Posts Populares

The Voice US – S17E05 – The Blind Auditions, Part 5

A cólera do dragão está de volta mais potente que um meteoro de Pegasus, mais cortante que uma excalibur e mais poderosa que uma Genki Dama.

Isso mesmo bebê voltei para mais uma temporada de The Voice onde provavelmente eu vou ser frustrado ou tombado por ter um fave que provavelmente será eliminado. Que saudades eu tava dessa humilhação meu Deus!!

Enfim… com a saída do Adam, a rotatividade de coaches irá se tornar algo mais comum nas próximas temporadas, já que a fada Gwen intercala entre uma season e outra. E, quem irá substituir nossa musa loira na próxima temporada é o antigo muso da G magazine, Nick Jonas. Olha, achei bem inusitada essa escolha, porém, quem somos nós pra contestar algo? Vai que o menino surpreende né?

Como eu não faço essa Review sozinho, vieram comentar comigo essa noite de blind, os paneleiros Felipe e Luana. Felipe é um amorzinho icônico maravilhosoooooo e Luana é nada mais nada menos que minha alma gêmea e a luz da minha vida. Se houve um amor maior que o meu por essa menina eu desconheço.

Hoje, eu e meus amigos seremos… músicas da Ariana grande. Então vamos logo fazer esse barro acontecer que hoje tá babadoooooo!

[#TeamBlake] Joana Martinez – “Call Out My Name” by The Weeknd

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: MELHOR AUDIÇÃO DA NOITE E QUEM CONCORDA RESPIRAAAAAAA!! MEU DEUS, EU JA TENHO MEU CRISTAL DA TEMPORADAS INTEIRAAAAAAAAAA!!! O que é essa voz? O que é esse timbre? E essa música caindo como uma luva nessa voz PERFEITAAAAAAA. E a cara dela nas notas mais longas? Eu amo cantores que fazem cara de for e sofrimento quando estão fazendo uma nota mais alta, da uma sensação tão boa de realidade que você se sente mais conectado não só com quem está cantando, mas, com a canção também.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Minha gente! Geralmente quando aparecem essas novinhas, a gente sempre pesa menos na mão e avalia com mais “cautela”, né? Mas Joana nem vai precisar da luva de seda, sejamos sinceros. Ela entregou uma performance super sólida e polida, anos luz à frente de sua experiência. “Call Out My Name” é uma daquelas músicas que dão espaço para o artista criar e crescer progressivamente ao longo da canção e Joana tomou total proveito disso, entregando um baita trabalho. Eu achei a menina ótima, ainda mais quando comparada ao resto dos artistas do episódio, talvez merecesse até as 4 cadeiras, sei lá. Enfim, tem futuro, ainda mais estando no Team Blake.

Felipe Sete Anéis: Joana é talentosa, isso é um fato, mas para mim ainda faltou algo na apresentação dela. Ela tem uma voz poderosa e mostrou bastante segurança. O potencial é grande, agora é esperar para ver como ela se sairá com Blake como Coach.

[#TeamKelly] Brooke Stephenson – “Let Him Fly” by Patty Griffin

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Que voz gostosa de ouvir meu Deus… amei tanto essa menina e a música parece que foi feita por ela de tanto que combinou com ela. A voz dela tem uma dualidade que traz uma certa suavidade mas ao mesmo tempo é firme e alcança as notas com bastante segurança. Que timbre gostoso viu? Amei de verdade.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Meu Deus, eu amo tanto essa música! Confesso que esperava um pouquinho mais da Brooke, um pouquinho mais de entrega, sei lá. Mas a voz dela é belíssima, e esse é o estilo de country que super apela com as tias do sofá e eu nem reclamo, porque realmente é muito confortável pra gente. A voz dela em momentos me lembrou a Lauren Duski, e pelo menos pra mim, isso é um baita plus. Espero que Brooke tenha ainda mais cartas guardadas na manga, porque o timbre dela é muito gostosinho de ser ouvido!

Felipe Sete Anéis: Brooke tem uma voz muito bonita, mostrou emoção e mostrou alcance. Foi uma performance cativante, vamos esperar para ver o que ela apresentará nas próximas etapas.

[#TeamBlake] Zach Bridges – “Ol’ Red” by Blake Shelton

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: SÓ VEM!! JA ESTOU COMPLETAMENTE NUA NA POSIÇÃO DA PERERECA SÓ ESPERANDO VOCE CAIR EM CIMA DE MIM COMO SE EU FOSSE UMA MALA VELHA. Mas gente… que voz é essa? Ele começou a cantar eu já tava de chapéu de cowboy e bota sendo a maior country girl que vocês já viram. Ai, eu só vou conseguir falar do incêndio que ele causou na minha perereca e nada além disso. Só vem que eu já tô grávida!!

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Ah pronto, lá vem o macho country extremamente básico para ser arrastado até quando não der mais. Ai gente, sinceramente? Qual o diferencial desse moço pros outros 2985 que vieram antes dele? Enfim né. Zach veio com uma música do Blake e conseguiu a cadeira dele, não tinha mais nada a ser feito, né? A Gwen virou só porque ela é tolinha pelo Blake mesmo, nada além disso. Espero que Zach tem mais do que isso para apresentar daqui pra frente, se realmente seguir firme na competição.

Felipe Sete Anéis: Gostei bastante da voz de Zach, o timbre dele é muito gostoso de ouvir, me lembrou Zac Brown. Além disso a songchoice foi perfeita, adoro essa música hahahahaha! Zach é o meu Country favorito até agora! Desde o início sabíamos que Zach ia escolher Blake, estou ansioso para o que os dois farão juntos nas próximas etapas!

[#TeamBlake] EllieMae – “Merry Go’ Round” by Kacey Musgraves

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Se o papel dela era me fazer dormir… consegui viu? Que música mais chata minha gente. A voz da coitada também não ajudava muito e a junção das duas coisas criou uma bomba sonífera, onde, é impossível alguém ouvir e não dormir.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Audição bem curtinha, mas realmente não parece ter sido nada demais, né? EllieMae é uma fofa, mas foi tudo bem linearzinho e regular, inclusive sua última nota foi bem tremidinha e instável. Mas faz parte, né? Imagino que ela não vá muito longe na competição, mas é sempre legal ver alguém se emocionar ao virar cadeiras!

Felipe Sete Anéis: Merry go round já foi apresentada algumas vezes no The Voice e EllieMae foi a pior de todas, mais genérica impossível, a voz dela não tinha nada de especial, zero presença de palco… ainda bem que foi rapidinho haahhahahaha. Espero que saia na próxima etapa e Blake não arraste ela pela temporada.

[#Eliminada] Callie Lee – “No Excuses” by Meghan Trainor

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Amiga do céu… eu amei que a senhora chegou toda preparada pra atacar, mas, acabou sendo atacada. A senhora bem que tentou lacrar mas não bateu não. A música foi mal escolhida e acabou te atrapalhando em vários momentos. Da próxima a senhora canta algo que se encaixe com sua voz.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Minha filha, que songchoice horrorosa, quase me fez já torcer pra ninguém virar aí. Callie até teve bons momentos, mas se vamos ser sinceros, não foi uma boa audição, né? Pelo menos, não boa o suficiente para assegurar seu lugar no programa. Callie é talentosa, e acho que poderia ter se saido bem melhor se tivesse escolhido uma música mais apropriada tanto para sua voz, quanto para o objetivo em questão, que no caso seria virar cadeiras numa audição às cegas, né.

Felipe Sete Anéis: Callie foi bem genérica, desafinou em alguns pedaços e ficou sem ar em outros. Não passou nenhuma emoção e nem cativou. Não gostei não.

[#TeamGwen] Jessie Lawrence – “All or Nothing” by O-Town

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Gwen minha filha, você deixa o irmão do Jason Derulo ir embora mas pega esse backing vocal de igreja pentecostal, o que tu tem na cabeça, amada??? Que música chata, que boy sem sal e que escolha mais nada a ver viu??? Vai entender… kkkkkkkk

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Ih gente… Gostei não, me desculpem. Achei essa audição fraquíssima, BEM mais fraca do que a do moço country do Blake, e olhe que eu já tinha achado ele básico. Se eu estiver sendo crítica demais me perdoem, mas eu acho que Jessie saiu super no lucro com essa cadeira virada da Gwen. Acho que é por isso que ela espera pela aprovação dos outros pra virar, né? Porque quando ela decide sozinha o resultado não é lá tão proveitoso. Enfim, espero que Jessie me surpreenda demais e me faça pagar a língua nas próximas fases, pois tirando os melismas finais, achei a audição fraquíssima.

Felipe Sete Anéis: Jessie fez uma apresentação correta, mas só isso. Ele tem uma voz legalzinha, a apresentação foi linear, mas não vejo ele indo muito longe, one chair foi de bom tamanho, não seria justo ninguém virar e mais de uma cadeira seria demais.

[#TeamGwen] Brennen Henson – “Riptide” by Vance Joy

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Amigoooooooo! Essa é uma das músicas da minha vidaaaaaaaaa! Eu amo essa música num grau que vocês não tem noção. E eu fiquei muito feliz porque ele fez jus a canção e cantou ela lindamente. Teve algumas derrapadas, porém, nada que tirasse a beleza dessa canção. Essa é uma daquelas músicas que, ou você tem a energia pra se conectar com ela, ou tu vai matar a emoção da música, e ele fez bem o seu trabalho.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Puts, acho que ele é novinho? Nem sei, mas parece, haha. Eu quase sempre amo de paixão esses menininhos que chegam com um violão e se garantem sozinhos ali com a música, e inclusive, amo demais “Riptide”! Brennen foi sortudo e esperto de ter ido com a Gwen, porque ele é o tipo de act que ela gosta de trabalhar! Espero que eles formem uma dupla e tanto e nos entreguem mais performances legais em sequência. Vamos aguardar, né.

Felipe Sete Anéis: Outro cara que entra lá com um violão, bem original… Brennen fez uma apresentação gostosinha de ouvir, mas me pareceu que ele ficou sem ar em alguns momentos. Foi espetacular? Definitivamente não. Vou querer ouvir mais dele? com certeza! Gwen foi a escolha perfeita para ele.

[#TeamLegend] Jared Herzog – “Speechless” by Dan + Shay

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Mais um branco fofinho com ar de tímido que se levanta da cama com o seu violão e decide fazer uma audição no the voice e conquistar as novinhas da plateia. Eu particularmente gostei muito. A música falou bem com a voz dele mesmo soando inconsciente em alguns momentos, porém, quem liga? A gente quer é um boy pra babar mesmo e imaginar um casamento que nunca vai acontecer.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Putz, acertou todo na música! Jared soube escolher bem demais a canção certa para sua voz e entregou uma apresentação lindíssima, gente! Até aqui foi quem eu mais gostei e nem estava esperando muita coisa. Gostei das partes com o falsete, mostra que ele tem muito a oferecer ainda. Além disso, é o estilo de artista que eu mais gosto de acompanhar e torcer no The Voice, é muito bait pra mim. Adorei!

Felipe Sete Anéis: Surpreendendo a todos Jared entrou com seu violão!!! Piadas a parte, o rapaz até tem potencial, o timbre dele é bonito e fez uma apresentação relativamente segura, mesmo sem ser algo incrível e inovador curti a performance, vamos ver se Jon vai trabalhar Jared.

[#Eliminado] Clayton Cowell – “Just Friends (Sunny)” by Musiq

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: O bom e típico cantor de R&B que tem aquele gingado e voz bem melódica que todo mundo ama, mas, vamos combinar que acaba sendo mais do mesmo não é verdade? Depois de algumas temporadas vendo cantores de nesse estilo passarem pelo programa, nós esperamos pessoas extraordinárias, coisa que o Clayton não foi. Porém… eu sentaria nele feito pobre disputando lugar no busão lotado.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Puts, insuportável. Não vou nem colocar minhas luvinhas de cetim pra esse, porque eu achei ruim mesmo e desafinadíssimo. Super entendo os mentores não terem virado, porque realmente foi uma performance bem ruim. Assim, eu acho super válido pela questão da inovação, sair do same old-same old de sempre do TVUS, mas poxa… Custa nada adicionar um pouquinho de qualidade na mistura, né? Enfim, tem que melhorar.

Felipe Sete Anéis: Clayton estava muito nervoso e a songchoice não ajudou nem um pouquinho, ele não conseguiu mostrar a que veio, infelizmente não empolgou… ele até tem uma voz bonita, quem sabe se tivesse escolhido uma música que se encaixasse melhor não teria conseguido virar ao menos uma cadeira.

[#TeamKelly] Lauren Hall – “One And Only” by Adele

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Não entendi como só Kelly virou pra essa fada. Amei a voz dela, certo que a música era um pouquinho chata, mas, a voz dela é boa, gente. Eu amo vozes mais ásperas que soam meio roucas, meio cortadas, sabe? E a Lauren tem essa identificação na voz. A menina canta muito bem mesmo.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Cantar Adele é SEMPRE um risco, mas olha, eu acho que Lauren se saiu super bem, viu. Gente bem mais básica do que ela virou cadeiras, o que me fez achar só a cadeira da Kelly bem pouco para a Lauren. Houve um momento ali no meio que ela se perdeu um pouco e ficou meio bagunçado, mas ela começou super bem na canção e mais importante, ela conseguiu se recuperar do deslize e finalizou super bem também! Ela tem um timbre belíssimo e aceitou o desafio de cantar uma música gigante, e ao meu ver, se saiu super bem. Ai sei lá, talvez seja o episódio fraco, mas eu achei a Lauren muito boa.

Felipe Sete Anéis: Lauren é básica, mas não é ruim. Mais do mesmo, já vimos tantas outras candidatas iguais a ela em outras temporadas que não consegui ficar empolgado. A moça até tem um alcance legal, por isso acho que one chair foi justo. Talvez ela e Kelly se deem bem.

[#TeamLegend] Matt New – “Sunflower” by Post Malone

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Agora sim eu gostei viu? Amo um boy meio Rocker com uma carinha de nerdzinho que vai cantar pra mim com um violão e me fazer de trouxa depois. Eu adorei a escolha da música, combinou super com a energia dele e a todo o momento eu sou pensava como o Adam combinaria com ele. Saudades do bebê.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Gente, o TVUS pegou parte dos 26 milhões por ano que não tem mais que gastar com o Adam e investiu no livro de músicas, né? Tô gostando de ver essa renovação no catálogo, estavam precisando mesmo. Eu curti o Matt e achei a audição super competente e animada. Talvez a música tenha deixando a gente sem saber muito bem que tipo de artista ele é, mas isso vamos ter que acompanhar nas fases seguintes mesmo, haha. Só um detalhe, a Gwen é insegura DEMAIS para virar, me dá tanta agonia, ela fica lá olhando se alguém vira pra ela ir, como se precisasse de aprovação…. Bicha, melhore. No mais, audição legalzinha.

Felipe Sete Anéis: Achei que ia entrar com um violão também hahahahahahaha foi uma apresentação corretinha. Não sei dizer por que, mas gostei de Matt, o timbre dele é agradável e casou bastante com a música. Não acho que Jon foi a melhor escolha. P.S. os filhos dele são uma fofura hahahaha

[#Eliminado] Monty Montanaro – “Remedy” by The Black Crowes

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Amigo do céu… coitado do menino… foi horrível, painho, não tenho nem muito o que dizer. Parecia que tu tava bêbado na balada com um som bem alto fazendo a estérica do bonde gritando no ouvido de todo mundo. Foi ruim, fio, bem ruim mesmo, tem nem como dizer algo positivo, coitado.

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Que performance dinâmica, gente. Mas foi bem no momento errado, né? Acho que numa audição o foco tem que ser a voz, até porque os mentores estão de costas e se não virarem, não irão assistir o que quer que você esteja fazendo no palco. Mesmo assim, eu achei o Monty rios e oceanos melhor do que grande parte da galera que virou cadeiras (múltiplas até) no episódio de hoje. Sei lá, acho que ele merecia uma chance.

Felipe Sete Anéis: Tenho que confessar que não entendi uma palavra que saiu da boca do rapaz a música inteira, foi uma gritadeira descontrolada que não fez o menor sentido. Se essa apresentação tinha algum conceito passei longe de entender.

[#TeamBlake] Ricky Duran – “River” by Leon Bridges

Avalie a performance:

 

Dam Mulher Perigosa: Oxeeeeeeeen! Não entendi essa aclamação toda não, hein. Ele canta bem? Sim! Tem uma voz boa? Tem! Segura bem a canção? Segura! Mas acaba por aí. Pra mim, pelo menos, ficou faltando algo, não foi uma blind arrebatadora que me fizesse ver um front runner nele, mas o povo, vulgo Erik…

Luana Sem Lágrimas para Chorar: Primeiramente, songchoice perfeita, massacrou já nisso. Mas sobre a performance em si, eu achei bem na média, viu. Ricky tem aquela vibe de artista bem profissional que já tem vários anos de experiência e consegue acerta toda e qualquer nota que se propõe a cantar, mas eu confesso que senti falta de uma entrega aqui, sabe. Desde o outfit dele e tudo mais, não senti muito sentido, kkk. Mas enfim, talvez eu esteja sendo crítica demais em aspectos que Ricky pode me provar completamente errada nas próximas fases. Por sinal, escolher o Blake já foi bem inusitado, mas bem estrategista, né?

Felipe Sete Anéis: Ricky foi muito bem, mostrou bastante controle e conseguiu botar bastante emoção na apresentação. Foi bonito de ver, a vulnerabilidade que ele conseguiu imprimir foi impressionante, a escolha de Blake como coach foi bem acertada, ele é diferente dos outros candidatos do Team Blake, por isso acredito que vá longe na competição.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

#TeamBlake: Cali Wilson, Cory Jackson, EllieMae*, Joana Martinez*, Jordan Chase, Josie Jones, Kat Hammock, Marina Chello, Ricky Duran*, Zach Bridges*.

#TeamGwen: Brennen Henson*, Calvin Lockett, Elise Azkoul, Jake HaldenVang, James Violet, Jessie Lawrence*, Kiara Brown, Kyndal Inskeep, Rose Short, Royce Lovett.

#TeamKelly: Alex Guthrie, Brennan Lassiter, Brooke Stephenson*, Hello Sunday, Injoy Fountain, Jake Hoot, Lauren Hall*, Melinda Rodriguez, Shane Q.

#TeamLegend: Dane & Stephanie, Jared Herzog*, Katie Kaden, Matt New*, Max Boyle, Marybeth Byrd, Mendeleyv, Preston C. Howell, Will Breman.

* artistas adicionados no programa de hoje.

– – –

Então é isso pessoal. Tivemos um começo de temporada meio morno, porém, com o passar das audições vimos que temos um material bem bom pra temporada. Isso, se não houver nenhuma cagada não é mesmo dona Gwen? Acho que meu time fave até agora se divide entre Kelly e John. Não vejo a hora de chegar as battles. Beijinhos da tia Xuxa e até amanhã!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries