Posts Populares

Titans – S01E04 – Doom Patrol

A Patrulha do Destino!

Como disse no texto anterior estava bem na cara que seria esse o momento que Gar (Mutano) seria finalmente introduzido ao grupo. E o encontro veio logo quando Rachel estava em fuga pela floresta sem rumo e destino, ele encontra a garota ainda quando está em sua forma de tigre e a amizade iniciada no Playland segue firme.

Sabemos que a série diferente de quadrinhos/desenho animados tem recursos e tempo limitado e com isso desculpas bobas e simples são utilizadas para criar momentos e laços. Gar assim decide ajudar Raven e a leva para uma mansão cheia de esquisitices.

Logo de cara somos introduzidos ao que podemos chamar de quarto de Gary, cheio de games, doces e referências ao passado como uma comédia freak de 1948 que nos introduzem ao que viria a frente. O primeiro freak que encontramos é o cuidadoso e gentil Homem Robótico que tem certo apreço pelas ordens do chefe e não queria que Gar tivesse trazido Rachel até ali.

A segunda introdução foi magnífica com a entrada do Homen Negativo que conhecemos como Larry na série. O cara está cozinhando loucamente ao som de “Thunderstruck” do AC/DC e está simplesmente arrasando. Rachel entra e é interceptada pelo Homem Robótico, rola um papo e após uma seríssima votação eles decidem por ela permanecer para o jantar.

No jantar somos introduzidos a Rita (conhecida como Mulher Elástico) a última dos freaks integrantes da Patrulha do Destino que vivem naquela casa e que tem um passado sombrio e cheio de sofrimento. Rita faz um prato delicioso e que poderia alimentar todos ali na mesa e comenta sobre sua dieta calórica, após ela começa a mostrar sua real forma e Rachel ao tocá-la tira seu medo e diz que ela não tem problemas com isso.

Aliás ponto importante esse, começamos a ter ideia da real magnitude dos poderes de Rachel que envolveram a cura, tirar o medo além do alcance explosivo e destrutivo até então. O último integrante da família chega de surpresa e é chamado de Chefe, que descobrimos ser um médico.

O mesmo médico que na introdução aparece injetando em Garfield uma solução verde direto nas veias e o salvando de uma doença no Congo entra na sala anunciando que eles tem uma nova paciente. Essa nova paciente levou um banho de nitrogênio líquido e está a beira da morte, ele começa seu tratamento e Rachel acaba ajudando com seus poderes e curando a moça de certa forma.

Enquanto tudo isso rolava vemos o desenvolver da relação entre Estelar e Dick que agora soa mais natural do que de costume. Os personagens acabam se envolvendo com uma testemunha que acaba sendo surrada por Dick em frente a uma criança e ele só foi parado por Estelar que viu a criança olhando. Dick Grayson vem se mostrando um vigilante sem limites quando o assunto é violência e ele disse a ela que teve problemas na infância.. fica evidente que isso vai ser um ponto a ser trabalhado na sua saga como um dos integrantes dos Titans.

O desenvolvimento final que uniu todos envolveu uma ação do Doutor louco que dirigia a casa quando ele diz que pode ajudar Rachel. Ele a leva a uma sala e a deixa toda amarrada, mesmo com uma última tentativa já com margens de arrependimento de Gar ajudá-la ele consegue neutralizar o titã restando a ela depender de seus poderes.

E a cena final foi linda minha gente, Raven explode e com seus poderes consegue simplesmente levantar o cara no ar, joga-lo contra as paredes e o neutralizar. O final envolveu um pequeno confronto entre a Patrulha e Dick e Estelar, ele acaba conseguindo lembrar Rachel de quem ela é e diferente do episódio anterior onde ele disse a ela que ela teria que resolver tudo sozinha mostra a ela que ela não precisa lidar com tudo isso sozinha, ela tem agora amigos que podem ajudá-lá a entender e canalizar seus poderes.

O final nós traz os quatro titans entrando no carro e iniciando sua jornada como um time, toda a cena foi feita ao som da música “We’ll Meet Again” de Frank Sinatra nós dando uma dica que não foi a última vez que vimos essa Patrulha Estranha do Destino.

O saldo final foi muito positivo! Titãns segue me surpreendendo e deixando uma ótima impressão! O grande ponto negativo são os efeitos especiais que envolvem Garfield/Mutano até aqui. O ponto positivo são as atuações de Brenton Thwaites como Robin/Dick Grayson, Anna Diop como Estelar e Teagan Croft como Ravena.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

A indie/gótica do @PanelaDeSéries! Paulista, canceriano, 27 anos de dores na coluna, faço Doutorado em Biotecnologia e vivendo pelo mundo. Me chama para beber @ e vamos falar de série, falar de Imagine Dragons e Lana Del Rey, falar de signos, falar de ciência e xingar os fascistas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries