Posts Populares

This is us – S05E09 – The Ride

E o que vem depois?

O nascimento de uma criança sem sombra de dúvidas é um acontecimento transformador na vida de uma família e sem sombra de dúvidas a experiência mais única para uma mulher. Tá… Mas e depois que a magia do ato de nascer passa, o que sobra? É isso que This is us vai nos mostrar nesse episódio. O que vem depois do nascimento. E se você assim como eu estava sentindo falta da interação de histórias entre os personagens, esse episódio foi um prato cheio! Tivemos Jack e Becca tentando lidar com o luto da perca de uma filho, a adoção de outro e a adaptação de levar três crianças para casa sem o suporte do hospital. Jack como sempre tentava mostrar para Rebecca que eles dariam um jeito em tudo e que não há espaço para o medo porque um tinha o outro. E mesmo que ele tivesse fraquejado por um instante, ele ainda estava ali sendo o suporte que Rebecca precisava para passar por tudo aquilo. A cena deles ficando no carro para não acordar às crianças é simplesmente tudo para mim.

Na outra mão do episódio temos Kevin que começa a se sentir inseguro e estressado com toda essa responsabilidade de cuidar dos bebês somente ele e Madison e como se não fosse o bastante, ele ainda tinha que lidar com o assédio da mídia que não o deixava em paz. Kevin colocou sobre ele a pressão de ser como o pai foi e esqueceu de parar um pouco, respirar, olhar para o lado e ver que não estava sozinho, que ser um bom pai nunca esteve relacionado em uma jornada pessoal em ser um super herói perfeito para todos, mas consistia em parceira, compreensão e trabalho mutuo entre ele e Madison que cumpria um excelente papel com as crianças e com Kevin.

Já Randall e Beth enveredam por um caminho muito diferente de Rebecca e Jack Kevin e Madison. Os dois são ótimos juntos, se complementam e trabalha um em função do outro para o melhor resultado para as suas filhas, o conflito entre eles na verdade foi a necessidade de Randall encontrar sentido na sua origem e querer que sua árvore genealógica seja ramificada de forma que ele não teve a dele, ou seja, dar a suas filhas uma história, uma origem para que elas se reconheçam e saibam de onde vieram.

Já Kate… Tem se provado ser a mais forte entre todos da família Pearson’s. A forma como ela se manteve firme na decisão de adotar sua filha e de dar para ela um lar, mostrou para Toby como ela poderia ser inabalável independente da situação, mesmo quando ele perde o emprego e fica sem saber o que fazer ou até mesmo quando a mãe biológica de Hayley decide que não quer mais ter contato com a filha. Kate viu o sofrimento de Randall de perto e sabia que não queria aquilo para filha dela, ela quer que a menina saiba de onde veio e ela vai fazer com isso aconteça, porque no fim, Kate é inabalável.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries