Posts Populares

The Voice US – S16E14 – Live Cross Battles Performances, Part 2

Último episódio antes de chegarmos aos Top 24!

Fala meu povo! Acharam que eu tinha largado as reviews de The Voice é? Ainda não kkkkk Só arranjei uma ótima equipe pra dar suporte! E hoje eu venho pra trazer a vocês o último de Cross Battles. Como todos já sabem, agora os KOs morreram e temos a batalha dos técnicos versão americana, as Cross Battles. Aqui, tudo acontece ao vivo, e os coaches desafiam uns aos outros, mandando seus artistas para o palco. Claro, tudo bem roteirizado pra não virar uma bagunça. Vale lembrar que cada coach tem direito a 1 steal e 1 save, independente de quantos duelos venha a ganhar ou perder. Na semana passada, Adam já usou seu Save e Steal, Kelly e John já usaram seus Steals e Blake já usou seu Save. Essa semana a cobra vai fumar!

Hoje vou ter como comentaristas o Erik e João, e vamos usar as estrelinhas pra vocês avaliarem e as luvinhas pra gente avaliar. Como nos KOs, vamos usar as luvinhas da seguinte forma: o artista que vier primeiro ficará com luvinhas vermelhas, e quem vier em segundo com as azuis. Cada comentarista corresponde à uma luvinha, e no fim quem tiver mais luvinhas coloridas, acabou sendo o “vencedor” do duelo, de acordo com nossa opinião.

Sem mais delongas, vamos começar!

Team Adam vs Team Kelly

[#TeamAdam] LB Crew – “Wade in the Water” (Traditional Song)

Avalie a performance:

Gerson: Gente, a voz de LB remete muito a do próprio John Legend. Ele tem um timbre bem bacana, que casou bem com a música e nos levou a uma vibe bem gostosinha. Mas, nem tudo são flores. Primeiro que as afetações dele no palco me incomodam, me passam uma certa arrogância, e segundo que no final virou uma bagunça sem tamanho pra mostrar tudo que ele é capaz. Eu não sei vocês, mas se você não é uma diva negra, não faça isso.

Erik: BICHO DO CEU O QUE FOI ISSO, ARRASOU CARALHO! Amo LB desde as audições mas na Battle ele se mostrou um artista completamente diferente e me conquistou mais ainda. Agora isso, bicho, isso foi outro nível. Ele simplesmente arrasou, a songchoice foi ótima, ele fez tudo e mais um pouco. Pisa menos amigo que tá pouquíssimo!

João: Devo admitir que eu gostava do LB, mas nunca fui tão empolgado com ele quanto o restante. Mas olha, hoje ele chegou pra me mostrar do que era capaz, e mostrou. Foi dos graves aos agudos, teve interpretação, teve presença de palco, afinação, jogou com todas as cartas que podia pra poder avançar, e se houver o mínimo de justiça, ele merece viu. Espero que avance? Não, pois conheço a America, mas o bicho arrasou.

[#TeamKelly] Jej Vinson – “Versace on the Floor” by Bruno Mars

Avalie a performance:

Gerson: Os bots asiáticos estão ligadíssimos pra levar Jej à vitória! Esperem e verão hahahahha Sobre essa performance, eu vou parecer meio chato, mas ODEIO essa vibe do 24K do Bruno Mars, e todas as músicas que vieram com ela. Pra “ajudar”, Jej deu umas semitonadas nervosas, e acabou me deixando mais afastado ainda da sua performance. Claro, teve uns acertos, umas notas super boas, mas não sei se merece muito passar não.

Erik: Olha aqui o cotado. O cara canta bem? Óbvio. Foi mal? Claro que não. Mas o que ele tem de mais, bicho? Não entendo o Hype em cima desse cara, se não fosse pelos falsetes sua performance teria sido totalmente básica. Infelizmente esse cara tá sendo pimpado demais e vai ganhar do LB, mas eu não daria a vitória pra ele não.

João: Jon tombou essa música como patrimônio dele la na season 13. Jej começou bem, mas a voz dele não segurou a marimba não. Apesar dos agudos terem sidos legais, o restate tava soando bem pesado, como se ele estivesse fazendo força pra conseguir alcançar. Apesar de ter ido razoavelmente bem, nao fez nem metade de tudo que o LB é capaz, entao pra mim o LB ganhou essa.

   LB CREW                                                    JEJ VINSON

Team Adam vs Team Legend

[#TeamAdam] Kalvin Jarvis – “New Rules” by Dua Lipa

Avalie a performance:

Gerson: Sabe essas youtubers brasileiras que pegam uns funks tipo “Bigodin Finin, Cabelin na Régua” e transformam pra versões acústicas? Essa foi a mesma sensação aqui: de CAGADA! Kalvin destruiu o hino da superação do ex. Meteu até um rap no meio. Assim, foi criativo, ele tava entregando as notas bem ok, mas eu odiei essa versão. Se você amou, te perdoo, porque isso aqui é algo bem pessoal mesmo. Mas se você amou, vou te julgar também hihihi

Erik: CARALHO, QUE PISAO! Como alguém arrasa cantando uma música chata dessas, bicho? Aprende a inovar com o colega, @Julian. Olha, eu tinha odiado a audição desse menino e desde as batalhas eu tô só amores por ele, sua voz é linda e aqui ele arrasou demais! Eu adorei a parte que ele diz as regras numa versao meio rap hahahaha eu amei! Pra mim Kalvin venceu sem dúvidas.

João: Vi New Rules ja pensei “ala a merda”, quem que canta essa música em pleno 2019 ne amigas? Mas Kalvin veio, e calou a boca, lançou ate um rap no refrão. Fiquei passado que conseguiram fazer essa música prestar em um reality. Só pela coragem e pelo arranjo o menino já tá de parabéns.

[#TeamLegend] Julian King – “Hello” by Adele

Avalie a performance:

Gerson: Foi bom? Não. Foi sofrido? Demais. Julian escolheu um hinão também, e pelo começo (inclusive em espanhol, imagino eu) achei que iria bem. Mas aí deu uma desandada, umas notas zuadas, umas afetações meio exageradas e eu fiquei meio perdido. Ele parece querer se conectar à música, mas não foi bem-sucedido não. Ainda assim, melhor que o outro foi com certeza.

Erik: Puts, o mico. Quem me conhece sabe que eu defendo o Julian porque ela tem uma audição muito boa e ele se saiu super bem na battle. Mas isso aqui foi uma vergonha, viu? Admiro muito quem pega uma música datada e resolve inovar, mas não funcionou e não funcionou MESMO. Alem de bagunçada esse espanhol aí foi total jogado, sinceramente não gostei não, mesmo adorando os falsetes nem isso salvou.

João: Gente do céu… eu fiquei chocado com o que eu acabei de ver e ouvir kkkkkkkk eu acredito fielmente que isso foi pior que a Celia semana passada. Julian meteu um espanhol ali no meio que não casou, a voz dele nao chegou NEM perto da afinação no refrão. Ta entre as performances mais bizarras que já vi no The Voice viu. Kalvin ganha essa fácil se for comparar as performances ne. Porém não acho que a América avance ele.

KALVIN                                                        JULIAN

Team Blake vs Team Legend

[#TeamBlake] Carter Lloyd Horne – “Way Down We Go” by KALEO

Avalie a performance:

Gerson: Olha, finalmente algo que dá vontade de ver tudo. Carter mandou muito bem na escolha da música e na execução. Jogou safe, foi na zona de conforto, mas pelo menos não se cagou todo. Vi algumas pessoas comparando ele com Noah Mac, de temporadas passadas, mas vou deixar isso pra vocês. Sobre a performance vocal, gostei que ele usou sua rouquidão, conseguiu crescer um pouco a música, mas poderia ter tido um breakout moment maior.

Erik: Ai que saudade do Noah, amigos. Eu gostei bastante da performance, a voz dele me agradou muito e eu achei que casou bem com a canção. Eu não tinha a menor expectativa e ele conseguiu me surpreender, curti bastante.

João: Apesar de todos ainda estarmos com a versão do Noah bem fresca na cabeça, Carter fez uma boa performance. Mostrou nuances da voz dele que eu nem sabia que existiam, teve uma presença boa, e achei a melhor performance dele ate aqui na competição.

[#TeamLegend] Jacob Maxwell – “You’re Still The One” by Shania Twain

Avalie a performance:

Gerson: Que linda a batalha dos irmãos kkkkkkkkk Zuera à parte, que escolha música inusitada. Amamos um bregão, mas tem que ter mais emoção né amigo! Achei a execução boa, ele segurou a marimba, fez algo suave, mais focado na conexão com a música. Mas foi isso que realmente faltou, pra mim. Ele ficou girando o palco, parecia uma beyblade, e no fim não conseguiu passar a emoção do brega. Foi quase.

Erik: Ai, a voz do Jacob me agrada muito mais, mas com essa música brega não dá não amigo. Pra mim ele é um balde de xuxu mas com uma voz bonita, e ao invés dele trazer uma performance pra arrasar ele trouxe mais xuxu. Eu continuo achando sua voz muita bonita, mas a apresentação foi beem chata. Carter venceu pra mim.

João: Jacob vem de uma queda brutal na qualidade das performances, depois de entregar uma das blinds que mais me agradou, nada mais dele foi tao bom, incluindo aqui. Ele fez o dever de casa, cantou certinho, e tal, mas além da música ser muito linear e nao ajudar, ele também nao deu dinâmica nenhuma. Com certeza Carter ganhou aqui.

CARTER                                                        JACOB

Team Kelly vs Team Blake

[#TeamKelly] The Bundys – “The Letter” by The Box Tops

Avalie a performance:

Gerson: Ai, eu amo esse hinário! Muito boa essa escolha musical. Apesar de achar que faltou um pouquinho mais de força de vontade e força vocal pro trio, eu até que gostei da execução. A menina sem chapéu tem uma voz muito boa e forte, eles deviam se escorar mais nela. No geral, achei uma boa apresentação, que eu com certeza veria de novo. PS: 3 pessoas lindas, Jesus!

Erik: Olha sinceramente, que coisa chata. Primeiramente, eles não tinha nem que estar aí, odeio a ideia de dupla/trio o que for no The Voice, simplesmente não dá bicho, não é o lugar. Além disso, são chatos demais, não teve nada na performance que eu tenha gostado, nada. Eles batalharam com um country ainda, por mim saia ambos.

João: Desde as blinds eu acho esse trio bem desconexo, na verdade. Nunca tiveram harmonias muito boas e sempre entregaram coisas lineares (inclusive a battle pra ser justo eles perderam pra Mikaela se fosse ser justo). E hoje fizeram mais do mesmo, nada grandioso, uns vocais legais, mas nada que te faça pensar UAU.

[#TeamBlake] Andrew Sevener – “Modern Day Bonnie and Clyde” by Travis Tritt

Avalie a performance:

Gerson: Olha, apesar de não curtir muito esse country rodeio hoje em dia (sim, já gostei), eu achei que Andrew deu uma surra de poder vocal e força de vontade nos Bundões. Ele mostrou a que veio, tava disposto a pegar essa vaga pra si e fez uma boa apresentação. Foi correta, na zona de conforto, mas o suficiente pra esmurrar os outros. Team Blake indo bem até com os embustes, oh Deus.

Erik: A apresentação do trio foi tão chata que me fez gostar desse country genérico, AUGE. Nem vou comentar muito porque eu tô exausto disso já, mas ele conseguiu sem melhor que o trio sem nenhum esforço.

João: O pisão foi real. Nao sou uma pessoa que morre de amores por country ne, e todos sabem. Mas o homem mostrou que tem voz. Não deu nem chance pro trio. Nem tenho muito o que falar, Andrew massacrou isso aqui, ganhou fácil.

THE BUNDYS                                                        ANDREW

Team Legend vs Team Blake

[#TeamLegend] Shawn Sounds – “Lay Me Down” by Sam Smith

Avalie a performance:

Gerson: Shawn foi muito inteligente. Escolheu uma música que se encaixa bem na sua voz e entregou uma performance bem bacana. As notas estavam bem colocadinhas, estava entregando emoção e conseguiu me cativar. As performances de R&B me incomodam um pouco pelo excesso de melismas, mas até isso aqui encaixou bem. Foi uma boa cartada.

Erik: GENTE O PISAO PORRAAAAAAAA mortissimo em Cristo que eu não esperava uma performance assim do Shawn. Que controle, que voz, eu amei. Talvez esse cara nem vá longe, mas me ganhou total nessa performance e espero que ele ganhe. Eu amei. Sorry Karly, mas Shawn PISOU!

João: É assim que se canta com paixão! Ah que performance incrível. Amei Shawn aqui, amei os vocais on point, a interpretação, o visual, achei ótimo. John fez um excelente trabalho com ele e na songchoice também, valorizou muito o timbre dele e o alcance nos falsetes. O babado foi certo.

[#TeamBlake] Karly Moreno – “Down” by Marian Hill

Avalie a performance:

Gerson: Olha, não entendi muito bem não. Achei a música nada a ver, Karly acabou dando um tiro no pé. Ela parecia fora do ritmo em alguns momentos. Ela tem voz, tem carisma, é linda, mas nada disso funcionou porque ela estava com a música errada. Saiu um princípio de desastre, pra mim.

Erik: Aaaaaaaaaaa o timbre dessa menina é muito bonito, que isso. Eu estava muito curioso pra saber que música que a Karly iria cantar, e eu até que gostei viu. Ela foi super dentro da zona de conforto dela e entregou uma performance bem bacana. Sua voz não tem lá tanto o que fazer, mas é bonita e ela consegue trabalhar bem com o que tem, eu gostei.

João: Kkkkkkkkkkk que? Que música é essa? Meu deus que coisa chataaaaa repetitiva. Eu gostei tanto da Karly na batalha e o Blake mata a menina assim, e ainda joga pros leões colocando contra o Shawn. Infelizmente acredito ser o fim dela pois só o Blake tem steal né? E pra ser justo Shawn ganhou sem dificuldades.

SHAWN                                                        KARLY

Team Adam vs Team Legend

[#TeamAdam] Kendra Checketts – “Cold Water” by Major Lazer ft. Justin Bieber, Mø

Avalie a performance:

Gerson: Kendra, que surpresa! Primeiro, escolha de música e arranjo maravilhosas! Foi certeira! Segundo, que voz gente! Amei o timbre, amei o alcance, a colocação. Ela foi muito bem, facilmente uma das melhores da noite. Conseguiu ir muito bem na conexão com a música também. Não foi A conexão, mas deu pro gasto. Gostei muito, espero que ela siga!

Erik: Meu deus com essa songchoice a menina tá pedindo pra sair, né? Apesar dessa música cagada, eu me surpreendi por não ter sido tão ruim. Ela fez um arranjo mas focado em sua voz ao invés de algo mais dançante como o original e isso deu certo. Não foi lá essas coisas, mas também não foi um mico enorme.

João: Oh bixa, numa fase mata-mata dessa, onde cê vai competir com um act de outro time, você me vem com Justin Bieber? Não da pra defender né? Foi boazinha dentro do que a musica permitia (o que não era muito), mas no geral foi uma das performances mais fracas da noite.

[#TeamLegend] Jimmy Mowery – “Mercy” by Shawn Mendes

Avalie a performance:

Gerson: Essa música é muito boa e uma cartada pra realities, pois Shawn tem uma voz bem “comum” e praticamente todos conseguem encaixar bem nela. Com Jimmy também não foi diferente. Fez uma boa apresentação e entregou algo ok, regular. No final não curti muito uns agudos e aquela ceninha dele ajoelhando pedindo perdão. Mico né kkkkkkkkkkkk

Erik: Ai, eu acho a voz do Jimmy muito bonita, mas que boy básico gente. Confesso que ele me surpreendeu, na blind e na batalha ele tava super tímido e aqui ele se soltou mais. MAS REPITO: QUE BOY BASICO, ele foi bem, mas pra mim é complemente esquecivel, eu ficaria com a Kendra nessa batalha.

João: Muita gente ama Shawn Mendes, mas muita gente odeia outra pessoas cantando Shawn Mendes, e parece que os participantes nao entendem isso. Felizmente Jimmy tirou leite de pedra, fazendo uma performance ao menos aceitável com essa musica que é bem difícil de cantar, sem espaço pra respiração e com um range altíssimo. Mas ele nao fez feio. E com certeza foi melhor que Kendra.

KENDRA                                                      JIMMY

Team Kelly vs Team Legend

[#TeamKelly] Rebecca Howell – “Any Man of Mine” by Shania Twain

Avalie a performance:

Gerson: Essa música é muito da era Sandy & Junior jeca. HAHAHAHA Enfim, Rebecca tem uma voz muito boa, e ela consegue me cativar na forma que canta. Gostei bastante do alcance vocal, da presença de palco e de como ela conseguiu se divertir e divertir a todos. Foi uma apresentação bem bacana, bem surpreendente, diga-se de passagem.

Erik: Ai o country brega e chato de sempre, Jesus que sono. Rebecca tem uma voz linda e canta muito bem, mas não dá não amigos, chato demais, só comendo porque sou obrigado HAHAHAH ela obviamente foi super bem, mas faz ZERO meu estilo, por isso eu não gostei e nem daria a vitória pra ela.

João: Gente eu nao to em sã consciência hoje pois eu adorei a performance da Rebecca aaaaaaa essa musica me lembra muito minha infância quando ia pra rodeios com meu pai (sim, ele era peão) e me despertou tantas memórias boas, que eu so fiquei balançando de um lado pro outro e curtindo a vibe sem me preocupar se houveram alguns erros vocais. Rebecca fez o que se propos a fazer: entreter. Parabens, arrasou.

[#TeamLegend] Beth Griffith-Manley – “I Put a Spell On You” by Annie Lennox

Avalie a performance:

Gerson: Estou um pouco dividido. Beth começou bem, achei que tinha acertado na escolha da música, mas depois da coisa saiu um pouco do controle. Não sei se casou bem com a proposta da música, pois pareceu um pouco descontrolado e forçado. Bem, vocalmente ela é muito boa, e isso não dá pra negar. Teve presença de palco também. Só me incomodou essa parte da interpretação mesmo.

Erik: ARRASOU PORRAAAAA que mulher! Eu amei a apresentação, não foi a minha performance favorita dessa música, mas a Beth tem uma maneira de cantar que me deixa muito chocado, ela é maravilhosa demais bicho. Eu amei, pisa menos mulher.

João: As pessoas resolveram pegar uns hinos que já foram lacrados ne gente? Quem arrisca cantar essa música depois da Jacquie? Mas enfim, Beth foi bem, fez tudo que tinha que fazer. Vocalmente falando foi bem superior a Rebecca, mas infelizmente, contra tudo e contra todos, eu ficaria com a Rebecca pela diversão proporcionada.

REBECCA                                                         BETH

Team Blake vs Team Kelly

[#TeamBlake] Gyth Rigdon – “Goodbye Time” by Blake Shelton

Avalie a performance:

Gerson: Credo que delícia! É o tipo de country que gosto e ouço hoje em dia. Foi uma apresentação muito boa também, cheia de emoção, de vocais fortes e marcantes. Gyth escolheu uma música que o permitiu mostrar tanto seu lado de conexão com a letra, o lado melódico, quanto seu lado mais forte vocalmente, e isso caiu como uma luva pra ele. Muito bom!

Erik: Olha sinceramente o bicho aprendeu a apelar na escola do country direitinho viu? Uma menina melosa, sentou no chão e dez drama, o Winner vem amigos kkkk mas infelizmente eu caí na encanto no country padrão e adoro o Gyth. Ele é meu favorito do team Blake e gostei de sua apresentação. A música é chata, tem todo o clichezao de todo country, mas não podemos negar que ele canta muito bem. Eu daria a vitória pra ele mesmo

João: Eu nem vou me prolongar muito aqui não. É bem simples: Gyth ganhou, e não ganhou so a batalha, ganhou o programa. Podem printar aqui, e na final conversamos.

[#TeamKelly] Abby Kasch – “Cupid’s Got a Shotgun” by Carrie Underwood

Avalie a performance:

Gerson: Eita Giovana! Que arraso da Abby! Hitou sem prometer. Escolheu uma música muito boa, dentro de sua zona de conforto, é claro, mas deu conta do recado total. Sobrou atitude, presença de palco, potência vocal e entregou um ótimo trabalho. Uma das melhores da noite também! Esse embate vai ser um dos piores, pois os dois foram muito bem e merecem continuar!

Erik: Eu tinha comentando uma vez, acho que em sua audição, que se fosse pra termos country que fosse como Abby, animada e com bons vocais, longe do clichê. Bem, aqui ela não ficou tanto assim fora do clichê, mas ainda assim consegue me despertar mais interesse do que 99% dos country do Blake. Que pena que ela foi logo contra o Gyth, mas eu achei que ela foi bem interessante e fez uma performance bastante legal, eu gostei.

João: Apesar da música animada, a voz dela não parecia estar muito bem encaixada. Não me agradou muito não, até a presença de palco dela parecia forçada, diferente do que aconteceu com a Rebecca. De qualquer forma, Gyth pisou e levou aqui facilmente.

GYTH                                                        ABBY

CONSIDERAÇÕES FINAIS

E dessa forma, com uma batalha boa demais que encerramos as Cross Battles. Amanhã trago os resultados pra vocês, mas quero deixar claro aqui que tô torcendo demais pra Abby, Rebecca, Kendra e Gyth passarem! Eles foram os melhores da noite e merecem! E pra vocês, quem foram os melhores? Não deixem de votar abaixo!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries