Posts Populares

The Voice US – S17E14 – The Knockouts, Part 4

Eu espero que você me entenda, que o meu amor, é amor de quenga!

E ao som do brega perfection do icone drag pop Pabllo Vittar, nós iniciamos o trabalho de mais uma noite de KOs aqui no mundo do The Voice. De ante mão posso garantir que a noite foi agradável com algumas performances bem boas e eu tô louco pra poder comentar logo.

Hoje eu trouxe pra comentar comigo a minha irmã, dona do meu útero e progenitora do meu bebê de Rosemary, a Luiz pocteen que adora um One Direction, e, veio também para o bonde hoje o nosso leitor lindo e fofo… Thiago. Como Pabllo Vittar lançou um EP maravilhoso e o Enem não nós fornece material para criar apelidos bafoooonicos, hoje eu e meu bonde seremos Drag Queens exóticas, segura essa e vem com a gente!

KO #1: TEAM LEGEND
Marybeth Byrd vs Preston C. Howell

Marybeth Byrd – “All I Ask” by Adele

Avalie a performance:

Damas Shitara Pampulha: Pra piorar a situação Maria Bete veio pisando sem pena e deu o nome. Lógico que se for pra sermos beeeeem criteriosos, foi uma performance mediana, agora, colo do lado da performance do Preston pra tu ver se não vira um lacre hahahahahaahahaha! Maria Bete foi muito correta, alcançou as notas, colocou emoção, passou segurança e mostrou evolução desde a sua blind e isso é o mais importante. Maria Bete venceu fácil.

Luiza Draga da Quebrada: MEU DEUS APRENDAM A FAZER EMBATES ASSIM! John conte comigo pra tudo, o resto da bancada o que tenho a ver… Marybeth cantando All I Ask foi ótima, vocais perfeitos, emoção, conexão com a song, tudo tudo que eu pedi meu pai!! QUE EMBATE, eu amei os dois de mais e escolher um não vai ser fácil!

Thiaga Tchaka: Não foi uma performance espetacular, mas foi bem redondinha e eu gostei. O arranjo tava meio acelerado e eu achei bem estranho quando ela soltou o pedestal, mas tirando isso, pra mim venceu fácil.

Preston C. Howell – “The Way You Look Tonight” by Frank Sinatra

Avalie a performance:

Damas Shitara Pampulha: Migo… eu sei que tu tá no time do Legend e que essa é a vibe dele, mas aí é que tá, essa é a vibe DELE, não a sua. Foi muito ruim essa performance em simplesmente tudo, música errada, nervosismo, voz fora de padrão da música… tu cagou na sua chance de brilhar, anjo.

Luiza Draga da Quebrada: AAAAAAAA CRISTAL de mais, eu amo um boyzinho que canta um jazz gostoso, ainda mais um clássico do Frank Sinatra, tudo pra mim <3 <3, fora que eu amei a blind de Preston. Eu amei esse knockout demais <3 <3

Thiaga Tchaka: Não sei gente, não é o tipo de act que eu gosto, não é o tipo que me faz ficar animado com a performance. Foi ok, fez o que ele vende muito bem, mas sei lá, acho que já passaram uns act idênticos a ele no programa e nenhum conseguiu me empolgar muito.

Marybeth Byrd vs. Preston C. Howell

VENCEDOR: Marybeth Byrd | ELIMINADO: Preston C. Howell

Marybeth teve a melhor performance, enquanto o Preston deixou muito a desejar não só na escolha da música como em outras aspectos também. A decisão do John em levar a Mary foi bem justa.

KO #2: TEAM BLAKE
Ricky Braddy vs Zach Bridges

Ricky Braddy – “So High” by John Legend

Avalie a performance:

Damas Shitara Pampulha: Segurança no que está fazendo é indispensável para o lacre e o Ricky entendeu isso muito bem. Ele sabia que usar a música de um dos coaches era muito arriscado e mesmo assim fez, pois, sabia que era a escolha certa. A música caiu como uma luva pra ele e se ninguém me dissesse que ela era do John, eu juraria que essa música era do Ricky.

Luiza Draga da Quebrada: Ai gente eu já vejo que a pessoa é #TeamBlake e fico ew… porque o ranço vem de anos e jamais irá sair, porém o boy foi corajoso em escolher uma música do John e cantar na frente dele ainda. A versão de Ricky pra “So High” foi boa, os vocais estavam no ponto e ele não decepcionou… parabéns amadinho.

Thiaga Tchaka: Voz meio irritante, mas entregou uma performance muito boa e que não foi arrastada. Amei muito a crescente que teve a performance e as notas que ele conseguiu atingir foram muito boas.

Zach Bridges – “The Dance” by Garth Brooks

Avalie a performance:

Damas Shitara Pampulha: Bixa, eu amo um country padrão que canta umas música bem safada no pé do ouvido, uma pena esse cowboy não ser o Zach, porque ele tinha todos os atributos. Só que pode até ser impressão minha, porém, eu o senti muito nervoso e isso fez com que ele negligenciasse uma parte da música e como nessa fase qualquer deslize é fatal…

Luiza Draga da Quebrada: Depois do lacre de Ricky sou obrigado a engolir esse macho cantando uma música chata e uma performance deprimente… meu deus eu me arrastei pra ver até o final, cantou a música de uma forma linear péssima, claramente foi espancado pelo Ricky, só espero que Black não passe essa vergonha de carregar Zach pela cota country…

Thiaga Tchaka: Meu pai??? Que negócio chato puts kkkk performance extremamente linear, xoxa, sem sal, sem emoção, sem nada. Não sei como vão pro KO com uma performance tão fraca e sem impacto nenhum assim…

Ricky Braddy vs. Zach Bridges

VENCEDOR: Ricky Braddy | ELIMINADO: Zach Bridges

Ricky foi o destaque do KO enquanto Zach ficou para trás com uma songchoice que não o favoreceu muito.

KO #3: TEAM GWEN
Calvin Lockett vs Myracle Holloway

Calvin Lockett – “You’ll Be in My Heart” by Phil Collins

VS

Myracle Holloway – “Can We Talk” by Tevin Campbell

Avalie a performance:

Damas Shitara Pampulha: A própria falta de respeito meu pai… eles não tiveram a coragem nem de dar os 30seg de fama pro coitado do Calvin, enfim… Vamos falar de quem sobrou que foi a My. Eu super gosto desse timbre áspero dela e acho realmente que ela foi bem hoje. Eu não vejo a My tendo um futuro brilhante no programa, mas se tiver… Eu vou adorar!!!

VENCEDORA: Myracle Holloway | ELIMINADO: Calvin Lockett

KO #4: TEAM KELLY
Damali vs Gracee Shriver

Damali – “Sober” by Demi Lovato

Avalie a performance:

Damas Shitara Pampulha: Essa sempre foi uma das minhas favoritas na competição e poder ver a Dama cantando com tanta verdade e sentimento é muito lindo. “Sobre” por si só já é uma música carregada, pesada e se não tiver sentimento nela, não rola. Damali veio cantando parecendo que ela vivia aquilo, naquele momento como se aquela canção fosse verdadeira pra ela. Eu fiquei MUITO tocado, de verdade.

Luiza Draga da Quebrada: Ai gente eu já vejo a pessoa cantando Sober e penso no background, na emoção, na conectividade com a música, muito mais que só ir la e cantar e a Damali não mostrou mais do que isso não, na real foi bem ok, vocais ok e só, uma grande performance ok. Não que eu deva esperar muita coisa dessa temporada não é mesmo kkkk

Thiaga Tchaka: Vendo os arranjos de algumas músicas meio acelerados eu tava morrendo de medo de acontecer com essa e acabar estragando, mas até que achei o arranjo bem bom e eu amei demais essa performance. Damali tem um timbre muito lindo que casou perfeitamente com a música AAAA amei muito.

Gracee Shriver – “Leave the Pieces” by The Wreckers

Avalie a performance:

Damas Shitara Pampulha: Poxa, amiga… eu até gosto de você, mas não tem como comprar a sua performance com a Damali… A sua foi o mais do mesmo, mais um country confortável que não te tira da zona de conforto e acabou sendo ofuscado pela beleza da performance da Damali.

Luiza Draga da Quebrada: Ai vem a country/folk do #TeamKelly, ai gente não da pra mim não viu, podem me cancelar a vontade, ao menos ao contrário da Damali, Gracee mostrou mais da sua voz, se mostrou conectada com a música e fez uma performance boa no geral… you go girl!

Thiaga Tchaka: Uma boa performance country, gostei??? Não! Mas foi uma boa performance country :v Acho o timbre dela meio chato, a música foi meio chata, mas comparando com o outro country do dia ela foi até bem. A winner desse duelo é bem fácil de decidir pra mim.

Damali vs. Gracee Shriver

VENCEDORA: Damali | STEAL: Gracee Shriver #TeamBlake

Damali foi muito bem com a sua escolha e soube fazer um bom trabalho enquanto Gracee veio com uma performance mediana que não causou tanto impacto.

Então é isso, amores! Nós já temos o Top 20 e semana que vem o forninho pega fogo nos Live Playoffs. Beijos da tia e até a próxima!!!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries