Posts Populares

This Is Us – S04E02 – The Pool: Part Two

A minha missão nesse mundo é enaltecer e proteger os Pearson!

No primeiro episódio da 4ª temporada, conhecemos diversas personagens novas que irão fazer parte do universo dos Pearsons e de This Is Us se juntando ao nosso amado elenco, nesse episódio o foco foi os nossos tão adorados Pearson. O episódio foi tão singelo, simples e bonito, justamente do jeitinho que é o que nos cativa com essa série, tô errada? Tantos momentos representativos, diálogos que disseram tanto com tão pouco e momentos tão significativos para entendermos cada vez mais essas personagens.
Uma coisa que achei bem interessante foi a forma como retrataram a adolescência sem ser daquela forma genérica de que todo adolescente se rebela, trata os pais mal e como se tivessem questões “irrelevantes”. Nesse episódio, os autores mostraram como a adolescência é uma fase complicada emocionalmente – e, ouso dizer, talvez a fase mais complicada em relação às inseguranças, medos, ansiedades – e que cada um vai vivê-la de uma forma, já que cada pessoa tem suas questões e dilemas. Começando pelos flashbacks de Jack e Rebecca com Kevin, Kate e Randall adolescentes, mostrou eles se adaptando à nova fase dos filhos e tentando respeitar o espaço de cada um deles e eu só sei admirar não só essa família, da forma como eles lidam com cada situação, como educaram os filhos e como Jack e Rebecca se completam, como um ensina ao outro. Casal modelo faz assim né mores? Falando dos adolescentes mais especificamente, vimos os 3 tentando se encaixar da melhor forma no “mundo” e cada um com seu jeito de lidar: Kate se juntando às meninas mais populares da escola que, pareciam finalmente, estarem sendo legais com ela; Randall criando laços com os amigos negros, que é onde ele sempre se sentiu mais livre e Kevin tentando se encaixar nesse grupo de amigos de irmão, mas agindo de uma forma nada legal tentando desmerecer o irmão para se sobressair. No fim de tudo, vimos que Randall consegue finalmente falar o que tava sentindo levando ele a refletir sobre a questão de ser uma boa pessoa ou não, Kate vendo que as meninas não eram tão boas assim, mas descobrindo que causa paixões por aí que ela mesma desconhecia e por fim, os 3 acabam se juntando à família sem expor tudo que viveram, mas com um novo tipo de olhar. Eu achei essa abordagem da adolescência simplesmente definidora e apresentada de uma forma perfeita, para dizer o mínimo. Eu só queria ser uma Pearson, é pedir demais?

Agora, vamos falar do presente que foi nada mais do que essa família perfeita que Randall e Beth vem criando. Cara, a cena final deles subindo aquelas escadas e comemorando cada um da sua forma, interagindo e unidos juntamente com a trilha sonora falando sobre ser pai foi simplesmente a minha cena preferida do episódio todo e tão, mas tão significativa que olha, só sei amar <333333
A preocupação excessiva do Randall, os medos de Beth refletidos na Tess, o contraste do olhar da criança sobre a vida representado através da lindinha Annie e os medos de cada um deles sendo colocados pra fora antes dessa subida nas escadas, mostrou bem a diferença de cada fase da vida e que nem por isso, uma preocupação/medo é menos do que o outro. É tentar se ajustar ao outro da melhor forma, assim como Randall fez com Deja e o apoio necessário que Beth deu à Tess.
Outra coisa linda de se ver foi à família se adaptando à condição de Jack, a força que Kate vem mostrando e a mãe maravilhosa que vem sendo a cada dia pro seu filho. KaToby é só mais um daqueles casais que se completam como estamos acostumados ver em This Is Us, não é mesmo? A preocupação dele com a Kate fingindo de forte pra aguentar a barra pelo filho e pela família e pela certa culpa que ela sente pelo filho ser cego, como ela mesma desabafou com Kevin, o Toby gastando suas preocupações e energias na academia, preservando aquele momento dele para reorganizar os pensamentos e se manter firme. E juntamente com isso, Kevin lutando para se manter sóbrio, bem e começando a construir uma relação mais forte com o sobrinho. Mais uma vez, mostrou como o entrosamento entre ele e Kate é lindo e como eles se ouvem e se cuidam, foi só ela reforçar para ele ir gravar o filme que ele decidiu ir, foi só com ele que ela desabafou sobre se sentir culpada e deu pra ver nos olhos dela a emoção de ouvir dele o quão maravilhosa ela é como mãe.
Eu simplesmente AMO uma série e só sei amar mais e mais e enaltecer. É isto.

E vocês, o que acharam do episódio? Comentem aí as observações de vocês 😉

gostou da matéria? deixe um comentário!

Caroline Azevedo

Seriadora de carteirinha. Shipper de plantão. Friendsmaníaca. Viciada em música. Feminista. Meu sonho é ser uma Sense8 e me dividir em várias partes para conhecer esse mundão afora, tudo ao mesmo tempo, agora.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries