Posts Populares

The Voice US – S18E03 – Blind Auditions, Part 3

Um alívio, um sopro de esperança.

Olá, minha gente! Estou aqui no meu debut da temporada, estreando em uma das reviews de maior sucesso no site, e hoje trazendo um sopro de esperança pra todos nós. Não é de desconhecimento de ninguém que semana passada tivemos uma estreia bem fraquinha de temporada né. Teve um ou outro candidato que chamou a atenção, mas no geral foi bem okzinho. Pois bem, hoje até quem foi eliminado foi bem!

Tirando essas críticas, a temporada começou com um Nick Jonas bem confortável na sua cadeira, Kelly Clarkson o carisma em pessoa (mas péssima com esse look), Blake sendo o Blake de sempre e John Legend sendo um chato e sem sal (hoje ele virou pra quase ninguém, inclusive).

Enfimmm, na review de hoje as minhas super angels Lu e Cla vão comentar comigo, e eu vou dar uma de Dam porque deu vontade agora! hahahahha

[#TeamNick] Allegra Miles – “Use Somebody” by Kings of Leon

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Eu adorei! O timbre de Allegra (meu Deus, isso é um remédio, não é???) é incrível, e achei que ela tem bastante habilidade sobre a própria voz. A escolha musical é perfeita, porque essa música é ótima pra números de programas de calouros. A única coisa que me incomodou nela foi a dicção de algumas partes da música, pois ela forçou tanto de um jeito melódico que achei ruim. Mas foi só isso mesmo.

Angel Clarice: Nossa! Eu adorei Allegra! Adorei essa versão mais intimista da música e ela foi super segura, mostrando vocais bem consistentes e sem medo de se arriscar. Fiquei chocada ao ver que não foi 4 chair porque ela fez uma apresentação bem gostosinha de ouvir!

Angel Luana: Que linda, minha gente! Ai, assim que a Allegra começou a cantar, eu já sabia que ela iria fazer o meu tipo de artista 1000%. Eu adorei a versão mais introspectiva de “Use Somebody”, foi uma visão bem refrescante de uma música já tão manjada, né. Inclusive, essa releitura permitiu que Allegra mostrasse toda a sua criatividade musical, o que foi bem legal. Não seria exagero nenhum, para mim, dizer que até aqui, essa é a minha artista preferida!

[#TeamLegend] Cammwess – “Earned It” by The Weeknd

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Então… Eu comecei gostando e terminei torcendo pra acabar logo. O que aconteceu: a música é incrível, o timbre de Camm é muito bacana, ele tem um domínio da voz que é bom demais, mas ele exagerou onde não devia e pecou em outros aspectos. Primeiro, achei a interpretação pobre, sem sal, sem graça. Foi só uma voz, sem emoção. Segundo, o excesso de melismas e runs me desconectaram totalmente da apresentação. Um adendo extra: é muito triste ver o Blake virando no final e o John super passivo com ele. Nesse sentido, eu sinto muita saudade do Usher, porque ele e Shakira eram super competitivos. Xtina, Cee Lo, Miley e Gwen também. Mas enfim, saudades de uma competição de verdade.

Angel Clarice: Cammwess, que chamarei só de Camm porque sou dessas, me lembrou demaaaais alguns ex participantes do The Voice. Pra gente que já assistiu todas as 18 temporadas é inevitável não comparar um com o outro, mas gostei bastante da apresentação do Camm. Ele soltou o vozeirão na música, se jogou nos falsetes e se manteve afinadinho.

Angel Luana: Bem, achei legalzinho. Esses cantores que usam 20 melismas na mesma nota, definitivamente, não são meu tipo. Obviamente, é a parelha perfeita para o John, e ele podem trabalhar super bem juntos, acredito eu. Não sei quão longe o rapaz pode chegar, afinal, toda temporada acabamos por receber vários artistas nessa mesma linha dele. Vai ser, realmente, uma questão de competência e inovação daqui pra frente.

[#TeamBlake] Joei Fulco – “Gypsys, Tramps & Thieves” by Cher

Avalie a performance:

Charlie Gerson: MEU DEUS, MINHA PREFERIDA DA TEMPORADA CHEGOU! Eu amei Joei! Amei tudo. O timbre é perfeito, a colocação da voz, o encaixe das notas… Essa mulher é linda, tem um ríspido no agudo e um grave marcante e arrasa no palco. A música não é bem minha praia, mas acho que casou bem ali pra apresentação. Espero ver ela tentando umas coisas diferentes também.

Angel Clarice: Meu Deeeeus, que timbre grave e diferentão! Amei a ousadia de cantar Cher! hahahaha E eu to passada com a burrice do Blake em usar o block no Nick em alguém tão comum como Joei! hahaha Por mais que ela tenha feito algo bem legalzinho, não me agradou muito. Ao ouví-la falar sobre country rock já entendi porque não cuti muito a apresentação dela. hahaha

Angel Luana: Blake, meu filho? Que desperdício de block foi esse? Meu pai, o efeito da bebida alcoolica no sangue. Eu até curti a voz da Joei, mas não curti nada a songchoice, sinceramente. Acho que ela arrasaria numa “California Dreamin” da vida, mas respeito demais a ousadia de trazer uma música da Cher, ainda mais uma que nem eu conhecia, LOL. Ela tem potencial, pois tem um timbre super lindo. Porém, julgando por essa audição isoladamente, esse block foi uma bizarrice precipitada.

[#TeamKelly] Sara Collins – “Johnny & June” by Johnny Cash

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Ai meu pai. Eu voltei a ser country, só pode. Eu adorei Sara também. Acho essa música uma delícia (e me lembra Mary Sarah, sdds) e combinou super bem com a voz dela. Achei a apresentação bem dinâmica, pois Sara conseguiu mostrar dois lados da sua voz. Não é uma voz chata, anasalada, apesar de ser uma voz bem “comum”. Vamos ver o que Kelly manda com ela.

Angel Clarice: Essa música me lembra demais a amorzinho do Gerson Mary Sarah! Ela foi bem segura na parte inicial da música, subiu bem as notas e foi bem consistente também quando optou pelas notas mais suaves. Sara fez uma apresentação bem feitinha, achei fofo.

Angel Luana: Que ódio, eu adorei a country básica, ninguém merece! Assim, Sara não teve nada de diferente das outras 258 country girls que a gente já teve no programa, mas por algum motivo, eu gostei demais dessa audição. Acho que a música ajudou bastante, pois é bem lindinha. E pobre do Nick, né. Virou só pra fazer número, porque esse tip de artista sempre acaba escolhendo Kelly ou Blake mesmo, hahaha. Valeu a tentativa.

[ELIMINADA] Cellist Clerida – “Put Your Records On” by Corinne Bailey Rae

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Foi ruim não, longe disso. Cellist tem uma voz linda, bem gostosa de escutar, e por incrível que pareça escolheu a música certa. O erro dela foi aquele violoncelo. Primeiro que o arranjo ficou péssimo, e segundo que ela estava tão preocupada com o instrumento que acabou não se entregando 100% pra performance vocal. Uma pena, mas né…

Angel Clarice: Um violoncelo??? Eu tô chocada com a Cellist toda diferentona! Eu não gostei muito da apresentação dela, Cellist tem até uma voz bacaninha, mas os nervos a atrapalharam.

Angel Luana: Meu Deus, a inovação! Pena que não funcionou tão bem assim, né. Eu queria MUITO que tivesse sido mais legal, ou que ao menos, alguém tivesse notado que tinha um cello ali e por isso tava tão diferentão. Mas enfim, não acho que foi injustiça a moça não ter passado, afinal, ela teve diversas falhas vocais. Mas aprecio demais a tentativa de fazer algo fora da caixinha.

[#TeamKelly] Samantha Howell – “Take It on the Run” by REO Speedwagon

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Eu amo Kelly Clarkson e amo mais ainda quando ela dá o block no Blake KKKKKK Enfim, Samantha! Eu adorei Samantha. Achei o começo morno, tava comparando demais com Sara, e aí ela foi crescendo, foi mandando uns agudos muito loucos, me conquistando e eu terminei gostando demais. Acho que ela tem muito potencial!

Angel Clarice: Samantha é muito lindinha! Na 1ª parte da música, achei os graves dela não estavam tão bons, mas melhorou quando a música subiu o tom. O forte dela são as notas mais altas, mesmo nervosa ela foi bem nas notas alongadas e fez uma apresentação interessante.

Angel Luana: Ah pronto, eu tinha gostado da 1ª country, mas claramente, Samantha é ainda melhor. Eu acho que essa menina vai longe com a Kelly, viu. Ela é muito boa, tem muito controle e uma amplitude vocal bem legal. Tem aquele “quezinho” anasalado meio típico do country, mas isso não é problema nenhum para quem canta nesse estilo. Eu gostei demais da Samantha, e apesar de achar que ela vai se tornar bem chatinha ao longo das etapas, a audição dela foi uma das mais legais até agora.

[#TeamBlake] Jamal Corrie – “Be Alright” by Dean Lewis

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Ai, vou ser bem sincero. Zero atenção, zero empolgação pra Jamal. Tirando que é um rostinho bonito, uma voz ok, não tem nada demais. Ele me parece muito aquelas pessoas que sonham em ser cantoras, mas não tem o dom, e passam anos fazendo aula de canto pra ir e fazer uma apresentação vocalmente aceitável, mas com zero emoção, apesar do esforço pra acertar as notas. Passo.

Angel Clarice: Quando começou, achei que seria uma apresentação incrível, mas ele subtonou algumas notas e acabou que foi algo bem linear. Se arriscou em algumas notas, mas foi algo bem esquecível e certamente será cordeirinho no Blake nas Battles!

Angel Luana: Achei okzinho, mas preciso dizer que o rapaz sabe abrir super bem as notas e projetar a voz. Acho que foi exatamente por isso que o Blake decidiu dar uma chance ao moço. Acho que ele será cordeirinho de batalhas, mas é isso, né. Os times também precisam de uns tapas buracos para enfrentar os favoritos dos coaches nas batalhas.

[#Eliminada] Ruby G – “Hard Place” by H.E.R.

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Eu odeio isso. A menina cantou super bem, deu umas escorregadinhas, mas foi muito bem. Tem um timbre lindo, delicioso, mas ninguém virou. Enquanto vem uns bostinhas aí, cantam super básico, sem graça e passam. Não dá pra defender quando isso acontece. Ruby, estou com você!

Angel Clarice: Não sei se foi a música, mas não consegui gostar da apresentação da Ruby. Apesar dos vocais estarem bons, estava esperando algo a mais e ela só foi mostrar isso bem próximo do fim.

Angel Luana: Pisou na songchoice e, sinceramente, eu nem achei que foi uma apresentação ruim. Mas faltou algo, sabe? Ruby ficou demais no safe e mesmo assim, ainda não conseguiu ser 100% consistente. Acho que se ela tivesse se arriscado mais, os mentores teriam a recompensado com um ou mais botões. Mas enfim, nada injusto ou fora da realidade aconteceu aqui.

[#TeamNick] Samuel Wilco – “Lately” by Stevie Wonder

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Gostei bastante de Samuel. Achei a voz dele uma delícia, o domínio e o controle dela. Acho que ele escolheu uma música bem difícil, mas conseguiu botar emoção, conseguiu cantar de um jeito que cativa. Isso eu boto muita fé. Acho que ele tem limitações, não sei se vai muito longe na competição, mas por hoje achei bacana.

Angel Clarice: Essa música é um hino! Gostei do tom do Samuel, começou bem suave e foi crescendo de forma natural. Ameeei aquela high note, todos estavam esperando por aquele momento, inclusive eu! hahaha Ele se jogou real e mereceu as cadeiras viradas!

Angel Luana: Meu Deus, parece um cantor de samba/pagode estilo Thiaguinho?! HAHAHAHAHHAHAHA. Ai gente, eu tô rindo. Eu não sei o que foi que rolou nessa audição que me fez ficar com essa sensação, mas olha, senti demais. Mas eu curti o Samuel, não foi nada inovador, nem nada do tipo. No entanto, foi super competente e bem intecionado. Inclusive, fiquei surpresa quando ele optou por seguir com o Nick, achei que faria mais o estilo da Kelly.

[#Eliminado] Hawk McIntyre – “Lie to Me” by Jonny Lang

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Acho que com Hawk foi o mesmo que aconteceu com Cellist. Ele é bom, tem uma voz legal, escolheu uma música que combina com seu timbre, mas o instrumento acabou atrapalhando. Ele não conseguiu se dedicar inteiramente pro desempenho vocal. Merecia ter passado, mas deixa pra próxima.

Angel Clarice: O único roqueiro da noite! Todo trabalhado nos rosnados, Hawk fez a lição de casa com uma apresentação bem rockerzinha, mas que em nada me empolgou… Faltou algo mais TCHAM pra de fato atrair algumas cadeiras!

Angel Luana: Adam Levine, venha aqui agora. Gente, fiquei chocada de não terem virado pro moço, não por nada, mas porque TODA temporada tem um guitarrista, né. Achei que o Blake iria cair de boca, já que desde que o Adam saiu, é ele quem leva esse tipo de artista. Enfim, acho que ele cansou, né? KKKKKKKKK. Eu até curti e acho que ele merecia ter entrado, mas não vou perder meu sono por essa derrota não. Boa sorte na vida, meu filho.

[#TeamLegend] Thunderstorm – “Blackbird” by The Beatles

Avalie a performance:

Charlie Gerson: Esse menino não canta, faz mágica. O jeito que ele coloca a voz junto com a emoção é demais! Adorei o timbre, achei a apresentação bem construída, bem encaixadinha. Já vi que ele gosta de tocar violão, e espero que não se escore nisso como certos @ que se escoravam em piano e teclado. Enfim, Thunderstorm foi uma agradável surpresa e um bom candidato pra essa temporada!

Angel Clarice: MEU DEEEEUS!!! O controle, meu pai! Adorei a versão só com voz e violão, Thunder com os vocais super controladinhos e ao mesmo tempo intensos. Menos é mais e ele me emocionou pra valer! Frontrunner com toda certeza, por ser do Team Legend, já consigo vê-lo na final pois essa duplinha será o casamento perfeito.

Angel Luana: Simplesmente PERFEITO e melhor audição da temporada, com folga. Eu vi um pessoal comparando Thunderstorm (que nome é esse? LOL) ao Javier Colon, vencedor lá da 1ª temporada, e olha… Tem semelhanças mesmo, viu. Ele parece ser um puta artista e conseguiu fazer algo incrível com uma música até bem limitada. Eu adorei e acho que ele tem tudo para ser um grande favorito ao título, viu!

CONSIDERAÇÕES FINAIS

E assim encerramos mais um dia de audições. Lembrando que nessa temporada não temos episódios às terças, então nossa semana com The Voice se encerra por aqui. Abaixo, uma breve análise dos times por enquanto.

#TeamBlake: Jamal Corrie*, Joei Fulco*, Levi Watkins, Todd Michael Hall, Todd Tilghman, Toneisha Harris.

As adições do dia pro Team Blake foram médias. Jamal é muito fraco e deve ser um cordeirinho de qualquer um nas próximas fases, enquanto Joei é muito boa, mas pode cair na vala por conta das songchoices. Blake pode surpreender com os dois, principalmente se a fan base adotar.

#TeamKelly: Chelle, Megan Danielle, Samantha Howell*, Sara Collins*, Tayler Green.

O Team Kelly ganhou duas loiras country. Ambas são muito parecidas no jeito de cantar, mas eu gostei mais de Samantha, pela forma que ela construiu sua performance. Sara também é muito boa, mas a tendência é ela ser meio básica e sem sal. Vamos ver!

#TeamLegend: Cammwess*, Darious Lyles, Nelson Cade III, Thunderstorm*, ZachDay.

O Team Legend ganhou um dos melhores da temporada hoje, então disparou um pouco né. Thunderstorm é muito bom e pode render, enquanto Camm precisa cuidar um pouco na forma como conduz suas apresentações. No geral, são dois candidatos bons.

#TeamNick: Allegra Miles*, Arei Moon, Joanna Serenko, Samuel Wilco*, Tate Brusa.

Os novos candidatos do Team Nick também foram bem no episódio de hoje. Samuel é bom, escolheu uma boa música, mas não parece ser muito memorável. Allegra por ser mais nova e ter uma suavidade na voz é uma candidata que o público tende a comprar mais, apesar de que precisa melhorar em alguns pontos.

*artistas adquiridos neste episódio

– – –

Me despeço de vocês por hoje com a nossa tradicional enquete. Na semana que vem o Erik vem estrear nas reviews. Não deixem de votar de comentar!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries