Posts Populares

The Voice US – S16E12 – Live Cross Battles Performances, Part 1

Alguém aí pediu uma Batalha dos Técnicos?

Bom, gente. Cá estou eu para apresentar para vocês uma fase novinha em folha do TVUS. Como vocês já sabem, eles decidiram extinguir os Nocautes, e no lugar, resolveram trazer a chamada “Cross Battles”, que nada mais é do que uma batalha dos técnicos, fase já conhecida de nós brasileiros, lá no TVBR, né.

A diferença aqui é que tudo vai acontecer ao vivo, e ao que parece, não vai rolar aquela coisa de um coach desafiar o outro. Ao que tudo indica, o Carson irá anunciar um confronto – tipo, “Adam vs Blake agora, coaches escolham os acts” – e daí os mentores apenas mandarão os artistas ao palco. Vale lembrar que, ainda, cada coach terá direito a 1 steal e 1 save, independente de quantos duelos venha a ganhar ou perder. Ou seja, um time pode sair desta fase com desde 2 até 10 acts!

Não sabemos muito bem o que esperar, mas como sabemos que o público não vota somente por talento, e que certos coaches são mais adorados que outros pelos espectadores, não dá para garantir muita justiça. Mas enfim, agora é só sentar e aguardar, né! Hoje, para esta inauguração de fase, trago Cla e Thaís para comentar comigo!

Antes de irmos ao que interessa, uma breve explicação do nosso sistema de avaliação, as luvinhas: como nos KOs, o artista que vier primeiro ficará com luvinhas azuis, e quem vier em segundo com as vermelhas. Cada comentarista corresponde à uma luvinha, e no fim quem tiver mais luvinhas coloridas, acabou sendo o “vencedor” do duelo, de acordo conosco, haha.

Enfim, como a noite será longa (16 performances para comentar), vamos logo ao trabalho! Primeiro duelo, aqui vamos nós!

DUELO #1: Team Blake VS Team Kelly

[#TeamBlake] Kim Cherry – “Poison” by Bell Biv DeVoe

Avalie a performance:

Luana: Meu Deus, o que acabei de assistir? HAHAHAHA. Não foi ruim, longe disso, mas foi tão estranho?! Talvez eu realmente não esteja acostumada a rap no The Voice, porque fiquei bem desconfortável. Mas assim, no geral, foi uma performance que eu curti e achei super descontraída. Não sei o que a Betsy vai entregar, mas a Kim fez o dever de casa, na minha opinião.

Cla: Acho Kim super comum vocalmente, seu diferencial é o rap e a forma como fica a vontade nele. Foi a melhor apresentação dela até agora, se manteve consistente e ainda mandou bem na presença de palco.

Thaís: Eu tenho muita preguiça da Kim, de verdade. Porque eu não acho que ela seja grandes coisas e ganha muito hype por cantar rap. Eu vejo as performances dela, a postura, a confiança no palco e me lembro de outra Kim que passou pelo programa e foi criticada justamente por isso. Mas a grande diferença entre elas é que a Kimberly Nichole é negra, então é diferente.

[#TeamKelly] Betsy Ade – “You Oughta Know” by Alanis Morissette

Avalie a performance:

Luana: Ai gente, achei que Betsy começou super bem. Mas ao longo da performance ela foi ficando cada vez mais estridente, e os “cracks” de voz propositais não soaram tão legais quanto pretendido não. Adorei a energia no palco, mas acho que performance por performance, a Kim conseguiu segurar a marimba melhor aqui.

Cla: Estou passada em ver como Alanis combinou com a voz da Betsy! Essa música é um pisão, cheia de palavras e mega rápida… Betsy segurou a marimba lindamente, cantou pulando de um lado pra outro e foi perder o fôlego só lá no final, mas foi um pisão na rapper, hein!

Thaís: Cantou essa música, então já ganhou meu voto de SIM. Betsy tem aquela atitude que vemos nas roqueiras que ganharam nosso coração nesse programa (as rainhas Kats por exemplo). E só me lembrar delas, trazer essa lembrança de dias felizes que eu não posso deixar de dar a vitória a ela. Até porque eu gostei mais mesmo.

KIM                                                           BETSY

DUELO #2: Team Adam VS Team Blake

[#TeamAdam] Mari Jones – “My My My” by Troye Sivan

Avalie a performance:

Luana: Eu não curti a escolha da música, mas a Mari arrasou! Acho que ela realmente tirou leite de pedra aqui, porque eu já esperava algo completamente ruim. Ela tem muita qualidade vocal e isso ficou evidente. Eu também não estou esperando um show dos artistas nessa fase, porque extremamente complicada, né. Enfim, não foi uma grande performance, mas acho que foi o melhor que vimos até agora.

Cla: Mari, colega… aqui é música pra destruir viu! Adoro a forma com que ela se joga no palco e seu timbre mega diferentão, mas a música é bem chatinha!

Thaís: Olha, péssima escolha de música. My My My não deixou a Mari mostrar todo o seu potencial, só a limitou. E quando se trata de uma disputa com o Blake, isso não pode acontecer, ainda mais quando quem vota são as tias do sofá e nem querem saber quem tá cantando, só olham o time. Era o momento de brilha, linda, BRILHAR. E ficou devendo, infelizmente.

[#TeamBlake] Selkii – “Torn” by Natalie Imbruglia

Avalie a performance:

Luana: Gente, misericórdia. Que cagada foi essa? Pior performance até agora, por larga margem. Selkii não encontrou seu momento nunca na performance e só foi piorando. Ela tentou algo mais suave, algo mais forte, melismas… TUDO deu errado. Se a Mari teve a melhor performance até agora, Selkii teve a pior. Claro que ela vai acabar vencendo, pois: Team Blake. Mas que vai ser muito injusto, isso vai.

cLA: O que diabos a Selkii fez com meu “Torn”??? Pego minha Mari com música bleh e vou emboraaaa!!! Arranjo medonho, descaracterizou demais a músicas e enfiou uns gritões desnecessários! Natalia Imbruglia deveria processar Selkii depois dessa cagada toda! Tchau, colega!

Thaís: Olha, que péssimo. Não tô entendendo todo o hype dela, logo quando tem outras cantoras melhores no estilo no programa. Na verdade até entendo, porque né, é Team Blake e só isso basta. Mas se for justo (o que sabemos que não é) ela não deveria vencer esse dueto por um simples motivo: mesmo com a música mais simples, a Mari foi melhor.

MARI                                                          SELKII

DUELO #3: Team Legend VS Team Kelly

[#TeamLegend] Lisa Ramey – “It Hurt So Bad” by Susan Tedeschi

Avalie a performance:

Luana: ICÔNICA PARA CARALHO! Nossa, eu amei a performance da Lisa! Essa moça vem crescendo demais na competição e isso me deixa MUITO feliz, porque ela parece ser alguém incrível! Eu não conhecia a música, mas me lembrou muito aqueles clássicos estilo “Fall For You”, que a Janice (que Deus a tenha) cantou! E eu achei que ela já chegou dominando tudo e mostrando que esse embate era dela! Que rainha!

Cla: Garrei amor na Lisa desde que ela interagiu com a gente ontem no Instagram! <3 E olhaaa, a bixa mostrou que veio pra dominar a porra toda! Essa música é um lacre, super intensa e exige vocais certeiros. Lisa colocou os gritões e os rosnados pra jogo e fez uma apresentação belíssima. Pobre da Karen que teria que cantar logo depois…

Thaís: Rainha do rock, você quer o mundo? Eu te dou! Lisa pisou no palco para ganhar esse duelo e quem discordar é louco. Não teve nada de errado, era voz no ponto, postura, força, energia, entrega, ou seja, tudo o que a gente espera de uma performance. Foi como o Adam e o Blake falaram: foi a melhor performance dela na competição e espero que tenha sido o suficiente.

[#TeamKelly] Karen Galera – “Unfaithful” by Rihanna

Avalie a performance:

Luana: Amiga, se garantiu, viu. Eu já vinha pronta pra atacar e dizer “ai coitada, sem chances”. Mas achei de verdade que Karen conseguiu se segurar e muito bem! Acho que o fato de ter tido sua batalha combada possa acabar afetando os votos para a mocinha, mas a performance foi bastante sólida. A parte em espanhol ficou ótima e realmente faz parte de quem ela é como artista. Eu acabaria indo com a Lisa por gosto pessoal, mas Karen mandou bem demais também.

Cla: Juro, fiquei com dó da Karen por ela ter que competir com Lisa depois desse pisão. Amo essa song da Rihanna mas ela não é fácil pra se cantar ao vivo, exige muita intensidade pela letra da música e Karen deu nem 1/3 do necessário. O melhor momento foi quando ela enfiou o espanhol e terminou de forma bem bonitinha.

Thaís: Olha, a gente não pode falar que a Karen não tem coragem, porque ela tem. Subir no palco para cantar Unfaithful em espanhol. Porque a chance de dar errado era gigante e bem… deu. Os vocais

LISA                                                          KAREN

DUELO #4: Team Kelly VS Team Legend

[#TeamKelly] Presley Tennant – “Love On The Brain” by Rihanna

Avalie a performance:

Luana: Olha, Presley tem algo que me incomoda desde sua audição e parece não ter mudado. Eu achei a performance muito boa, principalmente comparada aos primeiro duelos de hoje. Mas quase sempre ela acaba pecando por não saber usar as marchas, e isso leva a performance à ficar bem bagunçada. Tem que ver o que a Kayslin vai apresentar, mas por enquanto, eu diria que a Presley acabou deixando margem para ser derrubada. Tem potencial, mas vamos ver.

Cla: Ai gente, Presley me lembra demaaaaaaais a Ashley Tisdale… e ela toda de rosa tá muito Sharpay em High School Musical! hahahahahaha Achei uma música bem ousada mas com grande chances de dar errado, tanto que ela perdeu o fôlego diversas vezes. Gosto da Presley mas hoje não foi uma boa noite pra ela.

Thaís: Achei a performance uma completa bagunça. Presley não tem muito controle vocal, então quando ela se joga, se joga real. Foi assim na battle e foi assim hoje, só que na battle funcionou, mas hoje achei um pouco too much. Não curti.

[#TeamLegend] Kayslin Victoria – “Stay” by Zedd ft. Alessia Cara

Avalie a performance:

Luana: Eu adoro a Kayslin, mas não curti hoje não. A garota não teve UMA songchoice decente até aqui, mas tanto na audição, quanto na batalha, ela conseguiu trabalhar apesar da música ruim. Hoje, infelizmente, acho que acabou sendo uma situação diferente. A banda super alta, e ela tendo que praticamente gritar em todos os momentos, numa música que não dava espaço nenhum para ela mostrar as melhores qualidades da sua voz. Disse acima que a Presley havia deixando potencial para ser derrubada, mas Kayslin não aproveitou não. Com muita tristeza, pois adoro Kayslin… Presley superior aqui.

Cla: JESUS MARIA JOSÉ! Que cagada foi essa, Kayslin?! Timbre dela é um pouco estridente às vezes mas hoje estava demais. Música chatíssima, repetitiva e só permitiu que ela gritasse! Mesmo Presley não tendo brilhado hoje, foi anos luz melhor que Kayslin.

Thaís: Que princesa do pop! Sério, que performance maravilhosa, super confiante, confortável com o palco e com a música. É a juventude na sua melhor forma e exemplo, não tinha como dar errado. De todas as performances até agora, essa foi a que mais me agradou na questão de entreter, cumpriu seu papel perfeitamente. Arrasou, parabéns.

PRESLEY                                                  KAYSLIN

DUELO #5: Team Kelly VS Team Adam

[#TeamKelly] Matthew Johnson – “Who’s Lovin’ You” by Jackson 5

Avalie a performance:

Luana: Menina, assim, foi uma performance boa. Mas esses gritos grossos dele me incomodaram bastante. Não sei, acho que essa música pede uma pegada diferente, algo mais fluído. Matthew tem uma voz forte, mas não deu para trabalhar bem na música em questão. Foi uma boa performance, não vou mentir. Mas nada que me marcaria ou que me faria ir votar por ele.

Cla: Matthew tem uma voz super gostosinha de ouvir, mas escolheu uma música maior que ele, hein?! Ele foi no limite diversas vezes mas ficou bem abaixo do que costumamos a ver em apresentações dessa música. Gostei não…

Thaís: Quem na Terra disse que você tinha voz pra cantar essa música, moço? Pelo amor, isso não ficou bom não. A voz falhou em momentos extremamente importantes, como o final da música. O que foi triste e deixou a sensação de trabalho incompleto. Olha, decepcionada.

[#TeamAdam] Domenic Haynes – “Damn Your Eyes” by Etta James

Avalie a performance:

Luana: Ícone faz assim, né mores. Não conhecia a música e nem me agradou a escolha, mas pqp… Domenic é uma lenda. Ele faz cada coisa funcionar que eu fico chocada. Eu adorei a devoção e a entrega 200% na performance, parecia que cada parte do corpo dele estava em profunda dor e vivendo cada palavra que ele cantava. Eu sou muito suspeita para falar, já que ele é meu favorito. Mas putz, esse duelo não teria nem condições de não ser vencido pelo Domenic, se esse programa fosse justo.

Cla: Gostei de Domenic indo pra essa vibe mais R&B porque colocou seu estilo e deixou algo bem único! Adoreeeei a forma que ele se jogou na música, deu pra sentir cada coisa que ele cantava! Emoção presente do início ao fim… o bixinho sabe passar a mensagem da música! Sambou, more!

Thaís: Não seria a minha primeira escolha de música, até porque não queria que ele fosse pro buraco do R&B, porque isso nunca acaba bem. Mas a força que o ele tem ao cantar, é coisa de outro mundo, viu? É sempre uma performance bruta, emocional, que parece te atingir com força, como um murro no meio da cara. E sabe o pior? É bom…

MATTHEW                                                  DOMENIC

DUELO #6: Team Adam VS Team Blake

[#TeamAdam] Celia Babini – “A Thousand Years” by Christina Perri

Avalie a performance:

Luana: Aw, meu anjinho. Eu não achei que a performance foi TÃO ruim assim, a última nota realmente não funcionou de maneira alguma e ver o rostinho dela tão triste em fade, por perceber que não tinha conseguido executar a performance da maneira que queria foi de partir o coração. Eu tô muito triste e espero que caso o Domenic vença o seu duelo, o Adam possa salvar a Celia, pois esse cristal tem tanto potencial ainda. Mas sim, hoje não deu. E eu tô triste demais.

Cla: Ai Celia, o que deu em você hoje?! Essa música é linda, mas ela estava bem abaixo do esperado. Não segurou a marimba em diversos momentos, ficou fora de tons em outros e até quebrou a voz. Se é nervoso por estar ao vivo eu não sei, mas não achei que a música combinou com ela.

Thaís: Olha, Celia é minha favorita nessa temporada, mas não vou ficar passando pano, não viu. Hoje não foi legal, infelizmente. A música não tinha NADA a ver com a voz dela, ela estava mais nervosa do que qualquer outra performance e isso fez nada funcionar. A voz tremeu, desafinou, enfim, hoje não foi o dia da Celia. O que me deixa triste, mas preciso ser sincera. Vamos contar com o save.

[#TeamBlake] Oliv Blue – “Gravity” by John Mayer

Avalie a performance:

Luana: Não foi lá uma performance tão grandiosa assim, mas a Celia deixou todas as portas e janelas abertas para a Oliv solidificar essa vitória, né. Ser Team Blake já a colocava numa posição dominante, e a Celia não ter ido bem só deixou o caminho mais fácil. Foi uma performance correta, e infelizmente, suficiente para consagrar Oliv a vencedora do duelo.

Cla: A voz da Oliv é algo tão lindinha que vá vontade de entrar na vibe dela. Achei a música bem básica, sem qualquer apelo pra fase atual, ainda mais ela indo pro Team Blake num steal.

Thaís: Diferente da Celia, a música encaixou muito bem na voz dela. Mesmo que tenha ficado ali dentro do lugar comum, foi um básico correto e mais vale um basic certinho, do que algo que visivelmente não foi legal, não é?

CELIA                                                           OLIV

DUELO #7: Team Blake VS Team Adam

[#TeamBlake] Dexter Roberts – “Believe” by Brooks & Dunn

Avalie a performance:

Luana: Ai, gente… QUE PREGUIÇA. Eu nem sei muito o que falar pra vocês aqui, é aquela mesma coisa de toda temporada. O moço country vem, canta um clássico country água com açúcar e conquista o coração de todos os votantes da América. Foi uma performance bem básica, mas não resta dúvidas que Dexter estará na final deste programa. Andrew pode entregar A MELHOR PERFORMANCE DA VIDA, que a derrota ainda assim é a maior certeza que tenho.

Cla: Tá aí, pra quem nunca tinha ouvido falar em Brooks & Dunn, agora conheço até uma música dos manos country do Blake! hahahaha Bom, vou nem falar que isso foge do meu gosto porque soaria repetitiva, mas sabemos que é o que as tias do sofá gostam e que cada vez mais Dexter carimba seu passaporte pra final!

Thaís: O clássico team Blake demorou chegou, mas chegou. Eles só precisam de uma chance, uma performance como essa, em qualquer momento da competição para ganhar o programa. E bem, aí está. Gostaram da temporada até agora? Porque ela acabou de acabar.

[#TeamAdam] Andrew Jannakos – “Yours” by Russell Dickerson

Avalie a performance:

Luana: Nossa, não é que o menino decidiu mostrar serviço hoje mesmo? Arrasou. Uma pena que ele não tenha a menor chance de vencer o duelo, porque seria apenas o justo. Triste também que não posso dizer que ele tem um save garantido, porque Domenic e principalmente Celia devem precisar, e são favoritos do Adam. Tudo que posso esperar aqui é um steal do Blake ou da Kelly, porque o menino merece avançar. Se fossem KOs normal, com certeza ele avançaria fácil no time.

Cla: Andrew foge dessa lógica de country com timbre anasalado ou caipiresco que me incomoda tanto. Esse country mais moderninho até me agrada, achei a música diferentona, melodia interessante e Andrew até se arriscou numas notas mais alongadas.

Thaís: A voz do Andrew é tão bonita, gente. Um grave bonito, que dá um calor no coração. É engraçado que sempre que eu gosto de um country, ele acaba no Team Adam e o futuro dele no programa fica ameaçado. Mas eu realmente gostei da apresentação dele e como não tem chance de ganhar, tomara que o Blake roube ele.

DEXTER                                                 ANDREW

DUELO #8: Team Legend VS Team Adam

[#TeamLegend] Maelyn Jarmon – “Mad World” by Gary Jules

Avalie a performance:

Luana: Rainha, ícone sem defeitos! A Maelyn é sempre tão perfeita que nem parece real, né gente? Simplesmente a melhor performance da noite, e ninguém chega nem perto. Tudo que essa mulher toca vira ouro, e vê-la fora da final (no mínimo) seria a coisa mais ridícula! Maelyn tem porte e postura de campeã, e eu realmente espero que ela possa vencer, porque tudo no TVUS só vem me trazendo desgosto ultimamente.

Cla: Ahhhhhhh minha fadinha Maelyn! <3 Que pisão de música e de apresentação! Fiquei arrepiada e já assisti diversas vezes! Vozeirão mega consistente e com uns falsetes babadeiros! É linda a forma que ela se conecta à música e sente a letra da música. Maravilhoso!

Thaís: Abre alas, que a vencedora chegou. Pelo menos a vencedora moral, porque sabemos que não é assim que funciona. A Maelyn é MUITO boa, o que mata são apenas duas coisas: 1. ela é do John; 2. ela não é do Blake. Se fosse, já podia fechar as portas e entregar a taça. O controle vocal é uma coisa de louco e a voz? Tá de parabéns, melhor performance da noite.

[#TeamAdam] Rod Stokes – “How Am I Supposed To Live Without You” by Michael Bolton

Avalie a performance:

Luana: Coitado do Rod, haha. Chega dá pena vê-lo contra a Maelyn, ainda mais porque foi uma a melhor performance dele no programa. Eu tô cansada de xingar o Adam no meu grupinho, mas ele é muito burro e merece se lascar todo mesmo. Ele poderia ter conseguido avançar Rod e Andrew fácil contra qualquer um do Team Kelly (menos Jej) ou do Team John (menos Maelyn), mas fez questão de jogar os dois na fogueira. Bom, ele só vai sair com 2 artistas desta merda, e espero que se lasque mesmo. Porque chapéu de otário é marreta. Quanto ao Rod, provavelmente vai rolar um steal aqui e ele merece.

Cla: Eu amooooooooooo essa música! E estou passada em como ela combinou com o timbre mais rouco do Rod! Melhor Battle da noite onde os dois fizeram apresentações bem impactantes, escolheram músicas boas e fizeram apresentações dignas! Acredito que Maelyn vença, mas duvido muito que Rod vá pra casa!

Thaís: Parem e imaginem essa performance sendo do Team Blake. Não teria Maelyn que pudesse vencer. Rod é o típico act do Team Blake, então ele tá meio perdido no Team Adam. Com sua provável derrota, não iria me surpreender com um steal. Porque o poder de fogo desses dois machos juntos é absurdo. Quero nem imaginar.

MAELYN                                                             ROD

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Então, gente! É isto! Amanhã saberemos os resultados desses confrontos. Mas já dá pra sentir que injustiças ocorreram inevitavelmente, né non? Eu fiquei bem triste e decepcionada com alguns dos meus faves, mas bem feliz por outros! Infelizmente, não dá pra garantir ninguém seguro (além de Dexter), afinal tudo indica que o Team Blake não vai se dar por vencido, estamos acostumados!

No mais, votem na nossa enquete e voltem amanhã para conferir nossos tombos! Té já!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Imagine só que um dia me foi perguntado quem eu era, e juro, até hoje não sei responder. Mas os fatos são: tenho 21 anos; sou de escorpião; amo meu cachorro e meu gato mais que tudo; estudo Rádio/TV/Internet, ouço Maroon 5; piro no Adam Levine; consigo colocar os pés atrás da cabeça; e - contraditoriamente - por fim, nasci de 7 meses.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu