Posts Populares

The Voice US – S18E16 – Live Top 5 Finale Performances

Quem será que vem ai?

Cá estou aqui de volta dando um oi pra vocês novamente e também pra dar um tchauzinho, né? Hoje foi o último dia de ”live” e infelizmente, com todo o contexto que estamos vivendo, ficamos no gigante ”e se…” nessa temporada. E se fosse tudo ao vivo real? Será que os finalistas seriam diferentes? Será que o formato remoto beneficiou alguns? Enfim, apenas uns questionamentos pra deixar vocês reflexivos antes do grande resultado.

Como não foi diferente, nossa final teve que ser adaptada diante do cenário pandêmico que estamos vivendo. Logo, aqueles duetos com coaches que tínhamos não aconteceu, apesar deles terem sido disponibilizados no Itunes, foram deixados para amanhã. Talvez porque os candidatos não terão os duetos com convidados, quem sabe. Bom, não podemos dizer que a produção não tentou fazer o melhor trabalho possível.

Pois bem, hoje pra comentar comigo eu trouxe as veteranas e fãs convictas do ex coach Adam Levine, Cla e Luana. Vem comigo aqui!

Top 5 – CammWess, Micah, Thunderstorm, Todd, Toneisha

Ai, gente… eu amei isso aqui, de verdade. Apesar de todo o contexto complicado, devo confessar que o programa conseguiu lidar melhor do que eu esperava com essas apresentações remotas. Essa performance aqui é um baita exemplo disso, música muito bem escolhida pros cinco, muito massa a interação de todos e por mais que isso seja um ponto um pouco aleatório demais pra comentar numa performance remota, eles tiveram bastante química na execução hahaha. Enfim, mandaram muito bem e foi um baita jeito de começar a noite!

Arrasou Assim que se faz Aplausos

[#TeamLegend] CammWess – “Purple Rain” by Prince

Avalie a performance:

Erik: Eu AMO Camm e amo o que representa aqui nessa final. Entre trancos e barrancos ele teve uma trajetória muito merecedora de uma vaga no top5, cresceu de um jeito absurdo e foi bastante subestimado em diversos momentos da competição. Acho que essa apresentação não fez jus ao que ele já apresentou outras vezes no programa, vocalmente falando não foi sua melhor apresentação nem de longe e fiquei um pouco decepcionado, mas sem dúvida alguma ele teve bastante entrega na canção e conseguiu me tocar, além disso o vídeo em si estava bem bom também. Gostei, apesar de esperar mais foi um bom trabalho.

Clarice: Adorei esse arranjo da música, só não tenho certeza se foi a música ideal pro Camm! Ele tava super concentrado, curtindo o momento e tudo tava até que fluindo bem, porém bastou entrar o falsete, que meu amigooo…. não deu muito certo não! Camm vinha entregando apresentações bem consistentes e impactantes, mas essa foi bem abaixo do esperado.

Luana: Péssima hora para ter uma songchoice trágica para sua voz, sinceramente. Sabe, durante essas últimas semanas eu fiquei com a impressão que o Camwess era um vocalista com bastante profundidade, tinha esquecido completamente da blind e battle dele. Mas hoje, “Purple Rain” trouxe à tona todas as piores características da voz do Cam. Mostrou o qual limitado ele é, deixou todo mundo com a sensação de vocais fracos demais numa música grande demais. Foi a pior performance vocal dele nos lives, uma pena.

[#TeamBlake] Todd Tilghman – “I Can Only Imagine” by MercyMe

Avalie a performance:

Erik: Gente, isso aqui foi pura apelação hahaha mas o que esse cara fez que não foi apelativo? Achei a interpretação dele dessa música muito “pequena” em comparação com outras apresentações. Essa é uma daquelas músicas que você só precisa não fazer cagada, o resto torce pra que a pessoa se emocione contigo. E bem, não me tocou. Não foi ruim, mas foi apenas ok pra mim

Clarice: É apelação tour que fala?! Um pastor cantar essa música em plena igreja é se jogar real oficial no gospel card! hahahaha Adorei o cenário criado pra sua performance, porém a verão da música não me prendeu tanto assim. Eu preferia algo mais lento e intimista, ele tentou fazer algo mais uptempo pra dar os pulinhos de sempre com um final mais impactante. Esperava mais, honestamente, mas foi uma apresentação consistente.

Luana: Socorro, a apelação bem feita. O Todd teve uma jornada apelativa perfeita, né. Acho que foi bem genial fechar sua passagem no programa cantando um louvor, numa igreja, com uma bandeira americana ali no canto esquerdo, haha. A performance em si foi muito boa, e Todd é um ótimo vocalista, então assim… Não dá pra dizer que ele vai vencer sem méritos, muito pelo contrário, foi bastante inteligente e soube usar de todas suas armas e artifícios muito bem!

[#TeamKelly] Micah Iverson – “Butterflies” [ORIGINAL]

Avalie a performance:


Erik: MEU PAI! Eu amei essa original de um tanto… Confesso que eu estava apreensivo em relação a original dele e não esperava muito, mas me surpreendi muito e achei a canção a cara dele! Muito gostosa de ouvir e com certeza estaria na minha playlist.

Clarice: Tava bem felizinha que não teríamos efeitos da produção, mas cá estamos novamente! hahahaha Achei a original do Micah bem limitada, sem grandes momentos para as grandes notas que ele costuma fazer, achei inclusive que ele fosse subir o tom num determinado momento, só que não! Foi bonitinho, bem gosto de ouvir, mas ficou devendo no impacto pra final!

Luana: Chocada que a música soa como alguma coisa que o Maroon 5 certamente faria e lançaria, haha. Eu curti a música, bem popzinha, bem farofa, bem “rádio”. A voz do Micah é muito boa também, então isso ajuda. Não acho que vá ajudar muito na questão de votos, mas é algo bem comercial e legal pro próprio portfólio do Micah, que está iniciando sua carreira. Eu só não gostei mesmo daquelas imagens de foguete super toscas atrás dele, podia ter ficado só nas manchinhas de tinta mesmo que tava menos “cringe”. Menos é mais, produção. Menos é mais, haha.

[#TeamNick] Thunderstorm Artis – “Sedona” [ORIGINAL]

Avalie a performance:

Erik: Gente, eu não consigo ligar com esse cara, sinceramente. Tudo bem que não foi sua melhor apresentação, mas olha o nível que ele teve até aqui, desde o início não havia dúvidas de que seu lugar era na final. A música casou perfeitamente com sua voz, que aliás é uma das mais bonitas que já passaram pelo the voice, pelo menos entre os meninos. Foi lindo!

Clarice: Ahhhhh meu fave!!! Gente, eu admiro demais o talento desse cara! Super consistente desde o início da competição, fazendo apresentações brilhantes, inovando sempre, com vocais perfeitos e tão conectado ao passar a mensagem que chega a arrepiar! A original é escrita por ele e imagina a honra de ter algo seu sendo elogiado por gigantes da música! Reizinho demais!

Luana: Olha, mas é a mistura do Damien Rice com o Ray LaMontagne mesmo, viu. TStorm tem essa vibe bem calma, bem tranquila musicalmente, e sinceramente, é algo que me agrada muito, por isso ele é meu favorito entre os cinco artistas dessa final. Eu curti demais a música, mas não posso deixar de pontuar que me pareceu um pouco pedante demais, devido a repetição exarcebada do refrão “oh oh oh Sedona”. Talvez, se a música tivesse sido um pouco mais curta, teria tido um efeito melhor. Mas no geral, mais uma performance muito boa do Thunderstorm e uma música original de muita qualidade, do jeitinho que a gente espera da lenda!

[#TeamBlake] Toneisha Harris – “Faithfully” by Journey

Avalie a performance:

Erik: MULHER?! Meu pai amado, ressuscitou toda. Nas duas últimas performances fiquei muito desapontado porque coloquei bastante expectativas em Toneisha, mas hoje essa mulher brilhou! Amei a música escolhida e vocalmente não teve nenhum defeito, sinceramente. Achei a montagem do vídeo também muito cafona mas ao mesmo tempo bonita, foi uma combinação perfeita pra fazer ficar vidrado, a estratégia meu pai. Eu gostei MUITO e acredito que, vocalmente, foi a apresentação que mais me agradou até aqui.

Clarice: Todos tiveram vídeos bacanas em suas apresentações, mas os vídeos de Toneisha sempre tendem a ser cafonas! Acho que o povo da edição não curte ela! hahahaha Achei a música um pisão, fugiu da vibe DIVA e foi pra algo grandioso porém com uma mensagem super bonitinha. Toneisha mostrou que merecia essa vaga na final mesmo, apresentação incrível e com vocais maravilhosos!

Luana: Definiram um conceito pros vídeos da Toneisha, e esse conceito foi “breguice”, né? Puts, hahahaha. Mas como isso foge ao controle da Toneisha, vamos falar do que interessa. Que cantora, meus amigos! Toneisha nunca entregou nada menos do que excelência vocal, e é extremamente refinada sempre. Acho que essa foi a melhor performance dela nos #LivesFromHome. Os vocais estavam belíssimos e ela conseguiu transmitir a mensagem da música com muita graça e sutileza. Eu amei!

[#TeamBlake] Todd Tilghman – “Long Way Home” [ORIGINAL]

Avalie a performance:

Erik: Olha, eu ia fingir muito aqui, mas me surpreendi pra caramba! Mil vezes essa apresentação do que sua primeira, aqui Todd demonstrou muito mais certeza do que estava cantando e teve muito mais entrega. No geral eu gostei muito da canção, achei bem bonita, e a performance num todo foi bem boa, me surpreendi com ele não fechando nenhuma das rodadas, mas quem sou eu pra reclamar né…. hahahaha

Clarice: Tiraram Todd da igreja, finalmente! Achei a original dele bem melhor que o cover, gosto dele quando vem com essa pegada mais lenta, intimista, focando nos vocais e mensagem. Acho que assim como Thunder, Todd também teve uma trajetória consistente e é um dos prováveis a vencer o programa.

Luana: Lembro que semana passada a Cla comparou o Todd ao Josh Kaufman, e agora, eu não consigo mais desvincular, haha. Ainda mais, porque essa música ficou com uma vibe bem Josh mesmo. Bom, eu já to até cansada de dizer que o Todd é um dos melhores vocalistas da temporada, mas é a mais pura verdade. Seja a favor de todos os “apelos” dele, ou não, não tem como fugir da realidade. Provavelmente, hoje ele selou sua vitória sob o Thunderstorm, com um combo muito bem pensado de performances e uma jornada muito estratégica. Foi uma ótima performance e a música teve tudo a ver com ele. Vale dizer que essa é uma música que saiu diretamente do “Songland”, reality de compositores da NBC. Então, parceria perfeita e todo mundo sai ganhando (mas principalmente, a NBC).

[#TeamLegend] CammWess – “Save it For Tomorrow” [ORIGINAL]

Avalie a performance:

Erik: AAAAAAA pra mim isso aqui foi a redenção de Camm hoje. Fiquei bem decepcionado com sua performance anterior mas eu AMEI essa original. O estilo é um pouquinho diferente do que ele ja veio entregando, mas mesmo assim ele deu seu nome na apresentação, com suas características vocais que ele já demonstrou bem. Apesar de sentir que ele provavelmente fica em último, se eu fosse ele estaria muito orgulhoso da trajetória no programa.

Clarice: Essa música foi escrita pelo Camm e John Legend, mas fugiu de tudo que ele vinha fazendo nas últimas semanas! A música é legalzinha, tem uma vibe bem bacana e a cara do John, mas o que eu mais gosto no Camm é quando ele faz performances mais intimistas, alongando algumas notas que é uma de suas características mais fortes aqui. Essa apresentação o deixou super John Legend vibes e não tão CammWess vibes! hahahaha

Luana: O ritmo da música é bem legalzinho, mas não achei tão ajustada ao Camwess, pra ser sincera. Me soa como um descarte mais pop do Khalid, sei lá. Acho que o artista que o Camm mostrou na competição não vai muito nesse estilo não. Acho que algo mais “stripped down” seria melhor, mais coeso com a jornada do moço. Mas enfim, não foi uma performance ruim. Inclusive, foi um grande avanço se comparada a “Purple Rain”. Só faltou identidade, ao meu ver. Ficou bem essas músicas recentes que o John Legend vem desesperadamente lançando pra tentar hitar no escuro.

[#TeamKelly] Micah Iverson – “Chasing Cars” by Snow Patrol

Avalie a performance:

Erik: MICAH DO CÉU, PAGE CARDIO PORQUE UM FÃ DE GREY’S NÃO ESTÁ BEM. Sim, esse comentário vai ser totalmente levado pela música, porque eu sou apaixonado por ela e consequentemente fiquei pela apresentação também. Com certeza a songchoice teve impacto pra mim aqui, mas o trabalho de Micah não ficou atrás de jeito nenhum, ele soube muito bem aproveitar a música e assim como semana criou momentos de explosão que não esperávamos. Eu amei!

Clarice: Adoooooro essa música! Em meio a tantas apresentações remotas e cheia de efeitos, ver Micah com esse mini showzinho com plateia foi até surpreendente! E olha, achei bem legal, teve essa intro mais lenta e teve a subida do tom, com Micah se arriscando mais vocalmente e mostrando o que sabe fzer. Senti falta desse momento na original dele e adorei que teve isso aqui.

Luana: Meu Deus, por que tem tanta gente e tudo sem máscara na performance desse menino? O que é isso, meu Deus. Tirando este grande choque de realidade, eu tinha adorado a songchoice do Micah, logo quando vi. Mas não sei, não acho que essa versão foi a mais apropriada para ele. Acho que algo mais nas linhas do Sleeping At Last teria tido muito mais impacto e até casado bem melhor com a voz do Micah, como aconteceu com “I Will Follow You Into The Dark”. Foi uma boa performance, mas meio “sem forma”, sabe. Enfim, é isto.

[#TeamBlake] Toneisha Harris – “My Superhero” [ORIGINAL]

Avalie a performance:

Erik: Pode entrar, melhor canção original da noite! Toneisha conseguiu se superar ainda mais e entregou uma canção não só linda, mas MUITO bem feita. Sério, a letra, a melodia, tudo. E eu sinto que o propósito dela foi super alcançado aqui, porque eu fiquei todo choro a apresentação inteira. Apesar de outro vídeo brega, não tirou o brilho de Toneisha e foi uma apresentação impecável.

Clarice: JESUS CRISTINHO!!! Me emocionei toda com essa apresentação, música belíssima e com uma mensagem giganteeee, já que sabemos a história da Toneisha! Cenário cafonérrimo novamente, mas vamos focar no que interessa que é a voz da Toneisha e nessa letra escrita por ela! hahahaha E olha, ela me surpreendeu pois fez duas apresentações belíssimas, mostrando novamente ser aquela Toneisha antes do The Voice remoto pra quem tinha dúvidas de que ela de fato merecia avançar.

Luana: Gente do céu! Que música LINDA. Eu to realmente extremamente tocada e chocada com a qualidade da composição. A Toneisha é uma lenda. A letra da música seria linda independente de qualquer coisa, porque você consegue sentir todo o sentimento honesto e verdadeiro da Toneisha ali. Mas, especialmente agora, no período que estamos vivendo, essa música soa como um hino de força e resiliência! Acho que, mais do que nunca, andamos precisando o outro, de apoio, de suporte, de alguém pra segurar nossa não e nos mostrar que não estamos sozinhos, por mais desesperador e desgastante que tudo isso possa ser. Eu fiquei tocada de verdade com a mensagem da música, e não preciso nem comentar a perfeição da execução, porque está aí evidente para todos que derem play no vídeo. Nossa, simplesmente incrível! Lindo demais! Perfeito!

[#TeamNick] Thunderstorm Artis – “What a Wonderful World” by Louis Armstrong

Avalie a performance:

Erik: É isso gente, não podíamos encerrar o programa de outra forma. Thunderstorm tem o troféu nas mãos nem que eu tenha que fazer um eu mesmo e dar pra ele. Eu tive a impressão de que não podia ser outra música a não ser essa pra ser sua última performance pra valer no programa, foi algo tão lindo e tão gostoso de escutar, parecia que a canção foi ele quem escreveu, foi o momento dele. Uma música tão linda dessas com uma voz linda é com certeza a melhor forma de encerrar a noite.

Clarice: QUE PISÃOOOO, MEU PAI!!! Tá aí uma música que jamais pensei pra ele na final, mas Thunder sempre surpreende! Cenário lindo, com mais luzinhas (e só consigo lembrar de Luana falando da conta de luz da cada dele que vai vir caríssima depois de tantas luzes hahahahaha) e com uma performance impecável como Thunder foi ao longo de toda competição. Ele não precisa de muito pra nos prender, todo seu arranjo, melodia, a forma que canta, improvisa e passa a mensagem faz isso! Ótima forma de terminar a noite e deixo aqui novamente minha torcida pra ele! #TeamThunder

Luana: Nossa, o Thunderstorm entrou na competição performando uma música que meu pai amava tocar, e encerrou, com outra que ele amava. É até um pouquinho difícil de ouvir, pra mim. Mas que performance linda. O Thunderstorm teve uma jornada muito estável e conseguiu manter um nível bem alto por todo o caminho, bem incrível, dada as circunstância. Sim, ele sempre foi bem tratado pela produção, sempre pôde fazer seu próprio instrumental e seus áudios sempre foram extremamente bem equalizados. Mas independente disso tudo, ele é um artista incrível e que merece demais vencer essa temporada! A performance de hoje foi a mais linda que ele já teve, foi pra fechar com chave de ouro. Sei que não parece fácil vencer o pastor do #TeamBlake cantando gospel dentro da igreja, mas se há alguma possibilidade, eu espero que os estado-unidenses recompensem o TStorm por sua linda jornada no programa!

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Bom, podemos dizer que na medida do possível tivemos uma final satisfatória, né? No geral não achei que ninguém foi ruim e também não teve nenhuma decepção. Não vou dizer que não senti falta da final comum, mas fazer o que, né? De qualquer forma, se eu fosse apostar em um final eu apostaria (infelizmente) em: Todd/ Thunderstorm/ Toneisha/ Micah/ Cammwess, amanhã veremos se eu ganharia um bolão hahaha. E vocês, o que acharam?

Não esqueçam de votar na nossa enquete e amanhã estamos de volta para coroar o vencedor, lembrando que teremos mais performances e com convidados! Dentre eles alguns nomes são: Nick Jonas, Jonas Brothers com Karol G, Bebe Rexha, Kelly Clarkson, Gwen Stefani com Blake Shelton, CeeLo Green, Shakira, Bon Jovi, Lady Antebell. Além dos duetos dos coaches com os candidatos!

Pois bem, ficamos por aqui e espero vocês amanhã, espero que tenham gostado e que estejam lidando da melhorar maneira possível com a quarentena. Um beijão e não esqueçam: lavem as mãos!

 

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Erik Lacerda

Paulista, 17 anos, não bebo mas rola um cantinho do vale de vez em quando (ou é cantina? não sei). Amo comentar sobre tudo o que assisto porém nenhum amigo meu tem paciência pra me ouvir falando besteira sobre GOT, Grey's e How I met Your mother, por isso estou aqui.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries