Posts Populares

The Voice US – S20E11 – The Knockouts, Part 2

Bora lá fechar os KO’s?

É isso, gente, fim das fases gravadas! Desta vez, tivemos uma fase de Knockouts bem corrida… É bem triste, já que esta é a rodada em que vemos o maior crescimento dos artistas e também conhecemos mais os seus estilos, e puts, 2 episódios… Melhore NBC. Na última semana, vimos por aqui apresentações bem bacanas, portanto, se você perdeu, vale muito a pena conferir a review clicando AQUI.

Mais uma vez usaremos as luvinhas, pra ilustrar de qual candidato gostamos mais em cada KO. Usaremos os nomes dos candidatos em cima de cada sticker, pra ficar mais fácil de entender. Os dois comentaristas e este reviewer que vos fala têm o direito a dar uma luva para cada apresentação, como sinal se gostou ou não. Pra ficar mais claro: o candidato que ganhar 3 luvinhas foi super amado por nós; o que ganhar ZERO luvinhas foi odiado. É simples e fica mais claro ao longo da review, então vamos lá.

No programa de hoje, temos por aqui as presenças ilustres dos meus queridos Davi e Erik, trio de peso, hein? hahaha. Vale lembrar também que como é o último dia de KO’s, teremos também as apresentações do Nocaute Quádruplo! Vem comigo que eu explico mais pra frente!

KO #1: Team Nick
Rachel Mac vs Zae Romeo

Rachel Mac – “Foolish Games” by Jewel

Avalie a performance:


Vitor: Rachel, pelo amor de Deus, como tu tem 15 anos e faz um espetáculo vocal desses?? Gente, eu tô maravilhado!! Quanta emoção, quanta entrega! Ela foi tão apagadinha na blind, mas da battle pra cá, a garota renasceu e só entrega performance babado. Belíssima maneira de iniciar o programa.

Davi: Gente, essa menina tem surpreendido muito. A batalha dela foi uma das melhores da temporada e mais uma vez ela fez uma apresentação muito emotiva e linda. Eu concordo com Kelly que ela tem de tomar um tempo pra respirar na música, mas ainda assim não acho que isso afetou a apresentação. Achei lindo!

Erik: Gente, o que foi essa menina? Desde as audições eu tenho ela como uma de minhas favoritas e esse KO simplesmente carimbou isso. Sério, não achei defeito algum na performance e foi tudo o que espero em uma rodada como essa. Ela entregou TUDO!

Zae Romeo – “Eletric Love” by BØRNS

Avalie a performance:


Vitor: É DISSO QUE EU TÔ FALANDO, BRASIL!!! Zae, você fez tudo. Eu amei a forma que ele brincou com o arranjo, literalmente, tomou posse da canção. Não sei porquê, mas eu senti também uma vibe The Greatest Showman, não sei se é surto, hahaha. Pra mim, essa apresentação ainda não conseguiu bater a blind, mas foi linda demais. Eu escolheria Rachel, porque ela conseguiu não só manter o nível da battle, como também me surpreender um pouco mais.

Davi: Meu pai amado, Zae voltou pra competição com força. Depois daquela batalha xoxa, eu confesso que estava achando que Zae ia cair na mesmice. Mas ele veio me provar o contrário aqui. Fez uma apresentação, assim como Rachel, emocionante e botou a voz para jogo. Esse Knockout foi muito boa e me deixou bem indeciso, por isso vou de empate.

Erik: Meu pai, que foi isso? Faz um bom tempo que eu não vejo um embate tão parelho assim. Tanto zae quanto Rachel vieram com sangue nos olhos na apresentação e eu achei ambas LINDAS. Gostei que o arranjo dessa música fugiu um pouco do usual mas também não foi uma mudança muito radical. Eu amei ambos e não consigo escolher, foi empate.

Rachel vs. Zae

VENCEDORA: Rachel Mac | STEAL: Zae Romeo #TeamKelly

O Knockout de ouro do #TeamNick. Realmente, não tem erro por aqui. Qualquer um que ele deixasse ir, seria uma perda. Fico feliz de Zae não deixar a competição, mesmo com um leve sentimento de que ele não chega no Top #9.

KO #2: Team Kelly
Kenzie Wheeler vs Avery Robinson

Kenzie Wheeler – “Beer Never Broke My Heart” by Luke Combs

Avalie a performance:


Vitor: Apresentação divertida né? confesso que fiquei mais contagiado pela animação dele e Kelly do que pela apresentação em si. Por não ter sido um desastre, eu já considero que estamos no lucro.

Davi: Como pode Kelly ter orgulho de ter um artista assim no time? E olha, esse menino consegue se superar cada vez mais na breguice. Ele nem se deu ao trabalho de escolher uma música apelativa para as KOs. Quem aguenta uma coisa dessas? Péssimo!

Erik: Eu comecei a apresentação do Kenzie com vontade de parar, mas até que não foi tão ruim kkkkkkkk não é o tipo de coisa que gosto e provavelmente nunca mais vou dar play nesse vídeo, mas ele tava se divertindo bastante e foi uma performance ok.

Avery Robinson – “Tomorrow” by Chris Young

Avalie a performance:


Vitor: Jesussssss… que apresentação brega e arrastada. Gente, que é isso? parecia que ele não tinha vontade de estar lá… eu odiei, ganhou facilmente o título de uma das piores apresentações da temporada. Na sorveteria, esse seria o picolé de xuxu. Kenzie sera meu escolhido.

Davi: Gente, eu só queria ir lá no estúdio e tirar esse bigode dele eu mesmo. Será que não tem um amigo para avisar? E coitado, escolheu uma música country extremamente apelativa e não conseguiu segurar a marimba. Uma das piores versões dessas músicas que eu já ouvi. Pode já estar cansativo, mas eu gostaria que ambos fossem eliminados.

Erik: Morreu cedo hein filho? Essa música aí os country faz o povo chorar e o menino canta com a emoção de um xuxu. Foi bem chato, o timbre tava estranho, sei la, tava feio. Não gostei nem um pouco e pela energia eu escolho o outro menino ai, o Kenzie. É sobre isso.

Kenzie vs. Avery

VENCEDOR: Kenzie Wheeler | ELIMINADO: Avery Robinson

Knockout de 4 chairs turn bem fraco, né? Kenzie nem precisou entregar muito, o oponente dele se afundou sozinho.

KO #3: Team Legend
Rio Doyle vs Zania Alaké

Rio Doyle – “Issues” by Julia Michaels

Avalie a performance:


Vitor: Rio, mulher que decadência foi essa… A battle dela foi uma das poucas que eu gostei e ela me vem com “Issues” nos KO’s? Eu não vou dizer que foi ruim, porque não foi mesmo, mas a voz dela podia ser mais valorizada com uma escolha que mostrasse os belissimos graves que saem do gogó dessa mulher. Esperava um pouco mais.

Davi: Rio tem um timbre tão especial, mas que escolha de música foi essa? Não valorizou em nada os melhores atributos da voz dela. Na verdade, eu nem sequer reconheci aquele grave especial que ela tem. Alguns momentos foram legais, mas as partes agudas soaram um pouco desafinadas. Enfim, não foi minha apresentação preferida de Rio.

Erik: Olha, eu achei que a música casou muito bem com a voz dela e até que foi uma escolha coerente, mas não pro momento né. Faltou impacto na apresentação e conforme a música foi passando senti que o babado foi esvaindo, sei lá, não teve nada que te prendesse até o final. Achei bom, mas nada demais.

Zania Alaké – “If I Were Your Woman” by Gladys Knight

Avalie a performance:


Vitor: Gentee, que pisão de salto 15 foi esseeee? Eu amo quando os artistas me surpreendem, e o que Zania mais fez aqui foi surpreender. Que apresentação maravilhosa, conseguiu transparecer muito bem a mensagem e mostrar vocais cheios de consistência e poder. Infelizmente, não há como comparar, Zania ganhou facinho.

Davi: Vish, enterrou a Rio todinha. Não que fosse difícil, mas Zania colocou Rio no chinelo depois dessa apresentação. O arranjo eu não curti muito, achei muito rápido. Talvez se ela tivesse deixado a música mais lenta e escolhido momentos para soltar a voz, teria dado mais impacto. Ainda assim, eu fiquei chocado com aqueles agudos que ela acertou no final. Zania foi claramente a vencedora desse Knockout.

Erik: Nem precisava fazer tudo isso, né? Isso aqui foi igual o KO da Pia, ela deu tudo e mais um pouco e venceu com folga. Nem tem como comparar as duas apresentações, eu confesso que não tinha prestado tenta atenção na Zania mas aqui ela mostrou pro que veio , foi uma otima apresentação. Escolheria Zania sem dúvidas.

Rio vs. Zania

VENCEDORA: Zania Alaké | ELIMINADA: Rio Doyle

Legend soube parear o time dele nessa temporada, não foi? Ele optou por deixar as feras vocais separadas pra conseguir manter ambas, porque ele poderia muito bem ter posto Rio e Ciana em um KO que seria bem mais coerente. Esperto! #TeamLegend segue com muito poder para os lives também!

KO #4: Team Blake
Connor Christian vs Cam Anthony

Connor Christian – “Youngblood” by 5 Seconds of Summer

Avalie a performance:


Vitor: Vou ser bem sincero aqui, essa apresentação me lembrou um choro de cachorro manso. Youngblood nunca foi uma música de se cantar em um talent show, agora essa apresentação, meu Deus, ninguém merece. Terror do corona.

Davi: Se eu falar que eu não lembro nada que esse menino cantou na competição até agora? E olha, essa apresentação dele só reforça o porquê, né?! Quem escolhe essa música para um Knockout? Meu Deus, que show de horrores foi isso aqui. Algumas partes foram até desconfortáveis de assistir.

Erik: Ah não, que morte foi essa? O comecinho até achei legal mas depois, que bosta! Primeiro que não se escolhe uma música dessa pra um KO, segundo que você não canta isso com essa empolgação de uma porta. Foi a pior apresentação do dia, misericórdia.

Cam Anthony – “Feeling Good” by Nina Simone

Avalie a performance:


Vitor: Cam chegou aqui sem precisar fazer nada absolutamente nada, eu nem vi a apresentação, mas já dou a vitória pra ele. Continuando… que reizinho, eu amei a apresentação! Antes de falar do show vocal, eu preciso elogiar esse cabelo lindo, é a coroaa! Achei a performance maravilhosa, mas o highlight mesmo foi quando ele começou a vocalizar. Que coisa mais perfeita. Amei.

Davi: Meu pai amado, Cam nem precisava fazer nada para passar e mesmo assim entregou uma apresentação incrível. Já ouvimos essa música várias vezes, inclusive temporada passada, mas mesmo assim consegui gostar muito da versão de Cam. As scats dele foram maravilhosas também. Cam venceu com folga essa aqui.

Erik: É assim que se faz, meu filho!!! Meu pai amado, o maior de todos. Blake tem um nome de peso aqui, viu? Se ele não estragar o bichinho vai ser o finalista merecidamente. Sem comentários, deveria ser até injusto um embate desses porque se eu fosse Connor, saia na hora. Foi maravilhosa apresentação e a melhor dele no programa, ele tem tudo pra brilhar se continuar assim. Cam venceu sem dúvidas.

Connor vs. Cam

VENCEDOR: Cam Anthony | ELIMINADO: Connor Christian

Precisa nem muito de comentários, né? Cam teve total passe livre. Ganhou sem nem precisar se esforçar muito.

KO #5: Team Nick
Jose Figueroa Jr. vs Raine Stern

Jose Figueroa Jr. – “Break Every Chain” by Tasha Cobbs vs Raine Stern – “No Such Thing” by John Mayer

Vitor: The Voice e seus combos, né? Mas é super compreensível já que eles puseram 16 apresentações pra um dia só. Fiquei supreso por só ter um combo único. Queria muito ver a apresentação do Jose completa, afinal, ele cantou o hino “Break Every Chain”, pelo visto vou ficar só na vontade mesmo. Nem faço muita questão de ver Raine, porque, pra mim, ela morreu depois da blind.

VENCEDOR: Jose Figueroa Jr. | ELIMINADA: Raine Stern

KO #6: Team Kelly
Anna Grace vs Gihanna Zoë

Anna Grace – “If I Die Young” by The Band Perry

Avalie a performance:


Vitor: Que arranjo esquisito, gente. A voz de Anna é muito bonita, mas não curti muito não a apresentação. Algumas harmonias soaram bonitas do meio pro final, mas é síntese, foi OK pra mim.

Davi: Nossa gente, que apresentação carregada! Confesso que estranhei de começo o arranjo, mas achei que valorizou muito a voz de Anna. A apresentação foi muito bonita e muito sincera, ela passou toda a emoção que a letra da música transmite. Não gostava muito de Anna nas fases anteriores, mas depois disso vou manter ela no meu radar.

Erik: Olha, sinceramente? Não gostei. A voz dela é linda e combinou super, mas a tentativa de fazer algo fora da caixinha aqui não deu muito certo pra mim. Acho que o arranjo deixou tudo muito inconsistente, apesar de vocalmente ter sido bom, sinto que no geral não funcionou muito bem.

Gihanna Zoë – “Glitter in the Air” by Pink

Avalie a performance:


Vitor: A evolução de Gihanna é uma das que mais me deixa feliz nesse programa. Caramba, a ela sempre dá um jeito de me supreender… como assim, garota? A escolha musical foi bem certeira, casou muito bem com a voz de dela, parece que tudo foi tão bem planejado. Performances que me supreendem são as que me ganham mais fácil. Gihanna, o knockout foi todo seu, você venceu.

Davi: Puts, arrasou toda! Gihanna tem evoluído muito conforme a competição vai avançando. E hoje ela fez sua melhor apresentação até então. A escolha da música foi muito perspicaz, combinou muito com a voz dela. Ela foi cirúrgica nessa apresentação. Arrasou! Por mais que tenha gostado de ambas, Gihanna seria minha vencedora.

Erik: Nossa, que pisão hein minha filha?Primeiro que essa música é icônica e acho uma das melhores da Pink pra se cantar em reality. Gihanna veio sem prometer e simplesmente ARRASOU com a 4 chair. Simples assim. Ela deu o nome em cada pedaço dessa apresentação e fez por merecer a vitória. Eu escolheria Gihanna com certeza.

Anna vs. Gihanna

VENCEDORA: Gihanna Zoë | STEAL: Anna Grace #TeamBlake

Ambas fizeram apresentações legais, mas Gihanna não para de crescer, e, cara isso é tão lindo numa competição. Ela fez por merecer, tomara que não flope essa crescente nos lives.

♠♣ KNOCKOUT QUÁDRUPLO ♠♣

Chegou a hora de resolver os assuntos pendentes, os saves das batalhas! Em sua terceira edição, o #4WayKO vem como uma espécie de WildCard para levar um dos artistas resgatados para o #Top17. Ele consiste na apresentação de 4 artistas, dentre os quais somente 1 voltará a se apresentar regularmente na competição. Desta vez, essa modalidade de Knockout será composta por Emma Caroline, Carolina Rial, Devan Blake Jones, e Savanna Woods. Simbora conferir esse trem!

[#TeamBlake] Emma Caroline – “Neon Moon” by Brooks & Dunn

Avalie a performance:


Vitor: Que voz chata, meu pai. Eu não aguento ouvir a voz dessa mulher, achei uma chacota do início ao fim, a música escolhida também teve 0 apelo. Flopou.

Davi: Coitada, já chegou aqui morta. Acho que Emma foi a escolha de Blake simplesmente por não ter mais ninguém, né? Ela fez uma apresentação bem morna, assim como suas apresentações anteriores, e ficou por isso mesmo. Bem esquecível!

Erik: Primeiro que o save nessa menina foi só pra gastar. Segundo que isso aqui foi um PORRE. A voz chata e a música pior ainda, acho que nem pra por a criança pra dormir o povo ia escolher isso. Nossa, cagou total e se afundou toda, meu pai amado.

[#TeamLegend] Carolina Rial – “Anyone” by Demi Lovato

Avalie a performance:


Vitor: DEMI ESTÁ ORGULHOSA. Carolinaa, você é rainhaa! Essa música é praticamente impossível de fazer cover, exige uma extensão vocal que só Demi tem, hahaha. Porém, senti que por aqui Carolina segurou bem a marimba e entregou uma performance fantástica. Não consigo botar defeitos.

Davi: ELA CHEGOU! Nossa, Carolina escolheu uma música perfeita para essa Knockout tão difícil. Se você está contra outras três pessoas, você tem que arriscar. E Carolina deu nome nessa apresentação. A música é extremamente difícil e mesmo assim ela segurou muito bem e entregou a emoção necessária. Amei!

Erik: É isso porr@! É isso. Apelação e vocais, pra isso existe essa fase. Vou dizer que achei perfeita? Não vou. Mas foi muito, muito mais do que satisfatória e Carolina mostrou que é uma participante incrível. Desde as audições a vejo com muita entrega e isso é lindo de ver. Acredito que o potencial dela é gigantesco e foi uma performance muito boa.

[#TeamNick] Devan Blake Jones – “Sign of the Times” by Harry Styles

Avalie a performance:


Vitor: Ai gente, acho que o problema aqui não foi nem Devan, ele até que tem uma voz bem bonitinha, mas a voz dele casa 0 com o hino de Harry. Eu real acho que ele podia pegar aqueles R&B bem brega mesmo, porque até assim ele teria se saído melhor do que nisso aqui.

Davi: Eu particularmente achei que Nick usou o save dele muito errado. Tinha outros nomes do team Nick que poderiam estar aqui. E essa apresentação reafirma isso. Devan escolheu uma música ótima e não segurou a pressão. Faltou gogó nessa apresentação.

Erik: Isso aqui foi pavoroso, tinha nem que ser mostrado meu pai. Nossa, estragou a música de um jeito que meu deus do céu. Sei nem o que comentar gente, eu odiei essa performance e é isso.

[#TeamKelly] Savanna Woods – “Black Hole Sun” by Soundgarden

Avalie a performance:


Vitor: DEU O NOME, DONA DO MUNDO! Que poder engajador, não consegui tirar o olho de Savanna nem por 1 minuto. Tem o que precisa pra vencer. Vou confessar também que amaria vê-la cantando “House of the Rising Sun”. Entregou tudo.

Davi: Eu gosto muito de Savanna, desde as blinds ela me impressiona com essa voz maravilhosa. E olha, hoje a bicha deu nome. Essa música valorizou muito a voz dela, e principalmente nas partes agudas. Ela realmente é uma força da natureza. Arrasou, Savanna!

Erik: DONAAAAAAAAAAA! Meu deus, que maravilhosa! Savanna é o tipo de act que precisamos pra sair da mesmice, olha essa apresentação gente. Pra mim foi muito boa, não senti ela nervosa, a música ótima e a performance nem se fala. É minha preferida pra ganhar essee embate mas se ficar entre ela e Carolina, estou feliz.

 

Escolha do Vitor: Não tem o que falar, realmente, as vencedoras morais aqui são Carolina e Savanna. Por questão de gosto pessoal mesmo, eu escolheria Carolina, mas Savanna também deu seu show.

Escolha do Davi: Olha, fiquei bem dividido com essa decisão aqui. Não sei quem escolher entre Carolina e Savanna, ambas são muito talentosas e arrasaram hoje. Qualquer uma das duas que passar vai me deixar feliz.

Escolha do Erik: Eu escolheria Savanna.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

É isso aí, meu povo. Por mais que o programa de hoje tenha sido extremamente corrido, deu pra a gente ver apresentações muito bacanas; diferente das batalhas, os KO’s não desapontaram, hahaha. Aqui abaixo segue um esqueminha de como os times se consolidam para os lives:

#TeamBlake: Anna Grace (steal), Cam Anthony, Jordan Matthew Young, Pete Mroz.

#TeamKelly: Corey Ward, Gihanna Zoë, Kenzie Wheeler, Zae Romeo (steal).

#TeamLegend: Pia Renee, Ryleigh Modig (steal), Victor Solomon, Zania Alaké.

#TeamNick: Andrew Marshall (steal), Dana Monique, Jose Figueroa Jr., Rachel Mac.

Por hoje é só, gente. Obrigado pela doce companhia de vocês! Lembrem-se que semana que vem teremos um programa de Road to the Liveshows, portanto, não teremos review por aqui. Nos vemos agora somente no Top #17. Por fim, não se esqueçam também de votarem nas enquetes, tá? ❤️

gostou da matéria? deixe um comentário!

Vitor Neves

Nordestino, do melhor estado: Alagoas. É técnico em informática. Gosta de maratonar séries e realities nas horas vagas. Ama ver audições aleatórias no YouTube. E também, às vezes, gosta de se aventurar na cozinha.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries