Posts Populares

The Voice US – S18E10 – The Knockouts, Part 2

E vamos de KO!

Gente, cheguei para abalar! Os KOs já estão acabando, e eu tinha que dar o ar da graça né. Essa temporada tá meio bagunçada, meio corrida, mas o Corona decidiu bagunçar todo mundo, então segue o baile. Na última semana os KOs começaram e tivemos bastante coisa interessante. Se você perdeu, clica AQUI e confere!

Mais uma vez usaremos as luvinhas, pra ilustrar de qual candidato gostamos mais em cada KO. Usaremos os nomes dos candidatos em cima de cada sticker, pra ficar mais fácil de entender. Os dois comentaristas e este reviewer que vos fala têm o direito a dar uma luva para cada apresentação, como sinal se gostou ou não. Pra ficar mais claro: o candidato que ganhar 3 luvinhas foi super amado por nós; o que ganhar ZERO luvinhas foi odiado. É simples e fica mais claro ao longo da review, então vamos lá.

No programa de hoje a Luana e o Érik vão comentar comigo. Os coaches ainda tem direito de um Steal nessa fase do jogo, e no fim dos KOs teremos um KO de 4 pessoas, os 4 saves das Battles, que vão atrás de uma vaga na próxima fase. Aliás, nessa temporada teremos só 3 semanas de Live Shows. Teremos o Top 17, depois o Top 9 (que vai ser a semifinal) e a final que vai ser o Top 4. Seguimos com o Instant Save e também teremos as apresentações dos acts e comentários dos coaches feitas em casa, sabe-se lá como. Será bomba?

Vamos entregar pra Deus e seguir no programa de hoje.

KO #1: Team Legend
Mandi Castillo vs
Thunderstorm Artis

Mandi Castillo – “Stand By Me” by Ben E. King

Avalie a performance:

Gerson: Ai, eu amo essa música! Acho uma delícia de escutar! Mandi fisicamente me lembra a Elana do BBB19 KKKKKKKKKK Auge! A voz dela é linda, cheia de personalidade, bem afinadinha… Não curti muito algumas inflexões que ela fez aqui, quebrou um pouco o ritmo da música e ficou muito sobrecarregado. Pareceu uma Mariah Carey da vida cantando no seu estilo mais diva possível. Não colou muito comigo, apesar de vocalmente falando estar tudo no lugar.

Erik: Mandi tem uma das vozes mais lindas da competição e digo isso com tranquilidade. A voz dela é simplesmente perfeita e aqui mesmo nessa apresentação não achei nenhum defeito, vocalmente falando. Mas, eu sinto que seu estilo ainda é um pouco incerto e falta mais alguma coisa além da voz, sabe? A música foi bem escolhida pra alguém que não quis arriscar, achei essa performance bem parecida com sua audição. Eu gostei, foi muito boa, mas não mostrou nada mais nada menos do que ela já vinha mostrando, então não surpreendeu muito.

Luana: A Mandi é uma vocalista sensacional, e mesmo que sua batalha tenha sido bem meia boca, a audição da moça deixou claro toda a competência que ela seria capaz de alcançar durante o programa. Hoje, ela foi extremamente correta em todos os aspectos possíveis. Ela soube usar o palco, soube usar seu corpo, soube controlar sua voz perfeitamente. Minha única crítica é a songchoice. Soou super repetitivo e muito pouco original. Eu venho batendo nessa tecla nesses KOs, mas não é implicância, é a verdade. Acho que num programa como o The Voice, é essencial você conseguir encontrar aquele “brilho” só seu, e nem todo mundo chega lá, e isso acaba separando o joio do trigo (a menos que você seja um cantor básico country, daí a o público te abraça indepedentemente).

Thunderstorm Artis – “Preach” by John Legend

Avalie a performance:

Gerson: Eu odeio quando o instrument atrapalha o cantor. Aconteceu isso aqui né. O Thunder ficou muito preso e não conseguir se jogar de cabeça na apresentação né. Inclusive, o arranjo mais acústico não me agradou. Em questão de performance, eu achei que ele foi bem. O timbre dele é bem legal, ele encaixou bem as notas, mandou bem.

Erik: Thunderstorm é um dos meus favoritos da competição e tenho certeza absolutamente que ele tem o melhor timbre da temporada. Eu podia ouvir horas e horas desse moço cantando que não enjoaria, sou muito apaixonado na voz dele! Sobre a performance, eu senti que ocorreu o mesmo que Mandi, Thunder ficou em sua zona de conforto. Porém ele arriscou mais ao pegar uma música (do seu mentor aliás) e dar uma repaginada total, foi seu carimbo na competição enquanto artista. Não foi sua melhor apresentação e acredito que tinha tudo pra ser melhor, mas não decepcionou e eu escolheria ele, pelo seu histórico e por sentir que ele tem mais chances de vencer!

Luana: Eu olhei e disse: ARTISTA! Houveram boatos de spoilers que dizia que o Thunderstorm iria cometer um erro no KO, e bem, não foi isso que a gente viu. Tenha a produção do programa, editado a performance para tirar o deslize ou não, o fato é que o que vimos aqui foi o Thunderstorm ser tão artista e completo como sempre vinha sendo. Ele pegou uma música questionável – desculpem os que curtem – e transformou em algo bem a sua cara. Old (não é de hoje) que o Legend é extremamente bostinha sebosa com quem canta as músicas dele. E esse “bloqueio” que ele tem com artistas performando suas músicas vai acabar custando bem caro. Thunderstorm, mais uma vez, ótimo! E vamos de finalista com coesão, conceito e aclamação!

Mandi vs. Thunderstorm

VENCEDORA: MANDI | STEAL: THUNDERSTORM #TeamNick

Sinceramente, eu achei que os dois ficaram aquém do que eu esperava. E ambos tiveram o mesmo problema: a falta de entrega na música, de conexão, de curtir a apresentação. Isso faz bastante diferença. Eu achei John equivocado na escolha de Mandi pelo potencial que Thunderstorm tem, mas não achei injusta a escolha não. Agora a parceira de Nick e Thunder eu estou curioso…

KO #2: Team Nick
Arei Moon vs Jon Mullins

Arei Moon – “You Don’t Know My Name” by Alicia Keys

Avalie a performance:

Gerson: Olha, que surpresa. Arei me lembrou bastante aquelas cantoras R&B do fim dos anos 90 e início dos anos 2000. Achei a escolha musical bem boa pra voz dela, a forma como ela conduziu a música, as notas bem colocadas… Foi muito legal! E o melhor: ela curtiu a apresentação, tava dentro do que se propôs a fazer. Adorei!

Erik: Gente, eu posso dizer com propriedade: ESSA MULHER É TUDOOOOOO! Nick precisa agradecer a Deus todos os dias por ter essa lenda em seu time. A sua audição foi um arraso e sua batalha uma vergonha pro seu talento, mas aqui ela deu nome e mostrou porque é um dos grandes nomes da temporada. EU AMEI! A performance, os vocais, eu confesso que não esperava tanto mas me surpreendi muito. Pisou muito!

Luana: Eu adoro a Arei, a audição dela foi uma das mais energeticas e convincentes da temporada. A parte ríspida da voz dela sempre me deixa com a impressão de que ela ARRASARIA cantando Christina Aguilera, mas curti ela mandar uma Alicia Keys pra gente. Apesar de não ser das melhores músicas da Alicia, Arei arrasou demais na sua performance! Eu senti um pouquinho de estranheza em algumas partes da canção, mas acredito que seja apenas questão de estrutura musical mesmo, não um erro da Arei, nem nada do tipo. Acho que ela poderia ter feito muito mais com uma songchoice diferente, mas o apresentado hoje já foi MUITO bom! Lenda, esperamos Xtina na próxima fase!

Jon Mullins – “Thinking Out Loud” by Ed Sheeran

Avalie a performance:

Gerson: Oh Deus, que breguice né. Mas vamos lá… Eu não curti muito a interpretação dele dessa música. Primeiro porque eu achei muito básica. Teve uns agudos ali e aqui, mas nada que me agradece muito. Segundo, em vários momentos pareceu que faltava fôlego pra ele, e isso me deixou sem ar também. Não foi uma apresentação ruim, mas a songchoice deixou a desejar.

Erik: Ai amigo, chegou morto né? A voz é muito bonita, mas essa música extremamente datada e “simples” em comparação com o pisão de Arei, ele chegou sem perspectiva nenhuma. Foi uma performance legal, mas totalmente esquecivel. Arei venceu com toda certeza.

Luana: Meu pai, o homem cantou até o inimaginável de uma música simples de doer. Não vou mentir, fiquei bem chocada. Primeiro, eu chatíssima reclamando de TODAS as songchoices? Está tendo, me descupem, LOL. Mas, de verdade, acho que o que pesou pro Jon foi a escolha inusitada e pequena demais pra voz dele. Eu acho que ele malabarismo com o que tinha, MESMO. Ainda assim, ele teve uns mínimos deslizes aqui e ali. Eu optaria por seguir com a Arei, mas com o coração doendo, porque acho que Jon teria total capacidade de ser o dark horse da temporada e surpreender indo bem longe.

Arei vs. Jon

VENCEDORA: AREI | ELIMINADO: JON

Amo que Nick não caiu na breguice e escolheu Arei. Aqui acho que foi muito pelo que eles conseguiram ver da pessoa, do que ela tem pra mostrar, pra onde pode ir… Arei parece estar numa crescente, enquanto Jon meio que estacionado. Então nada mais justo do que Arei seguir.

KO #3: Team Kelly
Micah Iverson vs Tayler Green

Micah Iverson – “Graveyard” by Halsey

Avalie a performance:

Gerson: Eu não curto os covers da Halsey. Acho a voz dela tão diferente, que fica difícil fazer alguma coisa à altura. Micah bem que tentou né. Me pareceu em vários momentos o Shawn Mendes fazendo o cover: sem personalidade na voz, sem presença de palco, sem potência vocal pra surpreender. Achei meio estranha a apresentação, porque parecia algo intimista, mas também pareceu algo explosivo. Fiquei confuso.

Erik: Eu AMO Micah de verdade, um dos meus favoritos do Team Kelly, mas essa performance deixou um pouco a desejar. Ele veio numa crescente muito boa e antes dessa apresentação, suas duas outras foram incríveis logo as expectativas sempre são bem altas. Bem, não vou dizer que não gostei, mas passou longe de ser uma apresentação digna de todo o hype em cima dele. A música é legal, mas não deu espaço pra muita coisa e senti falta de uma entrega emocional, bem no estilo de sua batalha. Eu gostei, mas faltou bastante coisa.

Luana: Não acredito que vou criticar a songchoice de novo, socorro, o disco arranhado! Mas sério, o Micah foi uma das grandes surpresas das batalhas, ele cantou HORRORES, foi bem surpreendente mesmo. Como que ele chega aqui nos KOs e escolhe uma música tão sem espaço como “Graveyeard”? Quisesse ir de Halsey (que eu adoro e provavelmente acabaria cantando num The Voice da vida) optasse por “Colors”, “Without Me”, “Sorry”, sei lá! Alguma música em que ele pudesse arriscar mais, adicionar mais improvisos, criar momentos vocais com impacto. Eu gostei da performance e eu gosto DEMAIS do Micah, mas fiquei triste com a sensação de que ele poderia ter feito muito mais do que fez.

Tayler Green – “Time After Time” by Cyndi Lauper

Avalie a performance:


Gerson: Oh gente, que escolha musical né. Tayler podia ter feito melhor. Assim, dentro das possibilidades do que a música oferecia, ela foi bem. Mas ela tem tanto pra mostrar, e a música foi tão limitante né. Eu senti a voz dela meio deslocada em alguns momentos, como se ela estivesse emocionada e tal… No geral ela esteve conectada com a canção, entregou um vocal legal, com personalidade, mas fiquei frustrado porque esperava mais.

Erik: Eu tô extremamente chocado. Sério. Essa música é linda de uma forma inexplicável, e essa performance foi de uma grandiosidade que olha, parabéns viu? Eu entendo que Micah tem todo um histórico bem superior, mas é injusto levar isso em consideração se for comparar as duas performances. Tayler entregou o que há de melhor no The Voice, música boa, entrega, emoção e voz. Apesar dela ter sido eliminada ela pode ter orgulho porque saiu pisando horrores. Meu knockout favorito da temporada até então e por mim ela venceria fácil.

Luana: Que versão linda! Eu fiquei surpresa com a escolha da Tayler, mas no final das contas, o resultado final foi bem lindo! Eu sei que o Micah é o único homem do #TeamKelly, e eu também tenho apego por ele, mas hoje a Tayler foi bem superior, né? Eu entendo a vontade de proteger o Micah da Kelly, eu também sinto. Mas muito injusto com a Tayler, né. O objetivo dos KOs é performar melhor que seu adversário e avançar, quando você performa melhor e mesmo assim é eliminado, por questões de preferência pessoal do coach, é bem triste. Enfim, Tayler foi superior ao Micah sim, merecia avançar. Mesmo que perder o Micah fosse, também, bem danoso para o #TeamKelly.

Micah vs. Tayler

VENCEDOR: MICAH | ELIMINADA: TAYLER

Bom, Kelly escolheu Micah e eu tô meio em dúvida se julgo ou não kkkkkk Micah não foi mal, só foi pobrinho né, sem graça, esquecível. Eu sinto que Tayler tem muito mais a agregar, mas ela não esteve num bom dia, infelizmente.

KO #4: Team Nick
Allegra Miles vs Jacob Miller

Allegra Miles – “Chandelier” by SIA

Avalie a performance:

Gerson: Já tínhamos visto esse KO antes né. Eu adoro o timbre da Allegra, adoro essa música… Tudo pra eu amar essa apresentação. Não foi bem assim KKKKKKKK Eu odiei o arranjo, achei super arrastado e sem graça. Allegra teve uma performance excepcional! Vocalmente ela foi incrível, apesar de parecer sem fôlego em alguns momentos. Entregou o coração, sofreu, brilhou. Mas o arranjo péssimo!

Erik: Meu deus. Que linda a Winner do The Voice meu pai. Passei a semana toda vendo essa apresentação e cada vez fiquei mais apaixonado. Eu confesso que na primeira eu estranhei bastante o arranjo mas depois eu já tava aplaudindo. Amei bastante e eu acho que quando cantam essas músicas que já foram muitas vezes representadas tem que dar a cara a tapa e trazer algo diferente mesmo, e Allegra fez isso com excelência. Nenhum defeito aqui, eu amei MUITO!

Luana: O timbre da Allegra é belíssimo, meu Deus! Não canso de falar! Ela é minha preferida, junto com o Thunderstorm, mas não foi mentir. Eu não gostei muito dessa apresentação de hoje não. Por boa parte da performance, eu fiquei com uma sensação de “hm, tem alguma coisa que não tá encaixando” e isso só foi mudar perto do fim, quando a Allegra lançou os notões e etc. Ela é uma artista incrível e tem uma estética musical bem delineada, coisa que eu prezo muito. Ainda assim, acho que ela precisa de um coach de verdade, pra dizer à ela aprender a escolher seus momentos numa canção, não exagerar demais em certas escolhas estilísticas, e principalmente, enunciar as palavras mais claramente. Espero o Nick dê esses toques nela nas próximas fases, porque são, realmente, coisas bem pequenas e pontuais que estão prendendo a Allegra de alcançar seu potencial máximo.

Jacob Miller – “Better Now” by Post Malone

Avalie a performance:

Gerson: Jacob sem chance nenhuma, meu pai. Já começo assim porque não tem jeito. Post Malone não é uma escolha sábia, ainda mais nesse arranjo RIDÍCULO que ele colocou. A voz dele é bem básica, mas esteve afinadinha. O que matou aqui foi o arranjo mesmo, que ficou um saco e estragou a música.

Erik: Outro que chegou morto, né? Jacob fez uma apresentação MUITO legal, tipo muito mesmo. Mas nem de longe ele teria chances contra Allegra. Primeiro que ele fez uma apresentação bacana mas Allegra fez 1000x mais, a competição fica até um pouco injusta. A musica foi super bem escolhida e a voz do boy ficou um arraso na canção, a performance foi massa, enfim, tudo nos conformes, mas realmente não deu pra ele não. Merecia um steal talvez, mas Allegra winner com certeza!

Luana: Fofo, né? O Jacob é bem o tipo de artista básico que eu pago pau e eu achei a escolha musical dele bem diferente, porém efetiva. No entanto, ele teve o azar de cair contra a favorita do Nick, né. E mesmo tendo sua pior performance no programa, ao meu ver, a Allegra ainda foi bem superior ao Jacob. Ele seria o tipo de artista que avançaria num #TeamAdam fraquinho, mas como o Nick está em sua 1º temporada e tem um time sólido, o Jacob ficou pelo caminho mesmo. É isto.

Allegra vs. Jacob

VENCEDOR: ALLEGRA | ELIMINADO: JACOB

Só se Nick fosse muito louco pra escolher errado aqui né. Allegra vencedora demais, pisou no Jacob com os dois pés. Eu não queria nem estar na pele dele, porque ficou ruim mesmo.

KO #5: Team Kelly
Mandi Thomas vs Anaya Cheyenne

Mandi Thomas – “My Church” by VS Anaya Cheyenne – “Praying” by Kesha

E vamos de KO combado né. Nem vimos nada de Anaya, pena! A menina até ficou chateada no Instagram, coitada. Mandi foi bem legal no que vimos, e é isto. Não dá nem pra dizer se foi justo ou não kkkkkk

VENCEDORA: MANDI | ELIMINADA: ANAYA

KO #6: Team Blake
Cedrice vs Toneisha Harris

Cedrice – “Love On The Brain” by Rihanna

Avalie a performance:

Gerson: Musicão que fala né! Cedrice tem uma classe pra cantar, uma voz tão delícia! Adorei a apresentação, bem afinada, bem conduzida e cheia de bons momentos e emoção. Achei que ela arrasou e me fez ficar muito feliz pelo Team Blake!

Erik: Meu deus mulher você não cansa de ser perfeita??????????? A voz de Cedrice é tão linda, meu pai, ela consegue deixar uma música bem forte e explosiva, calma e serena. Ela traz uma sensação tão boa ao cantar, meu pai do céu. Cantar essa música é ter a certeza que vai entregar uma apresentação de respeito, e não foi nada além do esperado, ela arrasou. Cedrice é uma das minhas favoritas na competição e torço muito pra que ela vá longe, ainda mais depois dessa apresentação!

Luana: De todas as músicas da Rihanna, essa é aquela que quando alguém vai cantar a gente pensa “PUTZZZZZ”, porque das duas uma: ou a pessoa arrasa, ou a pessoa afunda completamente. Cedrice tem um timbre lindo e já havia cantando Rihanna na rodada passada. Eu acho que pra ela, menos é mais, porque eu não consigo perceber muita “liga” na voz da moça, é um tipo de potência mais suave, mais aveludada. Então assim, Cedrice matou a pau? Definitivamente, mas acho que uma versão mais “Cedrice” teria sido melhor pra ela. Só que assim, do jeito que foi já foi 9/10 sem esforço!

Toneisha Harris – “Diamonds” by Rihanna

Avalie a performance:

Gerson: Gente, tô passado com a batalha das Rihannas do Blake! Toneisha arrasou também! Achei ela de uma classe maravilhosa, arrasou nos vocais, também conduziu super bem a música. Não curti tanto a expressão corporal dela, achei meio travado, mas curti bastante todo o resto!

Erik: Meu. Deus. Mulher, o que foi isso???! Gente, alguém da a vitória logo pra ela, por favor? Já evita os lives curtíssimos e provavelmente ruins. Meu deus, eu tô chocada passada. Essa performance foi PERFEITA, última vez que eu fiquei de boca aberta foi com uma performance da Rose temporada passada e eu achei que ia demorar pra vir outra pessoa que pudesse chegar no mesmo nível. Apenas agradeço por ter olhos e ouvidos ainda funcionando pra poder presenciar tamanha perfeição. Aleluia, arrepiei! Por mais que Cedrice tenha sido espetacular, fico com Toneisha. Melhor embate da noite!

Luana: Minha filha? A precisão, meu Jesus amado! Eu adoro a Cedrice e acho a mulher incrível, depois de assistir o KO dela, eu pensei “ok, pelo menos vai colocar banca pra Toneisha”, mas meu Deus??? A Cedrice foi pisada com muita classe, indiscutível. E é um absurdo uma performance no nível da Cedrice ser “pisada”, eu fico até sem estruturas. Nossa, Toneisha, tenha piedade de nós. Essa deusa em forma de mulher me lembra muito a Rose Short no quesito precisão e dosagem. Ela é uma besta vocal, pode cantar tudo o que quiser, mas ela sabe escolher seus momentos, sabe ter calma, é afiada demais! Nossa, extremamente lendária! Blake não merece esse presente! Amém, Toneisha!

Cedrice vs. Toneisha

VENCEDORA: TONEISHA | STEAL: CEDRICE #TeamKelly

Blake, parabéns por tudo!!! Arrasou no embate, facilmente o melhor da noite! Eu escolheria Cedrice, porque eu curti mais as nuances da voz dela, curti mais o geralzão. Mas a escolha de Toneisha não foi nem um pouco errada. Tô bem ansioso pra ver Kelly com Cedrice, agora!

♠♣ KNOCKOUT QUÁDRUPLO ♠♣

Como eu havia dito, os 4 saves das Battles viriam para um 4-Way-KO e o vencedor seria escolhido pelo público, numa espécie de WildCard. Enfim, a votação segue rolando e saberemos o resultado no primeiro dia de Live Shows!

[#TeamBlake] Todd Michael Hall – “Somebody To Love” by OneRepublic

Avalie a performance:

Gerson: EU TO PASSADO! HAHAHAHAHA A cara do Legend foi tudo pra mim!!! Que cagada! Eu tenho certeza que não foi ele que escolheu a música! Primeiro porque é uma música que ele não consegue mostrar nada, super ruim pra ele. E põe ruim nisso né! Foi um desastre total! Zero chances pra ele!

Erik: Que chacota foi essa? Eu esperava qualquer música menos essa, meu deus do céu. No começo eu estava pensando que nem seria tão ruim, mas depois ficou sim, MUITO RUIM. Ele veio com chances enormes de vencer essa votação mas jogou fora, parabéns pelo feito produção!

Luana: Gente, eu tô rindo com respeito, puta merda, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK QUE PORRA DE MÚSICA FOI ESSA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Ás vezes a produção pega pesado na sabotagem, né. Todd tinha toda a vantagem do mundo chegando nesse 4-way KO, mas agora… Que morte. Sem mais.

[#TeamLegend] Nelson Cade III – “Best Part” by Daniel Caesar

Avalie a performance:

Gerson: Gente, é uma cópia do John Legend né. O comentário do Thunderstorm serve pra Nelson. O teclado super limitou ele, e foi completamente desnecessário. Vocalmente eu achei ele razoavelmente interessante. A escolha musical achei sem graça, mas não acho que ele teria muito mais do que isso pra mostrar.

Erik: Menino que bomba foi essa? Cancelava esse Knockout, misericórdia. O começo foi muito ruim, não gostei da colocação da voz dele, depois melhorou mas aí depois ficou ruim de novo. Foi melhor que Todd, mas isso não foi difícil né?

Luana: Toda vez que alguém senta no piano pra cantar R&B, eu sinto preguiça. Nelson é legal e a performance foi super bacana, mas eu já cheguei pra ver com ranço por ver o teclado ali. Foi uma coisa bem Jonh Legend, mas tudo que o Legend tem no time já é bem John Legend, então fica uma certa redundância aí. Eu não acho que essa performance vai ser suficiente para colocar o Nelson na próxima fase, mas quem sabe.

[#TeamNick] Michael Williams – “You Are The Reason” by Calum Scott

Avalie a performance:

Gerson: Meu Deus, que desastre que tá sendo esse KO de 4 pessoas KKKKKK Michael foi tão sofrível quanto Todd, mas por outros motivos. Escolheu uma música que atrapalhou demais, porque ele não conseguiu ir bem vocalmente, e nem conseguiu se conectar com o que cantava. Foi uó!

Erik: Meu deus. Eu sou muito cadelinha de padrão mesmo viu porque eu AMEI. Essa música já deu mas eu amo ela e Michael surpreendeu mais uma vez. Já tinha feito isso nas batalhas mas agora tô passadah. Gostei muito mesmo, achei ele o melhor disparado dos quatro até então.

Luana: Puts, massacrou! Até agora, a melhor performance, e com uma boa vantagem. Essa música é linda demais, foi a melhor performance da Reagan Strange na temporada dela, e caiu como uma luva para o Michael. Se tivesse sido o último a se apresentar, eu já cravaria ele como o wildcard da próxima fase. Eu fiquei apaixonada por essa performance, e acho de verdade, que o Michael merece uma nova chance para a próxima fase. Todas as suas performances pós blinds, foram crescentemente ótimas!

[#TeamKelly] Samantha Howell – “Always On My Mind” by Willie Nelson

Avalie a performance:

Gerson: E coube à Samantha salvar esse desastre né. Músicão, eternizado no programa pela Judith, na Season 4. Samantha tem um timbre que oscila do lindo pro irritante facilmente, mas ela conseguiu entregar o melhor que tinha pra oferecer aqui. Vocalmente foi bem bacana, mas faltou mais paixão, mais entrega né…

Erik: E vamos de Kelly ganhando esse wildcard né mores? Acho que fica entre ela e Nick, mas com Samantha vencendo. A voz dela é linda e a música foi uma apelação total. Não vou dizer que amei, mas em comparação com os dois primeiros foi uma performance perfeita. Muito bem executada e vocalmente excelente, arrasou! Eu preferi Michael, dentre todos, mas entre ele ou Samantha eu daria um empate.

Luana: Songchoice espertíssima da Samantha, esse é o tipo de performance que a galera do sofá ama! Eu até curti, e acho que foi o melhor da menina no programa, viu. Acho que ela vai acabar levando esse wildcard até com certa facilidade, pois foi muito esperta no repertório.

 

Escolha do Gerson: Eu escolheria Samantha (#TeamKelly) porque ela foi super bem e os outros foram péssimos né. Acredito que ela deva levar, porque realmente foi um combo mais interessante.

Escolha do Erik: Samantha (#TeamKelly) fez o melhor trabalho, e por isso acho que ela segue, mas gostei de Michael (#TeamNick) também.

Escolha da Luana: Acho que a Samantha (#TeamKelly) vai levar, mas a performance mais merecedora e quem tem minha torcida é o Michael (#TeamNick).

.

E é isso meu povo! Os KOs esse ano foram rápidos, sem nada muito memorável, e infelizmente a melhor fase do programa acabou. Cabe destacar aqui que na semana que vem NÃO HAVERÁ PROGRAMA, e que os Live Shows começam no dia 4 de Maio. Vamos ver como vai ser isso tudo…

Não deixem de votar nas enquetes e conversar com a gente nos comentários. Sempre lemos tudo o que vocês falam, podem ter certeza!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries