Está encerrada a última rodada de batalhas da temporada!

Acabou povo! As Battles se encerraram nesta noite, num episódio curtinho, com mais combos. Hoje tivemos apresentações razoáveis, e um steal surpreendente da rainha Xtina. Se você perdeu o terceiro dia de batalhas, clique AQUI para ler a nossa análise.

Fazendo uma avaliação geral dessa fase do programa, achei que Blake surpreendeu nas escolhas musicais e trouxe Battles interessantes. Xtina foi inteligente nos pareamentos e por isso vimos muitas batalhas de alto nível na sua equipe. Pharrell também acertou nas songchoices e surpreendentemente nas suas escolhas. E por fim, achei que Adam se cagou inteiro. Me desculpem fãs do Team Adam, mas os pareamentos e as escolhas (incluindo steals) foram bem questionáveis. Adam tinha uma boa equipe e acabou perdendo muitos bons nomes.

Esta noite, teremos Mari e Rick novamente dando o ar da graça. Eles trarão análises mais aprofundadas do que este que vos fala, pois eu sou um tremendo bobalhão sem formação musical nenhuma. Então eu só falo o que acho mesmo hahahahaha.

[TEAM ADAM] Laith Al-Saadi vs. Matt Tedder – “Honky Tonk Women” by The Rolling Stones

Gerson: Uma batalha premeditada né! Os dois guitarristas do Team Adam se enfrentando numa música de rock. Aliás, Adam mandou muito bem na escolha da música aqui. Sinceramente, não vejo nenhum dos dois como favorito no Team Adam e não me surpreenderia com qualquer um que passasse. Matt começou bem a música, mas logo sua voz me incomodou muito. Pareceu uns gemidos, um esforço que ele fazia pra tentar entregar algo que fosse bom de ouvir. Tentativa falha amigo. Enquanto isso, Laith abriu a boca e já começou pisando nas inimiga. Laith mostrou seu potencial e suas habilidades, com uma rouquidão natural e inteligentemente usada nos momentos certos. Eu levaria Laith Al-Saadi para a próxima fase.

Rick: Apesar de eu não curtir muito esse estilo de batalha, tiro meu chapéu para Laith… Que voz excepcional que ele possui, tão agressiva e poderosa sentimentalmente falando. Matt para mim foi totalmente ofuscado aqui. Será que Laith será um novo Nicholas David pessoal? Eu levaria Laith Al-Saadi para a próxima fase.

Mari: Adorei a Battle que como o Blake ressaltou, é um pouco diferente do que estamos acostumados. Matt tem um pouco mais de star quality e uma voz bonita e agradável de ouvir, mas Laith tem um tom de voz mais diferenciado que foi o suficiente para ser escolhido por Adam entrando na cota de barbudo/cabeludo da temporada. Eu levaria Matt Tedder para a próxima fase.

Vencedor: Laith Al-Saadi

Decisão: Como disse anteriormente, não vejo muito futuro nos dois, mas ambos eram queridinhos de Adam, principalmente por serem guitarristas. Com a batalha, não vi grandes chances de Matt vencer Laith, que se apresentou como um pacote completo. Adam observou os mesmos pontos e seguiu com o guitarrista mais velho.

[TEAM PHARRELL] Caity Peters vs. Joe Vivona – “Honesty” by Billy Joel

Gerson: Uma escolha clara de canção para favorecer Joe. Foi isso que pensei logo de cara. No entanto, no decorrer dos ensaios e da própria apresentação, vimos Caity se superar e surpreender. Enquanto Caity mostrava personalidade e conexão com a música, Joe fazia o seu arroz com feijão e entregava algo vocalmente impecável, mas sem emoção alguma. Joe tentou alcançar algumas notas mais altas, mas senti um pouco de desconforto e achei desnecessário o que ele fez. Por outro lado, Caity soube explorar seu tom mais grave e seus grunhidos, mostrando um pouco mais de suas habilidades vocais. Por conta da surpresa e dos vocais interessantes apresentados, eu levaria Caity Peters para a próxima fase.

Rick: Essa batalha sim é bem do jeito que eu gosto. Joe conseguiu segurar a onda muito bem, sendo bem sutil em alguns momentos e agressivo em outros, mas Caity se mostrou ser uma nova pessoa para mim. Além de seu timbre lindo, ela possui uma rispidez sensacional na voz, a tornando muito mais dinâmica do que eu esperava. Eu levaria Caity Peters para a próxima fase.

Mari: Apesar de adorar ambos os participantes e os vocais terem sido muito bons, não gostei tanto dessa Battle, talvez pela songchoice. Caity é uma de minhas favoritas das Blinds, mas pra mim a performance de Joe foi um pouco superior a Caity, mas concordo com a decisão de Pharrel em escolhê-la. Eu levaria Caity Peters para a próxima fase.

Vencedor: Caity Peters

Decisão: A escolha aqui dependia muito das percepções de Pharrell, uma vez que ambos apresentaram vocais consistentes. Por esse lado, seria mais uma questão de gosto pessoal. No entanto, levando em consideração a performance, Caity acabou se destacando mais, e percebendo isso, Pharrell decidiu leva-la aos Knockouts.

[TEAM XTINA] Ayanna Jahneé vs. Joe Maye – “I Knew You Were Waiting (For Me)” by Aretha Franklin & George Michael; [TEAM BLAKE] Gina Castanzo vs. Peyton Parker – “Borderline” by Madonna; [TEAM ADAM] John Gilman vs. Owen Danoff – “Runaway” by Del Shannon.

Do que pudemos ver, a batalha do Team Blake foi bem equilibrada, com Peyton saindo vitoriosa por puro gosto pessoal de Blake. No Team Xtina, não vimos nada, então é impossível dar alguma opinião. Não basta ter combo, ainda tem que falar enquanto os participantes cantam, naqueles 10 segundinhos. Do que vimos do Team Adam, os dois também foram bem parelhos, mas Owen é um dos preferidos da equipe e por isso acabou avançando.

[TEAM BLAKE] Brittany Kennell vs. Trey O’Dell – “The Chain” by Fleetwood Mac

Gerson: Antes de mais nada preciso elogiar a ótima songchoice de Blake. Essa música é uma delícia e ainda fica muito bem no formato Battle. O pareamento achei bem qualquer coisa, pois não lembro de ambos candidatos nas Blinds. Sobre a batalha, Trey me surpreendeu! Ele mostrou algumas habilidades vocais interessantíssimas, como o falsete e as super notas que ele alcançou. Por outro lado, Brittany cantou de forma tão profunda que me tocou. Cada nota lançada pela menina dava pra sentir um pouco da letra. Apesar disso, eu levaria Trey O’Dell para a próxima fase.

Rick: Apesar do estilo um pouco voltado para o country, Blake está conseguindo montar um time muito bem diversificado e com isso suas batalhas estão muito boas. Essa foi mais um exemplo, onde vemos candidatos opostos em junção. Brittany tem uma voz bem marcante e se destacou mais, porém Trey foi muito bem, executou o falsete muito bem e não ficou muito atrás de Brittany, mas acho que aqui não tem outra escolha. Eu levaria Brittany Kennell para a próxima fase.

Mari: Nem parecia que estava assistindo a uma Battle do Team Blake e isso mostra o quanto Gwen adicionou às apresentações. Apesar de não conhecer a música, adorei a escolha e achei que combinou com ambos tornando a Battle bem equilibrada. Brittany também é uma de minhas favoritas e acredito que tem muito a crescer na competição, assim como Trey que ganhou um lugarzinho no Team Xtina. Eu levaria Brittany Kennell para a próxima fase.

Vencedor: Brittany Kennell / Steal: Trey O’Dell

Decisão: Como essa era a última batalha da noite, já sabíamos que o steal de Christina viria daqui. Só restava Blake decidir quem entregar à loirinha. Blake pesou a parte que falei, de sentir a música e a profundidade de como ela é cantada, e escolheu avançar com Brittany. Trey não saiu perdendo e acabou entrando para o surpreendente e country Team Xtina.

EQUIPES

Untitled 1 Untitled 4 Untitled 5 Untitled 6

SPOILERS!!

Povo, nós conseguimos, através das previews e de alguns informantes, alguns spoilers dos Knockouts. Então, se você não gosta dessa parte, pode pular pras considerações finais. Mesmo recebendo os spoilers de quem venceu e das músicas que o povo vai cantar, achei melhor trazer só os pareamentos. Sem mais delongas:

TEAM ADAM:

Owen Danoff vs. Ryan Quinn

Katherine Ho vs. Caroline Burns

Jessica Crosbie vs. Laith Al-Saadi

Brian Nhira vs. Nate Butler

Adam mais uma vez pareando seus melhores candidatos e perdendo-os. Aqui, temos confirmado só o primeiro pareamento, enquanto os outros são especulações que achamos lógicas.

TEAM BLAKE

Angie Keihauer vs. Paxton Ingram

Lacy Mandigo vs. Mary Sarah

Katie Basden vs. Peiton Parker

Adam Wakefield vs. Brittany Kennell

Todos esses são pareamentos confirmados, com destaque para Lacy encarando mais uma pedreira. A menina não está com vida fácil. Blake fez pareamentos bem lógicos. Eu só trocaria Brittany por Angie, já que Brittany, pelo que vimos na Battle, pode ir de gêneros diferentes do country e Angie já segue mais esse estilo.

TEAM PHARRELL

Emily Keener vs. Shalyah Fearing

Nick Angelin vs. Moushumi

Malik Heard vs. Hannah Houston

Caity Peters vs. Abby Celso

Aqui também só temos o primeiro pareamento confirmado. Pharrell foi inteligente e separou as front-runners de seu time, uma vez que um pareamento lógico seria Nick vs. Malik, Hannah vs. Emily e Shalyah vs. Moushumi. Aliás, Shalyah é outra que tem enfrentando grandes desafios.

TEAM CHRISTINA

Bryan Bautista vs. Trey O’Dell

Maya Smith vs. Tamar Davis

Joe Maye vs. Kata Hay

Alisan Porter vs. Daniel Passino

Todos os pareamentos aqui estão confirmados. Assim como Pharrell, Christina decidiu separar seus front-runners e por isso não temos pareamentos tão lógicos aqui. O esperado seria Daniel vs. Trey, Alisan vs. Kata e Joe vs. Bryan. Já estou ansioso pra esse Knockout de Maya e Tamar!

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Chegamos ao fim de mais uma fase do programa. As batalhas mostraram quem chegou para ficar e trouxeram aqueles que esperávamos ver longe na competição caindo. Acredito que a maioria das escolhas foi coerente e as songchoices foram inteligentes.

Queria agradecer ao povo que sempre participa comentando aqui embaixo, aos meus comentaristas Rick e Mari e à equipe do SubVoice, que sempre traz as legendas e as músicas pra ouvirmos.

Semana que vem eu volto com os Knockouts e mais comentários imperdíveis sobre o programa. Aguardem!

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
  • Larissa

    Saudades dos selos, eles não vão voltar nunca mais?! E sobre as batalhas, achei a grande maioria das escolhas justíssimas e gosto bastante dos 4 times. Vejo mt gente falar que o team adam está fraco, mas eu nem concordo. Acho que seja o menos primoroso dos 4, mas não o acho fraco não. Pharrell tem um time excepcional e a Christina está em sua melhor temporada, mas ainda tenho dúvidas quanto a sua vitória, é esperar para ver agora não é.

  • Dan

    Christina com o melhor time, ela tá sendo mto inteligente nas escolhas, Pharrell me surpreendendo com as escolhas, sem fazer burradas, Adam tá com o time mto fraco foi mto burro nas escolhas e pareamentos, Blake tbm com o time mto bom e bem diversificado, essa temporada tem tdo pra ter um dos melhores top12, só espero que volte o sistema de eliminações normal, pq o ultimo foi um desastre total.

  • Franciso

    Das duas uma: ou Adam está em sua última temporada e está fazendo pouco caso do programa ou está fazendo de tudo pra Christina ganhar! Esperem os K.O. e vejam o que ele vai fazer :/
    Não gosto nem um pouco de Christina, mas reconheço que as temporadas com ela sempre são mais equilibradas e com mais qualidade. Acho que Alisan grita demais e, principalmente por causa da sua coach, acredito que nava vai mudar.
    Acredito que o vencedor sairá do team xtina (Alisan) ou blake (acredito que Mary Sara terá um caminho sem sustos até a final). Team Pharrell corre por fora. Já team Adam, só se acontecer algo realmente inesperado.
    Abraços

    • Chris

      Eu não acho que Adam está tentando fazer a Aguilera ganhar. Ele tem tendência a fazer escolhas duvidosas mesmo, temporada passada eu fiquei de cara quando ele colocou Jordan vs Viktor nos nocautes.. Apesar de ter outros artistas que eu gostava mais no time dele, Viktor claramente era um cantor pra chegar na final. Infelizmente com Mike eu entendi o que ele fez, mas ele acabou dando um tiro no próprio pé.. A Caroline realmente foi melhor, acho que ele quis ser justo dando a vitória pra ela, largou o Mike achando que alguém ia roubar, mas ninguém roubou, o que me deixou em choque. Se a Aguilera tivesse roubado ele, ela teria umas mil chances a mais de ganhar ou pelo menos chegar na final.
      Aí agora só falta a Aguilera ganhar essa temporada e pessoal começar a falar que foi o Adam quem deixou rs Sendo que ela tá indo muito bem. Ótimos emparelhamentos e ótimas soing choices.

  • Paulo Adriano Rocha

    Eu ainda não consigo entender como combam 6 batalhas se passou um programa só com três… :/
    Gwen conseguiu mudar as songchoices do Blake, tão vendo? Ela não é tão ruim assim… hahaha! Achei estranho ele não fazer o clássico pareamento de steals. Ele é o único que faz isso…
    O time de Adam já não tá essas coisas todas e ele ainda não se ajuda… Vamos esperar os KOs pra ver os tombos…

%d blogueiros gostam disto: