Posts Populares

The Voice US – S18E14 – Live Top 9 Semifinals Performances

E vamos de lives diretamente de casa! #StayHome #FicaEmCasa

Cá estamos nós, em meio ao caos, em mais uma semi final do The Voice! Sim, dessa vez, tá tudo bem mudado, mas é o que dá para fazer atualmente, não tem como fugir muito disso mesmo, não! Semana passada, sinceramente, eu até curti o nível das performances. Vamos torcer para hoje seguirmos nessa curva de qualidade, né?

Hoje eu tenho Clarice e Erik para comentar as performances comigo, beleza? Com tudo nos eixos, vamo que vamo!

Top 9 & Coaches – “Everyday People”

E a gente achando que no futuro ia ter holograma… Não foi dessa vez, né? Por enquanto, nossas performances a distância continuam sendo pelo microsoft teams – eu ia dizer google hangouts, mas o patrocinador me chamou atenção, rs – mesmo, tá? AHAHAHA. Mas olha, iniciativa legal do programa em junar todo mundo para fazer essas apresentações feel good, a gente anda precisando, né?

[#TeamBlake] Joanna Serenko – “Lean On Me” by Bill Withers

Avalie a performance:


Luana: Mas que coisa chata, meu pai. Eu nunca fui muito fã da Joanna, mas acho que ela entregou um KO muito bom, assim como teve boas blind e battle. Mas de semana passada pra cá, ela está bem perdidinha. Eu já tinha mencionado que sentia falta de uma identidade musical na Joanna, e agora, mais do que nunca, isso fica claro para mim. Eu acho que ela tem uma linda voz e quer, realmente, seguir um caminho mais voltado pro jazz, mas falta encontrar aquele espacinho só dela, sabe? Enfim, não curti muito a performance de hoje, e acho que isso enterrou qualquer mínima chance que ela pudesse ter de avançar para a final direto.

Clarice: Sempre vi potencial na Joanna, gostei dos steals e dela ter sido mantida na competição até agora, mas mesmo gostando de sua apresentações, sinto falta daquela coisa mais majestosa que ela vinha fazendo no início. A apresentação de hoje beirou a cafonice, ela me pareceu bem perdida no início e só foi melhorar do meio pro fim.

Erik: Oh minha filha, já morta né? Acho que Joanna nas últimas performances carimbou seu estilo como artista, mas apesar de amar sua voz eu não me bati muito bem não. Tinha adorado a de semana passada, mas hoje achei muito mais ou menos e em alguns momentos bem chata. Uma pena, porque pra uma semifinal eu esperava muito mais dela!

[#TeamKelly] Micah Iverson – “I Will Follow You into the Dark” by Death Cab for Cutie

Avalie a performance:


Luana: Eu amei? Quando vi as songchoices, a do Micah foi a única que eu vi e pensei “nossa, perfeito!”. E olha, adorei a mudança de arranjo, e os momentos que ele encontrou dentro da música para mostrar mais da sua capacidade vocal. Ótima performance, ótima mesmo. Eu acho que o Micah passaria direto para a final, mesmo se não fosse ter isso de times, sinceramente. Ele canta MUITO e tem muito potencial, seria um act bem legal da gente acompanhar numa temporada normal, pois tenho certeza que ele evoluiria demais e teria uma jornada bem massa. Ah, e antes que eu esqueça, acho que esse já é o melhor trabalho da Kelly com um artista interessante suficiente para abrilhantar as qualidades de alguém como mentor.

Clarice: Quem se reencontrou depois dos KO foi Micah! Me surpreendeu bastante com essa apresentação e a escolha musical. O arranjo favoreceu bastante seus vocais e ele estava muito bem ao longo da música, super consistente e com um falsete bem incrível! Ele é o favoritinho da Kelly e acredito que deve ir pra final. Seria merecido, viu!

Erik: Vish meu filho, assim você acaba comigo, né? Eu não gostei tanto da performance dele semana passada (o que aparentemente foi surto meu) mas essa aqui foi muito bem executa, MESMO. A música é muito bonita e ele pegou ela pra si e transformou em algum muito singelo e único, fez vários momentos na música que deu destaque e no geral foi um trabalho muito bem executado. Eu gostei muito!

[#TeamBlake] Todd Tilghman – “Love, Me” by Collin Raye

Avalie a performance:


Luana: MEU DEUS, KKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Esse cara é um gênio das apelações, amadas! Precisamos admitir, se alguém entrou nessa competição destinado a conquistar o coração da América, esse alguém foi o Todd. Semana passada ele performou na igreja, hoje no porão acompanhado dos filhos e com uma música brega sobre romance e amor verdadeiro. É um gênio! HAHAHAHA. Apesar disso, eu sinto muita verdade no pastor, e a gente tem que usar as armas que dispomos, né. Eu curti a performance, e acho que, vocalmente, ele é um dos melhores cantores da competição. Bem, a vaga na final já estava garantida de toda forma, mas agora, tá consagrado né? Amém!

Clarice: Todd me lembra demaaaaaaaaais Josh Kaufman, vencedor da Season 6 (#Vintage), mas numa versão super hiper mega melhorada! hahahaha Todd é o típico artista completo que sabe vender seu peixe, ele é bom vocalmente, se dá bem com músicas mais uptempos e lentinhas como essa, sabe se conectar ao público e passar mensagem! O artista perfeito pra conquistar as tias do sofá! hahahaha A apresentação de hoje foi bem lindinha, ao redor de seus vários filhos e super emocionante! Ele até chorou se assistindo… hahahaha

Erik: Ai meu filho, pelo amor de deus. Eu não suporto essa gente do Blake que sabe como utilizar as tias do sofá pra inflar os votos KKKKK que apelação, meu deus. A voz do cara é super bonita, mas como qualquer act hypado do Blake ele só tem isso mesmo e pronto, as apresentações são tudo parecidas e mais ou menos. Com certeza ele vence ou fica no mínimo em segundo, mas se vai ser merecido…

Kane Brown – “Cool Again”

Meu pai, mas eu não aguento mais esse garoto! Toda temporada forçando esse menino, eu hein. Eu já começo a desconfiar que o programa tem planos de colocar ele na cadeira do Blake, muito em breve. Mas sobre a performance: quem gostou bate palma, quem não gostou… Que lute.

[#TeamLegend] Zan Fiskum – “Never Be the Same” by Camila Cabello

Avalie a performance:


Luana: Que caos foi esse, meu Deus?! Primeiro, a songchoice por si só já foi péssima, além de não ter absolutamente nada a ver com a Zan. Mas, além disso, conseguiram bolar um arranjo ainda pior que o original! Puta merda! Eu tô com ressaca mental após essa performance, e não é nem brincadeira. Um verdadeiro caos. O instrumental (principalmente os graves) super mal equalizados, a enunciação da Zan totalmente incompreensível, bem ruim. Olha, bem ruim mesmo. Não gostei de absolutamente nada aqui, e olhe que eu adoro a Zan. Eliminada com o menor número de votos do Top 9.

Clarice: Acho que Zan está tendo os mesmos problemas de Joanna, mesmo fazendo apresentações bacaninhas, a qualidade de suas apresentações caiu bastante, perdeu aquela mágica, sabe?! Inclusive, Zan não foi feliz com a escolha musica, saiu daquela vibe indie que ela vinha fazendo e se jogou no pop, mas não funcionou! Desafinou bastante, ficou estridente em diversos momentos e estou totalmente decepcionada com a Mari Maria do The Voice!

Erik: Ai nem vou falar muito aqui não. Zan teve semana passada uma performance LINDA, fiquei a semana toda ouvindo e chega na semifinal ela me faz essa cagada. Minha reação foi: ok, legal. Mas não esperava só um “legal” depois de semana passada. Um saco, decepcionado.

[#TeamNick] Thunderstorm Artis – “Home” by Michael Bublé

Avalie a performance:


Luana: Qualidade, né mores? O Thunderstorm é ótimo, mas pra melhorar ainda mais, ele é bem queridinho da produção. Como ele tocou seu próprio instrumental aqui, a qualidade do áudio foi infinitamente melhor do que as outras performances, tudo no lugar certo, fácil de entrar nos ouvidos, aconchegante. Eu fiquei com pé atrás com a música, pois não sou muito fã. Mas old que Thunderstorm consegue cantar qualquer coisa, né? Ainda mais quando dão liberdade para ele tocar e fazer o arranjo que bem entender. Só não foi minha performance preferida até aqui, porque acho que o Micah conseguiu ser mais criativo. Mas em questão de qualidade pura, as apresentações do Thunderstorm estão sempre mil milhas à frente dos outros.

Clarice: Eu sou apaixonadaaaaa no Michael Bublé e acho essa muúsica um hino!!! Que artista, meu pai! Thunder se supera a cada semana, nem precisa inventar demais, apenas ele e um instrumento já faz uma apresentação brilhante e emocionante! Amigo, tua vaga pra final tá carimbada já! Te vejo semana que vem!

Erik: E vamos de favorito que nunca decepciona, né mores? Mais uma vez Thunderstorm deu nome e fez tudo, eu amei muito! A voz dele é algo de outro mundo, seu timbre é fantástico e ele é o participante que mais conseguiu se destacar mesmo nesse formato de “live”, pelo menos na minha opinião. A música foi super bem escolhida, é a cara dele e novamente ele foi um dos melhores, pelo menos até então. Winner!

[#TeamKelly] Megan Danielle – “What Hurts the Most” by Mark Wills

Avalie a performance:


Luana: Essa música é linda, e a voz da Megan é super bem elaborada para o country. Assim, eu pensei que essa poderia ser uma performance reveladora, mas acabou nem sendo. Esse negócio dos artistas cantarem por cima da banda tá bem ruim, a produção deveria estar tentando deixar tudo o mais acústico possível, estilo as coisas do Thunderstorm. Megan também não ajudou muito, já que sua voz estava bem enjoadinha aqui. Enfim, foi uma performance bem instável, e considerando que o Micah entregou algo de qualidade, acho que a Megan está bem de fora da final, viu. Enfim, vamos ver.

Clarice: Ai meu pai, o que fizeram com minha menina Megan?! Eu adoroooo essa música, no nosso grupo do wpp estávamos relembrando performances do TVUS com essa música… mas Megan foi a única que tentou algo mais acústico e honestamente, não gostei muito não. Semana passada elogiei o fato de que Megan sempre se dá bem com músicas que tem mensagem envolvida, mas aqui a falta de técnica se evidenciou demais e não me prendeu tanto assim. Sem falar nesse efeito de flores cafonérrimo, me ajudaaaa, NBC! hahaahaha

Erik: Essa é uma das músicas country mais bonitas que eu conheço, eu acho babado kkkkk. Megan deu uma apelada aqui também, né? Talvez consiga ali dar uma pressão no Micah e passar pelo público no lugar dele. A voz dela é bonita mas confesso que super enjoativa às vezes. Não vou dizer que irrita, mas nessa apresentação ficou um pouco nítido isso. Não foi ruim, mas também não foi lá essas coisas.

Doja Cat – “Say So”

Pra que tanta performance? Menina do céu! Bom, eu adoro Doja Cat, então não vou reclamar dessa não! HAHAHAHAHA. Inclusive, é a música #1 das paradas americanas no momento, então muito que bem de terem trazido a bonita!

[#TeamNick] Allegra Miles – “Overjoyed” by Stevie Wonder

Avalie a performance:


Luana: Mas que escolha musica é essa, minha filha? Socorro, me ajuda a te ajudar, pelo amor dos deuses! Ai gente, eu adoro a Allegra, mas sem condições. Semana passada eu ainda fingi, porque apesar da música que não curti, a qualidade foi inegável. Mas hoje? Não. Karaokê de qualidade duvidosa na televisão dos americanos a noite toda, meu pai. E o barulho extremamente sintético de passarinhos? Eu morro. Olha… Eu sei que não tem muito o que fazer dada as circunstâncias, mas não custava optar pelo “menos é mais”, né produção? Complexidade desnecessária e mal feita. E morre uma lenda.

Clarice: O QUE DIABOS FOI ISSO?! Allegra nem parece a mesma garota cheia de potencial, que se arriscava a cada escolha musical. Stevie Wonder foi totalmente fora da casinha pra ela, mas num quesito ruimmmm!!!! A música é muito grande pra ela, que sofreu pra chegar nas notas e deixou tudo bem sofrível. E a cereja do bolo foi essa edição que a produção fez colocando efeitos sonoros cafonérrimos na performance. Jesus Cristinhoooo!

Erik: Ai meu pai do céu. Meu deus. Jesus. Misericórdia. Nick. Que merda é essa? Eu amo essa música, mas meu? Pra Allegra? Aliás, pra qualquer um e em qualquer momento do reality seria horrível. Não tenho o que dizer, foi um porre.

James Taylor & Henry – “Moon River”

E vamos de James Taylor toda semana! Inclusive, essa música é muito linda e muito pouco enaltecida nesse programa. Acts, aprendam, escolham mais músicas incríveis assim! E bem fofo a apresentação com o filho, né? Eu achei bem família, bem good vibes, bem legal! E se quiserem substituir o Nick pelo James na próxima temporada como mentor, eu não vou me opor não, ok?

[#TeamBlake] Toneisha Harris – “Because You Loved Me” by Céline Dion

Avalie a performance:


Luana: Ok, vamos logo falar das coisas boas pra mudar o disco, né. A Toneisha é uma cantora de respeito, né gente? Minha nossa senhora, um monstro vocal. Talvez, esse tipo de vocalista já esteja manjado no programa, após tantas temporadas, mas não tem como negar que é sempre bom pros ouvidos. A música foi brega? Foi, mas o trabalho foi muito bem feito. Agora, sério… O QUE FORAM ESSES EFEITOS NO VÍDEO? A vontade de enfiar o lençol na cara de vergonha, só Jesus na causa. Sério, produção, sério MESMO: MENOS É MAIS NESSE MOMENTO.

Clarice: Gosto da Toneisha e adorei a ousadia pra cantar Céline! Essa música é um pisão e sabemos que ela tem talento pra isso! Estava super ansiosa pras partes altas da música e conferir as escolhas dela, que hesitou algumas notas altas e optou pelo safe, porém quando subiu, fez isso de forma brilhante. Minha crítica aqui fica novamente à NBC que cagou no efeito deixando cafonérrimo, mas sobre Toneisha, um ícone!

Erik: Minha filha, que breguice é essa? Parece um clipe da Soraya Moraes. Eu amo essa música no sigilo e adoro quando cantam ela porque satisfaz esse meu lado brega, mas que é forçar a barra, isso é. Toneisha prometeu ser tão icônica, inovadora e arrasar nas apresentações e pra mim caiu um pouco no clichê. Vocalmente foi ótima, mas senti que faltou sal, foi bem ok.

[#TeamLegend] CammWess – “Rainbow” by Kacey Musgraves

Avalie a performance:


Luana: Minha música, meu Deus. Essa música é a coisa mais linda da vida, eu guardo no meu coração como uma das minhas preferidas da vida mesmo. Eu não sei qual foi a motivação do Camm para escolher essa canção em específico, mas eu senti falta de uma conexão emocional mais forte na apresentação. Camm tem a trajetória mais “superação” de todos na competição, e dado o nível tenebroso da performance da Zan, essa vaga da final já é dele. Agora assim, mesmo não tendo sido minha performance preferida da noite, não tem nem como fingir que não foi uma das melhores junto com Thunderstorm e Micah, né? Para mim, essas 3 apresentações estiveram num nível MUITO acima de todo o resto.

Clarice: Camm cresceu bastante na competição e vem se tornando um dos meus faves! Amei a escolha musical e como ele vai crescendo ao longo da apresentação, como alonga as notas e se conecta à música. Camm cresceu na hora certa e vem se destacando, hoje novamente está entre uma das melhores apresentações da noite! Quero na final?! SIM, COM CERTEZA SIM!

Erik: MEU FILHO????????????????? Ai, eu tô apaixonado. É isso amigos, estou apaixonado por esse moço e essa é a única reação possível. Camm teve a trajetória mais bonita no programa porque cresceu demais, evoluiu tanto o bichinho! E essa música? Linda demais meu deus. Ai, amei amei e amei! Melhor da noite.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Bom, é o que temos pra hoje, né! Eu achei o nível dessa semana bem inferior ao da semana passada, o que é decepcionante, porque a gente sempra espera um avanço gradual das coisas, né. Mas, vamo fazer o que? Acho que hoje foi marcado pelo naufrágio de TODAS as meninas e a sobreposição dos meninos. Como vocês já devem saber, nessa temproada de formato tenebroso, as vagas da final serão definidas por times. Ou seja, amanhã teremos 1 artista de cada equipe avançando direto para a finale, e depois teremos um Instant Save para definir o 5º integrante da final. Isso mesmo, final de 5 e a noção que lute! HAHAHAHA.

Bem, minhas apostas dos 4 finalistas foi bem fácil de ser feita: Thunderstorm (#TeamNick), Todd (#TeamBlake), Micah (#TeamKelly) e Cammwess (#TeamLegend). Eu tô bem confiante desses palpites e acho que as chances de algo não sair de acordo com o esperado são mínimas, sinceramente.

Breve lembrete: amanhã John Legend cantará seu novo single “Bigger Love”. Animados? No mais, não esqueçam de votar na enquete e até amanhã!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Sinceramente, não sei mais há quanto tempo estou nesse site? Mas olha, faz um bom tempo! HAHA. Atualmente cuido mais de reviews de realities musicais, mas também faço meus corres nos seriados, porque a vida é isso aí! Tenho 24 anos, sou formada em rádio/tv/internet, e nas horas vagas vocês me encontram por aqui! ;)

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries