Posts Populares

The Voice US – S17E02 – The Blind Auditions, Part 2

Fechamos a 1ª semana de audições!

Olá, migos! Cá estou eu fazendo minha “walk of shame”, depois de dizer que não iria mais fazer reviews do TVUS, HAHAHA. Mas olha, é por um bom motivo. A review de hoje seria do Gersinho, mas o coitado lascou a coluna no crossfit e eu vim salvar a pele dele no Panelas! HAAHAHA. Bom, espero que vocês tenham curtido a estreia da temporada ontem, pois hoje estamos de volta com mais cadeiras à serem viradas!

Para meu auxiliar nos comentários, hoje nós temos os nossos leitores Davi e Paulo! Sem mais delongas, vamos direto aos trabalhos! Sigam-me os bons!

[#TeamKelly] Shane Q – “Tennessee Whiskey” by Chris Stapleton

Avalie a performance:

 

Luana: Eu fico passada é que “Tennessee Whiskey” já foi mais cantada por artistas soul do que propriamente por artistas country. Eu entendo que o Chris Stapleton realmente bebe das duas fontes e faz esse misto de country/soul, mas no TVUS essa música é exclusivamente soul, haha. No mais, eu curti o Shane, viu. Ele até me lembrou um pouco o Jordan Smith da S9, acho que pela desenvoltura vocal e a facilidade em alcançar essas notas agudas. Eu gostaria de ver um pouco mais de personalidade nele, no entanto. Por isso, fico feliz que ele tenha optado por seguir com a Kelly, pois acho que ela pode ajudá-lo com isso demais.

Davi: Vamos lá… Acho que começamos até bem. Shane tem uma voz ótima, afinação e muito controle. Ele tem cara de que vai fazer umas apresentações muito babadeiras. Mas aqui, eu acho que ficou faltou um pouco de ousadia. Podia ter tentando colocar falsetes em mais partes da música, pra dar uma abrilhantada na apresentação, porque aquele final foi ótimo.

Paulo: É aquela coisa, né? Foi ruim, não foi. Mas… ficou faltando alguma coisa, né? Se for comparar com outros vocalistas do top dele, ele não fez nada demais, só aquelas velhas firulas de sempre e senti falta de uma nota mais interessante. Achei que ele iria com John, mas até gostei dele ir com a Kelly, espero que ela faça um bom trabalho com ele.

 

[#TeamLegend] Max Boyle – “Wayfaring Stranger” by Ed Sheeran

Avalie a performance:

 

Luana: Eu amei? Nossa, achei super arriscado ele fazer esse começo inteiro acapella, mas valeu super a pena e pisou na songchoice! Eu queria muito que a Gwen tivesse virado, pois eu acho que eles dariam uma boa dupla, viu. Eu não sou fã do Legend, então fiquei triste pelo block na Kelly, haha. Acho que ele tem coisas a serem trabalhadas, principalmente na questão do falsete, então espero que o John saiba guiá-lo nisso. E assim, super gatinho, né mores? Adorei, rs.

Davi: Nossa, que ousadia!! Passado! Eu adorei esse começo! E o contraste da primeira parte com a segunda ficou ótimo também. Eu acho que Max tem uma voz bem comum, mas assim, se ele conseguir produzir apresentações como essa, vejo um futuro longo no programa para ele. Não achei que a apresentação foi perfeita, mas eu curti bastante.

Paulo: Eu gostei mais da voz do Max, embora seja aquele tipo de voz que você não sabe a quem pertence. Achei ousado o começo a capela, mas ele mandou bem e quando entrou a banda conseguiu se manter, embora os falsetes foram meio pombo… agora, block nesse cara, John? Sei não… Porém, inegavelmente, acho que pra ele o John era mesmo a melhor opção.

[#TeamKelly] Hello Sunday – “This Is Me” from The Greatest Showman

Avalie a performance:

 

Luana: Vixe, que bagunça! Estou chorando? Estou, mas simplesmente porque eu não consigo ver os familiares desse povo novo comemorando, o meu coração de bosta derrete inteiro. Assim, eu compreendo elas serem bem jovens e tudo mais, mas teve tanta coisa errada aqui. Primeiro, chega de “This Is Me” e “Never Enough” nesses realities, né gente? PQP. Segundo, escolha bem errada para um dueto, ainda mais não sendo uníssono. Eu não sei quão longe elas podem ir, mas estamos aí para ver, né.

Davi: Ai gente, não curti muito isso aqui não. Essa é uma das minhas músicas favoritas. Amo muito! Mas acho que ficou um pouco bagunçado. Eu acho que elas entraram errado em algumas partes, além de que o começo ficou bem linear. Eu acredito que elas tem potencial, porque extensa vocal é evidente. Então é torcer para que Kelly faça um trabalho bom com elas.

Paulo: #StopThisIsMe2K19. Não aguento mais, pelo menos já gastaram. Achei uma péssima escolha pra uma dupla, já que quando se fala em grupo se espera mais harmonias e nesse caso praticamente não teve. A performance foi bem sem graça e a Kelly só virou pelo notão que uma delas soltou lá. Eu não viraria.

[#Eliminada] Emily Bass – “Blank Space” by Taylor Swift

Avalie a performance:

 

Luana: Aw, que triste. Eu fiquei só a Gwen nessa audição, amei a escolha da música, amei o timbre da Emily, mas ela ficou naquela beira do “quase” por toda a performance, sabe. No fim das contas, acabou sendo algo bem karaokê, e infelizmente, por ser uma competição você precisa oferecer mais do que uma boa “imitação” da música.

Davi: Olha, aqui tivemos outra música maravilhosa, mas que engoliu a candidata em alguns momentos. Eu não achei que Emily fez uma apresentação ruim não, mas realmente ficou faltando aquele momento que faz os técnicos virarem. Ficou faltando um diferencial, mas eu não sei. Acho que foi ok.

Paulo: Ah, eu adorei a voz dela, gente! Teria virado nas primeiras notas. Pra mim foi muito melhor que a dupla (e que alguns de ontem também). Tadinha, toda fofa dando o desenhos aos ingratos dos coaches.

[#TeamGwen] Royce Lovett – “911” by Wyclef Jean

Avalie a performance:

 

Luana: Gwen, você é tudo pra mim, pfvr entenda isso! Ai gente, a Gwen voltou com tanta energia e tanta vontade, eu tô apaixonada! Eu curti o Royce assim que ele começou, veio com tudo! Acho que faltou um pouco de ritmo, no sentido de que ele não conseguiu manter a performance no mesmo nível do começo ao fim. Mas assim, eu curti o que foi apresentado e acho que ele fará uma super dupla com a Gwen! Tem potencial, né.

Davi: Gente????? Amei! Adoro esses candidatos ousados que misturam estilos. Eu curti muito a apresentação de Royce e acho que ele tem muito a oferecer para essa temporada. E adorei a escolha do coach também. Eu acredito que Gwen tenha voltado com muita vontade de vencer e ela pode fazer um ótimo trabalho com ele.

Paulo: (Obs: Só eu tô achando a edição desse programa muito bagunçada?) O cara começou nos 220v. E eu fiquei pensando se ele ia conseguir manter isso até o final e não acho que tenha ficado bom, não. Eu achei meio esquisito, mas pelo menos valeu a Fashion Queen dançando.

 

[#TeamGwen] Elise Azkoul – “Million Reasons” by Lady Gaga

Avalie a performance:

 

Luana: Que fofa, gente! Eu adorei as escolhas melódicas da Elise, gente. Acho que faltou potência pra entregar algo próximo do que a Gaga faz, óbvio, mas eu super curti a vibe da moça. Fico feliz por a Gwen ter virado, pois acho que com algo mais suave a Elise pode se sair ainda melhor! Sei lá, uma “Somewhere Only We Know” na versão da Lily Allen seria tudo de bom na voz da Elise, só acho.

Davi: Eu fiquei preocupado real achando que ninguém ia virar. Ainda bem que a Gwen virou, porque eu estava curtindo a apresentação de Elise. Não acho que surpreendeu, mas foi bem. Escolheu um hino e entregou uma apresentação bem correta. Não sei se vejo muito futuro para ela na competição, mas enfim.

Paulo: Eu gostei da voz da Elise, mas ela tava bem nervosinha, né? No geral eu gostei e ela valeu ter uma cadeira virada. Se vai conseguir render mais que isso, só o tempo dirá.

 

[#TeamBlake] Cory Jackson – “Galveston” by Glen Campbell

Avalie a performance:

 

Luana: Ah pronto, chegou o country, quem aguenta isso, meu pai. Por que a gente fechou o episódio com isso, gente? Só pelas interações Gwen/Blake, né? Porque fora isso foi super comum, gente. A gente tem esse tipo de cantor TODA TEMPORADA, é sério. Eu nem tenho muito o que falar, além de que isso foi um exagero de cadeiras, né. Cory foi legal e tudo mais, mas só isso mesmo.

Davi: Tava faltando aquele candidato country no time Blake, né? kkk Enfim, acho que Cory foi bem correto, né? Segurou umas notas legais e acho que ele foi bem. Eu não sou muito fã desses country não, mas não vou ser hipócrita. Acho que Cory tentou fazer uma boa apresentação e até que conseguiu.

Paulo: E claro, tinha que ter um cowboy padrão pro Blake virar a cadeira no final. Mas ele foi bem e eu gostei, vou mentir não. O de sempre, mas acho que foi melhor do que o restante do pessoal de hoje e foi uma boa aquisição pro time do cowboy e tem chance de passar adiante, pelo que foi mostrado até agora.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

#TeamBlake: Cory Jackson*, Kat Hammock, Marina Chello.

O time mais fraco nesse estreia e por uma boa margem. Já faz um tempo que o Blake não consegue mais montar bons times e fica rendido à avançar cantores country que agradem ao público fiel do programa. No entanto, Cory tem uma boa voz e vai preencher essa lacuna muito bem e é tudo que o Blake precisa mesmo. Eu amei a Kat, só acho que ela está bem verde e precisa de orientação, mas tem bastante potencial para evoluir e entregar performances lindas! Já a Marina eu acho que é o tipo de act que tem tudo para sair já nas batalhas, a menos que nos surpreenda bastante e estamos torcendo por isso, sinceramente.

#TeamGwen: Elise Azkoul*, Jake HaldenVang, Kyndal Inskeep, Rose Short, Royce Lovett*.

Eu ADORO o time da Gwen e isso acontece sempre que ela está na bancada. Eu e ela temos gostos musicais bem parecidos, então ela sempre vira para o pessoal que eu amo e eles quase sempre vão com ela! Jake já é um dos meus preferidos da temporada e espero que tenha futuro. Além dele, a Gwen garantiu sua country girl com a Kyndal e talvez elas possam dar trabalho, né. Por fim: ROSE SHORT = TUDO PRA MIM! Esse time tá bem bom!

#TeamKelly: Alex Guthrie, Brennan Lassiter, Hello Sunday*, Shane Q*.

Um time bem com a cara da Kelly, né? Super consistente também. Brennan já é uma das favoritas do público, e hoje a Kelly ainda levou o Shane que também imagino que vá se relacionar bem com a audiência. Alex e Hello Sunday estão num nível mais abaixo quando comparado com os outros dois, mas também podem render bons frutos.

#TeamLegend: Katie Kaden, Max Boyle*, Will Breman.

Outro bom time, né gente? Katie começou com tudo e tem total potencial de entregar ainda mais, tenho certeza que vamos ver grandes performances sempre com essa daí. Além dela, temos Max que foi super bem hoje e já ganhou meu coração; e o Will que eu não curti, mas que já tem uma relação bem fofa de ídolo/fã com o John!

* artistas adicionados no programa de hoje.

– – –

Então é isto, gente! Semana de estreia até legal, né? Porém, ficamos por aqui, e lembrem-se que semana que vem tem mais!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Sinceramente, não sei mais há quanto tempo estou nesse site? Mas olha, faz um bom tempo! HAHA. Atualmente cuido mais de reviews de realities musicais, mas também faço meus corres nos seriados, porque a vida é isso aí! Tenho 24 anos, sou formada em rádio/tv/internet, e nas horas vagas vocês me encontram por aqui! ;)

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries