Posts Populares

This is us – S04E08 – Sorry

A vida e suas complicações

Hábitos talvez seja a coisa mais complexa que compõe o ser humano, pois, somos compostos por uma rotina e uma repetição de ações que estão cravadas em nossa memória. This is us sempre trazem questões do dia a dia e que podem estar presentes em qualquer família, inclusive você que lê essa review possa sofrer com algumas dessas questões abordadas na série. Rebecca é uma dos personagens muito explorado no passado, na verdade ela é um personagem do núcleo de flashbacks da série, e a sua ausência no presente sempre foi algo que incomodou, mas, não a ponto de estragar a série, era como se estivesse faltando algo para trazer esse personagem em evidência no presente de seus filhos e eu acho que isso veio agora. A série nos faz entender que Rebecca pode estar sofrendo com um principio de alzheimer e o que me levou a pensar nisso foi a constante necessidade que ela tinha de fotografar tudo o tempo todo, soou como uma espécie de lembrete e eu acho que isso vai afetar e muito suas relações, porque depois da morte de Jack, ela se tornou a medula da família e mesmo os filhos tendo suas restrições e algumas mágoas silenciosas sem ela o emocional deles se torna um nada. Uma coisa que foi muito assertivo na série foi eles atrelarem Randall a essa crise de Rebecca, pois, vamos ter um pouco mais do laço que foi construído com os dois e perceber o que ele herdou dela, porque Randall é o que mais se parece com Jack de todos os filhos.

Com o passar do tempo nós vamos percebendo e notando as camadas de cada personagem dessa história e quando nós pensamos que já conhecemos cada indivíduo que compõe a série, somos surpreendidos com mais uma camada. Kevin é um desses personagens cheio de camadas surpreedentes e que vai sempre nos levar a um sentimento diferente. Ele e Kassidy é um dos muitos acertos dessa temporada, pois, ela encaixou como uma luva nessa nova fase da vida dele e trouxe novas cores para que ele pudesse aprender a lidar com isso. Kevin nunca foi muito bom em lidar com problemas e agora a coisa mais próxima que ele tinha de família era seu tio com sérios problemas emocionais. A associação que o Kevin fazia ao seu pai toda vez que o Nicky brigava com ele só reforçava a necessidade que ele tinha de se conectar algo mais sólido e com alguém que fosse mais duro com ele e não passasse a mão pela sua cabeça compreendendo seus erros.

Um dos conflitos muito interessantes e que tem me cativado todo episódio é como Randall e Beth tem lidado com Deja. A menina assim como Randall foi adotada pelo casal, mas ao contrário dele, ela teve uma vida antes deles e muitos traumas colecionados. Acho que esse conflito de tentar construir uma nova perspectiva para alguém que tinha uma realidade de vida totalmente diferente daquela que você tem oferecido é muito delicada, porque Beth quer que Deja a veja como a mãe dela, porém, a imagem da sua mãe biológica ainda é muito forte na memória da garota. Para Randall é mais fácil, porque ela não tem uma imagem de pai para comprar, porém, precisa apreender que nem todo pai é igual ao que ela teve. Quando ela revela o desejo de reencontrar sua mãe biológica, Beth precisa decidir entre alimentar suas inseguranças ou tentar viver com o passado de sua filha.

A série tem tido uma temporada muito coerente com o que vem oferecendo ao telespectador e o dom de trazer a pessoa para dentro da história ainda é latente em cada episódio. Os problemas e questões levantadas em cada episódio faz com que você questione qual seria sua reação ou atitude em determinadas situações. This is us se firma a cada temporada como uma série simples, bonita e que tem como missão nos ensinar a sermos seres humanos melhores.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries