Posts Populares

The Voice US – S18E01 – Blind Auditions, Part 1 [SEASON PREMIERE]

E vamos de Nick Jonas!

E eis que cá estamos nós para mais uma temporada fresquinha de The Voice, e nessa 18º temporada, teremos várias mudanças, viu! Primeiramente, nos despedimos de Gwen Stefani, e damos as boas vindas à Nick Jonas! Além disso, toda essa parte de fases gravadas (das audições até os KOs) só teremos episódios às segundas, exceto pela semana de premiere, que terá episódio na terça (amanhã)!

E as mudanças não param por aqui não! É provável que o número de participantes por time tenha diminuído de 12 para 10 integrantes. E mais, nas fases das batalhas os steals e saves irão funcionar de forma um pouco diferente. Cada coach terá 1 steal e 1 save, no entanto, o save só poderá ser usado, caso nenhum dos outros mentores tentem usar o steal. O motivo? Os steals seguem para os KOs normalmente, já os saves (4, no total) irão competir num Nocaute especial, entre todos os 4 escolhidos, e o público escolherá apenas 1 para avançar aos Playoffs! É uma espécie de wildcard, só que, pela primeira vez, bem pensado!

E uma mudança bem chata, só teremos 3 semanas de live shows, e isso contando já com os Playoffs! The Voice, por que fazes isto? Seria tão melhor reduzir para 1 temporada por ano e parar com esses cortes e formatos totalmente ferrados das temporadas de início de ano, né? Mas enfim, à nós só nos cabe assistir e torcer por bons talentos!

Sem mais delongas – que já foram muitas – hoje eu comando essa premiere ao lado dos paneleiros: Gerson e Erik. Ambos controversos, ambos estranhos, ambos totalmente peculiares! HAHA. E vamos nessa, Jonas Brothers fans?!

[#TeamBlake] Todd Tilghman – “We Got Tonight” by Bob Seger

Avalie a performance:

Luana: Meu Deus, o jeito dessa cara me lembrou demais o Barrett Baber da S9, passada! Eu adorei a energia dele, super animado e sem perder o controle da voz. Inclusive, que timbre bonito, né? Não vou mentir que achei a songchoice um tantinho ultrapassada, mas acho que no programa, em si, ela nunca foi cantada, né? Ele foi bem esperto em ir com o Blake, afinal, esse é o tipo de estilo (fora o country raiz) que as tias do sofá mais apreciam! Olha, esse daí vai dar trabalho pros outros competidores, viu.

Gerson: Tudo de bom essa apresentação! Adorei Todd, achei a escolha musical certeira pra voz dele. Ele conseguiu tornar a apresentação muito dinâmica e gostosa de assistir. As notas mais altas estavam bem colocadas, o timbre tava muito bom de escutar. Basicamente, só a postura de palco que me incomodou um pouquinho, mas eu respeito porque ele virou 4 cadeiras né, devia tá empolgadasso!

Erik: Amado??? Todd tem um timbre muito lindo, uma voz forte que traz toda a empolgação dele ao cantar. Aliás, que empolgação, né? eu achei essa alegria dele a coisa mais bonita da apresentação, tava todo feliz como se tivesse segurando um cartaz enorme dizendo: essa é a oportunidade da minha vida!!! Fiquei bem feliz que ele virou quatro cadeiras, a voz é muito boa e ele mereceu bastante!

[#TeamLegend] Nelson Cade III – “Pride and Joy” by Stevie Ray Vaughan

Avalie a performance:


Luana: Meu Deus do céu, por que a gente tá começando mais uma temporada com o leak de um country-ish? Quem aguenta essa saturação, meu pai. E o pior, que merda de block foi esse? A falta de noção! Eu não gosto de burrice não, viu Legend? Eu hein. Mas assim, em relação ao Cade… Ótimo cantor? Sim. Mas sejamos sinceros, após 18 temporadas essa audição soou meio manjada, não foi não? Eu curti, achei que ele tem um rasgado super maneiro na voz. Eu não sei o quão original ele pode ser no programa, mas no mínimo, vai ser um bom competidor!
P.S.: escrevi esse comentário antes do programa ir ao ar, o tapa na minha cara do block do Legend funcionando! LOL.

Gerson: Nelson é o tipo de candidato que pouco me atrai no The Voice. Eu reconheço o talento, o poder vocal, a capacidade de entregar um show bem legal. Mas não é meu estilo. Em geral, achei Nelson bem mediano. Gostei de algumas coisas, principalmente quando revi a apresentação pra comentar. Não achei nada extraordinário não, e acredito que foi o sneak peek só pra dar uma destacada pro Nick Jonas mesmo, que levou o block do John (?????)

Erik: AAAAAAAAA QUE ICONE, MEU PAI! Essa música é muito boa e a voz desse moço é tudo! Que timbre lindo, que presença maravilhosa! Gostei demais, é uma voz limpa, sem muito “frufru” mas incrível da mesma forma. Só esse block que foi completamente nonsense né? Óbvio que ele não ia escolher o Nick kkkkk enfim, foi massa demais!

[#TeamNick] Tate Brusa – “Perfect” by Ed Sheeran

Avalie a performance:

Luana: Que lindo a reação da família, principalmente do paizinho dele! Eu achei Tate super basiquinho, mas bastante promissor, principalmente nos momentos finais da audição, onde Blake e Nick viraram! Esse é o estilinho de act que o Adam mais curtia de trabalhar, e me parece, que o Nick tem essa mesma visão. Espero que ele consiga realmente ajudar o Tate a evoluir, porque ele tem muito potencial ainda!

Gerson: Não foi um desastre, mas foi quase. Tate foi bem água de salsicha né, bem sem gracinha. Essa é uma música cheia de emoção, cheia de amor, e ele simplesmente cantou okzinho, não entregou o que a gente espera. Só me pareceu um cordeirinho próximo do abate mesmo. Preciso falar do auge que foi o Nick Jonas querendo ensinar o menino a cantar ali no palco. PUTZ!

Erik: E vamos de técnico amostrado dando aula que ninguém pediu, o termo “coach” nunca esteve tão bem representado meu pai! Tate tem uma voz muito bonita e a canção, apesar de datada, foi super bem escolhida pra valorizar essa voz e seu timbre. Senti que ele estava bem nervoso mas nada que tenha estragado sua apresentação, e eu como um total leigo não percebi nenhuma diferença no menino depois da ajuda do Nick, mas tudo bem né, quem sou eu na fila do pão. Foi ok, mas gostei bastante!

[#TeamKelly] Tayler Green – “Issues” by Julia Michaels

Avalie a performance:

Luana: Eu sou completamente apaixonada por Julia Michaels, e sempre fico muito feliz quando vejo as músicas dela sendo cantadas nesses programas. Tayler tem uma voz incrível, tanto que acho que nem encaixou tão bem na canção escolhida. Ainda assim, a audição foi muito boa, e as mudanças melodicas que ela fez para adaptar melhor aos seus vocais foram bem bonitas. Não foi nada super extraordinário, mas eu gostei sim.

Gerson: MARAVILHOSA! Eu amo uma mulher de cabelo colorido, não dá! Hahahahaha Enfim, achei Tayler muito boa de ouvir, achei a escolha musical bem boa, afinal temos um hino, né meu povo! Depois de um certo momento ela começou a alongar umas notas ali que não me agradaram muito, mas acho que é bem gosto pessoal.

Erik: AAAAAA escolheu Julia Michaels já tem todo meu coração! A melhor voz até então na minha opinião, o comecinho foi maravilhoso. Achei que no decorrer da apresentação algumas falhas foram ficando bem nítidas, e senti que nas partes mais baixas a voz dela é bem melhor, mas com certeza é algo que Kelly vai saber trabalhar muito bem. Espero que ela arrase muito, se bem que Kelly tá cheia de jogar fora grandes talentos de seu time, vamos ver né.

[ELIMINADA] Ashley Plath – “Baby It’s You” by Smith

Avalie a performance:

Luana: Poxa, achei que ela começou super legal, e foi a songchoice que eu mais curti até aqui. Que pena que quando ela decidiu subir, não soou muito legal. Acho que ela ficou bem nervosa, sabe. Espero que ela volte em outra temporada melhor preparada. A voz da Ashley é bem bonita e eu fiquei até triste por ela não ter conseguido ir tão bem. Até valia uma cadeira, mas também não foi nenhuma injustiça.

Gerson: Eu nem vou me alongar muito na Ashley. Achei o timbre de voz dela bem regular, mais pro comum, e achei que a escolha da música entregou o principal ponto fraco dela, que é a falta de controle vocal. Achei melhor que o Tate, por exemplo, mas infelizmente rodou né.

Erik: Ih amiga, não deu não né? Tadinha… escolheu mal a música coitada. Nem achei que foi tão ruim assim, mas houve muitas inconsistências e algumas notas altas foram bem chatinhas de ouvir. Uma pena, ela tem bastante potencial, volta na próxima anjo!

[#TeamLegend] Darious Lyles – “How Do You Sleep” by Sam Smith

Avalie a performance:

Luana: Nossa, foi meu preferido até aqui e olha que eu nem gosto de Sam Smith! Darious tem um timbre muito gostosode ouvir, daqueles que entra fácil nos ouvidos, e todas as suas escolhas artísticas aqui foram muito bem feitas! Eu realmente achei que ele iria – pelo menos, merecia – virar todas as 4 cadeiras. Enfim, super sensato em ir com o Legend, afinal, acho que é com quem ele mais deve ter afinidade musical.

Gerson: Primeiro que eu preciso dizer que eu amei como Darious começou a música, de uma forma bem diferente da original. Eu achei isso muito legal. Depois ele foi fazendo uns runs e umas inflexões que foi deixando tudo bem cansativo, mas o saldo ainda foi bem bacana. Eu gostei do timbre e espero que ele não caia no lugar comum, pois potencial tem.

Erik: AAAAAAAAAAA PERFEITO MEU PAI! Amo essa música, e Darious simplesmente pisou! A o timbre dele me lembrou o do LB da S16, e eu amava LB haha. A vibe dele é maravilhosa, a voz tanbem, presença de palco, foi tudo muito bacana! Uma das minhas audições favoritas do dia até então.

[#TeamKelly] Megan Danielle – “Remedy” by Adele

Avalie a performance:

Luana: Meu Deus, ela cantou Adele, mas eu super senti um twang bem country na voz dela, haha. Eu achei bem legalzinho, porém bem cru. A Kelly gosta de trabaçhar com adolescentes que ela possa ajudar a crescer na competição, por isso, acho que a Megan pode ter um bom futuro no programa!

Gerson: Quando ela começou a cantar eu achei que era uma fumante de 43 anos hahahahaha Brincadeiras à parte, o timbre de Megan é muito particular, muito diferenciado. Ela precisa tomar cuidado, porque isso às vezes pode trazer um desgaste pra voz. Gostei bastante de tudo, fiquei um pouco decepcionado no refrão, mas ela ainda segurou a marimba.

Erik: Aaaaaaaaaaa fiquei todo confuso durante a apresentação! O timbre dela não sei se me agrada tanto, mas ela tem muito controle vocal e a performance foi muito bacana. A voz dela é muito boa, da pra caminhar por vários estilos e por conta disso acredito que ela pode surpreender bastante! Ainda mais com Kelly que sabe como forçar trabalhar as mais novinhas. Ela mandou bem!

[ELIMINADA] Chrissy Joly – “Don’t Let Me Down” by The Chainsmokers ft. Daya

Avalie a performance:

Luana: Meu Deus? Só por ter segurado aquela nota, já merecia mais do que o menino de “Perfect”! Concordo com os coaches que ela teve momentos bem fora do tom, mas acho que foi obra do nervosismo mesmo. Ela mostrou potencial e merecia ter isso melhor explorado nas próximas fases, ao meu ver. Enfim, uma pena.

Gerson: Nossa, aconteceu tanta coisa errada aqui. Assim, essa música podia ter dado MUITO certo se ela tivesse mudado o arranjo pra algo mais lento, mais reggae, algo com menos agudos, que foi claramente onde deu uns problemas ali. Ela não conseguiu encaixar, estava nervosa demais, mas super tinha potencial.

Erik: Ih menina, que música foi essa. Super equivocada pra uma audição, ou da muito bom ou muito ruim, e nesse caso nem preciso responder né. Achei bem chatinha viu, sem muito lenga lenga foi isso mesmo. Senti que ela tava correndo pra criar logo um BOOM na canção e acabou que deu em nada. A voz é legalzinha, mas só.

[#TeamBlake] Todd Michael Hall – “Juke Box Hero” by Foreign

Avalie a performance:

Luana: Meu Deus?? Eu amei?? Que choque! O homem foi subindo na música, e eu ficando tipo “amada?????”. Acho super importante o TVUS se abrir para cantores de estilos mais variados, depois de 18 temporadas, a gente realmente precisa de sopros de ar revitalizados. Com certeza não vai longe na competição, mas eu adorei tudo nessa audição, tudo! Gênio!

Gerson: Eita atrás de eita! Achei Todd bem diferente, bem ousado. Esse tipo de apresentação, especialmente rock, tende a atrair olhares mais desconfiados, mas ele foi super seguro, dominou o palco e mandou notas bem certeiras. Me lembrou System of a Down e coisas nesse estilo mais metal.

Erik: AAAAAAAAA OBRIGADO DEUS! O tvus precisava de uma audição dessas, meu pai. Amo esse tipo de audição, simplesmente amo. Pode berrar mais que tá pouco, achei muito massa mesmo a apresentação, ele tem um estilo que o programa carece demais dele e torço muito pra que o moço cresça na competição porque pode render muita performance bacana. Pisou!

[ELIMINADA] Emily Bass – “Love Yourself” by Justin Bieber

Avalie a performance:

Luana: Oh Jesus, coitada. Mas que songchoice cagada, hein minha filha?! A pobre já tinha escolhido uma música não muito boa pra voz dela na temporada apssada, daí ela vem agora e consegue escolher uma ainda pior. Oh menina, me ajuda a te ajudar! A voz da Emily é super legal, mas ela realmente precisa aprender a escolher músicas que a favoreçam, tá complicado.

Gerson: Escolheu essa música super básica do Justin Bieber, já merecia ser eliminada. Enfiou uns agudos e uns melismas ali bem desnecessários. Fiquei com dó, porque ela foi bem querida, mas não deu pra defender.

Erik: Oh amada, a menina escolheu só música ruim nas duas vezes que tentou entrar no programa. O pior que ela canta bem, e foi super sabotada com essa audição de 1min kkk acho que se tivesse mais tempo eles teriam virado, pelo menos um, estavam gostando. Eu gostei também, não foi la essas coisas mas acho que ela pode melhorar, a voz é bonitinha. Enfim, acho que merecia pelo menos uma cadeira.

[#TeamNick] Joanna Serenko – “All My Lovin” by The Beatles

Avalie a performance:

Luana: Que timbre lindo, gente! Esse estilo meio jazz no programa sempre me faz lembrar da Amyy Vachal. No entanto, não acho que elas tenham muita coisa a ver. Joanna parece ter uma voz muito boa e conseguiu fazer todos os melismas com muita precisão. De certa forma, ela melembrou muito o jeito da Alicia Kes cantar, com uma misturinha de Billie Eilish, haha. Acho que ela arrasaria cantando um “Ocean Eyes” da vida, viu. De longe, uma das melhores do episódio, e com certeza, ainda terá muitos capítulos nesta temporada!

Gerson: Tô na minha mesa, caneca de chopp na mão, amigos ao redor, som rolando no fundo. Durante a apresentação da Joanna foi tudo o que pensei. Uma voz gostosa, dá pra entreter, mas bem morninha né. Achei que ela tem bastante potencial, mas não me cativou nessa apresentação. O problema principal deve ter sido a escolha musical mesmo.

Erik: Putzzzzzzzzzz, que pisão! A voz mais bonita do dia e quem discordar que lute. Amei a songchoice e foi uma escolha perfeita pra voz dela, aliás que técnica né amigos? Perfeita meu pai. Acho que ela pode surpreender muito ainda mais sendo do time do Nick, já estou de olho e torcendo por ela!

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Fim do nosso primeiro dia de blinds! Eu não sei vocês, mas apesar de não ter detestado ninguém, achei uma premiere meio morna, viu. Acho que MUITA gente ali em potencial, então vamos torcer para eles conseguirem ir ainda melhor nas próximas fases! Além disso, ainda temos muitos cantores por vir!

E agora, para fechar, eis os times:

#TeamBlake: Todd Michael Hall, Todd Tilghman.

#TeamKelly: Megan Danielle, Tayler Green.

#TeamLegend: Darious Lyles, Nelson Cade III.

#TeamNick: Joanna Serenko, Tate Brusa.

E não esqueçam de votar na enquete, hein! Até amanhã, pessoal!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Sinceramente, não sei mais há quanto tempo estou nesse site? Mas olha, faz um bom tempo! HAHA. Atualmente cuido mais de reviews de realities musicais, mas também faço meus corres nos seriados, porque a vida é isso aí! Tenho 24 anos, sou formada em rádio/tv/internet, e nas horas vagas vocês me encontram por aqui! ;)

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries