Venham conferir o lacre do Team Xtina liderado pela Queen of Slayage (Rainha da Destruição)!
Team Xtina e Team Blake se apresentam nessa primeira noite! E como vocês vão perceber, Blake fica perdido quando sai do seu mundo country em song choices e Xtina arrasou! Como dito na última review houveram os Wildcard, a única previsão incorreta foi em relação ao time que eles voltaram, Nick Hagelin retornou no Team Xtina e Daniel Passino no Team Pharrell. Os comentários hoje ficam por conta de Luana e Clarice, e finalmente temos os amados SELOS de volta!

Paxton Ingram – “How Deep is Your Love” by Calvin Harris feat. Disciples

Lindomar: Pobre Paxton, para mim é o cantor mais limitado de todo o TOP 24, ele tem um timbre diferenciado mas apenas isso, não consegue tornar isso agradável e isso limita demais as songs choices para ele, com uma baladinha legal com refrão repetindo durante todo o tempo ele deu o seu máximo, mas ainda assim não foi bom, a verdade para mim é que Paxton chegou longe até demais e se divertiu em seu último momento no show, gostei de ver ele todo solto e aproveitando!

Luana: Pobre Paxton, rei dos deaths, conseguiu abrir todos os programas que esteve, haha! Paxton dominou o palco, sem dúvidas, e até achei que tirou o máximo da música; que basicamente consiste inteiramente de “how deep is your love” sendo repetido umas 500x. No mais, Paxton selou sua ida para casa com um combo de songchoice horrenda + death spot.

Cla: Meu Deus… que performance estranha! Não gostei da música pra ele, não gostei do arranjo tampouco da apresentação em si. Ele dando pulinhos no palco de um lado pro outro foi vergonhoso. Mereceu o death do episódio. hahahaha Blake, pra que diabos você dá Calvin Harris pra uma pessoa cantar no programa? Não… melhore, homem… pare de sabotar seu proprio time.

SELO_BLAKEQUERIAESTARSURDO SELO_GagaXtina_NaoFoiDessaVezSELO_VocePensouNoQueFez

Ryan Quinn – “I’m Not the Only One” by Sam Smith

Lindomar: O grande desafio de Ryan estava na conexão com a música, ele sempre mostrou vocais poderosos e tecnicamente quase perfeitos e a música de Sam Smith cairia como uma luva para ele demonstrar esse crescimento, mas não foi bem o que vimos, teve um avanço em relação ao nocaute e batalha, mas nada espetacular, além disso Ryan poderia ter aproveitado para se movimentar pelo palco, trabalhar uma certa presença usando o olhar, uma intensidade, mas ele estava visivelmente preocupado demais com o lado técnico de sua performance.

Luana: Preciso confessar que fiquei chocada com esse semi-death do Ryan. Dentre todas as previews, Ryan tinha de longe, uma das melhores. Isso só serviu pra me mostrar uma coisa: Ryan depende do voto do público, é matar ou morrer. Quanto a apresentação em si… Acredito que Ryan entregou sua melhor performance até aqui, mas continua muito cru. Sua presença de palco é sofrida e ele continua muito preso aos detalhes técnicos, suas expressões cantando são sempre de preocupação, como se ele estivesse cantando uma nota já pensando na próxima e deixando o sentimento de lado. Eu gostaria de vê-lo avançando no Team Xtina pelo simples fato de que acho o talento dele ótimo e a Xtina poderia ajudar com a conexão.

Cla: Ryan sempre arrasa nos vocais, isso é inquestionável em suas performances. Adoro ele, porém essa falta de conexão com a música e falta de expressão que ele exibe ao cantar me incomoda profundamente. Houve uma pequena melhora na forma com a qual ele agiu no palco, mas ainda falta muita coisa. Programa é sobre voz, mas sabemos que voz não é tudo… precisa ser o pacote completo, coisa que Ryan não é.

SELO_XtinaPrincipiante SELO_XTINAINTERESSANTESELO_GLORIANSOUCAPAZ

Katie Basden – “Georgia Rain” by Trisha Yearwood

Lindomar: Acabei de falar da falta de conexão de Ryan com a música e vem Katie e apenas da uma aula no palco de conexão com a música, foi demais, impecável do inicio ao fim, ela segurou a peteca, arrasou nos vocais e ainda emocionou e criou uma atmosfera linda em torno dela, foi lindo demais. Espero muito que Katie avançe no Team Blake é minha favorita nessa equipe e tirou leite de pedra com essa música!

Luana: Aww, doce Katie! Katie ganhou do Blake o que podemos chamar de ‘power ballad’, mas eu ainda não sei definir se foi uma boa escolha ou não. Em questão de apresentação, Katie não deixa dúvidas que é uma ótima cantora e performer, esbanja sentimento enquanto alcança notas redondas com maestria. Não sei dizer mais se ela passa para o Top 12, mas eu espero que sim, pois Katie tem uma das minhas vozes preferidas da competição.

Cla: Tá aí uma pessoa que realmente se conecta com as letras além de só cantar lindamente. Sou fã da Katie, não sei se foi a melhor escolha de música pra ela, mas gostei da apresentação no geral. Vocais bons que renderam uma apresentação super amorzinho. Go Katie!

SELO_ADAMTAOLINDO SELO_XTINADIGNO SELO_XTINAISSOAI

Kata Hay – “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman” by Aretha Franklin

Lindomar: Que surpresa essa linda apresentação da Kata, saindo de sua zona de conforto e pegando uma música grande e clássica, ela colocou sua cara na interpretação, trouxe como sempre um show de entretenimento com sua presença de palco, atitude, expressões e dessa vez tudo acompanhando de um bom desempenho vocal, pena que essa música costuma não vender muito e ela talvez não ganhe o devido reconhecimento.

Luana: Kata sendo claramente Christinazada, haha. Gente, uma dica… Se você tem um cantor(a) country no time que não se chama Amber Carrington, não adianta tentar jogá-la em outro gênero, a rejeição VAI vir. Kata entregou de LONGE sua melhor apresentação no The Voice, o que é ótimo, pois mostra que ela vem crescendo exponencialmente. Mas o pecado veio (mais uma vez assim como Paxton, artistas diferentes, o mesmo erro) na songchoice. “Natural Woman” raramente causa grande impacto na hora de conquistar votos, e numa fase tão decisiva quanto os Playoffs… Pobre Kata, única chance dela é um save da Christina, o que ainda me parece improvável. No mais, quero dizer que finalmente posso dizer que curti a Kata!

Cla: Estava bem receosa com a Kata cantando Aretha, mas mulheeeeer, o que foi isso? Kata arrasou, mandou super bem nos vocais, rosnados, gritos e sabe Deus o que mais apresentou no palco. Ela tem uma presença de palco e carisma tão natural que acaba favorecendo demais em suas performances.  Mandou bem!

SELO_PisouSalto15 SELO_JEFFERYSESUPEROU SELO_Arrasou_Blake

Nick Hagelin – “Stay” by Rihanna

Lindomar: Quando vi o ensaio e ele definhando em uma nota com um falsete horrível quis fechar o stream na hora, mas quando começou a performance vimos o quanto Nick se preparou para esse momento e valorizou a song, caprichou na conexão e veio me surpreendendo na maioria da performance, mas quando ele veio com aquele falsete ridículo seguido de notas desafinadas e uma performance bem fraca, dei graças a deus, pois ele teria menos chances de atrapalhar meu Top 3 do Team Xtina, mas pode ser que eu esteja enganado, vamos esperar.

Luana: Eu fico imaginando mesmo é a Christina tendo que explicar ter um time maravilhoso, pessoas maravilhosas pra escolher e ainda assim, trazendo de volta alguém de outro time – embora eu acredite cegamente que essa decisão não coube a ela, e sim a produção – , imagina “gente, olha só, eu tenho esse puta time, mas odeio todos que eliminei, então vou trazer esse cara de outra equipe porque ele é bonitinho e rei dos falsetes, vlw flw”, triste né. E olha que o Nick começou super bem a música, o que já estava me deixando bem preocupada… Mas no momento que a canção sobe e exige uma grande nota, Nick optou por um falsete (duh) e soou mega estranho, vamos ser honestos. Enfim, não sei o que esperar, mas Nick me preocupa.

Cla: Nuncaaaa nunquinha iria imaginar que o Wildcard de Xtina seria Nick, ok, daí Xtina dá “Stay” pro moço. Já imagino altos falsetes do Nick Melody, e ele cala a minha boca por quase 2/3 da apresentação cantando tudo lindamente. Até que o Nick Melody deu as caras, fazendo um falsete DESNECESSÁRIO e estragando toda performance bonitinha que ele tava fazendo. Não sou obrigada…

SELO_ANAPAULANAOPODECE SELO_XTINASEJAMENAS SELO_RIRPRANAOCHORAR

Joe Maye – “Long Train Runnin” by Doobie Brothers

Lindomar: Joe tem uma presença de palco que derrotaria qualquer participante nesse quesito, ele é bem confiante de si, de sua postura e de seus movimentos, eu gostei da apresentação no geral foi divertida, cheia de traços do R&B, é difícil ver um candidato tão solto, até com Adam ele brincou no meio da música. Por outro lado o excesso de confiança deixa seus vocais frágeis em diversos momentos, dando uma sensação que ele tá prestes a definhar, ele não tem o melhor controle também e precisa melhor nesse aspecto.

Luana: Só quero deixar uma coisa bem clara de antemão: odeio Joe. Ok, agora vamos. Joe me passa extremas “mark vibes” e eu não sei lidar com essa teatralidade e a constante cara de quem quer cagar enquanto ele se apresenta. Joe acredita cegamente que é um grande cantor, super sexy e suas dancinhas são envolventes, é até bom pra ele ser confiante, mas eu não suporto. No mais, hoje ele entregou seu melhor (ou seria menos pior?), mas ainda assim, o vejo com zero chances de avançar no Team Blake, a menos que o Blake seja bem louca de salvá-lo.

Cla: Mas genteeeee… parecia que ele tava morrendo ali no palco, tirando forças do além pra acertar as notas. Se soltou um pouco quando dançou, mas nas notas alongadas estava engraçado. Não sou fã do Joe, acho ele tão irritante quanto seu amigo Mark da temporada passada, e por mim, já vai longe!

SELO_AdamMandouBemSELO_ADAMAATAORUIMQUEMORRISELO_MELANIESAIDOTHEVOICE

Adam Wakefield – “Seven Spanish Angels” by Willie Nelson

Lindomar: Toda apresentação de Adam fico me perguntando porque ele não canta um Rock com uma pegada de Blues, séria demais, mas nada é perfeito e ele gosta de country! Uma apresentação que não me surpreendeu, eu gostei bastante mas para mim faltou um algo a mais, um momento de explosão, uma coisa mais bem trabalhada em algum momento, mas no geral foi bem, teve aspereza, controle e emoção, tudo que podemos exigir de Adam.

Luana: Você sabe que o cara é uma ameaça quando você ODEIA country, mas ama o cara loucamente, a ponto dele fazer parte do seu restrito Top 3 da temporada. Essa é minha situação com Adam. O que me prende ao moço são as diferentes influências que aparecem em sua voz enquanto ele canta o velho country de cada dia, eu escuto soul, southern rock, blue grass e tudo isso sem perder a essência natural do country. Hoje, Adam não fez uma apresentação ao nível de seu Nocaute, mas foi bastante consistente, o que deve ser mais do que suficiente para garantir sua vaga na semana que vem!

Cla: Se até Xtina e Adam declararam que tem crush pelo Adam, quem somos nós pra discordar disso, ne não? Adam pra variar mandou super bem no palco, seu timbre super diferente me agrada bastante, mesmo sendo country! hahahaha Ele foi bem, só não achei que foi sua melhor apresentação no programa… 

SELO_XTINAFOFO SELO_SHAKAMOSOUSELO_ADAMGOODWORK

Tamar Davis – “Rise Up” by Andra Day

Lindomar: Depois dessa apresentação sinto que não veremos Tamar no TOP 12, ocorreram alguns problemas que vão comprometer ela, no geral a música não foi a melhor escolha para um playoffs, tinha poucos momentos em que ela poderia explorar uma conexão com o público, alias culpa do arranjo e tom adotado, porque na versão original existe esse espaço, mas desconsiderando isso Tamar poderia arrasar na questão vocal, mas estava nervosa, semitonou em alguns momentos, em outros senti que ela se segurou quando não deveria ter se segurado, enfim foi triste ver uma artista como ela falhando logo nesse momento. Confira a versão original clicando aqui. 

Luana: Minha rainha, minha Tamar! Pra mim é bem difícil imaginar um Top 12 sem a Tamar, eu amo essa mulher desde que em um dos sneak peeks da pré temporada, ela foi mostrada cantando “chain chain chain chain”. O fato é que eu sinto que precisarei me acostumar com a ideia de me despedir de Tamar nesses playoffs. Tamar recebeu uma ótima música, sua execução estava perfeita… Mas inacreditavelmente, Tamar deu uma deslize doloroso num grande momento da canção, e não dá pra passar despercebido, por mais que eu quisesse acreditar no contrário. Acredito que o público americano a punirá duramente, infelizmente.

Cla: Não conhecia a música, parecia ser ótima pra ela mostrar seus vocais, porém não foi a noite da Tamar. A diva de rosa (que curiosamente estava com um lenço rosa na mão hahahaha) falhou em algumas notas, desafinou em outras e fico receosa de que não seja o suficiente para que a América (ou Xtina) a escolha pro Top 12! =(

SELO_ALICIASOPODESERPIADA SELO_XTINADIVASELO_ADAMDAPRAMELHORAR

Mary Sarah – “(I Never Promised You A) Rose Garden” by Joe South

Lindomar: Com uma baladinha clássica do The Fevers, tem até versão em português conhecida como Mar de Rosas. Achei que a interpretação de Mary até foi boa, ela estava à vontade, divertida e com os vocais perfeitos mais uma vez, mas a música definitivamente não era adequada para ela, alias Mary Sarah não fez nada semelhante a sua audição que foi seu melhor momento na competição na minha visão, eu achei apenas legal, nada demais, não teve um brilho a mais ou o nível que um playoffs demanda.

Luana: GENTE, A MÚSICA DO THE FEVERS, SOCORRO, HAHAHAHAHA! Por mais que eu tivesse tentado, foi impossível não morrer de rir a cada momento que Mary cantava o refrão da música e eu ia “você bem sabe, nunca te prometi um mar de rosas”, hahaha. Minha crítica aqui não vai à Mary, nem ao seus vocais, vai ao Blake e sua PÉSSIMA songchoice. Mary tem vocais poderosos e domina o palco muito bem, mas ela precisa de músicas mais atuais, com mais pegada para poder arrasar no nível esperado, assim não tá dando. Apesar da pouca idade, Mary é muito experiente e espero que o Blake passa a ouvi-la um pouco mais no decorrer do jogo.

Cla: Não gostei da música, prefiro Mary Sarah com aqueles country mais antigos e clássicos como os da Blinds dela. Vocais de Mary sempre bons e presença de palco a loirinha tem também. No geral, foi uma boa performance e ela foi melhorando ao longo da música. 

SELO_MILEYJULGANDOSEMDO SELO_ADAMMTOBOMSELO_CeeLoParabens

Bryan Bautista – “Pillowtalk” by Zayn

Lindomar: Bryan sempre me surpreendendo, ele é um ótimo vocalista, tem presença de palco, sabe se conectar com as canções e tem tudo para conseguir uma boa carreira após o show, achei interessante a escolha da música do Zayn, e também as mudanças feitas na música original para ficar adequado para o horário haha, foi interessante ver ele com um hit atual, com uma interpretação sólida, foi um dos bons momentos dessa primeira noite de playoffs.

Luana: Ah, Bryan! SOU MUITO TEAM BRYAN SIM! Gente, ver o Bryan recebendo músicas atuais no Team Christina só pode ser um sonho, alguém me belisca! Eu começo a acreditar na realidade de ver Bryan e Alisan passando pelo público, o que me deixaria mais do que feliz! Sinto que Bryan ainda é muito subestimado e a maioria das pessoas ainda não assimilaram o quão bom ele é e eu espero mesmo que hoje ele tenha conseguido consolidar seu status. Eu adorei sua apresentação e tenho grandes esperanças dele avançar pelo voto do público!

Cla: Xtina sendo atual e dando música do ZAYN pro Bryan… gostei. Adoro Bryan desde as blinds e gosto mais a cada apresentação. Ele foi muito bem hoje, vocais ótimos e presença de palco boa também. Quesito charme foi aprovado também! hahahaha

SELO_XTINAMAMCAMETOPLAY SELO_ItsHappeningGwenSELO_AdamAMEI

Justin Whisnant – “Here’s a Quarter (Call Someone Who Cares)

Lindomar: Medo desse clássico country indo quase de pimp e com a melhor song choice do Blake da noite, MEDOO! E o pior de tudo foi que Justin mandou bem, estava conectado e a vontade no palco, fez uma boa performance com um country mais raiz e não duvidaria nada de ver Justin roubando uma vaga que poderia ser de Mary Sarah ou Katie nos lives, mas é aquilo neh gente ele é aquele country bem country, bem chato, bem sem graça, bem linear que nos odiamos, portanto ODIEI!

Luana: Outro wildcard bem perigoso. Justin recebeu uma canção bem dentro do seu espectro musical, o que lhe permitiu entregar uma apresentação bem sólida, sem erros, mas também sem muitos riscos. Não posso apontar nenhum defeito, mas também não teve nenhum highlight. Justin foi conciso e entregou uma apresentação na média. Será que ele é uma ameaça real no Team Blake?

Cla: Justin não me empolgou, cantou bem e talz… mas não! De country pra mim já basta Adam e Katie. hahahahaha Bons vocais, presença de palco, mas falta algo nele… só não sei o que!

SELO_XTINAXOCOUNTRY SELO_ADAMMELHORDOQEUESPERAVASELO_XTINAXOCOUNTRY

Alisan Porter – “Cry Baby” by Janis Joplin

Lindomar: A dona da temporada chegou, na season 8 tivemos Sawyer Fredericks largando com grande favoritismo aqui dos playoffs (ou até de antes), na season 9 foi a ver de Jordan Smith e agora na season 10 temos Alisan Porter, que larga como a grande favorita a ser nomeada como The Voice. Até os playoffs eu enxergava apenas a grande vocalista, mas hoje conseguiu perceber a grande artista e todas as outras qualidades que muitos já enxergavam em Alisan, foi interessante ver ela sem gritar, usando apenas o controle e o poder de sua voz e fazendo uma performance cheia de atitude, notas altas, notas poderosas e com certeza foi a performance mais marcante de toda essa primeira noite, teve o mesmo momento que Jordan Smith teve com Halo, será Alisan a próxima campeã?

Luana: Abram espaço porque a rainha da noite e da temporada está passando! Haha. Só sei que, se a Christina não vencer agora, não vence NUNCA mais. Alisan é uma força da natureza, o alcance vocal dela é simplesmente ilimitado, ela é capaz de alcançar notas inimagináveis de uma maneira tão consciente, é chocante. Cry Baby é um dos grandes clássicos da Janis Joplin, e a Janis é uma das inspirações da Alisan, tudo bem encaixadinho né? Alisan entregou COM FOLGA a melhor apresentação dos playoffs e consolidou de uma vez por todas seu status de Jordan da temporada, haha!

Cla: Mulheeeeeeeeer… tu é lacradora mesmo, viu! Altas comparações entre Jacquie fofinha Lee e Alisan por cantarem a mesma música, mas pode amar as duas? Alisan fez uma abordagem diferente da música, óbvio que teve os high notes e os MEGA HIGH NOTES! Não teve uma mísera falha, mandou bem do início ao fim e subiu mais posições no ranking do meu coração! hahahaha

SELO_JORDANQUEORGULHO SELO_Kimberly_DESTRUIU SELO_XTINADIVA

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Foi um bom episódio de playoffs, tivemos poucos artistas fazendo aquela performance inesquecível, mas diversos fazendo boas performances e marcando presença em uma briga pelas duas vagas do público e pela vaga do coach, acredito que os candidatos que voltaram de Wildcard tem boas chances de não repetirem o fracasso da última season, infelizmente nesse caso, Nick até o momento que estou finalizando essa review desponta pelo ranking do Itunes como um forte candidato a segunda vaga de Xtina a primeira deve ser de Alisan, mas Bryan e Ryan tem boas chances de reverter isso. No Team Blake Adam aparece bem a frente, e uma briga boa se forma entre Katie, Mary, Joe e Justin pela segunda vaga do público. Amanhã temos Team Adam e Team Pharrell, e estou bem ansioso para ver Owen, Shalyah, Caity e Hannah e os outros em ação!

Não se esqueçam de acompanhar o trabalho do nosso parceiro Grupo SubVoice que sempre faz as legendas e ainda disponibiliza as músicas do programa!

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: