Posts Populares

The Voice US – S21E13 – The Knockouts, Part 3

E cá estamos nós da reta final das fases gravadas!

E cá estamos nós, terceira noite de Nocautes! Semana passada foi lenda, né? Eu acho que deu pra afirmar com tranquilidade que foi a melhor semana do programa até aqui, viu. E bem, por ter sido uma semana tão surpreendente, essa semana agora meio que ficou ao relento. Mesmo assim, ainda temos nomes muito bons pra acompanhar, vamo lá?

Mais uma vez usaremos as luvinhas, pra ilustrar de qual candidato gostamos mais em cada KO. Usaremos os nomes dos candidatos em cima de cada sticker, pra ficar mais fácil de entender. Os dois comentaristas e este reviewer que vos fala têm o direito a dar uma luva para cada apresentação, como sinal se gostou ou não. Pra ficar mais claro: o candidato que ganhar 3 luvinhas foi super amado por nós; o que ganhar ZERO luvinhas foi odiado. É simples e fica mais claro ao longo da review..

Hoje eu trago os comentários do Davi e do Leo, apertem os cintos, viu?!

KO #1: Team Legend
SAMARA BROWN vs SHADELE

Samara Brown – “The Best” by Tina Turner

Avalie a performance:


Luana: E teve lacre, viu! Eu achei a escolha da música meio que uma sabotagem, pra ser sincera. Mas sempre soube que Samara iria entregar tudo e um pouco mais! Não dá pra esperar menos da irmã da Amanda Brown, né mores? Samara conseguiu encontrar ótimos momentos para destacar sua voz e entregou um verdadeiro show! Acho que ela teria potencial para entregar algo muito mais grandioso? Claro, mas dada as circunstancias, eu acho que a lenda entregou tudo que pôde!

Leo: O que foi essa apresentação da Samara minha gente, tô em choque até agora e olhe que foi a prévia do episódio de hoje e eu não estou vendo essas prévias assim. A Samara foi bem demais e cantar Tina Turner não é para qualquer um não e olhe que essa música é extremamente difícil e a Samara não teve medo não, pegou o desafio e encarou ele com unhas e dentes. Ela foi perfeita.

Davi: É a lenda mesmo, viu?! Samara tem sido uma das melhores competidoras dessa temporada. Ela entregou uma blinda MUITO boa e simplesmente a melhor batalha da temporada. E aqui ela escolheu uma música LENDÁRIA! Sim, a apresentação apresentou problemas de afinação. Mas isso não me impediu de amar isso aqui. Vi muita gente pegando no pé dela por conta da afinação, mas essa música é gigante e muito difícil de executar. Foi lenda sim!

Shadale – “Impossible” by Shontelle

Avalie a performance:

Luana: Que isso? Eu não esperava menos da Shadale não, mas isso aqui foi lendário, viu! Eu já havia achado a música da Shadale milhões de vezes melhor que a da Samara, então ela já estava na vantagem. Mas de nada adianta uma música boa, se você não entregar na performance, né? Mas claro que teve de tudo aqui! Teve emoção, teve potência, teve entrega, teve VONTADE. Foi lindo de ver. Seria muito difícil decidir isso aqui, de qualquer maneira… Mas eu iria com a Shadale, pelo o que foi apresentado hoje!

Leo: O que falar dessa apresentação aqui, tô em choque até agora com o que a Shadale aprontou nesse palco, ela pegou uma música extremamente difícil e que por sinal está bem batida em programas musicais e conseguiu imprimir a sua versão na música, o que foi aquele final ali com aqueles runs maravilhosos e notas alongadas. FOI PERFEITO DEMAIS. Eu daria a vitória para a Shadale, mais a Samara foi perfeita demais.

Davi: Shadale foi cirúrgica aqui, ein?! Escolheu uma música perfeita para criar esse momento dela. Eu tinha curtido muito a vibe dela anteriormente, só não tinha entendido muito onde ela se encontrava na competição. Só que hoje ela foi icônica e, de longe, a apresentação mais emotiva e forte que ela fez. Ela acertou umas notas incríveis aqui e ali e ainda entregou muita emoção. Pensando em quem venceu a Knockout, eu confesso que não sei se conseguiria abrir mão de uma voz tão forte e com tanto potencial como a de Samara. Shadale fez uma apresentação belíssima, mas eu sou cadelinha de Samara e daria meu voto para ela.

SAMARA vs. SHADALE

VENCEDORA: SHADALE | COMEBACK: SAMARA BROWN

O embate, no papel, parecia mais difícil do que realmente foi, né? Para vocês verem como escolher uma boa música é fator mais do que crucial nessa fase dos Nocautes. Samara é uma vocalista e performer incrível, mas Shadale também é e conseguiu vencer esse embate, boa parte devido à songchoice! Fico feliz pela escolha do comeback do John ter sido a Samara, ela merece!

KO #2: Team Blake
LANA SCOTT vs CARSON PETERS

Lana Scott – “Wildest Dreams” by Taylor Swift

Avalie a performance:

Luana: Dava pra ver na cara da Lana, perto do fim da performance, que ela sabia que tinha acabado de entregar sua melhor apresentação no programa, né? Foi surpreendentemente bem bom! Sim, eu estou enjoada com a quantidade de músicas que são “tiktok hits” sendo cantadas no programa, mas Taylor Swift é Taylor Swift, né. Eu tinha minhas várias dúvidas antes de assistir, mas acho que Lana entregou seu melhor e foi super satisfatório, viu mores? Vai vencer o programa? Não vai… Mas foi legal.

Leo: lhe, não gostei da versão da música da Taylor Swift não, forçou demais ao colocar uma melodia country ali e a Lana até que tentou se sair bem e foi na medida do possível, porque não podia fazer muita coisa aqui né, é o famoso: é o que temos para hoje.

Davi: Nossa, que sabor foi ver essa rata surrando o 4 chair básico. Lana realmente chegou aqui totalmente desapercebida, só lembro da batalha dela por conta de Hailey. Mas olha, aqui ela escolheu uma música da loirinha e arrasou, viu? Mostrou muito mais de sua voz e entregou um trabalho bem interessante. Claro que ainda passa longe de ser minha torcida, mas foi muito saboroso ver essa menina chegando do nada e eliminando esse cotado que nem era pra estar aqui com esse hype todo.

Carson Peters – “Amarillo by Morning” by George Strait

Avalie a performance:

Luana: Forçou todo, né meu filho? Tudo que poderia dar errado nessa performance deu, viu! No início, eu pensei “hm, deve tá nervoso só”, mas Carson foi totalmente instável do começo ao fim. Talvez, a ideia de trazer o violino tenha atrapalhado, sei lá. Enfim… A performance de centavos. Sem muita disputa, vitória justíssima da Lana.

Leo: Que porre foi essa apresentação do Carson, Meu Deus do Céu, que coisa chata e linear foi essa aqui e não teve nada que se salvasse, a música só ficava na mesma palavra quase, a melodia também ficava na mesma porcaria e a única que se salvou e mesmo assim não esse primor todo, foi vê o Carson tocando violino, porque de resto foi tudo uma tremenda porcaria mesmo. Acho que a Lana Scott merece a vitória aqui e espero que surpreenda da próxima vez.

Davi: Gente, que coisa básica foi essa? Esse menino achou que ia tocar um instrumento diferente e avançaria só por isso? Isso sim é confiar na cota, viu… Olha, sem o que comentar aqui, o menino conseguiu fazer sua apresentação mais tediosa justamente na melhor fase do programa. Nas batalhas, eu lembro de até achar legal uns drives que ele fez, mas aqui foi absolutamente chato e sem graça. Lana engoliu ele nessa KO e venceu com tranquilidade.

LANA vs. CARSON

VENCEDORA: LANA SCOTT | ELIMINADO: CARSON PETERS

Ao me ver, foi o Nocaute mais fácil, até aqui. A Lana não entregou nenhuma obra-prima, mas o Carson realmente entregou uma arte do jardim infantil. Vitória mais do que justa, sem muito o que comentar e/ou contestar.

KO #3: Team Ariana
BELLA DENAPOLI vs KATHERINE ANN MOHLER

Bella DeNapoli – “Chandelier” by Sia

Avalie a performance:

Luana: Ai, não sei. Eu gosto muito da Bella, ela é uma das minhas favoritas da temporada, mas sei lá… Acho que a música pesou aqui, muito batida, muito cansada, né? Eu acho que ela serviu vocais e conexão, mas não pareceu algo marcante, né? Acho que ela precisaria de algo com mais impacto para se destacar na competição. Foi uma apresentação legal, mas que poderia ter sido melhor com uma música menos surrada.

Leo: Hum, então vamos lá. Achei que a versão que colocaram para a Bella foi certeira demais e ela soube se sair bem demais com essa versão intimista desse hit atemporal. Para mim a questão toda é que depois que o Jordan Smith destruiu com essa música nas audições lá em 2015, cantar essa música tem que ser melhor ou superior que ele. Portanto achei que a Bella foi bem.

Davi: Eita, meu pai amado. Bella é muito corajosa, viu? Escolheu uma música que já foi cantada bastante no programa, inclusive em vários arranjos diferentes. E ela ainda conseguiu deixar a música mais diferente ainda. O que aconteceu comigo aqui foi achar a voz de Bella muito “diferente” aqui. Eu achei muito ousado e executado com precisão, mas não sei se o timbre dela sustentou essa música.

Katherine Ann Mohler – “Poison” by Bell Biv DeVoe

Avalie a performance:

Luana: Se a Bella escolheu uma música super surrada, a Katherine foi na completa mão contrária, né? Eu nunca ouvi essa música na minha vida, logo, não tinha nada, nenhuma base para comparação. Assim, eu amei a vibe sapatônica disso aqui? Claro que sim, ainda mais que assisti “Garota Infernal” nesse Halloween a cena da Needy com a Jennifer está vivendo sem pagamento de aluguel na minha cabeça. Mas assim… Não foi perfeito, né? Senti Katherine meio insegura em alguns partes, e quando achei que ela iria completamente se jogar no fim da canção, ela meio que se segurou e acabou não impactando tanto. Eu achei um duelo parelho, mas senti mais garra e mais entrega na Bella. Por isso, eu optaria por seguir com Bella.

Leo: Não conhecia essa música e para uma primeira impressão gostei da versão que a Katherine trouxe nesse Knockout. Achei que ela conseguiu transmitir a música para a sua apresentação ali e foi bem. Não me recordo das outras apresentações dela, mais achei ela legal demais aqui e é isso. Para mim aqui houve empate.

Davi: Flopou, viu? Eu até gosto da voz da Katherine, mas essa escolha aqui não ornou com a voz dela não. A primeira parte da música eu achei até interessante, uma coisa mais grave. Mas a voz dela não conseguiu acompanhar o crescimento da música, infelizmente. Não consegui me conectar com ela e consequentemente não consegui gostar dessa apresentação. Eu avançaria com Bella aqui.

BELLA vs. KATHERINE

VENCEDORA: BELLA DENAPOLI| ELIMINADA: KATHERINE ANN MOHLER

Dava para imaginar que seria uma decisão difícil para Ariana, ainda mais que ela parecia gostar muito de ambas. Mas eu concordei com a escolha aqui, Bella me parece mais propensa a entregar algo grandioso.

KO #4: Team Kelly
JEREMY ROSADO vs XAVIER CORNELL

Jeremy Rosado – “Run to You” by Whitney Houston

Avalie a performance:

Luana: Ah, pelo amor de Deus, né véi?! Que coisa brega, que tortura assistir isso até o final. A música é um clássico e é linda? Sim, mas gente… Chega dessas coisas em realities, NINGUÉM AGUENTA MAIS. Ai, fico nem com vontade de comentar. Foi obviamente muito bom, vocalmente falando, mas chato demais, cara. Deu vontade de simplesmente pular esse embate.

Leo: É impressionante como eu fico chocado com os homens que cantam essa música perfeita da Whitney. O Jeremy tem ido muito bem durante a sua trajetória no programa, falando sobre a sua apresentação de hoje, achei que faltou uma explosão na real, ele foi muito bem durante a performance e entregou vocais consistentes. Gostei.

Davi: Simplesmente não reaja! Que isso? Todo mundo tenho o direito de sonhar em cantar Whitney, mas nem todo mundo consegue. Essa música já foi feita incrivelmente até no The Voice Kids Brasil e Jeremy vem me fazer isso? Não foi um desastre, mas para cantar essa música aqui exige um nível. E eu não acho que Jeremy conseguiu explorar esse nível. Ele teve problemas na parte mais alta da música e isso acabou por me decepcionar.

Xavier Cornell – “Falling Slowly” by Glen Hansard

Avalie a performance:

Luana: Consideravelmente mais fraco que o Jeremy, né? Mas em compensação, muito mais interessante. Eu sou absolutamente apaixonada por essa música, e acho que ela é muito pouco valorizada em realities! Xavier foi consistente e condizendo com a canção, mas foi simples. Mas como eu baseio minhas decisões majoritariamente no meu gosto pessoal, eu acho que Xavier me agradou mais que Jeremy. Eu avançaria o Xavier, por me parecer um artista mais interessante.

Leo: Olhe, gostei do que o Xavier trouxe aqui viu e olhe que cantar essa música é difícil, principalmente na parte do refrão que muda de tom várias vezes. O Xavier conseguiu passar por essa e ficou de boa, conseguiu subir durante a música com maestria e mostrar o seu talento. Gostei demais. Achei que o Xavier merece ganhar aqui.

Davi: A música escolhida perfeitamente. Nossa, com essa música dá pra entregar apresentações incríveis. O que definitivamente não aconteceu aqui. Xavier falou que ele vem do teatro musical e isso ficou bem visível aqui. Ele tem uma dificuldade enorme em terminar as frases cantando, sempre deixando a última palavra falada. Sem contar os outros deslizes vocais cometidos aqui. Voz bonita, mas muita coisa pra melhorar. Por falta de opção, eu avançaria com Jeremy.

JEREMY vs. XAVIER

VENCEDOR: JEREMY ROSADO | ELIMINADO: XAVIER CORNELL

Obviamente, eu compreendo perfeitamente a decisão da Kelly. Mas vamos ser sinceros? O que o Jeremy agrega à essa temporada? Quase nada, né. Não sei se o Xavier faria grande diferença também, mas pelo menos ele tentou parecer miniamente interessante e atrativo.

KO #5: Team Blake
BERRITT HAYNES vs PEEDY CHAVIS

Berritt Haynes – “I Swear” by John Michael Montgomerry

Avalie a performance:

Luana: O que foi isso que eu fui obrigada assistir?! Tenebroso, horrendo. Sem comentários. Como esse menino chegou até aqui eu não faço ideia, mas estou absolutamente satisfeita por ele estar indo embora. Show de horrores.

Leo: Deu para perceber que o Berritt estava nervoso e isso afetou toda a sua apresentação, até que mesmo nervoso ele foi bem na medida do possível. Eu lembro de já ter escutado essa música. Achei que o Berritt foi bem.

Davi: Esse menino já chegou aqui morto, ein? Foi combado nas duas fases anteriores e ainda foi contra um dos nomes que o Blake mais gosta. E olha, a apresentação foi curtinha e eu fiquei bem feliz por ter sido. A voz dele não me agrada e não me agradou nada nessa música. Inclusive me senti incomodado em vários momentos, porque pareceu que ele cantou fora de tom grande parte da música.

Peedy Chavis – “Unchain My Heart” by Joe Cocker

Avalie a performance:

Luana: O que foi isso? Nossa, eu tentei odiar isso aqui, mas foi muito engraçado. Esse menino parece que saiu diretamente do filme “Nos Tempos da Brilhantina”, eu fico em absoluto pânico. Na minha concepção, ele é a definição de “joke act” no The Voice. Eu não sei até que ponto ter alguém assim no Team Blake é inofensivo, porque aquele menino lá, Zach Seabaugh (alguma coisa assim) tinha uma vibe parecida e fez estrago mesmo sendo absolutamente mediocre. Enfim, eu avançaria o Peedy por motivos do Berritt nem ter tentado entregar algo minimamente decente.

Leo: QUE CHACOTA FOI ESSA AQUI GENTE. Meu Deus do Céu, isso aqui foi horrível demais. O Peedy desde das audições, está sempre querendo mostrar que quer ser o novo Elvis Presley, só que ele precisa comer muito arroz com feijão. Isso foi horrível demais, não tem nada para se salvar e o pior e mais engraçado foi ele tentando fazer as mesmas poses do Elvis. Foi horrível. Para mim, nenhum dos dois merece vencer aqui.

Davi: Ai gente, pelo menos esse aqui tem uma presença de palco interessante, né?! Peedy também teve parte da apresentação cortada, então não tivemos toda a extensão de tudo que ele fez. E sinceramente também não me importo. Vocalmente ele é bem fraquinho, não consegue ir muito além do que foi mostrado não. Mesmo assim, a apresentação dele ainda foi melhor que de seu adversário e eu avançaria com ele (Peedy) mesmo.

BERRITT vs. PEEDY

VENCEDOR: PEEDY CHAVIS | ELIMINADO: BERRITT HAYNES

É isso, amores. Peedy avançou unicamente por falta de opção e tá tudo bem.

KO #6: Team Ariana
JIM & SASHA ALLEN vs MANNY KEITH

Jim & Sasha Allen – “Home” by Edward Sharpe and the Magnetic Zeros

Avalie a performance:

Luana: Meu Deus, eu gostei?! Que isso, eu vim totalmente preparada pra odiar isso aqui. Achei fofo, viu? Acho que o Sasha se esforçou bastante para entregar algo legal, e o pai muito bonitinho, né? A gente, talvez eu seja mole, mas achei muito legal. Uma coisinha assim mais família e afins, fofinho.

Leo: E não é que essa dupla está indo bem demais e a história por trás dessa dupla é linda demais. Falando sobre essa apresentação de hoje, os dois foram demais e achei que os dois se destacaram em tudo. Achei a escolha da música correta demais para essa fase e foi isso aí. Gostei demais.

Davi: Vou tentar ser imparcial aqui, mas vai ser difícil porque eu AMO essa música. Minha alma Gleek chora toda vez que escuta essa música. Mas vamos lá, sobre essa apresentação…. Definitivamente foi o mais perto de me conectar com essa dupla que eu cheguei. Eles têm uma coisa bem especial sobre eles, principalmente quando Sasha toma frente da música. O que falta aqui, pra mim, é trabalhar harmonia e estrutura de apresentação. Por exemplo, uma coisa que Girl Named Tom consegue executar com perfeição é a estruturação da música, enquanto aqui eu sinto uma falta de preparo, mas um potencial enorme.

Manny Keith – “Golden” by Harry Styles

Avalie a performance:

Luana: Cansou, amado? Porque essa performance toda, eu fiquei com a sensação que o menino tava sem fôlego e prestes a ter um ataque de asma… Que nuance, meus amores. Não foi uma performance horrenda, mas foi bem qualquer coisa, viu. Enfim, não entregou o prometido. Eu avançaria Jim & Sasha Allen com facilidade.

Leo: Humm, não curte essa escolha de música para o Manny não viu. Achei que foi um tiro no pé escolher essa música para ele. Essa música tem a melodia pop e a voz do Manny se encaixa mais no soul/RnB. Ele tentou tirar leite de pedra e não conseguiu entregar uma boa apresentação não. Achei que o Jim & Sasha Allen foram os vencedores aqui.

Davi: Vai parecer que estou bem amargo hoje, mas isso aqui foi extremamente básico. Ainda mais pra alguém que batalhou com alguém como Wendy na rodada passada. Escolheu uma música totalmente off pra essa fase e, apesar de ter tentando umas notas ali no final, a apresentação ainda acabou por ser bem chata e nada memorável. Acho que a dupla venceu aqui por ter, pelo menos, mostrado um lado diferente aqui.

JIM & SASHA ALLEN vs. MANNY KEITH

VENCEDOR: JIM & SASHA ALLEN | ELIMINADO: MANNY KEITH

KO #7: Team Legend
JERSHIKA MAPLE vs PARIS WINNINGHAM

Jershika Maple – “Inseparable” by Natalie Cole

Avalie a performance:

Luana: Minha filha? Nossa senhora! Serviu classe, serviu vocais, serviu postura, serviu TUDO. Eu achei incrível, viu? Sei que temos muitas cantoras nessa vibe na temporada, mas Jershika entregou tudo aqui! Não sei como ela se sairá nas próximas fases, mas essa performance foi irretocável, muito profissional, cara!

Leo: O que foi esse último Knockout dessa temporada, simplesmente foi incrível demais todos os dois. A Jershika foi incrível demais e nem tem o que falar aqui, apenas enaltecer essa mulher, o que ela fez aqui não está no gibi não. Fico até sem palavras para escrever aqui. ELA FOI DEMAIS, DEMAIS E DEMAIS.

Davi: FINALMENTE OS REFRESCOS!! Eu simplesmente sou apaixonado pela voz de Jershika, mas estava sentindo falta dela fazer um momento pra ela. E olha, esse momento chegou e veio com muita força. Ela pegou uma música extremamente difícil pra cantar aqui e simplesmente entregou TUDO! O nível de execução aqui foi de outro patamar, gente. Simplesmente lendária!

Paris Winningham – “Tennessee Whiskey” by Chris Stapleton

Avalie a performance:

Luana: Nossa? Não gente, não tava esperando um lacre do nível da Jershika não. Eu não tô sabendo nem reagir, não tava esperando a qualidade altíssima desse Nocaute não, meus amores! Como decidir isso aqui? Eu tô em pânico. Eu não saberia o que fazer, juro a vocês. Pra mim, isso é um empate de altíssimo nível! Nenhum dos dois merece sair!

Leo: Cantar essa música já virou uma missão em todas as temporadas do The Voice. O Paris foi bem demais, mais acho que ele tremeu na base após a apresentação da Jershika, mais conseguiu entregar uma perfomance que venha a render bons frutos. Gostei. Preferi a Jershika aqui 1 milhão de vezes, porque ela foi a maior.

Davi: A música mais datada que tudo, meu pai amado. Não lembro de uma temporada recente que não tenham cantado essa música. Maaaaas, não dá pra negar a qualidade da apresentação de Paris. Ele tem como sua vantagem esse drive que ele aplica com facilidade e, nesse ponto, essa música favoreceu muito a voz dele. Foi uma apresentação muito forte, mas eu não conseguiria dar a vitória para outra pessoa que não fosse Jershika.

JERSHIKA vs. PARIS

VENCEDORA: JERSHIKA MAPLE | STEAL: PARIS WINNINGHAM (#TEAMBLAKE)

Que Nocaute de alto nível, minha gente! Eu não sei como o Legend encontrou forças dentro de si pra decidir isso aqui. Eu ficaria totalmente desesperada sem saber o que fazer. Mas fico feliz que ambos ainda estejam na competição, afinal, fizeram por merecer!

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Então é isso, amores! Esses foram os nossos Nocautes, satisfatórios até, né? Vale dizer que teremos o Voice Comeback, e o que é isso? Basicamente um wildcard, sabe. Os escolhidos de cada time foram: Samara Brown (#TeamLegend), Aaron Hines (#TeamKelly), Vaughn Mugol (#TeamAriana) e Hailey Green (#TeamBlake). Gostaram dos nomes?

E pra finalizar, esses são os times oficiais que estarão nos Playoffs da semana que vem, saca:

 

#TeamAriana: Bella DeNapoli, Holly Forbes (steal), Jim & Sasha Allen, Raquel Trinidad e Ryleigh Plank.

Minhas apostas para os lives shows são Holly, Bella e Ryleigh.

#TeamBlake: Lana Scott, LiBianca, Paris Winningham (steal), Peedy Chavis e Wendy Moten.

Apostas: Wendy, Peedy e Paris.

#TeamKelly: Girl Named Tom, Gymani, Hailey Mia, Jeremy Rosado, Katie Rae (steal).

Minhas apostas são Girl Named Tom, Hailey e Gymani.

#TeamLegend: David Vogel (steal), Jershika Maple, Joshua Vacanti, Samuel Harness e Shadale.

Apostas: Samuel, David e Shadale/Joshua.

 

Enfim, gente, é isso! Não esqueçam de votar na nossa enquete e até semana que vem!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Luana

Sinceramente, não sei mais há quanto tempo estou nesse site? Mas olha, faz um bom tempo! HAHA. Atualmente cuido mais de reviews de realities musicais, mas também faço meus corres nos seriados, porque a vida é isso aí! Tenho 24 anos, sou formada em rádio/tv/internet, e nas horas vagas vocês me encontram por aqui! ;)

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries