Batalhas! FINALMENTE!

E se o The Voice UK enrola nas audições, ele é direto nas batalhas, não tem combos, são dois sábados, com 12 batalhas cada, episódio de duas horas e alguns steals. Como disse na review passada um candidato do Team Paloma foi substituído, no caso foi a cantora J. J. Soulx, por motivos não revelados, apenas foi informado que ela não compareceu as gravações e que Paloma escolheu Jordan Gray para substituir ela nessa fase. Sem mais enrolação, vamos ao que interessa, hoje os comentários ficam por conta da linda da Luana! <3

[TEAM WILL] IRENE ALANO-RHODES VS LYDIA LUCY – “CRYIN” BY AEROSMITH

Lindomar: Que pareamento foi esse? Irene meio diva contra Lydia com vocais poderosos e uma presença de palco sensacional, quando vi que ambas iriam cantar Cryin, uma música que naturalmente tem sua explosão, mas que tem momentos que demandam controle vocal, enfim a batalha prometia. De inicio apesar de notas melhores executadas, Lydia que se destacou, a performance de Irene parecia meio sem vida, enquanto sua adversária brilhava por diferenças que existem em seu timbre, mas naquele momento que a plateia vibra com os GRITOS, eu quase morri assistindo isso, Steven Tyler deve estar em negação em sua casa, enfim song choice nada adequada para  o timbre de Lydia, concordo totalmente com Boy que a batalha não ficou legal, elas não cantaram juntas praticamente, enfim eu escolheria Lydia, apesar de achar Irene venceu a batalha, pois Lydia Lucy ainda pode surpreender na competição e foi exatamente isso que Will pensou. Nota: 6,5

Luana: Desde o princípio eu sabia que essa seria uma battle de gritos e já tinha preparado meus protetores de ouvido, haha. Mas preciso dizer que eu não esperava tantos GRITOS assim, por GRITOS eu quero dizer: apenas berros, sem qualquer tipo de conexão com nada que venha a ser uma NOTA vocal. Irene é veterana, e eu sinceramente esperava um pouco mais de controle vindo dela, embora em sua blind também tenha faltado controle. Já Lydia é a típica popstar dos tempos atuais, o que a torna mais promissora.  Nota: 7,5

VENCEDOR: LYDIA LUCY

[TEAM PALOMA] DWAINE HAYDEN VS ALEISHA LOBUCZEK – “KISS ME” BY OLLY MURS

Lindomar: Uma boa song choice e um pareamento bem inesperado, Aleisha é uma garota com uma boa voz porém com diversos problemas vocais que necessitam ser trabalhados, porém com muito potencial, contra Dwaine que parece estar no seu máximo, porém altamente preparado. Durante a batalha a cada sequencia de versos percebíamos claramente que Dwaine estava melhor, colocou muito de sua singularidade na performance, trouxe falsetes, vocais claros e foi bem superior a Aleisha que definitivamente estava bem insegura, outro fato importante que apesar de ser uma música pop, ela envolve muitos traços do soul, o que acabou favorecendo Dwaine na batalha. A vitória de Dwaine era óbvia e foi a escolha de Paloma, Aleisha com muita sorte conseguiu um steal de Ricky, mas acredito que ela vá ser um cordeirinho nesse time. Nota: 7,5

Luana:  Aliesha faz bem o estilo pop juvenil (alá Demi Lovato, Ariana Grande, etc), Dwaine é mais maduro e representa o R&B. A songchoice foi bem dentro do espectro musical da Aliesha, no entanto, o Dwaine roubou a apresentação para si, deixando a decisão bem fácil pra Paloma, né. P.S.: Não gostei do Ricky gastando steal na Alie. Ela ainda é bem despreparada e tem muitos outros emparelhamentos que mereciam ser olhados. Nota: 8,0

VENCEDOR: DWAINE HAYDEN / STEAL: ALEISHA LOBUCKEZ (RICKY WILSON)

[TEAM GEORGE] CHARLEY VS HARRY FISHER – “I JUST CANT’ STOP LOVING YOU” BY MICHAEL JACKSON

Lindomar: Dois participantes que sinceramente eu não teria nem virado minha cadeira disputando uma vaga nos nocautes, eu estava com Zero expectativas para esse confronto. Como dito foi uma batalha meio sem vida, entre a cantora de karaokê Charley e o projeto de Jeffery Austin do The Voice US 100 vezes piorado, destaco que no meio de tudo isso, teve harmonia e um show de Harry em cima de Charley, o garoto se mostrou bom, e subiu uns degraus na minha escala, Charley não me surpreendeu em nada, enfim, achei tudo meio sem vida, sem energia, sem nada, daria a vitória para Harry como Boy fez. Nota: 7,0

Luana: Who vs Who, lol. Eu já nem lembrava desses dois, embora ame o Team George. Não foi uma batalha memorável, mas foi, ao menos, bem decente. Mais uma vez, assim como em Irene vs Lydia, a experiência não foi capaz de superar o potencial da juventude.  Nota: 7,5

VENCEDOR: HARRY FISHER

[TEAM RICKY] JOLAN VS EFE UDUGBA – “THE JAM” BY BEAT SURRENDER

Lindomar: Admito que nunca ouvi nem falar dessa música, mas quando vi os confrontos foi uma das batalhas que mais fiquei esperando, durante a batalha ficou claro pra mim que Jolan não estava a vontade, a música não combinava muito com ele, porém vi claramente que ele lutou para dar o seu melhor e colocar o que tinha de melhor na performance, inseriu muita energia em diversas notas e faz algo bem diferente do usual. Do outro lado Efe surpreendeu e a todos, e se entregou, arrasou nos vocais e na presença de palco, mostrou controle e harmonia. De um lado Ricky tinha Efe, que no geral para mim venceu as batalhas e do outro lado Jolan que se destacou em diversos momentos da canção, deu seu melhor e teve uma das blinds auditions mais comentadas. Jolan venceu como esperado e deve ser um dos três candidatos de Ricky para os lives. Só fiquei bem chateado que não rolou um steal pro Efe, ele realmente merecia continuar no programa. Nota: 9,0

Luana: Ai, esse emparelhamento me incomodava desde sempre, só lágrimas. Jolan é claramente o “winner” do Ricky, mas Efe me pareceu bastante promissor em sua audição. Preciso dizer que não curti a songchoice, e nessa batalha, isoladamente, Efe foi melhor. Mas é claro que é preciso pensar na longevidade do candidato e em suas chances reais ao decorrer do jogo, logo… Jolan sempre foi e sempre será a escolha certa. Mas fico bem triste pelo Efe, e principalmente por não ter rolado steal aqui :'( Nota: 9,0

VENCEDOR: JOLAN

[TEAM WILL] CHARLEY BLUE VS SCOTT & VICKY – “BLACK MAGIC” BY LITTLE MIX

Lindomar: Um dos pareamentos mais estranhos com uma song choice ainda mais estranha para os três. Mas admito que de inicio adorei a energia que os três trouxeram para a música e ver esse lado mais pop/sexy de Charley Blue, mesmo sem seu violino ela tomou conta do palco e fez parecer que a dupla eram seus backing vocals de tão apagados que ficaram. E quando pensei que ela não poderia melhorar, ela trouxe seu violino para o final da performance e surpreendeu ainda mais jogando um rap nos últimos versos da canção, era SIM ou COM CERTEZA que a vitória foi de Charlie? Will tinha uma escolha fácil a fazer. Nota: 8,5

Luana: Dupla vs artista solo sempre é bem complicado. Sempre deixa aquela sensação de 2 x 1, e na verdade é isso mesmo, são duas vozes contra uma, o que supostamente deixaria o artista solo em desvantagem. Mas quando se trata de Charley Blue, não é bem assim que funciona, né? Haha. Sinceramente, achei Charley melhor em todos os quesitos nessa batalha, foi melhor vocalmente, teve melhor desenvoltura no palco, soube trabalhar melhor seus versos. E o principal, soube superar as adversidades (a.k.a. péssima songchoice e adversários bem duvidosos). Nota: 8,0

VENCEDOR: CHARLEY BLUE

[TEAM RICKY] CHLOE CASTRO VS ALARIC GREEN – “HOPE THERE’S SOMEONE” by ANTONY AND THE JOHNSONS

Lindomar: Eu estava bem triste porque gostei de ambos nas audições e agora eles estavam duelando por uma única vaga. Chloe me encantou com sua linda interpretação de um dos sucessos de Hozier e Alaric com sua força e a estranheza em sua voz. Quando começou a batalha soube que era o pareamento mais acertado que poderia ocorrer, as vozes de ambos casaram tão bem, a rouquidão e aspereza presentes em ambas, a energia dos dois, foi algo tão lindo, um momento tão bonito e tão raro de acontecer em todos os The Voice’s pelo mundo que normalmente se concentram em gritos e performances de divas, enfim, amei forte. Acredito que todos os créditos aqui ficam pra Ricky Wilson e os dois candidatos, pelo pareamento, pela song choice e pela interpretação visceral que ocorreu aqui, teria que rolar um steal, eu já estava bem triste com qualquer resultado que fosse ocorrer. Torci um pouco a mais por Chloe porque amei ela desde a audição. Nota: 10

Luana: Jesus, vem me buscar! Mas gente, que dupla emocionante. Tive vontade de chorar diversas vezes, pois os dois trouxeram suas almas e corações para o palco e derramaram sentimento em todos nós. Primeiramente, já shippo os dois. Segundo, foi ótimo ver esse lado do Alaric, ele é um cara grandalhão com uma grande voz, ver seu lado emocional foi incrível, e nos mostrou o quão versátil ele pode ser. Chloe não me impressionou nas audições, mas agora estou vendida, haha. Ela foi excepcional nesse dueto, os dois foram, coisa mais linda de se ver (e ouvir). Nota: 9,5

VENCEDOR: CHLOE CASTRO / STEAL: ALARIC GREEN (BOY GEORGE)

 [TEAM WILL]  AARON HILL VS FAHEEM – “LIVING FOR THE CITY” BY STEVIE WONDER

Lindomar: Aaron foi uma das belas surpresas dos últimos dias de audições, chegou com seu vozeirão explodindo tudo e arrasando, achei que dos pareamentos de Will I am no dia de hoje, esse foi o mais adequado, a voz de ambos casaram e foram evoluindo durante a performance, enfim, os dois foram muito bem, Faheem tem um certo rasgado em sua voz que o diferencia, mas é impossível não falar do alcance vocal e do controle que Aaron tem, é incrível. Enfim, iria com Aaron e torci para um steal em Faheem. Mas Will I Am gosta de surpreender e optou por Faheem, o que me deixou em SHOCK! HAHAHA, fiquei torcendo pra rolar um steal em Aaron, mas sabia que poderia não ocorrer por uma questão de estilo musical, mas graças a deus Paloma e Boy resolveram fazer justiça e viraram para ele novamente. Nota: 8,5

Luana: A melhor batalha da noite do Will. Faheem entregou ótimos vocais e tem uma energia bem legal. Mas vamos e convenhamos, o Aaron é especial, pfv. Ele tem uma das vozes mais afinadas que eu já ouvi, sem falar que ele NUNCA perde uma batida. Pra mim seria uma decisão ridiculamente fácil, mas o Will tratou de discordar de mim, essa loka. Por sorte a Paloma e o George fizeram o favor de me representar! E o Will… Coitado, acabou de enfraquecer seu time, que já não anda lá essas coisas. Nota: 9,0

VENCEDOR: FAHEEM / STEAL: AARON HILL (PALOMA FAITH)

LAURA BEGLEY vs TOBIAS ROBERTSON – “LOVE WILL TEAR US APART” BY JOY DIVISION

Lindomar: Não me recordava da existência de Laura, Tobias eu lembrava por conta de sua ousada song choice na blind, enfim, não sabia o que esperar dessa batalha, mas fui surpreendido por Laura. Laura veio com um timbre diferente, colocou aspectos bem interessantes na apresentação, senti que ela estava mais conectada com tudo, enquanto Tobias parecia meio fora da vibe da batalha, enfim, George fez justiça levando Laura. Nota: 7,5

Luana:  Mas gente, a decisão mais fácil da noite! Haha. Na audição da Laura eu fiquei me perguntando o que danado tinha feito os 3 coaches virarem tão vigorosamente pela Laura, além do timbre atraente, eu não tinha visto nada além. Mas essa batalha abriu meus olhos. Laura tem um timbre realmente muito especial, chega a me lembrar a Stevie Nicks em vários momentos. É uma daquelas vozes que basicamente vão cair bem em qualquer música, já entrou na minha listinha de favoritos. Nota: 8,0 (Nota: 10,0 para Laura)

VENCEDOR: LAURA BEGLEY

JORDAN GRAY VS THEO LLEWELLYN – “THIS WOMAN’S WORK” by KATE BUSH

Lindomar: Como mencionado anteriormente J. J. Soulx deixou o programa e a vaga passou pra Jordan Gray. Eu não sabia o que esperar já que não gostei de nenhum dos dois nas blinds. E de certa forma fui surpreendido, não foi algo uauuu, mas também não algo ruim ou péssimo, foi algo extremamente diferente do que estamos acostumados, e acabou soando de uma forma linda. Paloma foi aos prantos, a vulnerabilidade que os dois conseguiram transmitir foi brilhante, a interpretação de ambos tocou todo o público. Eu iria com Jordan pela surpresa de ver uma melhora maior dele em relação a sua blind, do que o que vi em Theo. Foi tão difícil assistir Paloma aos prantos decidindo, mas achei justo a escolha de Paloma. Nota: 9,0

Luana: Eu sei que devemos ser imparciais e analisar as batalhas baseado, principalmente nas habilidades vocais dos candidatos, mas como não ser tocado pela Jordan cantando um verso como: “all the things I should’ve said and didn’t say”, eu senti a faca entrando no meu coração no mesmo instante e só queria correr no palco e dizer “tu é linda demais, mulher, é tão bom ver alguém se libertar, pfv pisa em mim”. Theo foi incrível também, melhora monstra de sua audição pra cá. Mas ficou bem impossível para mim não dar essa pra Jordan, já que ela me fez chorar rios de lágrimas. Nota: 9,5

VENCEDOR: JORDAN GRAY / STEAL: THEO LLEWELLYN (WILL I.AM.)

[TEAM RICKY] BROOKLYN RICHARDS vs TOM MILNER – “TEARS DRY ON THEIR OWN” BY AMY WINEHOUSE

Lindomar: Brooklyn teve problemas de ritmo graves nessa performance, em diversos momentos ela parecia fora de sintonia, depois nos momentos quando as duas vozes se uniam, Brooklyn subia demais seu tom pra se sobressair sobre Tom, só que isso não ficava tão natural, ficou extremamente forçado, do outro lado Tom sobrou e entregou uma bela performance, arrasou nos vocais, só faltou um pouco mais de poder, fora que seus vocais em certos momentos soam de forma irritante, enfim era uma disputa entre algo exagerado e algo irritante, e Ricky optou por Brooklyn, não fazia questão de nenhum dos dois na próxima fase. Nota: 7,0

Luana: As definições de dueto da Brook devem ser atualizadas AGORA. Ela passou do ponto diversas vezes, tentou “outsing” o Tom em incontáveis momentos, e vale dizer, desnecessariamente. Até me surpreendeu nenhum dos mentores terem falado disso (porque a Paloma e o Boy criticaram algo similar entre Irene vs Lydia). Tom, no entanto, se manteve em seu “quadrado” e fez aquilo que pode, sem se esforçar para ser melhor do que ninguém. Não concordo em nenhuma instância com a decisão do Ricky de manter a Brooklynne, vou sentir falta do Tom e acabei de ganhar um candidato para detestar daqui pra frente. Nota: 7,5

VENCEDOR: BROOKLYN RICHARDS

BRADLEY WATERMAN VS RICK SNOWDON – “SOMETHING’S GOT A HOLD OF ME/I’M A MAN” by ETTA JAMES/BO DIDDLEY

Lindomar: Dois rockers chegando nas batalhas e fazendo uma performance arrasadora, posso dizer que AMEI. Bradley e Rick se entregaram e fizeram algo fora do real, a rouquidão, a força, a energia, a testosterona como disse a apresentado do programa HAHAHA, foi demais, achei que Bradley venceu por se diferenciar um pouco mais de Rick, ele rasgou umas notas um pouco mais, alongou outras que foram realizadas de forma brilhante, e foi algo inesperado também, pois vi essas características na blind de Rick e não de Bradley. Sendo justo Paloma deveria escolher Bradley, mas torci por Rick, por me identificar mais com ele e acreditar em seu potencial na próxima fase. E Paloma se identificou com ele também da mesma forma que eu, torci por um steal para Bradley que ocorreu, graças a deus. Nota: 10

Luana: Mais um emparelhamento que doeu lá fundo. Obviamente, Rick entrou no palco com a vantagem, sua audição foi uma das melhores da temporada. Mas eu tinha gostado MUITO do Bradley também e meu coração já estava em mil pedaços antes da primeira nota ser se quer cantada. A batalha foi SENSACIONAL, e achei o Bradley levemente melhor, embora a música favorecesse bem mais o Rick. Não discordo da decisão da Paloma, afinal Rick é, sem dúvidas, mais promissor e causou mais buzz do que o Bradley. Mas também gostaria de agradecer ao George por ser sensacional em seus steals e me salvar mais uma vez! Haha. Nota: 9,5

VENCEDOR: RICK SNOWDOW / STEAL: RICK SNOWDOW (BOY GEORGE)

CODY FROST vs HEATHER CAMERON-HAYES – “NOTHING COMPARES 2 U” BY SINEAD O’CONNOR

Lindomar: Pobre Heather, será que ela teria alguma chance? Cody Frost foi o grande destaque desse time George na primeira fase. A música foi perfeita para ambas, mas percebi claramente que Heather já entrou sabendo que estava derrotada, a cada nota que saia da boca de Cody e um sorriso de Boy George rolava, ela sabia que não iria rolar pra ela. Cody fez uma performance sólida e poderosa do inicio ao fim, foi incrível, Heather deu o seu melhor, mas não tinha muito o que ela fazer coitada. Cody é uma das front-runners dessa temporada e qualquer outro resultado aqui séria estranho demais. Só fiquei surpreso com o steal que ocorreu em Heather, foi bem inesperado. Nota: 9,0

Luana: Mas gente, comecei a sentir pena da Heather desde os ensaios. Além do fato de Cody ser uma das candidatas mais adoradas da competição, o George não fez questão de esconder o favoritismo e a Heather sabia o que estava por vir. Realmente, é inquestionável o talento da Cody e que ela ganhou com largura a batalha, cantou ainda mais lindamente do que eu sua blind e só reafirmou que está na competição para brigar pelo troféu.  P.S.: o cabelo da Cody me assusta e eu tenho medo. Nota: 9,0

VENCEDOR: CODY FROST / STEAL: HEATHER CAMERON-HAYES (PALOMA FAITH)

EQUIPES

Após doze batalhas, seis steals, temos ainda quatorze vagas em disputa na próxima semana, sendo que dois steals (Ricky e Will).

TEAM GEORGE
George

TEAM GEORGE: Cody Frost (55,5), Alaric Green (55,3), Bradley Waterman (54,1), Laura Begley (49,6) e Harry Fischer (43,8)

George fez dois belos steals, trouxe Bradley e Alaric para sua equipe que fica ainda mais forte, a vitória de Cody era meio óbvia, ela deve estar garantida no TOP 3 de George, assim como Vangelis que canta na próxima semana.

APOSTAS PARA BATTLES

Vangelis  vs Melissa Cavannagh  (CONFIRMADO)

J Sealy  vs Chase Morton  (CONFIRMADO)

Eli Cripps vs Leighton Jones  (CONFIRMADO)

TEAM WILL

Will

TEAM WILL: Charley Blue (50,8),  Faheem (49,6), Theo Llewellyn (48,8) e Lydia Lucy (47,0)

Will perdeu um dos seus melhores artistas da temporada (Aaron) e ainda fez um steal que foi merecido, mas que não deve render, por outro lado vimos um grande crescimento de Charley Blue que mostrou um outro lado seu.

APOSTAS PARA BATTLES

 Lauren Lapsley Browne vs Vivica Jade  (CONFIRMADO)

Tom Rickels vs Collen Gormley  (CONFIRMADO)

Lyrickal vs Mari Marli  (CONFIRMADO)

TEAM PALOMA

Paloma

TEAM PALOMA: Rick Snowdon (56,8), Aaron Hill (53,1), Heather Cameron (48,8), Jordan Gray (42,8) e Dwaine Hayden (39,3)

Paloma fez seus dois steals nessa noite, o steal feito em Aaron foi algo bom para sua equipe, apesar de todo o poder que ela já tem (Rick, Deano, Kevin, Beth) e um outro que foi algo mais emocional, que foi Heather que não deve acrescentar em nada em seu time.

APOSTAS PARA BATTLES

Kevin Simm vs Faith Nelson (CONFIRMADO)

Beth Morris vs Steve Devereaux (CONFIRMADO)

Deano vs Megan Reece (CONFIRMADO)

TEAM RICKY

Ricky

TEAM RICKY: Chloe Castro (56,1), Jolan (55), Aliesha Lobuczek (48,8) e Brooklynne Richards (44,3)

Ricky fez um steal que não deve servir pra muita coisa, ele não deve levar Aliesha para seu TOP 3, pela insistência dele em não roubar ninguem parecido com Jolan ou Rachel Ann, aposto em ambos em seu TOP 3 final, sobrando apenas uma vaga para os quatro candidatos que comporem seu time na próxima semana, junto com Chloe e Aliesha.

APOSTAS PARA BATTLES

Mia Sylvester vs Janini Dyer (CONFIRMADO)

Aine Carroll vs Raachel Ann (CONFIRMADO)

Kagan vs David Barnes (CONFIRMADO)

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

UAUUU, que melhora, parece que todos os problemas técnicos e de talento que diversos candidatos tinham desapareceram, foi uma evolução enorme do programa, que chega prometendo para semana que vem e em seus nocautes.

P.S.1: Sobre a SEASON 6, o reality mudara para o ITV e aparentemente podemos ter o retorno de Sir Tom Jones que para mim é péssimo, uma regressão depois dessa bancada fantástica que vimos na seaosn 5.

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
  • Matheus

    Lindomar vc errou o pareamento do team Ricky, já saiu as próximas batalhas:

    TEAM GEORGE
    Chase Morton v J Sealy
    Melissa Cavanagh v Vangelis
    Leighton Jones v Eli Cripps

    TEAM WILL
    Vivica Jade v Lauren Lapsley-Browne
    Mari Marli v Lyrikal
    Tom Rickels v Colleen Gormley

    TEAM PALOMA
    Kevin Simm v Faith Nelson
    Deano v Megan Reece
    Beth Morris v Steve Devereaux

    TEAM RICKY
    Kagan v David Barnes
    Janine Dyer v Mia Sylvester
    Åine Carroll v Rachel Ann

    • Lindomar Albuquerque

      Matheus obrigado pela correção, me passaram um dos pareamentos errados então, confiei em algo que vi no facebook! hahaha, só tinha confirmado as batalhas da Paloma, obrigado pela correção e vou verificar melhor as fontes daqui pra frente.

  • Lindomar Albuquerque

    Que bom que curtiu nosso site leonardo!! O nivel surpreendeu mesmo. Sobre a próxima temporada, não gostaria do retorno de Tom Jones, acho ele uma pessoa sem energia, sem a vibe do programa, fica ali parado e quase não interage com os outros componentes da bancada, até Will melhorou nisso, pode estar com um time péssimo, mas interagiu com os colegas de bancada.

  • Leonardo

    Amei a transformação do Blog agora em Site. Nossa como nível aumentou das blinds auditions fracas que tivemos, para essas batalhas excelentes, os problemas como foram mencionados acima sumiram mesmo. Agora que loucura vai acontecer na próxima temporada, nada contra Sir Tom Jones, mas se for para ele voltar que seja no lugar do Will, porque o time dele esse ano tá uma porcaria.

%d blogueiros gostam disto: