Bem-vindos à última semana de Battles da temporada.

Mas gente! A temporada não começou ontem? Como já está acabando as Battles? Tudo muito rápido! Aliás, estou de volta, depois de Lindomar ter dominado as reviews por duas semanas seguidas. Reclamações à parte, o ritmo acelerado do programa me agrada de certa maneira, pois vemos o programa avançar rapidamente aos Live Shows, mas acaba tudo muito rápido.

Após algumas ótimas batalhas na última semana, esta noite tivemos algumas surpresas e os malditos combos. Entra ano e sai ano e esses combos continuam. Até então, pra mim, o Team Xtina tem se destacado, com o Team Pharrell em seu encalço. Apesar de ter boas vozes, o Team Blake e o Team Adam têm ficado de coadjuvantes nessa temporada. Sobre os steals, Pharrell já gastou todos, enquanto Adam, Xtina e Blake ainda tem um cada. Lembrando que Patti LaBelle, P. Diddy, Gwen Stefani e Tori Kelly são os advisors dessa temporada.

Pra encerrar o bla-bla-bla, nesta noite teremos comentários direto das Minas Gerais desse Brasil! Mari (a responsável pelas reviews de Survivor) e Rick (dentre muitas séries, responsável pelo The Voice Brasil Kids) serão os comentaristas dessa noite.

[TEAM BLAKE] Adam Wakefield vs. Jared Harder – “Can’t You See” by The Marshall Tucker Band

Gerson: Mais uma batalha country no Team Blake. Dessa vez, temos um cantor country clássico contra um cantor que parece mais versátil. Com a escolha musical, podemos pensar que Adam sai atrás, principalmente por ele não conhecer muito a música. No entanto, a rispidez a forte presença de voz que Adam tem sobressaem-se em relação à Jared. Com Adam no teclado e Jared no violão, os dois fizeram uma batalha de nível razoável. Não foi ruim, mas passou longe de ser boa. Enquanto Jared fez o básico, Adam mostrou um pouco mais de suas habilidades. Na verdade, acredito que os dois são bem comuns, falando da perspectiva da música country. Eu levaria Adam Wakefield para a próxima fase.

Rick: O inicio da batalha foi bem equilibrado para mim, mas Adam depois soltou uns grunhidos ali que foram sensacionais. Olha que eu não sou fã desses estilos, e por ser time Blake eu já fico esperando a invasão country, mas essa batalha me surpreendeu positivamente. Eu levaria Adam Wakefield para a próxima fase.

Mari: Para o nível da temporada, achei essa batalha um pouco fraca. Jared tem um tom de voz comum que Adam conseguiu sobressair com sua rispidez fazendo com que a cota de barbudo/cabeludo da temporada fosse preenchida. Eu levaria Adam Wakefield para a próxima fase.

Vencedor: Adam Wakefield

Decisão: Blake fez o esperado e levou Adam para os Knockouts. Acredito que foi o certo, uma vez que Adam soube aproveitar melhor a oportunidade e continua na competição.

[TEAM PHARRELL] Emily Keener vs. Jonathan Bach – “Explosions” by Ellie Goulding

Gerson: Depois de ter sua Blind combada, Jonathan veio como o cordeirinho dessa batalha. Pharrell mais uma vez foi consciente na escolha da música, uma vez que consegue abranger ambos estilos dos artistas. Aqui gostaria de elogiar a atuação de Diddy como advisor. Já na semana passada ele havia dado ótimos conselhos, e aqui não foi diferente. Aqui, já esperava Emily arrasando, mas a surpresa ficou com Jonathan. Apesar da voz limitada e de encarar toda a potência de Emily, ele conseguiu entrar notas altas de boa qualidade e alguns falsetes interessantes. Emily me pareceu um pouco preguiçosa na Battle, como se tivesse naquele oba-oba de achar que já venceu. Ainda assim, eu levaria Emily Keener para a próxima fase.

Rick: Nossa, que batalha linda. A música calhou muito bem para ambos, mas Emily se destacou muito mais. Toda a carga de Emily foi muito bem distribuída em momentos de sutileza e emoção. Jonathan foi igualmente bem, mas senti ele sendo ‘agressivo’ demais em alguns momentos, sendo que era pra ter sido o contrário. Eu levaria Emily Keener para a próxima fase.

Mari: Apesar de adorar essa música, essa battle foi bem mediana pra mim. Aquela velha história de um four chairs vs um who que em 90% dos casos já sabemos como isso termina. Jonathan tem uma voz um pouco genérica ao contrário de Emily com um tom bem diferenciado que não foi tão explorado pela música. Eu levaria Emily Keener para a próxima fase.

Vencedor: Emily Keener

Decisão: Como Pharrell tende a fazer escolhas surpreendentes, fiquei com um pouco de medo de perder Emily nesse ponto da competição. Pharrell enxergou todas as possibilidades que teria com Emily e acabou avançando com a mocinha. Jonathan vai embora mais cedo, apesar de ter se esforçado muito.

[TEAM XTINA] Daniel Passino vs. Kristen Marie – “Turning Tables” by Adele

Gerson: Daniel e Kristen vem de Blinds regulares e são colocados frente a frente, com preferência pessoal deste que vos fala por Kristen. Christina escolheu uma boa música pra dupla, tentando dar destaque para cada um, mas focando na harmonia de ambos. O melhor dos ensaios foi Xtina e Patti atuando de cupidos HAHAHA. O confronto de timbres aqui foi delicioso! Christina acertou em focar na harmonia dos dois. Ambos estavam bem conectados com a canção, mas a entrega de Daniel pareceu levemente superior. Daniel arriscou mais e se jogou mais, e por isso eu levaria Daniel Passino para a próxima fase.

Rick: Um absurdo Kristen ser eliminada assim. Gente, para com isso, ela não teve nenhum erro vocalmente falando, foi extremamente bem e é única nessa competição, seu timbre é lindo e ela preenche a cota tão injustiçada que é a dos indies… Daniel foi muito bem, mas para mim não teve nem comparação. Eu levaria Kristen Marie para a próxima fase.

Mari: Nossa, como eu amo essa música! Adorei a escolha para a dupla onde ambos puderam mostrar a que vieram! Imaginei que Daniel passaria das battles pelo simples fato de ter uma inegável química com Xtina, mas a afinação e seu controle vocal o fez o dono dessa battle mandando Kristen pra casa. Eu levaria Daniel Passino para a próxima fase.

Vencedor: Daniel Passino

Decisão: Christina pensou comigo e enxergou o potencial de Daniel no futuro da competição. Acredito que Daniel tem um perfil mais parecido com o da coach e por isso ela decidiu mantê-lo e moldá-lo à sua maneira. Kristen, infelizmente, vai mais cedo pra casa.

[TEAM PHARRELL] Moushumi vs. Jonathan Hutcherson – “Photograph” by Ed Sheeran; [TEAM ADAM] Katherine Ho vs. Lily Green – “Lovefool” by The Cardigans; [TEAM BLAKE] Angie Keilhauer vs. Teresa Guidry – “Backseat of a Greyhound Bus” by Sara Evans.

E eis o combo da noite. Na batalha do Team Pharrell, vimos pouco de Moushumi pra justificar sua escolha pelo mentor. Ainda assim, ela tem mais potencial que Jonathan. Na batalha do Team Adam, vimos um pouco do que Katherine é capaz e ela já concorre ao posto de ser a combada 3 vezes na temporada. Enquanto isso, Angie teve uma batalha difícil contra Teresa no Team Blake, mas acabou sendo escolhida pelo técnico.

[TEAM PHARRELL] Abby Celso vs. Brian Nhira – “Sugar” by Maroon 5

Gerson: Abby e Brian já chegam às Battles com uma decisão difícil: chutar pra longe a maldição de se cagar músicas do Maroon 5 nessa etapa da competição. Nas últimas temporadas temos visto cada cagada que é difícil de aceitar. Aqui temos a voz aguda de Brian e o timbre suave de Abby, o que facilita para o sucesso da apresentação. Primeiramente, adorei o arranjo novo. Tirou um pouco da pressão das costas dos dois artistas. Adorei o falsete de ambos e como eles brincaram com a música. Brian me surpreendeu se arriscando mais, apesar de Abby apresentar muita qualidade, inclusive nos falsetes. Ainda assim, a voz de Brian se destacou e eu levaria Brian Nhira para a próxima fase.

Rick: Li “Sugar” e logo pensei no desastre que poderia ser. Primeiro, Pharrell é bem fã de Adam, segundo, adorei o arranjo do inicio e terceiro ambos arrasaram! Funcionaram extremamente bem como dupla, quando um fazia um melisma, o outro vinha e superava e assim foi indo por toda a batalha. Para meu gosto achei Abby um pouco melhor, mas Brian foi muito bem. Eu levaria Abby Celso para a próxima fase.

Mari: Confesso que fiquei um pouco dividida entre os candidatos e não gostei muito dessa versão (melhor deixar a original intacta), mas Abby e principalmente Brian nos mostraram ótimos vocais e bastante desenvovimento desde as blinds. Eu levaria Abby Celso para a próxima fase.

Vencedor: Abby Celso / Steal: Brian Nhira

Decisão: Pharrell tinha uma decisão difícil, pois os dois foram bem e se esforçaram muito. Pharrell decidiu jogar aqui, pra não perder nenhum de seus participantes, e escolheu Abby. Rapidamente, Adam e Xtina decidiram roubar Brian, que acabou escolhendo o vocalista do Maroon 5.

[TEAM ADAM] Caroline Burns vs. Mike Schiavo – “Like I’m Gonna Lose You” by Meghan Trainor ft. John Legend

Gerson: Mike entrou na Battle como grande favorito, depois de sua ótima Blind. Caroline é fofinha e tem um timbre gostosinho, apesar de ainda ser jovem e não ter tanta maturidade vocal. Dessa forma, achei condizente e interessante a songchoice de Adam, já que não vai exigir que os dois movam montanhas para alcançar notas e que dá margem para que eles mostrem suas habilidades. Durante a batalha, achei que Mike pecou pelo exagero. A música é mais singela, e ele forçou em alguns momentos, com uma rouquidão desnecessária e com firulas que não tinham necessidade de ser executadas. Caroline, por outro lado, fez o que sabia: mostrou seu lado fofinho e o alcance de sua voz. Ela, no entanto, entendeu mais a mensagem da música e entregou uma performance mais interessante. Eu levaria Caroline Burns para a próxima fase.

Rick: Caroline é linda e super fofa, amo muito seu estilo e seu timbre gostoso de ouvir, mas nessa batalha senti ela um pouco despreparada. Sendo assim não tenho certeza se ela está apta para continuar na competição e nos entregar boas performances. Mike foi muito bem, mostrou muito controle e uma potencia muito boa, mas a voz de Caroline se destacou muito mais na música, logo penso que isso ajudou na decisão de Adam. Eu levaria Mike Schiavo para a próxima fase.

Mari: Nossa, que battle mais fofa! Adorei tudo desde a song choice até todos os arranjos. Caroline trouxe aquele seu tom doce que a música precisa aliado com o tom ríspido de Mike foi o equilíbrio perfeito. Eu levaria Mike Schiavo para a próxima fase.

Vencedor: Caroline Burns

Decisão: Era uma decisão difícil, pois Adam tinha um forte candidato de seu time em um dia ruim, e uma candidata mediana despontando bem numa apresentação. Adam tentou jogar como Pharrell, na esperança de alguém roubar Mike, mas acabou que apenas Caroline segue na competição, para nossa tristeza.

[TEAM XTINA] Alisan Porter vs. Lacy Mandigo – “California Dreamin’” by The Mamas and The Papas

Gerson: Alisan é de longe a front-runner do Team Xtina e Lacy teria que se superar pra conseguir uma vitória ou ao menos um steal aqui. Quando vi a songchoice eu achei ótima. No entanto, quando vi que seria a versão que Sia (valeu pelo toque, Thaís!) fez para aquele filme da falha de San Andreas, do The Rock, broxei demais. É uma versão mais calma, no entanto muito gritada. Aqui, achei que Lacy se esforçou bastante, mas já sabia que estava derrotada. Ela deu a vida por um steal. Enquanto isso, Alisan destruiu e entregou vocais melhores que sua Blind, que já havia sido boa. Sem dúvidas, eu levaria Alisan Porter para a próxima fase.

Rick: Música ótima, arranjo ótimo, mas pra que tanto grito gente? Achei essa batalha um tanto exagerada sim, Alisan é ótima, mas queria que ela soubesse dosar melhor seus agudos. Lacy mandou muito bem também, mas como a batalha foi uma disputa de agudos, Alisan ofuscou Lacy. Eu levaria Alisan Porter para a próxima fase.

Mari: UAAU! Xtina mais uma vez mostra que sabe como fazer uma battle de verdade. Mais um caso de um four chairs com uma who, mas dessa vez Lacy mesmo não sendo tão experiente conseguiu brilhar tanto quanto Alisan que mereceu o steal de Blake. Não consigo achar palavras pra descrever o talento de Alisan que conseguiu entrar para uma de minhas battles favoritas. Eu levaria Alisan Porter para a próxima fase.

Vencedor: Alisan Porter / Steal: Lacy Mandigo

Decisão: Não tinha como Xtina errar aqui. Alisan era a escolha certeira, e Christina não titubeou ao indicar a moça como vencedora da batalha. Felizmente, após a dedicação de Lacy, Blake resolveu roubá-la, gastando seu último steal desta fase.

EQUIPES

TEAM ADAM

Ryan Quinn, Nate Butler, Caroline Burns, Katherine Ho, Jessica Crosbie (S) e Brian Nhira (S).

TEAM BLAKE

Paxton Ingram, Mary Sarah, Angie Keilhauer, Adam Wakefield, Lacy Mandigo (S) e Katie Basden (S).

TEAM PHARRELL

Nick Hagelin, Hannah Houston, Abby Celso, Moushumi, Emily Keener, Malik Heard (S) e Shalyah Fearing (S).

TEAM XTINA

Bryan Bautista, Tamar Davis, Kata Hay, Alisan Porter, Daniel Passino e Maya Smith (S).

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Um episódio com batalhas bem interessantes e vencedores justos. Acredito que o nível não foi tão alto como semana passada, mas ainda assim foi divertido de assistir. A maior parte das batalhas achei bem nivelado, sendo difícil apontar com convicção um vencedor. Também quero falar um pouco dos advisors. Pra mim, Patti e Diddy tem feito trabalhos ótimos, enquanto Gwen e Tori pouco tem ajudado, o que reflete diretamente na qualidade das equipes.

Amanhã é o último episódio das Battles e Christina é a única que ainda tem um steal sobrando. Já quero saber quem ela vai roubar. Pra amanhã, teremos duas batalhas do Team Adam, duas do Team Blake, uma do Team Pharrell e uma do Team Xtina. Até então, o Team Xtina é que tem mais favoritos, pra mim, enquanto o Team Adam, por outro lado, é o menos favorecido.

Quero saber a opinião de vocês e continuamos amanhã com o fim das Battles!

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
  • Pingback: Panela de Séries » Arquivo » The Voice US – S10E09 – The Battles, Part 4()

  • Francisco Carlos

    Eu disse que o melhor estava por vir !!!!!. Sobre os Team’s, o do Adam enfraqueceu, da Xtina manteve-se bom e os do Blake e Pharrell ficaram mais fortes.

  • Dan

    Já passou da hra de Xtina ganhar né, aliás ela devia ter ganho com Jacquei e Kimberly ela é maravilhosa, monta as melhores batalhas, sou #TeamXtina.

    • Gerson Elesbão

      Dan, super concordo! Xtina tem um bom time e merece vencer. Mas acho bom ficarmos de olho no Team Blake e no Team Adam. Tá legal que não tem um vencedor pré-definido, como na S8 e S9 né.

  • Chris

    Tô tão triste pelo Mike ter saído que não consigo falar outra coisa..

%d blogueiros gostam disto: