Posts Populares

This Is Us – S04E01 – Strangers [Season Premiere]

Se essa não for a melhor série da atualidade eu não sei qual é!

Um dia desses eu estava tentando entender o porque de This is us conquistar tanto as pessoas sem ter uma trama fantasiosa ou mostrar algo que as pessoas não tem mas almejam. E eu entendi que a magia de This is us está na sensibilidade em que ela conta a sua história, a ótica que a série passa para o telespectador e os envolve é algo único! Desde a sua fotografia até o texto impecável, This is us nunca deixou a desejar e sempre entregou boas histórias sem apelações ou truques.

Quando eu vi o título do episódio não imaginei que seria algo tão inteligente, nós já estávamos habituados com a premissa dos conflitos familiares e das alternanças entre passado e presente, então eu meio que já esperava algo nesse aspecto para essa temporada e o título me fez pensar que talvez acompanhássemos uma crise no casamento de Rebecca e Jack, só que não! O episódio nos apresentou a pessoa realmente estranhas que mais tarde fariam todo sentido. Eu passei boa parte do episódio tentando decifrar aquelas pessoas e a que mundo elas iriam pertencer. Conhecemos Malik, um menino super jovem entre os 15/17 anos que parece ter uma boa relação com todos onde mora e já nos cativa de imediato, a relação dele com os pais foi um ponto muito forte nessa apresentação, a cumplicidade entre eles emocionava muito e como se Malik não pudesse ficar mais interessante… Ele é o pai de uma linda bebezinha que por algum motivo ainda desconhecido mora com ele e a mãe é uma peça fora do quebra-cabeça. O episódio abordou a forma como Malik vem ganhando responsabilidade para cuidar de sua filha e talvez essa cobrança de ter que suprir as necessidades da garotinha, faça com ele acabe se metendo em confusão.

Também conhecemos Cassidy, uma ex militar que coleciona alguns traumas e um casamento um tanto quanto abalado. Muito do que vimos dela foi de sua experiência em campo e da culpa que ela carrega por ser responsável pelas mortes de alguns amigos que estavam com ela. As marcas dessa guerra e das perdas em sua vida fez com ela desenvolvesse um vicio em bebidas e tivesse algumas alucinações. Só que em uma dessas alucinações e percas em seus pensamentos, Cassidy acaba agredindo o filho sem querer.

O mais intrigante e curioso até então era o homem cego que não sabíamos o nome mas que era muito, muito cativante. O cara era tão maravilhoso que eu cheguei a duvidar se ele era realmente cego ou se estava apenas querendo conquistar a garçonete kkkk.

E no decorrer de tudo isso, tivemos o nosso casal favorito da vida. Jack e Rebecca no inicio de tudo e conhecendo os pais dela. Jack é simples, sem muitas aspirações e com uma vida difícil de ser engolida por muita gente, seu jeito simples de ser e de ver as coisas é sem dúvidas a sua principal qualidade, para Jack nada é tão difícil que não possa ser feito. Ele queria estar com Rebecca e fazer parte do mundo dela que é totalmente diferente do dele, não o intimidava nenhum pouco e muito menos fazia com que ele quisesse mostrar ser aquilo que ele não era. Se fossem gostar dele, iriam gostar pelo o que ele é; um cara simples com uma família desfuncional mas que seria o melhor homem possível para Rebecca.

E talvez assim como eu você esteja se perguntando onde estão nosso trio favorito? Pois bem… Kev, Kate e Randall aparecem bem no final do episódio para colar tudo isso que foi construído até aqui. Rendall de mudança para uma vida nova vai levar os caminhos de deja diretamente aos de Malik e ver o desenrolar dessa história vai ser muito interessante. Cassidy teve uma pedra atirada na sua janela graças ao irmão de Jack que deu o número de Kev a policia para que ele pagasse sua fiança e teremos mais uma trama interessante de ver por aqui. Agora… vocês lembram do Cego que não sabíamos o nome? Então, ele é ninguém mais, ninguém menos que Jackson Damon, filho de Kate e Tob e nele vemos um pouco de cada carctéristica marcante dos Pearsons, ele tem o dom da música da Kate e Rebecca, o Charme do Jack e do Kev, o humor de Tob e a inteligência e sensibilidade do Rendall. Ou seja, Jack tem tudo para ser o nosso cristal da temporada.

O episódio termina nos mostrando como ficamos desconfortáveis com o desconhecido mesmo que no final eles tragam gratas surpresas. Todo tempo em fiquei muito incomodado porque os meus personagens não estavam ali, eram pessoas que eu não conhecia, que não faziam parte daquela história e traziam algo totalmente desconhecido para mim. Eles se apresentaram para o público e nos mostrou como o novo pode ser bom.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries