Posts Populares

The Voice US – S21E19 – Live Top 11 Performances

Para toda regra há uma exceção!

Olá, pessoal! Os live shows continuam no nosso The Voice US e finalmente chegamos ao #Top11!! Assim, hoje tivemos a Fan Week ou Noite dos Fãs aqui no nosso BR. Durante esta noite, os fãs escolhem as músicas para os artistas e geralmente esta é uma rodada bem ruim, justamente, pelos fãs não compreenderem o estilo dos acts e jogarem uma música incoerente para eles. Será que hoje se manterá essa maldição? Vamos conferir…

Para comentar comigo, hoje eu trouxe dois queridos do coração, são eles… a nossa boss suprema, Clarice; e o paneleiro Leo. Simbora?

[#TeamBlake] Wendy Moten – “Freeway of Love” by Aretha Franklin

Avalie a performance:


Vitor: Que divertido!! É muito bom ver a nossa Wendy de volta para os hinos do soul e gente… Que lacre foi esse com Aretha? Eu amei o pisão e, assim, volto a bater na tecla que vemos uma Wendy diferente daquela apresentada nas fases gravadas, sinto que falta um pouco daquela gritadeira maravilhosa das audições e dos ko’s, mas foi uma performance bem sólida pra abrir a noite! O entretenimento foi garantido!!

Clarice: Olhaaa, eu sinto muita falta da Wendy das fases gravadas e isso foi o mais próximo daquela Wendy que já estivemos. Amei a vibe da apresentação, mas ainda sigo achando que vocalmente ela está abaixo de tudo que já nos entregou. Foi ruim? Obviamente não, Wendy sempre é consistente e entrega bons vocais, mas hoje tentou fazer algo mais cool e mostrou que tem um jeitinho bem travado no palco, até pra interagir com as backing vocals foi algo engessado. Achei intrigante, viu!

Leonardo: Tô naquele sentimento da dúvida, não sei se eu gostei tanto assim da Wendy não e olhe que ela não está tão bem nesses lives, não. Acho que por conta das escolhas musicais mesmo, o que mais me admira nela é que ela chega ali e coloca a sua alma na apresentação e com isso sai uma coisa boa. Mais está faltando algo mesmo, acho que ela precisa de uma música que arrebate o coração dos americanos.

[#TeamKelly] Girl Named Tom – “More Hearts than Mine” by Ingrid Andress

Avalie a performance:


Vitor: Girl Named Tom aqui nos lives é aquela coisa… oito ou oitenta! Por aqui, vejo que o trio ainda segue pecando nas mesmas coisas, é uma cantora solo sólida acompanhada de bons backing vocals. Vocalmente, eu não vi defeitos, porém a interpretação foi extremamente chá de chuchu… eles passam a apresentação inteira sorrindo e há momentos que a gente quer ver entrega, quer ver algo além do básico. Então não consigo engolir… mesmo com farinha. 🗣️🗣️🗣️

Clarice: Olhaaaa, os meninos também cantam! Achei que eles só eram pagos pra harmonizar com a bonita e fazer figuração! hahahaha Vieram hoje com 3 instrumentos, trabalhando mais partes solos e harmonia. Isso combina muito mais com a proposta de um triozinho de irmãos. Que a menina tem um vozeirão isso já sabemos, mas não é justo só deixá-la em evidência e colocar os outros apenas nas harmonias. Apesar da música que não conhecia, achei a apresentação de hoje vocalmente melhor, mas sigo sem conseguir me conectar à eles, falta um TCHAM a mais.

Leonardo: Não consigo gostar desse trio gente, não sou obrigado a nada não. Aquela mesma situação das outras apresentações deles, a menina perfeita e acho que carrega o trio nas costas e hoje eles até conseguiram mostrar um pouco de cada um, mais não me desceu não viu. Foi bom, mais não foi aquele primor todo não.

[#TeamAriana] Holly Forbes – “Alone” by Heart

Avalie a performance:


Vitor: Que tiro foi esse? AAAAAAAA. Minha Holly segue servindo impecabilidade… Que voz é essa, gente? Muito poder, muito fogo… Eu amo. Tenho expectativas altíssimas para ela ser a finalista da Ariana, sobretudo, pela trajetória linda traçada até aqui… não teve uma única performance que ela desceu abaixo do esperado. Ledinha faz assim, não é mesmo? Foi um arraso e mesmo com uma música difícil ela cantou e encantou.

Clarice: Holly vem surpreendendo, viu! Essa música é um pisão e ela foi muito bem, amei o quanto ela alternou entre os graves e logo subiu o tom. E aquele rosnado?! Genteee… melhor apresentação dela até agora! Não sei quem escolheu a música, mas tá de parabéns pela ousadia! AMEEEEEEEI!

Leonardo: EU AMO ESSA MULHER DEMAIS. Gente a Holly arrasou demais hoje, o meu cristalzinho foi lindo, perfeito, entregou tudo e conseguiu se redimir com gosto, ela não tinha feito uma apresentação excelente na semana passada e hoje ela veio para rasgar a boca do balão, ahh gente eu fico sem palavras para essa mulher. Chego a ficar emocionado.

[#TeamLegend] Jershika Maple – “How Can I Ease the Pain” by Lisa Fischer

Avalie a performance:


Vitor: Primeiro de tudo… que estilo!! Eu amei o palco, amei o look. E que apresentação foi essaaaa? os fãs realmente foram com tudo hoje!! Só músicas de milhões e extremamente apropriadas para as vozes. A Jershika é uma das que mais desabrochou nos lives, servindo muita técnica e precisão cirúrgica. Na apresentação de hoje não foi diferente, ela brilhou mais uma vez. Chocou alguém? Pelos bastidores, a gente comentou hoje na redação o quanto essa mulher só surpreende e é muito verdade. Seguimos satisfeitos e atentos.

Clarice: Meu Deus, ela tava lindaaaaaa!!!! Adorei o cabelo, o figurino, o palco, essa vibe toda! Eu tô amando o quanto ela ta se destacando na competição, entregando apresentações babadeiras e melhorando mais e mais. E mais ainda por John não estar tombando a bonita com songs cliches! Jershika entregou tudo e mais um pouco, amei os notões e o tanto de controle que ela colocou na apresentação. Pisa menooooos!

Leonardo: Eita papai do céu, a Jershika arrasou de novo e mais uma vez. Gente eu juro que não ia dar nada para ela e ela vem mostrando toda a sua força nos lives de um jeito que eu fico orgulhoso só de vê. Hoje mais uma vez, uma música correta para a voz dela e ela entregou tudo e olhe que duas apresentações excelentes, assim uma atrás da outra, não via a muito tempo.

[#TeamBlake] Lana Scott – “I Hope” by Gabby Barrett

Avalie a performance:


Vitor: Aconteceu alguma coisa? ops eu cochilei. Lana, o que aconteceu com a rainha que serviu Wildest Dreams nos Knockouts? Ela morreu? Que ódio, gente. Claro que não foi uma apresentação ruim, mas também não foi nada memorável. Enfim, dispensa comentários… mais uma apresentação que não impressionou e de todos até agora esta foi a pior.

Clarice: Genteee, Lana foi completamente engolida pela banda! Nas partes que a banda não tava tocando, ela tava até que consistente, a música cheia de palavras e mega uptempo, mas a banda estava muito alta e ficou uma confusão só. Sinto falta ainda da Lana de antes, que entregava mais vocais, trabalhava mais o alcance, mas por ser a única country do programa, ela vestiu as botas, chapéu e se jogou no estilo de vez. Uma pena!

Leonardo: A Lana vem indo bem nos lives e continua naquele safe mesmo. Mas essa apresentação de hoje foi boa demais, gostei de voz dela nessa e olhe que não sou fã do country não viu. Achei ela com a voz bem colocada, as notas conseguiram sair tranquilas, ela foi hoje.

[#TeamLegend] Joshua Vacanti – “The Show Must Go On” by Queen

Avalie a performance:


Vitor: ESSE É O TEAM LEGEND, PESSOAL. Como assim ele cantou Queen e deu um show desse?? Simplesmente não reajam!! Joshua entregou sem dúvidas a pior batalha da temporada, mas desde o KO ele tem brilhado tanto que eu só consigo achar aquela batalha um surto e indissociável a ele. Tô muito feliz pelo número de hoje… foi uma apresentação poderosa, divertida e que não deixou a desejar de forma nenhuma. Milhões!

Clarice: Legendando o episódio passado (aloo Grupo Sub Voice, um beijo!) foi bem legal ver o jeito que Joshua fala de seu passado no teatro, ainda mais vindo de NY. Até comentei com os migos paneleiros que Ben Platt era demais a cara do Joshua por ter toda essa bagagem de Broadway. Mas olhaaa, Queen é algo que não tava esperando MESMOOOO! E o que ele fez? Trouxe toda vibe teatral pra música e botou o gogó pra jogo! E posso falar? Eu gostei! Amo gritadeiros em geral e Joshua foi me conquistando aos pouquinhos, fazendo hoje sua melhor apresentação. Babado, viu!

Leonardo: Fiquei naquela coisa ali do gostei ou não gostei. Porque cantar Queen já é arriscado para uma pessoa que a voz e Joshua já tinha mostrado isso lá nas audições. Já aqui hoje, a voz dele ao meu ver deu algumas falhadas, mas ele conseguiu alcançar as notas altas e longas da canção.

[#TeamKelly] Jeremy Rosado – “Reckless Love” by Cory Asbury

Avalie a performance:


Vitor: Que chatice… socorro!! 🗣️🗣️ Os meninos falaram isso na semana passada e é impossível não retomar, gente, é impossível se conectar com alguma coisa que esse homem canta. Não é que ele cante mal ou que falte emoção para as músicas, mas o estilo dele não encanta, não o destaca entre os demais. Hoje eu achei que continuou faltando tompero e enfim… o flop veio novamente.

Clarice: Olhaaa, a apresentação de hoje foi bem difícil, viu! O começo foi bem tenso, achei que fosse nervosismo, mas depois continuou a mesma coisa pífia. Encoberto pela banda em alguns momentos, subtonando em outros, foi algo bem mais ou menos e abaixo do que ele vinha entregando. Jeremy já tá fazendo hora extra na competição, porque pode até cantar certinho, mas tenho a impressão de que é mais do mesmo.

Leonardo: Vamos de apelação tour and gospel card. Eu não consigo gostar do Jeremy, já estou achando ele arrastado demais aqui no programa e já deveria ter saído nos Playoffs, mais não aconteceu isso. E hoje ele apelou para as irmãs da igreja e angariar votos. Foi bem, achei nada demais e surpreendente.

[#TeamKelly] Gymani – “Diamonds” by Rihanna

Avalie a performance:


Vitor: Gymani servindo o que ela entregou na blind, uma mudança questionável no arranjo da música e claro que eu achei totalmente desnecessário como sempre. Pra mim, foi uma destruição do ritmo padrão do hino e se ela queria impressionar com isso… não rolou. Ainda que tenham alguns breves momentos legais, eu não comprei de jeito nenhum esse surto.

Clarice: A RAINHAAAA QUE NÃO É VALORIZADA PELA AMÉRICA! Gy fez um novo arranjo do hit da ex cantora Rihanna, eu amei o início mais intimista e preferi que tivesse ficado assim ao invés daquele breve trecho uptempo. Mas amei mesmo a parte que ela desceu do palquinho e se alongou numas notas, se soltando um pouco mais. Dona, né mores?!

Leonardo: Hum, a escolha da Gymani foi batida demais e olhe que Diamonds é até uma música boa, porém tem que ser cantada a altura mesmo e não abaixo do esperado, que foi o que aconteceu com a Gymani aqui. Achei ela extremamente básica e não me surpreendeu em nada.

[#TeamAriana] Jim & Sasha Allen – “Have You Ever Seen the Rain” by Creedence Clearwater Revival

Avalie a performance:


Vitor: Eu amei, gente HAHAHAHA. Uma vibe bem sertaneja com esse palco… Sasha como sempre um show de carisma e desta vez eu sinto que ele não precisou carregar o pai. GLÓRIA. A song ainda que muito batida, mas não decepcionou de jeito nenhum na voz deles. Divertido!

Clarice: Eu amo a energia do Sasha… ele no palco é muito engraçado de ver, ele é nitidamente alguém que tá curtindo esse tempo no The Voice, mas paralelamente a isso, eu não consigo gostar das apresentações deles, ainda que sejam vocalmente bacanas. Eles têm vozem ok, harmonizam bonitinho, mas falta a parte da conexão. Acho tudo muito picolé de chuchu…

Leonardo: Não achei nada demais nessa apresentação da dupla viu. Já achei eles bem básico na apresentação passada, não deveria ter passado pelo o público e contrariado todo mundo, eles passaram pelo voto. E hoje foi a mesma coisa, não vi nada de diferente e é isso.

[#TeamBlake] Paris Winningham – “Use Me” by Bill Withers

Avalie a performance:


Vitor: Voltamos a história da semana passada… Paris segue como um vocalista impossível de ignorar, muito poderoso, talentoso e que domina tudo, mas é cada surto de song, umas músicas sem apelo nenhum. Creio que para buscar um espaço nas próximas fases da competição será necessário conseguir achar esse match, justamente, porque tem muita gente boa e cada vez mais balanceada nesse quesito.

Clarice: Paris tem a grande capacidade de pegar músicas que valorizam seus próprios vocais e sabe a hora certa de soltar os improvisos, rosnados, voz cheia, falsete. Um artista completo, viu! Artista, viu mores! E aos poucos, de modo discretinho, Paris tá se tornando o artistam ais forte do Team Blake, viu! Lana segue numa decadência sem dó e Wendy entregando menos do que estávamos acostumados a ver, Paris vem no sentido oposto entregando apresentações mega consistentes, ousando e segurando a marimba. Gostei, viu!

Leonardo: Ahhhh esse Paris, tem momentos que a gente fica cabisbaixo e em outros momentos, a gente fica alegre pelas as apresentações dele. Hoje eu fiquei alegre, gostei demais do que ele trouxe para o palco, trouxe técnica e voz e conseguiu fazer várias coisas na apresentação, até mesmo um grave perfeito ali.

[#TeamKelly] Hailey Mia – “Elastic Heart” by Sia

Avalie a performance:


Vitor: MINHA HAILEY FINALMENTE RECEBENDO O RECONHECIMENTO QUE MERECE. AAAAAAAA, gente eu tô histérico com essa apresentação. Como essa novinha tá linda… cabelo, roupa, tudo coerente. Sobre a apresentação em si, foi a entrega dos mimos né? pelo amor de deus, a Hailey cresceu muito desde o KO, eu fico muito impressionado, justamente, com o espaço que ela alcançou na competição. Eu não a notei na blind, nem na battle, mas puts, ela só cresceu desde então. Fico muito feliz por ela e reafirmo o quanto gosto de como a Kelly conduz as novinhas na competição. Cantou e encantou!!

Clarice: Hailey no pimp??? Olha elaaaa! E parecendo uma princesinha, iti maliaaa! Amei o arranjo com violão e cordas, numa vibe mais intimista, destacando puramente os vocais da Hailey, que oscilou de momentos mais suaves pra outros mais altos. Cristalzinho demais! Toda emocionada no final, foi bem lindinho!

Leonardo: Oh Minha Gente, como não gostar dessa apresentação da Hailey? ainda bem que ela veio com essa música nessa noite e dessa forma mais intimista. Ela foi precisa e cirúrgica em todas as notas e logo no início da apresentação largou logo uma nota afinada.

E é com esta apresentação lindíssima da nossa baby que finalizamos por aqui. Esta foi uma Fan Week abaladora de preceitos que deixou muita gente de queixo caído!! Várias apresentações boas e inesperadas, mas que também acompanhadas de algumas mais preguiçosas. Enfim, amanhã retornaremos para fechar esse #Top11 e conferir quem avançou para a próxima etapa dos Live Shows. Não se esqueçam de votar na nossa enquete. Um abraço e até amanhã!!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Vitor Neves

Nordestino, do melhor estado: Alagoas. É técnico em informática. Gosta de maratonar séries e realities nas horas vagas. Ama ver audições aleatórias no YouTube. E também, às vezes, gosta de se aventurar na cozinha.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries