Posts Populares

The Voice US – S18E04 – Blind Auditions, Part 4

Here we go again!

E vamos de estreia com a pessoa mais incrível e linda que esse site já teve a honra de ter como membro, vulgo euzinho. Vocês que lutem pra me aguentar e eu já vou logo dizendo que tenho pouquíssima sorte porque eu estava bem animado com o nível da temporada e hoje veio o balde de água fria. Mas, fazer o que né amores? Resta aceitar e aguentar a bomba ou torcer pra que grandes surpresas venham e nos encham de orgulho (saudades Rose).

Aliás, o que estão achando de Nick como técnico? Quero respostas, porque eu mesmo tô achando ele uma porta e junto com John competem pra ver quem leva a coroa de sem carisma do programa. Logo, cabe a Kelly segurar todo o bom humor e carisma dessa edição porque Blake também já tá quase em estado vegetativo.

Pois bem, acredito que estamos prontos e já que Gerson na review passada teve liberdade pra plagiar Dam, eu também quero, e aproveitando o hit e também que vocês devem ir lá votar no Victor Hugo, caso não tenham votado ainda, nossa review de hoje vai ter um gostinho de Big Brother porque amamos uma alienação. Vem comigo aqui!

[#TeamKelly] Anaya Cheyenne – “I’ll Never Love Again” by Lady Gaga

Avalie a performance:


Erik Big Boss: MEU DEUS, O PISÃO DE SONGCHOICE MEU PAI AMADOO! Anaya é o tipo de act que eu olho e ja me apaixono. Tem um timbre lindo, forte, faz seus enfeites durante a apresentação sem exageros e tudo isso com muita emoção e arrasando na interpretação. Teve muitos probleminhas sim, bastante visíveis até, mas acho que no geral Anaya mostrou que tem um potencial gigantesco e com um pouquinho de ajuda vai arrasar na competição (assim a gente espera). Já nasceu aclamada!

Luana Missionária: Eu não peguei a idade dela, mas nem preciso para entender que ela é bem jovem, super notável na voz. Ela tem bastante potencial, mas foi uma audição bem instável. De certo modo, me lembrou até a Shalyah Fearing da S10, viu. Ela tem esse estilo mais diva, um talento bem bruto, mas um potencial absurdo. Espero que a Kelly sabe trabalhar bem com a menina, para evoluí-la e torná-la uma possível dark horse da temporada!

Paulo Fada Sensata: Ah, gente, eu gostei da moça. Gostei da voz e de algumas coisas que ela fez na música que, convenhamos, é um tanto linear, mas deu pra ver que ela tem potencial pra fazer algo mais.

[#TeamKelly] Mandi Thomas – “Time to Say Goodbye” by Andrea Bocelli & Sarah Brightman

Avalie a performance:

Erik Big Boss: AAAAAAAAAAAAA essa música é tão linda, tão emocionante, é feita pra gente escutar e chorar em posição fetal. Eu fiquei muito surpreso com esse tipo de artista no TVUS, Mandi com certeza arrasou ao trazer algo tão diferente do que estamos acostumados a ver no programa. Eu não gostei muito do arranjo não, na verdade isso foi o que mais me incomodou, em alguns momentos parecia que não conexão com a música. Mas Mandi mesmo assim brilhou e fez uma apresentação digna da canção. Massacrou!

Luana Missionária: E vamos de TVUK! HAHAHAHA. Gostei de ver uma audição lírica no TVUS, finalmente. Se não me engano, nas primeiras temporadas ainda rolava umas coisas assim, mas bem no início MESMO. Pra ser sincera, eu achei tudo bem meia boca aqui, até mesmo as partes mais líricas. Não senti que Mandi conseguiu criar um clímax efetivo em sua performance, o que é uma pena. Eu não viraria, mas fico feliz que a Kelly tenha decidido dar uma chance a algo diferente, porque realmente estamos precisando de coisas novas para dar um ar mais fresquinho ao programa.

Paulo Fada Sensata: Olha, eu adoro lírico. Pena que é um estilo que não aparece muito (nem vinga) no US, mas eu gostei muito da Mandi não. Especialmente numa música dessa que a gente já imagina a Sarah Brigthman cantando. Enfim, a Kelly virou, não vai saber o que fazer com a moça e é isso.

[#Eliminada] Ari Tibi – “The Joke” by Brandi Carlile

Avalie a performance:

Erik Big Boss: Essa música é MUITO boa e toda vez que vejo ela sendo cantada em reality eu fico com um pouquinho de expectativas, porque ela é daquelas canções que começa bem intimista e depois cresce então dá pra ver muita coisa do artista. Nesse caso o começo foi muito bom, de verdade, eu acho que pelo que ela mostrou ali no comecinho uma cadeira pelo menos ela merecia, mas no decorrer da apresentação o negócio desandou e teve até uns momentos bem chatinhos de ouvir. Uma pena, né

Luana Missionária: Mulher, como é que com uma songchoice massa dessas, tu manda tão mal? Fiquei até triste agora. A voz da Ari me pareceu bem fraquinha, caindo pelas beiradas, sabe. É uma pena, porque “The Joke” é uma música incrível, principalmente para uma audição. Ela deveria ter escolhido algo menos “poderoso”, afinal, ficou bem claro que a voz de Ari é bem limitada. Uma pena.

Paulo Fada Sensata: Moça, eu não sei o que foi isso, mas eu não gostei. Nem do timbre, nem da performance nem de nada que ela fez. Emoção zero e uma voz bem comum. Eu não viraria.

[#TeamNick] Jacob Miller – “The Times They Are A-Changin'” by Bob Dylan

Avalie a performance:

Erik Big Boss: Porque eu sinto que esse menino vai longe? Não sei porque mas eu vejo claramente ele sendo um favorito do time Nick, mas posso estar completamente doido. A voz do moço é muito bonita, o timbre é daqueles que a gente escuta e lembra música de mãe, é algo bem fofo haha. Eu gostei bastante da apresentação, achei que não foi nada demais mas mesmo assim ele conseguiu um trabalho ótimo, além de arrasar tocando. Eu gostei!

Luana Missionária: Oh meu Deus, eu sou tão previsível, KKKKKKKKKK. Tava na cara que eu iria gostar desse menino, e eu nem consigo fugir do óbvio. Jacob é totalmente o tipo de artista que eu mais gravito nesses programas, e nem precisou fazer nada além do básico para me conquistar. Eu super consigo me ver torcendo para ele avançar nas próximas fases. Não vou me precipitar colocando entre meus favoritos, porque eu ainda me lembro bem da audição do Thunderstorm, e em comparação, Jacob não chega aos pés. Mas sim, meu tipo de artista e eu já embarquei nessa!

Paulo Fada Sensata: Ainda não sei se gostei ou não gostei. Rs. Foi legalzinho, mas acho que fiquei esperando um pouco mais. A voz dele não é essas coisas todas e desses carinhas de violão, eu sempre espero ou algo mais delicado e emocional ou algo mais balançado e alegre. Pra mim, foi apenas técnico. Espero que melhore nas próximas.

[#TeamBlake] Jon Mullins – “Don’t Give Up on Me” by Andy Grammer

Avalie a performance:

Erik Big Boss: AAAAAAAAAAA EU AMO ESSA MÚSICA! Ela é muito emocionante, meu pai. Mas, assim, nada a ver pra uma audição né? Sei lá, o moço é bom, eu achei a voz dele ótima mas a música ficou meio nada a ver, parece que ele tentou criar um momento emocionante e que ia cativar os técnicos assim mas no final ficou algo bem ok mesmo. Eu gostei, não foi perfeito, mas foi uma performance bem bacana de assistir.

Luana Missionária: Não sei porquê, mas antes de abrir o vídeo eu poderia jurar que Jon seria um country qualquer. Fiquei feliz de ter visto algo bem pop britânico aqui, me surpreendeu. Eu curti a audição, acho que ele mostrou bem o seu talento. Fiquei até surpresa por terem entregado o menino assim de bandeja pro Blake, hahaha. Mas acho legal, dá até uma certa diversidade ao time do cowboy que quase nunca consegue bons cantores pop. Vai ser interessante ver os dois juntos.

Paulo Fada Sensata: Gostei como o Jon começou com menos e foi crescendo junto com a música e estava totalmente conectado com a letra. Pra mim foi uma das melhores escolhas de hoje e acho que merecia pelo menos mais uma cadeira. Só não sei se terá muitas chances no time do prefeito de Nashville.

[#TeamBlake] Jacob Daniel Murphy – “Until You Come Back to Me” by Aretha Franklin

Avalie a performance:

Erik Big Boss: E vamos de gente cortada né amores? Não choca, o programa enfiou 8393939 pessoas nesse episódio. Não dá pra dizer muita coisa do Jacob, né? mas pelo tanto que a gente viu eu mesmo não fiquei querendo ver mais não. A voz dele é boa e ele parece manjar muito tecnicamente, mas só senti isso mesmo, nem curioso fiquei.

Luana Missionária: Insuportável. Eu nem queria me alongar muito nesse comentário para não perder tempo. Mas eu achei Jacob super maçante, sinceramente. Não acho que ele irá longe na competição, inclusive, bem provável de ser o cordeiro de abate da Toneisha das batalhas. É isto.

Paulo Fada Sensata: Eu não entendi isso aqui nem me chamou muito a atenção. Mas como o cowboy tá com um time muito bom e precisa de cordeirinhos para as batalhas, deve ser essa a função do Jacob.

[#TeamLegend] Zan Fiskum – “Light On” by Maggie Rogers

Avalie a performance:

Erik Big Boss: MEU DEUS, EU AMEI! AAAAAAAAAA Maggie Rogers já é perfeita, só de cantar uma música dela eu já fico contente porque essa mulher é um ícone e merece mais reconhecimento! A música é linda e a voz de Zan casou completamente com a cancão. O timbre dela já me faz ficar atento às músicas que ela vai cantar na edição, porque qualquer música triste que ela cantar eu já vou ficar sentado em posição fetal chorando horrores. Enfim, uma ótima adição ao programa, perfeita!

Luana Missionária: Meu Deus, a aclamação à Maggie Rogers! Zan é uma fofa, e eu já sabia que iria curtir ela! Eu adoro essas artistas meio indie/pop, sabe. E a voz da moça é uma seda, daquelas que entra no ouvido feito algodão doce. Ela mandou bem demais, e eu fiquei até bem chocada por ela ter optado seguir com o John, mesmo tempo a Kelly (e até o Nick) como opções. Eu não curto o coaching do John, mas não tem muito o que fazer agora. Só torcer para a Zan ter feito a escolha certa, né.

Paulo Fada Sensata: Achei a voz da Zan muito bonita e o estilo só me deu saudades da Koryn, S9. A apresentação não me chamou muita atenção, mas eu certamente viraria pela beleza que a voz dela tem. Já quero cantando umas daquelas músicas de chorar. Mas eu iria com Nick ou Kelly.

[#Eliminado] Chan Fuze – “Groove Me” by King Floyd

Avalie a performance:

Erik Big Boss: Oh amigo, a gente não pode julgar nenhum dos jurados por não virar a cadeira, né? Escolheu uma música que aparentemente foi bem ruim pra ele, fora que a apresentação mesmo não teve nada demais e como o outro menino, não despertou interesse nenhum em mim. Achei bem chatinho!

Luana Missionária: Parecia joke act, meu pai. Que escolha de música bizarra, um karaokê de mal gosto. Enfim, nem tem muito o que falar, foi uma audição caricata e muito karaokê. O cara não entrou porque realmente fez por onde não ser levado a sério. É isto.

Paulo Fada Sensata: Esse negócio ficou meio bagunçado, né? Eu viraria também não.

[#TeamNick] Roderick Chambers – “Back at One” by Brian McKnight

Avalie a performance:

Erik Big Boss: Tem um cantor assim em quase todas as temporadas do The Voice? Sim. Mas, eu sinceramente não resisto a um timbre desses não, gente. Uma palavra desse homem e eu já fiquei todo arrepiado. A música foi bem linear né, foi bem confortável pra ele, mas eu gostei muito da apresentação no geral e acho que não teve nada de muito ruim não. Eu curti!

Luana Missionária: Meu Deus, O BREGÃO AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA. Nossa, pra mim, essa música é o auge das breguices americanas. É tipo a “Garçom” dos Estados Unidos, HAHAHAHA. Acho que ele me ganhou pela música, mas eu nem ligo, vou pagar esse pau sim! Ele seria o típico R&B comum num Team Legend da vida, mas acredito que ele tem um espacinho a conquistar no Team Nick. Vamos ver o que vai dar!

Paulo Fada Sensata: Tá aí um que eu gostei. Claro que é igual aos 3859 R&B que passaram antes dele no programa (e os virão também), mas foi bonito e afinado e com potencial pra fazer mais no programa. Só não sei se Nick vai conseguir fazer isso por ele.

[#TeamKelly] Jules Sings – “Ain’t No Rest for the Wicked” by Cage the Elephant

Avalie a performance:

Erik Big Boss: Amada? Adorei a songchoice! Jules tem uma voz tão bonita e já imagino ela passando por diversos estilos musicais. Senti que durante a apresentação em alguns momentos parecia que ela ia se perder, mas no decorrer isso não aconteceu e no final ela terminou tão lindamente que eu fiquei de cara. Eu gostei muito, ela me ganhou aos poucos e me fez ficar vidrado na apresentação até o fim.

Luana Missionária: Eu comecei super adorando a performance da Jules, até pela escolha da música super maneira! Mas acho que ao longo do caminho, ela foi se perdendo um pouco. Eu teria virado logo no início, então tudo que veio depois seria motivação para me fazer trabalhar com ela e conseguir manter o nível do início (e do fim) nas próximas apresentações. Eu senti um “quezinho” de MacKenzie Bourg (ex-The Voice, ex-Idol) nela, talvez pelas escolhas estilísticas de voz no final de algumas notas. Acho que Jules tem estilo, sabe quem é quanto artista, só precisa de uns toquezinhos mesmo.

Paulo Fada Sensata: Gostei a vibe da Jules, embora achei que ela forçou um pouquinho aí, né? Mas, de repente, a Kelly faz dela uma vencedora no nível das anteriores dela. Rs.

[#Eliminado] Jared Harper – “(I Can’t Get No) Satisfaction” by The Rolling Stones

Avalie a performance:

Erik Big Boss: Olha, eu adorei a música que ele escolheu e a voz dele nem é ruim. Mas, assim, a apresentação toda foi basicamente a mesma coisa né? Não teve nada demais, o moço não mostrou muita coisa e ficou por isso mesmo. Talvez seja porque nem sempre uma música que é maneira por si só vai ser boa pra uma audição. Quem sabe como outra música ele não consiga uma vaga nos próximos anos!

Luana Missionária: Mano, quando você escolhe uma música tão SÍMBOLO quanto essa, você tem que simplesmente entregar algo PERFEITO. Infelizmente, Jared não conseguiu atingir o nível aqui. Eu até curti a audição, para ser sincera. Mas ele colocou uma barrinha alta demais para si mesmo, infelizmente.

Paulo Fada Sensata: Esse eu não entendi muito por que não viraram. Apesar de que a música ficou chatinha e obviamente ele estava nervoso. Mas acho que tinha potencial pra melhorar numa próxima fase. Uma pena.

[#TeamNick] Michael Williams – “You Say” by Lauren Daigle

Avalie a performance:

Erik Big Boss: Ih gente essa música já saturou viu? Avisa a cota gospel dos The Voice da vida. Mesmo assim é linda e eu aplaudo toda vez que é cantada rsrs, porém o moço é bem básico né? Voz bonitinha e fez uns falsetes super legais, mas nada demais. Até porque foi uma apresentação curta, mas não pareceu que foi grande coisa mesmo não. O moço é bem o tipo de act que eu imaginava no time Nick, vamos ver se ele vai vingar hahaha medo!

Luana Missionária: Eu não gosto de combos, mas é real que algumas audição não fazem muito mal em serem cortadinhas. Esse Michael mesmo foi super inconsistente, e até com uma performance reduzida, isso ficou nítido. Acho que será um cordeirinho na equipe do Nick. Mas quem sabe esse povo não surpreende a gente, né? Só podemos esperar pelo melhor.

Paulo Fada Sensata: Passam uma hora de VT do cara e pegam a música e colocam só uns 30s. Que danado de edição é essa? Olha, achei a voz do Michael chatinha e, pior, parece que ele estava se esforçando pra isso, coitado. Eu não teria virado, mas Nick achou que consegue ajudar o rapaz…

[#TeamLegend] Mike Jerel – “It’s a Man’s Man’s Man’s World” by James Brown

Avalie a performance:

Erik Big Boss: Amado? Olha, tu é bom, tu é ótimo, tu é tudo, mas tu sabe disso e se aproveita, né? Eu achei a apresentação vocalmente sem defeito nenhum, o cara sabe o que tá fazendo e resta a gente ficar de cara com o talento do moço. Mas também foi um negócio extremamente recheado de exageros e de momentos bem desnecessários, com um timbre bonito desses ele poderia ter dado uma explorada melhor ao invés de forçar esse tanto de coisa. Enfim, ele é bom, mas não gostei muito não!

Luana Missionária: Música BATIDÍSSIMA, não tem nem como negar. Mesmo assim, eu achei que essa foi uma senhora performance. Mike fez questão de mostrar cada pedacinho das nuances de sua voz, e mesmo embora algumas partes tenham me irritado, é isso que uma audição tem que ser. Você tem que chegar lá e deixar no palco tudo que você sabe fazer, e nisso ele foi exemplar.

Paulo Fada Sensata: Olha, eu gosto muito da música, mas não gostei dessa performance não. O timbre do Mike não é dos meus preferidos e eu fiquei o tempo todo ele atingir uma nota na minha mente que não veio. E o restante pra mim foi gritos e firulas. Eu provavelmente viraria pela songchoice, mas pela apresentação em si, eu não viraria.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

#TeamBlake: Jacob Daniel Murphy*, Jamal Corrie, Joei Fulco, Jon Mullins*, Levi Watkins, Todd Michael Hall, Todd Tilghman, Toneisha Harris.

Olha, pelo visto o Blake vai fazer um time novamente sem tantos candidatos country, o que é bem promissor. Não acho que hoje teve nenhum saldo positivo pro time, uma vez que os grandes nomes daqui são ambos os Todd e Joei, logo sem muitas grandes adições aqui.

#TeamKelly: Anaya Cheyenne*, Chelle, Jules Sings*, Mandi Thomas*, Megan Danielle, Samantha Howell, Sara Collins, Tayler Green.

Já o team Kelly eu achei que teve boas adições essa semana. Por mais que nenhum dos nomes de hoje tenha tanto destaque em comparação com os demais, tanto Anaya quanto Madi e Jules eu acredito que podem surpreender no time. Veremos o que Kelly vai fazer e quem ela vai injustiçar.

#TeamLegend: Cammwess, Darious Lyles, Mike Jerel*, Nelson Cade III, Thunderstorm, Zach Day, Zan Fiskum*.

John tem um time muito bom mas com certeza vai estragar nas próximas fases. Eu amei Zan e acho que com ela seu time ganhou muitos pontos comigo. Já Mike com certeza vai ter muito espaço com o John e quem sabe não pode ser um dos protagonistas desse time.

#TeamNick: Allegra Miles, Arei Moon, Jacob Miller*, Joanna Serenko, Michael Williams*, Roderick Chambers*, Samuel Wilco, Tate Brusa.

Por incrível que pareça o time do Nick ficou bem mais diferente do que eu imaginava. Hoje acho que ele não ganhou nenhum grande nome, meus favoritos aqui são Allegra e Joanna, e acho que são nomes que pode vingar aqui. Quem eu mais gostei de hoje do time foi Roderick, pode ser que ele surpreenda e vá longe no time, quem sabe.

*artistas adquiridos neste episódio

– – –

E vamos de surpresa alguma: candidatos básicos e nenhuma grande novidade nessa semana. Eu gostei muito de Zan, Madi também e acho que é opiniao impopular mas Anaya pode ser uma grande surpresa na competição.

Apesar de sempre ter uma barriga nas audições eu ainda tenho fé que semana que vem teremos mais gente boa como semana passada e podemos confiar que não será uma temporada flopada. Veremos!

Não esqueçam de votar na nossa enquete e deixar o comentário de sempre, semana que vem o lindo, aclamado e conceitual Dam vem dar um cheiro em vocês. Até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Erik Lacerda

Paulista, 17 anos, não bebo mas rola um cantinho do vale de vez em quando (ou é cantina? não sei). Amo comentar sobre tudo o que assisto porém nenhum amigo meu tem paciência pra me ouvir falando besteira sobre GOT, Grey's e How I met Your mother, por isso estou aqui.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries