Posts Populares

This Is Us – S04E10 – Light and Shadows

Um episódio como só This Is Us sabe fazer.

Antes de escrever a review, fui olhar por aí os comentários sobre o episódio e várias pessoas diziam o mesmo: quando eu penso que This Is Us não tem mais como me surpreender, eles vão lá e me provam o contrário. E eu tava pensando algo bem parecido com isso e comparando não só com as séries que assisto atualmente, mas como com as que já assisti, concluindo que conto nos dedos as séries que mantém esse tom emocional, surpreendente e com um combo artístico (roteiro, direção, elenco, fotografia, etc) primoroso. Essa série é claramente uma das melhores que já assisti e digo isso com tranquilidade, esse episódio só veio para comprovar isso. Os paralelos entre os flashbacks do início do relacionamento de Jack e Rebecca com ela descobrindo que sofre de uma doença cognitiva neurológica, a busca de Kevin pelo verdadeiro amor e quebrando a cara mais uma vez, a crise no casamento de KaToby e a descoberta deles como pais que Jack pode enxergar sombras, foi tudo construído daquela forma que só eles sabem fazer, onde tudo acaba tendo uma ligação no fim.

Vou começar falando de Kevin que não sei o que tem que shippo ele até com a parede rs. Quando eu vi que ele tinha se interessado pela personagem da Sophia Bush, fiquei torcendo muito pra que aquele romance fosse muito em frente porque eu adoro a Sophia, mas desde a primeira vez que ela falou que era a mãe dela no telefone, já captei que tinha algum babado no meio e que ela fosse comprometida, bingo! Porém, bastou apenas um episódio pra que Kevin e Lizzy fossem shippáveis e pelo que me lembro, não tem uma única mulher que não shippei ele junto hahaha. Atualmente, eu tenho estado numa torcida grande por ele e pela Cassidy, mas quando vi que a Sophie ligou no final, meu coração deu uma balançada porque eu shippava demais os dois, o jeito é esperar pra ver quem é afinal que ele casou e teve filho, mas sinto que eles vão segurar essa informação até ó último episódio da temporada e a gente que lute! O Kevin é um dos meus maiores orgulhos da série, evoluiu tanto, mudou tanto a vida e ele que era o meu menos preferido dos 3, atualmente gosto tanto quanto Randall e Kate.

Quem vem me preocupando e muito é Kate e Toby. O casamento deles claramente está em crise e a cada dia é uma informação nova que vai se juntando, no episódio anterior a Kate assinou o papel com Kate Pearson, no fim da temporada passada Toby chegou separado e deu a entender que eles podiam estar separados, afff tenso viu? Eu não tô preparada para a separação de KaToby não e eu espero, de verdade, que eles estejam enganando a gente assim como fizeram com Beth e Randall que superaram a crise e estão na mais perfeita harmonia atualmente. Desde o início, deu pra perceber que Toby se entristecia com a questão do Jack ser cego e ele foi arrumando formas de não pensar nisso e isso só foi o afastando de Kate e agora chegamos aonde chegamos. A cena da Kate descobrindo que o Jack tava tentando alcançar as luzes e gritando o Toby, eles curtindo aquele momento com ele foi muito lindinha, mas quando Kate sentiu de novo o baque do que Toby disse pra ela foi triste e preocupante de se ver. Ai roteiristas salvem meu KaToby, por favor!

E por fim, vamos falar do momento mais emocionante do episódio que foi Rebecca descobrindo que tem uma doença cognitiva neurológica e pelo que tudo indica é Alzheimer, já que sabemos pelos flash forwards que a doença dela vai evoluir. Me deu um pouquinho de ranço do Miguel que ficou de mimimi porque o Randall quis acompanhar a mãe ao médico, querendo se convencer de que era um problema da velhice, mas no final quando eles sabem o diagnóstico, assume que tinha notado sim os esquecimentos e confusões dela, ou seja, ficou de puro ciuminho porque Randall quis acompanhar e se não fosse ele, Rebecca nem ia saber inicialmente que tinha algum problema. Eu gosto do Miguel e tal, mas é muito difícil conseguir se apegar a ele ainda mais em um episódio que revivemos Jack e Rebecca em um momento tão fofinho que foi a reconciliação deles. Achei tão interessante o diálogo da mãe da Rebecca com ela, o fato dela ser sincera com a filha porque viu que ela amava de verdade o Jack e estava sofrendo porque eles terminaram, acho que foi uma das poucas vezes que ela fez algo que preste né? rsE lá no finzinho, ela não precisou dizer nada na cena dela de frente ao espelho no presente porque ficou claro que ela tava relembrando a história dela com o Jack e com medo de que fosse esquecer aquilo e juntou com ele dizendo lá no passado “Eu te amo, nunca se esqueça tá?”, aquilo ali foi destruidor né? Ai This Is Us, por que me matou? :'(

Mas o fim mesmo ficou por conta daquele gancho tensíssimo de Randall encontrando aquele homem dentro de casa. Quem diabos será aquele homem, meu pai? Será que realmente entrou alguém dentro da casa ou é algo da cabeça do Randall?

Comentem abaixo o que acharam do episódio, suas opiniões porque tô curiosa pra saber!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Caroline Azevedo

Seriadora de carteirinha. Shipper de plantão. Friendsmaníaca. Viciada em música. Feminista. Meu sonho é ser uma Sense8 e me dividir em várias partes para conhecer esse mundão afora, tudo ao mesmo tempo, agora.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries