Posts Populares

The Voice UK – S07E03 – Blind Auditions 03

E seguimos para o 3º dia de ‘Blind Auditions’!

Hey guys, tudo bem com vocês? Cá estou eu fazendo minha primeira review de reality shows, e claro que minha estreia tinha que ser com a franquia que eu mais amo, o TVUK! E já começo logo avisando que o eu estou curtindo bastante o nível apresentado até o momento. Não é nenhum “big level”, mas ta gostosinha de se assistir. Esse 3º dia de audições nos trouxeram joke act, candidatos com atitude e dois amores para chamarmos de nossos. Para me ajudar nos comentários , terei o nosso muso paneleiro Michel e o novo paneleiro amorzinho João. Sem mais delongas, vumbora pras audições?!

 

[TEAM OLLY] Chris James – Prince Ali by Aladdin

Lucas Salles: Chris fez a audição mais estranha das 3 últimas temporadas que do TVUK. Ele foi ruim? Foi! Mas achei que ele fez uma audição cheia de recursos e acredito que se ele for bem trabalhado pode ser que renda um caldo bom.

João: Eu to que nem a JHud “Is that real?” Ai gente, que blind estranha, não achei que a voz dele mostrou algum diferencial, mas também não cometeu erros. Será que o Team Olly tá tão ruim assim pra ele precisar virar pra esse act? Não faz sentido nenhum para mim, sério. Enfim, 0 expectativas, e espero que seja cordeiro de Battle.

Michel:Is this real“? A pergunta da JHud foi a mesma que fiz, porque sinceramente como a produção aprova um cara desses para o The Voice? Acho que confundiram com o X Factor, porque sinto de longe o cheiro de joke act. Foi uma performance engraçada, tá, mas tipo foi mega exagerado tanto nos vocais, quanto no gestual, tudo muito teatral demais. Eu não gostei e achei um puta desperdício do Olly gastar uma vaga do time dele. Coragem, né?

[TEAM WILL] Tai – Move On Up by  Lion Babe Version

Lucas Salles: Ain como eu amo timbres como o da Tai. Ela fez uma audição cheia de estilo, mostrando várias facetas e impróvidos que sua voz possui e já que ela está no #TeamWill acho que ela irá dar muito trabalho aos outros coaches, pois esses dois juntos podem surpreender muito durante a season.

João: Que visual estranho viado kkkkkkk mas tirando o falsete que achei excelente, o resto foi uma blind linear, sem muito diferencial. A melhor parte na verdade por Power tocando depois que ela acabou de cantar heheeh de toda forma, acho que ela pode se destacar no decorrer da competição se o Will souber como lapidar a voz dela.

Michel: Olha fiquei bem dividido com a Tai, eu gostei do seu timbre, porém achei que tiveram diversos problemas em sua afinação, talvez por conta do nervosismo. A música tem um estilo mais alternativo que favoreceu muito ela e também gostei muito dos seus agudos no fim da frase, me lembrou um pouco os agudos da Leah McFall. O único problema é sua incosistência na afinação, além de umas fírulas desnecessárias, mas talvez tenha sido só por conta de ser sua primeira performance, foi uma tentativa de mostrar tudo o que sabe em poucos minutos

 

[ELIMINADO] Gemma – Born To Be Wild  by Steppenwolf

Lucas Salles: Tô com o coração mega partido por Gemma não ter passado, ela é uma roqueira completa. Ela se porta como tal, tem muita atitude, além de ter uma big voice. Espero que ela volte numa season seguinte para nós surpreeender ainda mais.

João: Ate agora a melhor da noite, e obviamente injustiçada. Qual o sentido do Olly virar para aquele Chris e não virar para ela bixo?! Achei que ela foi bem, apesar de alguns deslizes vocais, mas seria promissora nas outras fases. Me partiu o coração ela chorando no final, ela super mereceu alguma cadeira. Foi uma blind enérgica, com potência, com imposição. To bem triste.

Michel: Sinceramente eu estava até curtindo essa performance, porque eu particularmente amo mulheres cantando rock, porém os gritinhos no refrão não gostei muito não, achei uma apelação desnecessária e soaram um pouco desafinados também. Assim, comparado a uns certos @s que foram aprovados já, ela é bem melhor, mas ainda sim um act dispensável para mim.

[TEAM TOM] Ruti Olajugbagbe – Budapest by George Ezra

Lucas Salles: Meu coração é todo da Rutinha, que audição mais linda. Ela possui uma suavidade deliciosa na voz, tem carisma… eu senti que ela estava curtindo bem o momento e se vovô Tom souber aproveitar essa menina ela pode chegar muito longe na competição! #GoRuti

João: AAAAAAAAAA AMEI ESSA INDIE. Que pegada maravilhosa com o violão, essa voz grave e esse visual super alternativo. Arriscou umas notas mais altas, e convenceu apenas o Tom a virar a cadeira. Apesar de não achar o coach ideal, pelo menos ela ta dentro. Com as musicas certas ela super pode ir longe. Ja quero ela cantando Skinny Love.

Michel: Caramba, eu amei essa vibe indie da garota. Achei sua performance tão simples, mas ao mesmo tempo tão cativante. Eu sou fascinado em timbres diferentes, sendo assim já comecei amando sua performance, outra coisa que me agradou muito foi o fato dela ter iniciado sua performance mais acústica e depois que a banda entrou, fazendo uma performance bem dinâmica. Ela cometeu alguns deslizes na afinação, porém nada que não me fizesse curtir a performance do início ao fim.

[TEAM JHUD] Ant & Ox – Sunday Morning by Maroon 5

Lucas Salles: Ant & Ox fizeram uma audição bem lindinha, amei suas vozes individuais assim como as amei combinadas. Acho que esses meninos podem render bons frutos assim como Into The Ark renderam. Espero que Jhud saiba trabalhá-los.

João: Cantaram uma das minhas músicas favoritas da minha banda favorita, tinham tudo para ser minha blind favorita, mas teve o fator de terem sido ruins. As harmonias nao encaixaram, as vozes sao bem diferentes, cada um solo seria bem melhor que eles juntos. Coloquei muita expectativa nessa blind e fui tombado. Talvez se destaquem mais pra frente, ja que a JHud é uma otima coach, mas não espero muito mais não.

Michel: A dupla cantou até bem, fizeram uma performance corretinha e até que soam bem juntos, entretanto quando se trata de dupla eu sempre espero que um deles seja instrumentista, seja tocando violão ou piano, eu sempre espero fico naquela sensação que falta algo vendo ambos ali sem fazer nada além de cantar no palco. Talvez com um deles tocando, acredito que cria uma conexão maior entre eles e uma performance intimista. Sendo assim, gostei da dupla, mas achei tudo tão bonzinho, que não me empolgou.

 

[TEAM WILL] Mark Asari – Walking Away by Craig David 

Lucas Salles: Mark é um dos mais comerciais dessa temporada. Esse menino tem uma voz bastante agradável e o mais importante: ele tem star quality! Eu vejo um futuro bastante proveitoso pra esse cara, ainda mais quando ele se encontra no #TeamWill.

João: Gostei não. Achei muito confortável em tudo, não me trouxe algo para me surpreender, fez a lição de casa, conseguiu 2 cadeiras. Foi legalzinho, ok. Acredito que não passa das Battles, apesar que depende de contra ele batalhar. Mas assim como alguns outros de hoje, não tenho nenhuma expectativa.

Michel: Mark tem uma voz bonita, fez uma boa performance, porém pecou para mim na falta de um momento de destaque na apresentação, de forma que ele pudesse mostrar melhor seu potencial vocal. No fim da performance, fiquei querendo ouvir mais dele, achei que ele podia ter feito melhor, porque soou tudo um pouco linear demais.

[TEAM TOM] Simon Davies –  Sign of The Times by Harry Styles

Lucas Salles: Melhor audição da noite. Simon vestiu literalmente a música, se conectou com a mesma e deu um verdadeiro show. Adorei todo a sua performance. Sua voz combina com várias canções e espero que ele tenha uma boa trajetória no #TeamTom.

João: Não vou dizer que ele é excelente e super diferente de tudo que já passou no programa, porque não é. Mas eu me conectei muito com ele, consegui acreditar em cada palavra, e acredito que mereceu ser um Four Chairs sim. Falsete bom, arriscou umas high notes, tem um vibrato interessante, e ainda tentou dar uma rasgada na voz que, apesar de não ficar natural, me soou legal. Espero que o Tom faça um bom trabalho com ele.

Michel: Ahhhhhhhhhhh como amo essa música e de quebra me vem esse timbre que amei. Achei ele tão original nessa performance, o que mais gostei é que ele soou totalmente diferente da versão original, deixando sua marca na música. Minha única crítica fica por conta do exagero na sua presença de palco, suas caras e bocas me soaram um pouco exagerada demais, mas tirando isso, é um ótimo candidato e por enquanto um dos meus poucos favoritos da temporada.

 

Ah, ainda tivemos Olly dançando e cantando todo soltinho no palco. Aproveito para comentar com vocês que Olly vem se destacando e mostrando serviço a cada episódio e ele pra mim esta se saindo muito bem como coach.

 

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Bom, por enquanto o apresentado é isso e eu espero que semana que vem apareça uma grande estrela para me empolgar ainda mais. Os times estão cada vez mais completos e agora da pra fazer um desenho claro de qual é o melhor até o momento. Na liderança isolada temos o surpreendente #TeamTom, eu sinceramente estou surpreso com a qualidade de suas vozes e espero de coração que ele saiba aproveitar as pérolas que tem em mãos. O #TeamWill segue na vice-liderança com acts cheios de estilo e star quality. O #TeamOlly é mais interessante que o #TeamJHud só porque tem Lauren Bannon e espero que o Jhud Productions se recupere no decorrer das blinds, até porque Jennifer é uma excelente coach e merece muito mais que isso. 

#TeamWill (4): Donel Mangena,  Kade Smith, Tai e Mark Asari. 

#TeamJHud (4): Jake Benson, Jason Nicholson-Porter, Belle Voci e Ant & Ox.

#TeamTom (5): Chloe Jones, Jade Williams, Lucy Milburn, Ruti Olajugbagbe e Simon Davies.

#TeamOlly (5): Lauren Bannon, RYT, Ivy Paige, Jamie Grey e Chris James.

E é por aqui que eu encerro minha review, galera. Espero que tenham curtido esse 3º dia de audições e tenham curtido também o meu #recap. Não esqueçam de comentar sobre os seus acts preferidos e até a semana que vem! 🙂

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lucas Salles

Um baiano que é capricórniano, aspirante a jornalista, que ama festas, viagens assistir a sériados, ver uma boa treta e realitys shows! Ah, eu sou tirado a figura pública também, viu? Vão no instagram, busquem por @eulucassalles e vem seguir o paneleiro mais sã que já existiu, sqn!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries