Posts Populares

The Voice US – S17E03 – The Blind Auditions, Part 3

Pra quem achava que ia presenciar bomba atrás de bomba, tomei um balde de água fria… E no bom sentido.

Fui arrebatado aqui pro panelas faz pouquíssimo tempo e o que me fez entrar aqui foi esse programa. Logo, sou muito grato a esse programa porque apesar de saturadissimo me deu esse presentão.

Falo isso porque estou emotivo, já estava com saudades de fazer Review. Inclusive, aproveitando o momento manteiga, semana passada comentamos aqui que o grupo SubVoice tinha fechado as portas e não faria mais legendas do The Voice. Foi triste, mas um plot twist aconteceu e eles voltaram, graças ao bom Jesus! Acredito que muitos de vocês acompanham o programa junto com as legendas deles e estão muito felizes com a notícia, assim como nós do Panela de Séries.

Enfim, já teve enrolação demais aqui então vamos pro que interessa. No programa de hoje eu tenho a presença maravilhosa, perfeita, icônica e maestral da nossa paneleira Luana (tô puxando o saco porque se não fosse ela, a Review não saia) e também do nosso querido leitor Davi. Vem comigo aqui!

 

[#TeamLegend] Mendeleyev – “Girl from the North Country” by Bob Dylan

Avalie a performance:

Erik: Misericórdia eu fui escrever o nome do moço aqui no bloco de notas pra comentar a audição dele e deu tela azul. Eu AMEI demais essa audição de um tanto, não tenho condição alguma pra quem vem com um violãozinho e uma voz diferente, eu fico todo bobo. Achei a voz dele LINDA, uma apresentação bem gostosinha de ouvir/assistir, fiquei igual manteiga derretida também com a reação dos familiares dele. Enfim, uma das audições que eu mais gostei atenção.

Luana: Eita, que timbre bonito, minha gente! Eu achei essa performance desse moço cujo nome não sei pronunciar (nem escrever) tão raiz! Só ele e o violão numa música do Bob Dylan, bem lindo! Eu não sei o quão mais ele pode oferecer mais pra frente, mas só por essa performance eu imagino que ele seja um artista super bem encontrando quanto à sua identidade e isso é super importante na competição. Ele tem aquele “quezinho” de Johnny Cash, então imagino que possa até render com o público e eu espero que assim seja, porque eu fiquei bem interessada em ver mais dele! Adorei!

Davi: Gente? Impactado! Que apresentação pura! Eu acho essencial que o artista consiga transmitir toda emoção da canção. Acho mais legal ainda quando a artista consegue imprimir sua visão da música e passar para o público. E acho que foi isso que aconteceu aqui. Uma apresentação muito simples, mas muito eficaz.

[#TeamKelly] Jake Hoot – “When It Rains It Pours” by Luke Combs

Avalie a performance:

Erik: Juro que eu vou tentar não dar hate gratuito no moço só porque ele é igual 829282 outros country que já passaram na competição. Mas, assim, não dá pra defender né amigos. Achei super afinado, fez um bom trabalho e tudo mais porém eu não vou mentir, me atrai zero esse tipo de artista então eu não gostei não. Mas o amigo mandou super bem no que propôs a fazer.

Luana: Ah meu Deus do céu, me poupa, pelo amor! É aquele Josh Gallagher do #TeamAdam da S11 todo, minha gente. A finale vem, isso está na cara. Ele nem foi ruim, mas é tão mais do mesmo e tão aquele tipo de artista que tem uma jornada injustamente fácil demais, sabe? Eu fiquei torcendo pro Blake não virar, mas daí vem a Kelly e vira DO NADA, ai olha… Sinceramente, não tinha pra que. Agora é isso, vai arrastar o macho até onde der e o público vai comprar como água. Lá vamos nós de novo.

Davi: Ai gente, que candidato genérico! Nossa, as temporadas vão passando, mas parece que sempre tem esse country tocando violão com uma mulher e filhos assistindo. Sinceramente, eu achei tudo muito básico e genérico. Eu entendo a emoção de Kelly ao ter um act desses: o público sempre arrasta mesmo.

 

[#TeamGwen] Calvin Lockett – “Just My Imagination (Running Away With Me)” by Boyz II Men

Avalie a performance:

Erik: Se eu falar que achei ruim eu tô mentindo, e se eu falar que gostei vou mentir também. Confuso estou. Gostei do timbre dele, mas não gostei da música, na verdade em alguns momentos eu gostei muito e outros eu não gostei nada, tô só a Nazaré meu pai. Mas assim, deixando o surto de lado, acredito que a voz dele é muito bonita e ele poderia ter escolhido uma música melhor e que valorizasse mais, porque ficou bem linear e um pouco chatinho as vezes, apesar de ter tido uns momentos bem legais. Mesmo assim achei ele bom e acho que ele pode render (ou não).

Luana: Eu não vou nem mentir, odiei a songchoice, é isto. Calvin foi super bem e fez coisas super legais com a voz, mas eu achei a música tão chatinha, minha gente. Eu não vejo grande diferencial nele, pra ser sincera, então não sei o que esperar dele. Mas assim, foi até esperto em escolher a Gwen ao invés do John, afinal é de se esperar que o #TeamLegend seja cheio de artistas R&B/Soul, e ele teria mais chances de se destacar numa equipe onde pudesse ser mais único. Enfim, foi legal.

Davi: Eu curti bastante a voz dele. Achei que o começo da apresentação ficou bem legal. Um controle vocal e uma precisão realmente admiráveis. Mas acho que depois apresentação foi ficando um pouco repetitiva. Fiquei bem feliz que ele escolheu Gwen e a técnica também ficou muito animada.

 

[#TeamBlake] Josie Jones – “Men and Mascara” by Julie Roberts

Avalie  a performance:

Erik: Chevel é você, meu pai? Ai meu deus o tremelique vem como, já vejo a menina arrastada até o final e ganhando, haja paciência. Mas tirando o ranço de lado, sinceramente eu não achei ruim. Não foi nada demais, nada surpreendente etc e tal, mas ela tava super afinada, fez tudo direitinho e fez um bom trabalho. Não faz meu estilo tampouco me despertou o desejo de torcer, né mas achei okzinho, vamos ver o que vai dar.

Luana: Meu Deus, gente. É a voz da campeã da S15, Chevel, todinha! Eu não curto esse timbre anasalado muito, ainda mais quando a vocalista é bem verde, como é o caso da Josie (assim como era da Chevel). Achei uma audição competente, porém, ela foi escolhida para ser o leak da semana e para um leak foi bem fraco, né. Agora assim, por ter ido com o Blake, a menina claramente já é uma ameaça e tanto na competição, disso não resta dúvidas.

Davi: Olha, eu até curto timbres como os de Josie, mais agudos. Até porque eu vejo um diferencial, além de uma facilidade para alcançar notas altas. Mas eu achei isso aqui bem básico. Desperdiçou a oportunidade de chegar com tudo. Veio com um country bem básico e entregou uma performance não muito memorável.

 

[#Eliminado] Johnny Sanchez – “Seven Spanish Angels” by Willie Nelson

Avalie a performance:

Erik: O moço tem um timbre muito bonito e eu achei que a música foi uma boa escolha pra voz dele, mas em alguns momentos falhou e deve ter sido por isso que os coaches não viraram, ou porque é mais do mesmo também. Enfim, poderia ser melhor né amado.

Luana: Eu até curti o timbre do Johnny, mas deu pra perceber que a performance foi pouco tratada em questão de edição de som (assim como eles fazem com todos os no chairs em comparação com quem entra na competição), e os erros vocais do moço ficaram super expostos. Enfim, foi básico, mas ainda acho que eu curti mais do que o country da Kelly de mais cedo, por exemplo.

Davi: Eu não entendo esses técnicos não, viu? A apresentação foi incrível? Não! Longe disso! Mas também não foi ruim. Pelo menos ele tentou algumas notas mais altas. Eles viram para uns candidatos que não fazem nem o básico direito, mas não viram para acts como esse. Eu fico sem entender.

[#TeamLegend] Marybeth Byrd – “Angel From Montgomery” by Bonnie Raitt

Avalie a performance:

Erik: Amados do céu difícil ouvir essa música sem lembrar do amor da minha vida e dona desse programa vulgo Addison Agen. Saudades, anjo. Enfim, antes de comentar sobre a garota eu queria colocar uma nota de repúdio: eles colocam um vídeo de SEIS minutos e dos seis apenas 1min e pouco é a menina cantando, o resto é blá blá blá de coach. Gosto? Gosto. Mas amadas plmdds, né, vamos mudar esse negócio aí que a voz da menina é boa demais pra ficar só cantando 1min. Enfim, já devo ter demonstrado que gostei muito dela, apesar de ter a versão da addison muito fixada na memória isso não atrapalhou nada e Marybeth fez um trabalho MUITO bom e devo dizer que, ao meu ver, ela é a que tem mais potencial pra render na competição.

Luana: Ah, eu até curti, mas ao mesmo tempo achei meio básica, sei lá. Acho que acabei esperando coisa demais quando vi a música, mas enfim. Marybeth é super fofa e com certeza já conquistou os corações das tias do sofá com essa música. Se tivesse ido com a Kelly eu já estaria entregando o coroa nas mãos dela, haha. Mas é isso, ela foi o John, que está com um time super competitivo até então. Vamos ver o que o futuro os reserva, né. Mas definitivamente, se bem trabalhada Marybeth tem tudo para ter um futuro brilhante na competição e garantir uma dobradinha ao Legend.

Davi: Que coisa linda, gente! Mary tem um timbre muito lindo e precioso. Ela escolheu uma música muito bonita e conseguiu fazer uma interpretação bem legal da música. Ela também executou as notas com bastante precisão, apesar do nervosismo. Enfim, achei tudo muito lindo aqui.

[#Eliminada] Tamika J – “You Got Me” by The Roots

Avalie a performance:

Erik: Que bagunça é essa, amiga? Meu deus. Eu adoro um rap mas assim não dá não hein querida. Eu tava todo perdido porque quando eu achei que a moça ia engatar de vez nas rima ela vinha e mudava e depois voltava e eu ficava: garota??? além da bagunça foi bem mais ou menos, né. Enfim, choices e volta na próxima amada.

Luana: Poxa que triste, eu gostei tanto da Tamika, queria que alguém tivesse virado. É engraçado, porque a gente teve uma rapper branca na temporada passada e ela foi relativamente longe, eu queria ver como uma negra se sairia. Quer dizer, ela não passar já quer dizer muita coisa, né rs. Enfim, eu curti a performance e já vi gente pior entrar na competição.

Davi: Nossa! Eu até gostei da apresentação. Achei que ela foi bem correta no que ela veio fazer. Mas é aquela coisa, nas audições, os técnicos estão buscando uma conexão com a voz do candidato e eu acredito que a música escolhido impediu essa conexão. Uma pena, porque ela poderia acrescentar muito a essa temporada.

 

[#TeamGwen] Kiara Brown – “Free Fallin” by Tom Petty

Avalie a performance:

Erik: QUE ANJOOOOOOOOOO EU AMEI MUITO AAAAAAAAAAA. Eu sou emocionado e grito com qualquer coisinha. Mas Kiara é tanto o tipo de act que eu amo, putz. Que voz doce, que timbre lindo. Talvez muita gente deve ter achado ela bem chatinha mas eu amei e vou defende-la sim. Inclusive a música é muito bonita e isso só deixou a apresentação melhor ainda. Eu concordo com Kelly e John, eu fiquei esperando um momento em que ela iria usar mais uma voz de peito e o refrão ficou bem linearzinho, mas esse começo… AI, já serviu pra eu ficar todo apaixonado. Muito fav da noite sim.

Luana: Ain, eu amei! O timbre da Kiara é simplesmente belíssimo e eu não entendi porque essa gente demorou TANTO pra virar. Toda vez que ela ia naquela notinha free fallin” eu ficava “VIRAAAAAAA PRA ÍCONEE PORRAAAAAAAA”. Só acho que o Blake foi super burrão aqui, se ele tivesse esperado para virar BEM no fim mesmo, a Gwen nem teria virado e ele teria levado a Kiara fácil. Claro, eu amei ela ter ido com a Gwen, mas acho que ela teria mais chances na competição estando no #TeamBlake, obviamente. Mas enfim, amei o anjo e amei ela não ter mudado os pronomes da música, ficou bem sapatônico eu achei tudo!

Davi: Outra música que eu amo! Kiara tem uma voz belíssima, né? Eu curti a apresentação dela. Eu acho que ela conseguiu aproveitar a voz dela nessa música, acertou alguns falsetes e parecia bem concentrada em passar a mensagem da música.

[#TeamKelly] Melinda Rodriguez – “What A Wonderful World” by Eva Cassidy

Avalie a performance:

Erik: Ai que voz bonita. A música é um hino, né amores? E ela fez um ótimo trabalho. Vocais muito bons, interpretação ótima, tudo muito bem executado. Achei a performance num geral não muuito cativante, mas tecnicamente e, principalmente, vocalmente falando foi tudo muito bem feito.

Luana: Ai gente, eu AMO Eva Cassidy, mas eu não sei se gosto dessa versão não. Eu super curti a voz da Melinda e ela me deixou com a sensação de que tem muito mais guardado na manga do que o que vimos aqui e isso é sempre instigante. Enfim, eu curti a voz, mas nem tanto a performance em si. Gostei dela ter ido com a Kelly, pois o time da Gwen já está bem forte ao meu ver.

Davi: Então… Eu não curti muito esse arranjo não. Sei lá, perdeu um pouco da essência da canção. E, principalmente quando você fala de um clássico, tem que tomar cuidado com isso. Melinda tem uma voz legal, consegue acertar as notas direitinho, mas enfim, não gostei não.

[#Eliminado] Jon Rizzo – “Let Her Cry” by Hootie & The Blowfish

Avalie a performance:

Erik: Gente eu nem vou comentar muito aqui não, viu. Foi ruim, péssimo, bem ruim mesmo. Música chata, voz chata, desafinou várias vezes. Foi a audição mais fraca da noite e super justo não ter nenhuma cadeira virada.

Luana: Jesus, achei ruinzão, Deus me guarde. Esses grunhidos ficaram muito ruins, meu filho. Ainda bem que não passou, porque seria o tipo de act que o público iria arrastar independente da qualidade deplorável. Já foi tarde e espero que não volte mais, zero remorso e é isto.

Davi: Gente? kkk Parece até que estou tendo um dejavu. Esse cara parece o mesmo do começo do episódio. Outro candidato extremamente genérico que não tem desejo de inovar ou trazer algo diferente para a competição.

[#TeamBlake] Cali Wilson – “Dreams” by Fletwood Mac

Avalie a performance:

Erik: AMADA???? Que voz linda é essa, bicha? Cantar Fletwood já é um motivo pra virar e esteja dito. Achei a audição MUITO boa, de verdade mesmo. Super bem conduzida a apresentação, timbre lindo, aí…voz de anjo amores. Como é Blake já é quase certeza que vai pros lives, então…Vamos ver. Uma das minhas favoritas da noite, com toda certeza.

Luana: EU AMO ESSA MÚSICA, MEU DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEUS! Ai gente, eu amei a Cali tanto! Lógico, não foi nenhuma Stevie Nicks, mas impossível mesmo tocar na deusa. Porém, acho que a Cali fez tudo que poderia fazer belíssimamente e ainda adicionou sua marca super bem no hino! O arranjo ficou lindo demais! Arrasou, minha filha! Olha aí, tias do sofá, se quiserem arrastar essa menina, fiquem a vontade e eu não vou nem reclamar! Perfeita! Amei, já quero na final!

Davi: Nossa, eu achei a voz de Cali muito interessante! Acho que ela tem muito potencial. Apesar de estar nervosa, ela apresentou ser bem afinada. Eu consigo ver ela como um act que surpreende bastante. Enfim, ansioso para ver o que ela vai trazer nas próximas fases.

 

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

#TeamBlake: Cali Wilson*, Cory Jackson, Josie Jones*, Kat Hammock, Marina Chello.

Team Blake a gente comenta porque é o nosso trabalho, né amigos, porque vontade mesmo tá em falta. Mas, hoje tivemos uma surpresa muito boa com Cali, acredito que se Blake souber trabalhar com ela (tô pedindo demais, eu sei) ela vai render muita coisa. Adorei a voz dela e até então é o destaque do time, na minha opinião. Josie, por sua vez, é a que pode render mais mas não por conta da voz e sim porque com certeza vai cair mais na graça das tias do sofá, então hoje o dia foi bom pro TB.

#TeamGwen: Calvin Lockett*, Elise Azkoul, Jake HaldenVang, Kiara Brown*, Kyndal Inskeep, Rose Short, Royce Lovett.

Surpreendendo, ou não, Gwen tem o melhor time até então. Calvin não é uma adição muito de peso pro time, mas sua voz é boa e nunca se sabe de onde um pisão pode vim. Kiara foi minha favorita da noite e eu torço muito pra que Gwen saiba trabalhar com ela. O destaque do time, pra mim, continua sendo Rose da semana passada, mas Kyndal também prometer bastante e, talvez, Kiara pode também ser um diferencial.

#TeamKelly: Alex Guthrie, Brennan Lassiter, Hello Sunday, Jake Hoot*, Melinda Rodriguez*, Shane Q.

Kelly vem com um time bem fraquinho, ao meu ver. Ela tem nome de peso, como a Brennan, que inclusive é uma das mais hypadas até então, mas no geral o seu time tá bem aquém e não tem muito destaque não. Jake com certeza vai ser arrastado e quem sabe pode ser o finalista country que ela tanto sonha no programa, Hello Sunday é uma dupla que pode render também, porque apesar da audição ter sido bem bagunçada, elas são boas e Kelly com certeza vai dar uma chance a elas. Acredito que o nome do time continue sendo Brennan, mas veremos.

#TeamLegend: Katie Kaden, Max Boyle, Marybeth Byrd*, Mendeleyv*, Will Breman.

Meu favorito aqui é o Mendeleyv, de longe. Eu amei tanto a audição dele que aí, putz. Talvez ele possa ir longe, não sei. Mas do jeito que eu sou azarado ele não vai nem pros lives. Com certeza o destaque aqui por enquanto vai pra Marybeth, ela vai longe com toda certeza, só se John fizer uma besteira. Também gosto de Will, mas não acho que ele tenha muito futuro não, ele é bem diferentão pro programa. Enfim, um time bem okzinho, nem muito bom e nem ruim.

* artistas adicionados no programa de hoje.

– – –

O programa começou sua semana super bem, sinceramente acredito que foi bom melhor do que a premiere e isso me deixa um pouquinho relaxado, porque o segundo dia de audições foi bem inferior ao primeiro. Tivemos nomes bons, um bocado até. A temporada segue bem mais ou menos porém com participantes que podem trazer coisa boa. Atento pro que vai acontecer.

No mais, é isso! Não esqueçam de comentar, xingar (não tanto ok) sobre a Review e claro, o que acharam do programa. Aliás, não esqueçam também de votar na nossa enquete em quem você achou que foi melhor nas audições de hoje. Até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Erik Lacerda

Paulista, 17 anos, não bebo mas rola um cantinho do vale de vez em quando (ou é cantina? não sei). Amo comentar sobre tudo o que assisto porém nenhum amigo meu tem paciência pra me ouvir falando besteira sobre GOT, Grey's e How I met Your mother, por isso estou aqui.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries