Posts Populares

This Is Us – S04E04 – Flip The Coin

O que você realmente quer para a sua vida?

Esse episódio teve bastante encontro com os flashbacks, vimos mais um momento da vida dos Pearson após a morte de Jack e o incêndio da casa, Randall e Beth dando mais um passo para o início da sua história e vimos também como Kevin começou no programa que o fez tão famoso, “The Manny”. Todas essas histórias retratadas nos flashbacks mostraram o que fazemos ou estamos dispostos a fazer quando realmente queremos algo ou quando a vida muda bruscamente e somos obrigados a parar, pensar e seguir na direção que queremos como foi o caso de Rebecca e Kate após a morte de Jack. Aquela conversa que Rebecca tem com Carol, mãe de Beth, lá na faculdade onde ela e Randall estudavam foi o ponto chave para ela resolver fazer o mesmo que Carol estava fazendo, abrir um novo capítulo da sua vida após a morte de Jack, por mais doloroso que fosse. Achei muito bonita a referência que Carol faz com os livros, que seu ex-marido tanto gostava porque é justamente assim, um dia a gente pára e se dá conta para onde estamos seguindo e para onde queremos seguir. O mesmo foi com Kate, que tava de luto em casa, saía pouco e foi à loja de CDs, conheceu aquele funcionário e conseguiu um emprego inesperadamente e em um lugar que respira música, que sempre foi a paixão dela e será justamente isso uma das coisas que vai ajudá-la a seguir em frente após a morte do pai. Achei tão bonito ver a relação dela com Rebecca se estreitar e elas estarem passando por aquele momento juntas, dançando e se fortalecendo, é tão representativo.
E o que dizer de Randall e Beth, né? Foi só Carol dizer que gostava de Randall, mas não via nele a força que ela achava que Beth necessitava que Beth percebeu que ele era justamente quem a via de verdade e tudo através de um pequeno detalhe, do limão com a Coca Cola. E aí ela resolveu dar uma chance de verdade a ele, achei tão bonitinho ele dizendo para ela que ela não fazia ideia do tanto que ele observava dela, affff <3
E para fechar a sessão flashbacks, tivemos Kevin revivendo seus primeiros momentos no programa “The Manny” que ele recebeu a noticia que chegaria ao fim. Foi justamente através dessas lembranças que deu pra perceber que o sonho da vida dele nunca foi realmente atuar e que foi mais por um acaso do destino do que outra coisa e, no final, notamos que ele leva muito jeito com crianças, porque foi o único que conseguiu acalmar o bebê no set, sendo que ele tinha acabado de dizer à Kate justamente que queria casar, cuidar dos seus filhos e não realmente que aquele programa piloto desse certo. No fundo, Kevin sempre foi um romântico incurável, mas nunca deixou esse lado falar mais alto, mas agora resolveu começar a assumir suas verdadeiras vontades e desejos. Por falar nele, eu tô curtindo muito a amizade que ele e Cassidy começaram a construir e tenho certeza absoluta que eles vão acabar se envolvendo e vai ser justamente com ela que ele vai realizar esse sonho de ter uma família, inclusive o filho dele que foi mostrado no final da 3ª temporada, acho que a mãe é justamente ela, tudo indica que sim, não é? Acho que eles tiveram uma química boa desde então.

Falando do presente, vimos Kate e Toby passarem por mais um momento meio tenso entre os dois onde eles discutiram por conta da forma como Jack foi conduzido pra aula de música e ela acabou falando pra ele que ele não tem estado tão presente quanto ela na vida do filho, eu realmente odeio vê-los discutindo e temo pela relação deles porque os acho perfeitos demais para não ficarem juntos para sempre e nesse caso, entendi o lado dos dois. Tanto Toby tava certo que Jack tem que ir acostumando com os sons do mundo de uma forma lenta, como Kate tem razão que tem certas coisas que ela conhece do filho que nem sempre Toby conhece. E aí veio aquela cena linda deles três na praia, fazendo com que ele reconhecesse os sons do mundo da forma mais gostosa possível, muito lindos sim, meu pai!
E por fim, achei tão importante e lindo a forma como Randall apoiou Beth na inauguração do centro de dança dela, como estava ao lado dela em todas as situações e, finalmente, se impôs com Carol fazendo ela perceber depois de tantos anos o homem e parceiro forte que ele é e como é justamente ele que é e sempre foi a pessoa para estar ao lado dela. Gostei muito desse apoio incondicional dele porque mostrou o quanto ele refletiu e mudou em relação à temporada passada, meu casal está vivíssimo, mores! A cena deles dançando um pro outro longe foi maravilhosa demais sim senhores *-*
Com certeza não foi à toa que a história dos dois foi mostrada junto com o nascimento da história de Deja e Malik, sendo que Malik tem esse grande impacto na vida que é ser um pai adolescente, acho que isso ainda vai dar muito pano pra manga e acho que a família Pearson vai ser bem significativa nesse aspecto.

Eu to muito empolgada para ver o que mais será mostrado em relação a cada coisa que nos foi mostrada até agora, nossas personagens tão queridas estão passando por mudanças muito importantes, algumas dolorosas e outras lindas ou talvez as duas coisas juntas. Quero muito ver como foi importante desde o começo o Jack ter contato com a música, que o tornou o grande artista que é no futuro, quero ver que rumo a vida de Kevin vai tomar agora que foi morar perto do tio, quero ver o desenrolar da história dele com Cassidy, Malik com Deja e os Pearson e muito mais. E vocês? Me contem aí!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Caroline Azevedo

Seriadora de carteirinha. Shipper de plantão. Friendsmaníaca. Viciada em música. Feminista. Meu sonho é ser uma Sense8 e me dividir em várias partes para conhecer esse mundão afora, tudo ao mesmo tempo, agora.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries