Posts Populares

This Is Us – S03E04 – Vietnam

Entendendo Jack Pearson.

Jack sempre foi um homem maravilhoso e com certeza um dos mais admiráveis do mundo das séries, seu jeito protetor e a sua imagem de porto seguro sempre foi algo que nos cativou desde o primeiro episódio. Com o passar do tempo nós vimos que as coisas não foram tão fáceis pra Jack e agora no quarto episódio nós realmente podemos ver um pouco do seu passado e história. Toda esse instinto de proteção do Jack nada mais é do que resultado de uma infância difícil com um pai violento e um irmão mais novo frágil que precisava de sua ajuda. Por muitas vezes Jack e seu irmão presenciou o seu pai agredindo sua mãe e a série toca num ponto muito importante e de grande relevancia, principalmente aqui no Brasil onde o feminicídio e a violência contra a mulher é algo tão recorrente. A série acertou em cheio ao retratar o quadro da mãe amorosa que aceita os mau tratos de seu marido que tenta proteger os filhos a todo custo, na maioria das vezes nesses casos as vítimas são sempre apegadas ao que o violentador foi na passado, ela fica presa ao fato dele não ser assim no início do relacionamento e pensa que um dia ele irá mudar, só que essa muda nunca acontece. Algo também muito importante de se pensar e que pelo menos comigo esse episódio me fez observar foi; hoje, mesmo com todas as leis que ampra a mulher e a livra do seu violentador esse crimes contra a mesma ainda é tão grande, imagina em uma época onde a mulher era vista como um objeto de casa que não tinha direito de se expressar ou opinar? Eu penso que nessa época homem ser violento e abusivo era muito mais comum e aceitável. Enfim… esse foi o lar que Jack e seu irmão cresceram ele sempre sendo o herói do irmão impedindo que qualquer coisa o acontecesse. Até que ele foi chamado pra a guerra e Jack já não tinha mais o que fazer.

Entre uma cena e outra a série mostrou realmente que o pai de Jack não era violento, porem, não mostrou como ele se tornou aquilo e vimos também que seu pai não era alguém tão dócil. O que me surpreendeu mesmo é que o pai de Jack antes me lembrou muito ele quando Jack foi pai e isso não é louco? Quer dizer… Jack tem muito do seu pai dentro dele e eu espero que a série desenvolva isso de uma forma inteligente e delicada como ela sempre faz.

Nós entendemos o fato de Jack ter ido pra guerra porque era muito duro pra ele imaginar seu irmãozinho tão frágil em um lugar onde a morte é algo provável e que não poderia ser evitada. Jack se oferece pra ir á guerra e ficar mais perto de seu irmão, mesmo que eles não ficassem juntos, só de estar perto ou no mesmo mundo bastava para ele. Como soldado Jack foi admirável e lutou bravamente ao lado de se batalhão e quando pôde ele foi enfim visitar o seu irmão e ver de perto como ele estava.

O episódio termina com o encontro dos dois e é algo muito emocionante porque o irmão de Jack nos cativa desde de criança e quando ele vai pra guerra, me lembrou muito a saga de Jogos vorazes quando Katniss se oferece como tributo pra salvar a sua irmã, foi assim com Jack também, ele não precisava estar ali, presenciar a morte e perder seus amigos de guerra mas ele foi por seu irmão, pra que de alguma forma ele entendesse que Jack sempre estaria com ele, até na guerra.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries