paulo e Caio, nosso leitores, vieram para comentar comigo no episódio de hoje.

[#TeamDanny] George Elliot – “Radio Ga Ga” by Queen

Vitor: George teve seu momento, foi legal, gostei da interação com o público, ele é animado e consegue nos entreter, mas achei a song selection péssima para ele, não é que não tenha funcionado, mas não conseguiu trazer o melhor dele.

Paulo: Danny sempre tem um mini ele no time, né? George é super fofo, tem muito carisma e até canta bem pra idade dele e pegou aquelas dicas pra interagir com o público. Apesar de tudo, não gostei muito da songchoice não. Acho que havia músicas com mais impacto pra o momento. Foi legal, mas só isso e ele já mostrou que podia fazer mais. Como ele vai ser o finalista (e eu fiquei chocado), espero que Danny ouse mais na final.

Caio: É muito confortante ver pequenos cantores exaltando músicas a serem eternizadas! George abraçou esse desafio, senti um pouco de falta de interpretação (ele estava com certeza focado em acertar a letra e as notas durante a apresentação). Ele mandou bem nas notas altas, puxou a plateia, e parece ter ficado satisfeito com a performance!

[#TeamDanny] Gracie O’Brien – “Always On My Mind” by B.J. Thomas

Vitor: Fadinha! “Always On My Mind” é um clássico, a música me agrada e ela fez um bom trabalho. Fiquei encantando. Ela apresentou vocais maravilhosos, mostrou sua extensão de ouro, tudo que se espera de um finalista. Para finalista do #TeamDanny, eu iria de Gracie.

Paulo: Gracie tem a melhor voz desse trio e o técnico mais preguiçoso. Sim, Danny simplesmente escolheu algo que a menina já cantou na blind pra ter menos trabalho (como deu a Sam na final passada a música que o cara já tinha cantado na audição) e puxar pro lado da emoção. Só que é um tiro no pé, porque quem tem que escolher é ele. Em voto público, isso ajudaria muito, mas pra ele não sei tanto. Mas ficou lindo. Uma derrapadinha aqui ou ali, mas quando a menina subiu… Maravilhosa! Eu levaria a Gracie.

Caio: Maravilhosa! Ela passou muita emoção em sua performance, senti toda uma conexão com a história da música! Ela se perdeu em algumas aberturas de voz no início, até por ser uma criança ainda, né, gente (às vezes a gente se esquece), mas nada que atrapalhou a ponto de a performance dela perder o brilho! Para mim, Gracie foi a campeã.

[#TeamDanny] Blair Gilmour – “Power Over Me” by Dermot Kennedy

Vitor: Não curti a performance dele, achei nada demais… Claro que não foi ruim, mas faltou aquela chama de finalista, adoro o timbre dele, acho que uma escolha de música que destacasse o timbre único e a rispidez da voz dele seriam mais apropriados para garantir uma vaguinha na final.

Paulo: Blair é o mais parecido com Danny (e acho que a escolha dele pra final), porém o mais nervoso na apresentação. Eu não gostei muito dos vocais dele, não e ainda preferia o Jarren no lugar dele pra estar na semi. Em outra situação, eu o levaria, mas tendo a Gracie aqui, nem pensar.

Caio: Blair estava claramente muito nervoso, desafinou em muitas notas no início principalmente, perdeu o controle em notas mais altas, e isso o atrapalhou a passar o recado da música. Talvez, se ele tivesse cantado uma versão mais grave, ele teria se destacado mais!

Finalista: GEORGE ELLIOT

[#TeamPaloma] Isla Croll – “Sweet Love” by Anita Baker

Vitor: Isla tem uma voz muito gostosinha, eu poderia ouvir ela cantar uma tarde inteira sem enjoar. Não curti quando ela lançou a nota alta, achei que foi um grito mesmo hahaha. O potencial dela é imenso para uma artista após o programa, mas nessa apresentação, em específico, não foi o melhor trabalho que ela entregou… Acredito que a produção que escolhe as músicas, mas se fossem os artistas, Isla escolheria algo de sua preferência que com certeza enalteceria melhor sua voz.

Paulo: Mermão, a mina grita sem esforço, viu? Pelo menos o ensaio tava bem gritado, mas ela consegue soltar uns agudinhos massa… E Paloma tentou explorar o que ela pode fazer, o que é ótimo, mas na apresentação eu não gostei muito não. Acho que algo mais tranquilo podia ter funcionado melhor.

Caio: Fico muito triste quando isso acontece. A Isla se mostrou uma pessoa espetacular desde as audições, com certeza tem total capacidade de ganhar o programa. Mas a música de hoje com certeza foi uma música inadequada até pra experiência que ela tem, tenho certeza que com mais treino, ou mais velha, ela tem capacidade de fazer essa performance 10 vezes melhor, certamente! O rosto dela trazia uma expressão de desconforto, a voz dela parecia uma gralha desgovernada na performance. Infelizmente, foi péssimo, e sei que ela tem capacidade de muito mais! Mas ela deve ter pensado que foi ótimo, afinal a criança começa a gritar e os técnicos batem palma alucinados…

[#TeamPaloma] Hayley Karinge – “Rolling In The Deep” by Adele

Vitor: Adoro Adele e adoro Hayley haha. Hayley chegou cheia de atitude e arrasou com seu vocal, acredito que o arranjo escolhido para a apresentação prejudicou um pouco. Eu sonhava em vê-la cantar “Because You Loved Me” para ela gritar bem muito e mostrar tudo que tem. Soou meio estranho o conjunto da apresentação, mas como sou cachorrinho desse time, vou defender.

Paulo: Pode entrar, favorita! Essa menina tem uma voz poderosa pra idade dela. Agora, Rolling in the deep pra esse tipo de voz? Sério, Paloma? Se era pra ser Adele, Skyfall seria melhor. Nesse tom, isso ficou muito esquisito. Pow, dava um espiritual, um gospel, sei lá… eu detestei.

Caio: Paloma, o que você está fazendo hoje? kkkkkkkkkkkkkk tudo bem que a Hayley pra mim já carrega a cicatriz de ter eliminado o Sonny, mas isso foi péssimo! Eu tive problema nas cordas vocais na infância por gritar muito (melody, corre aqui), e quando você tem, fica muito evidente pra você quando alguém está emulando um timbre que não é dela. A Hayley hoje não estava em notas mais graves, ela estava emulando uma voz mais grave (como quando você é criança e imita seu pai falando). Uma das evidências disso é o quão ela tava sem fôlego durante a apresentação, fora que, por ela estar constantemente concentrada em se manter grave, ela se perdeu em algumas partes no tempo da música, errou a nota do fim. Enfim, eu não esperava isso do maravilhoso Team Paloma.

[#TeamPaloma] Dara McNicholl – “Nothing Compares 2 U” by Prince

Vitor: Dara sempre foi incrível. Hoje nessa semifinal, ele relembrou o porquê de termos amado a blind dele. Entregou tudo que se espera de um finalista, aquele enquadramento no começo foi perfeito – arrasou, produção – a apresentação teve muita coerência, songchoice adequada, o arranjo, tudo foi muito bem esquematizado. Eu daria a vaga de finalista a ele.

Paulo: Dara privilegiadíssimo pela única songchoice que combinou dos três pra mim. Nem precisou de muita coisa, já que ele se manteve no mesmo estilo da blind e arrasou nos vocais. Venceu sem esforço.

Caio: OS REFRESCOS! Impecável, senti a emoção que ele colocou na música, esse fez o dever de casa bem feito! FOI INCRÍVEL, ARREPIEI! A performance foi desafiadora, mas ele estava suficientemente seguro! Dara seria meu finalista.

Finalista: DARA MCNICHOLL

[#TeamWill] Savannah Sunique – “Smash Into You” by Beyoncé

Vitor: Bati palmas aqui da minha casa, Savannah foi magnífica! Ela não tem aquela voz única, mas a execução dela é linda, sabe soltar nota alta na hora que precisa de nota alta, melismas na hora que precisa de melismas, é incrível. Pouquíssimos artistas mirim têm essa noção musical, é algo muito louvável. Não tenho nenhum defeito pra colocar na apresentação de Savannah.

Paulo: Will, pela fé, a finalista é essa, deixa de invenção! Esse era o tipo de música que a Isla devia ter cantado, Paloma!!! Olha a tranquilidade da menina nas partes graves e nos agudos! Arrasou demais! Eu iria com ela.

Caio: EU OLHEI PRA ELA E GRITEI: ARTISTA! Foi impecável isso, senti a música, ela estava conectada, as notas mais altas foram TUDO PRA MIM! Não excederam a capacidade dela, tivemos alguns deslizes mas nada que tenha tirado o brilho da apresentação! Levaria ela.

[#TeamWill] Amos Thakid – “No Violence” by Amos Thakid

Vitor: A mensagem que ele passou com a música foi ótima e muito necessária, Amos mandou bem, não sou o maior fã de rappers, mas sei reconhecer que ele mandou bem. Em nenhum momento ele mostrou falta de ar, fez um bom trabalho.

Paulo: Claro que Will não ia ficar sem rapper na final, né? E sempre eles usam música autoral, o que de certa forma é bom, mas eu não sou muito fã do Amos não. Preferia o RT no lugar dele.

Caio: Eu não sou muito fã de rap, mas é inegável que o Will sabe direcionar muito bem o time dele quanto a isso, passando desafios que trazem aprendizados pra pessoa, mas não façam ela se atropelar, o que é bem legal! Gostei muito do que foi apresentado!

[#TeamWill] Victoria Alsina – “Hero” by Mariah Carey

Vitor: Eu me derreto todo com essa princesinha. Que evolução viu! a menina com a voz tremula que cantou “How Far I’ll Go” nas blinds desapareceu, hoje cantando Mariah Carey, vimos uma Victoria mais madura, muito carismática e cativante. Foi ótima, a execução foi muito boa para uma menina de 7 aninhos, tudo muito adequado. Eu escolheria ela para finalista, porque tenho coração mole para little kids.

Paulo: (O que é isso de o povo dizer que não conhece a música e pegam a letra e começam a cantar, heim? Rs). Victoria é a mais kid de todas e a mais fofa. Will usando referências do Baby Yoda no ensaio foi tuuuuudooooo Hahaha. Mas a música foi bem adequada pra ele, embora a voz ainda não esteja tão madura. Mas a subidinha que ela deu (que é difícil de fazer) foi perfeita. Pensei que não ia gostar, mas né que gostei? Só não levava ela porque prefiro a Savannah.

Caio: Que fofaaaaaa! Foi com certeza uma música desafiadora pra Victoria, mas ela conseguiu se conectar com a música, ela mandou bem nas notas altas! Passou o recado, poucos deslizes (que não tiraram a conexão dela), foi surpreendente!

Finalista: VICTORIA ALSINA

[#TeamPixie] Rae Harding – “Reflection” by Lea Salonga

Vitor: Rae, assim como Dara, foi dos que entregaram perfeição desde as blinds, e hoje ela brilhou muito cantando “Reflection”, foi muito bom. Bom trabalho dela e de Pixie.

Paulo: Xtina não é pra qualquer um, mas Rae fez um ótimo trabalho, mesmo sendo tão nova. Vamos ver como ela fica entre os outros dois gigantes.

Caio: Uma música gigante com muita gritaria, assim que é bom! Hahahahaha senti que ela perdeu a concentração em alguns momentos, mas ela foi muito bem!

[#TeamPixie] Joshua Regala – “Before You Go” by Lewis Capaldi

Vitor: PQP, que arraso!! Joshua trouxe tudo com com “Before You Go”, sinto falta da voz incorporada do Lewis – uma daquela só se vê uma vez de 10 em 10 gerações – mas Joshua foi super coerente e também não deixou a desejar.

Paulo: O ensaio de Joshua tava meio forçadinho, mas ele procurou se conectar com a mensagem da música, o que ajudou muito. Adorei essa iluminação pra ele, viu? E, apesar de achar que dava pra baixar um pouquinho de tom, gostei do que ele fez na música e arrepiei.

Caio: VOCÊ QUER O MUNDO? EU TE DOU! Foi incrível como tudo que sai da boca desse garoto, ele tava muito conectado com a música! Levaria ele para a final.

[#TeamPixie] Justine Afante – “One Moment in Time” by Whitney Houston

Vitor: AAAAAAAAAAAAAAAAA, perfeita!! Essa perfomance da Justine era tudo que a gente tava precisando pra fechar o episódio. Que voz poderosa, muito muito bom. Ela brilhou como uma estrela, Arrasou maravilhosa! Finalista sem dúvidas.

Paulo: Pixie levou as três melhores vozes dela, né? Arrasou no time e nas songchoices, diferente dos outros técnicos. Justine é uma força da natureza, embora ela parece não ter consciência disso. Uma apresentação de alta classe pra fechar o dia, com essa voz poderosa, agudos limpos e precisos. Rainha. Eu levaria ela.

Caio: VOCÊ QUER O MUNDO? EU TE DOU! Outro case impecável do team pixie, com certeza o time mais forte para essa final, muita conexão com a música, umas música grandiosa bem cantada, com certeza grandioso!

Finalista: JUSTINE AFANTE

Considerações finais

Saldo positivissimo nessa semifinal, não foi? Vimos performances muito boas, Hayley deixou aquele sentimento de esperava mais, mas passei pano; Dara e Rae são farinha do mesmo saco – sempre ótimos-; Justine e Savannah brilharam muito; Victoria a fofura dessa temporada. Em geral, achei as escolhas bem coerentes, exceto a de Danny que fez escolhas erradas a temporada inteira, hoje não seria diferente né? Ele optou por George, tombando a nossa amada Gracie que foi a melhor de seu time e que tinha todo direito de estar na final… e ainda seria uma história linda tipo “Recusada na 3ª temporada, Gracie O’Brien é finalista da 4ª temporada do The Voice Kids!”.

A final foi pré-gravada no estúdio e teve uma audiência virtual, a ITV não deu muitos detalhes… mas espero ser surpreendido na semana que vem como uma produção fenomenal. Já estou sentido saudades do programa desde agora hahaha. Mas é isso gente, até a semana que vem para o último programa!

Não se esqueçam de votar na enquete.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Vitor Neves

Nordestino, do melhor estado: Alagoas. Técnico em Informática. Gosta de maratonar séries e realities nas horas vagas. Onde tiver Lana del Rey, pode chamá-lo que ele vai. Ama ver audições aleatórias no YouTube. Gosta de cozinhar. The Crown e The Handmaid's Tale contem com ele pra tudo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries