Posts Populares

Vikings – S05E16 – The Budha

Pós-batalha com tendência ao fiasco cheio de agitação para um episódio com nome que remete à tranquilidade.

Ainda há pouco tava falando sobre a grande produção que Vikings é e se tornou, sem contar que isso é o que claramente vem sustentando a presença forte da série no espaço televisivo, bem como os personagens e a diversidade de momentos icônicos que foram responsáveis por deixarem a marca dela na legião de fãs que ainda a acompanham. Atualmente a trama, infelizmente, talvez devido à diversidade de personagens, a produção não soube dar conta e escrever um bom material que fosse suficiente para manter um ritmo semelhante e todos fôssemos abastecidos com ótimos plots, e não ter alguns núcleos baseados em puro enchimento de linguiça.

Não sei se vocês perceberam, mas a estória do bastardo com sangue nórdico se repete em Wessex, e dessa vez ainda mais forte e com um par inesperado. Talvez a produção tenha gostado tanto dessa ideia que dessa vez fez bem por debaixo dos panos, é uma pena que dessa vez fiquei meio subjetivo de que não dará para trabalhar muito bem isso na trama, já que ela será finalizada na próxima temporada e não se sabe ainda o tema do spin-off que está sendo produzido. De resto fico meio em dúvida sobre o interesse dos produtores em dar destaque a Wessex ainda, não vou mentir em ter achado um pouco cagado algumas decisões, mas espero que as consequências sejam positivas. Judith pisa muito e admiro sua ousadia, mas fiquei balançado dessa vez, pois ela botou a jogo talvez seu maior suporte no combate à rebelião.

O sumiço de Lagertha é outra coisa que foi tão questionado, mas de repente percebemos que só queriam tirá-la de cena de algum jeito, assim como fizeram com Rollo anteriormente, ela vai acabar voltando só em momentos de necessidade ou talvez no fim da temporada de uma forma bem chocante, vai saber né? Por outro lado, os produtores nem buscaram ser pacientes e já fizeram grandes mudanças, provocando alguns avanços inesperados na trama, ao menos do meu ponto de vista, e isso digo pelas novas alianças firmadas que podem tender a uma instabilidade, já que os nórdicos agora vivem num mix de emoções perante aos que estão do seu lado, tanto em York, quando em Kattegat.

Dito isso, e com Floki e seus seguidores enrolados como sempre, temos que falar sobre dois personagens que tenho como relevantes e alocados em Kattegat, Freydis e Hvisterk. A antiga escrava de Ivar hoje se consagra como uma das vilãs mais perversas que pude ver em cena na série até o momento, e não gostaria que ela fosse menos ousada, ainda mais por vermos todos os bastidores e sabermos a chacota que o boneless é, sendo vocês fãs dele ou não. Já Hvisterk vem chamando a minha atenção por ter uma espontaneidade e curiosidade em conhecer o que é novo e diferente, essa parece ser a nova proposta dos produtores para com ele e algo herdado do seu pai, ainda mais porque não suporto mais o irmão dele falando leseira e se vangloriando como deus o tempo todo. Torço para que hajam grandes cenas para ambos, imagina que louco se Hvisterk fosse cúmplice de Freydis todo esse tempo? Sigo atentíssimo, ainda mais por saber que teremos grandes embates e mortes de importantes personagens daqui para o fim desta temporada.

No mais, convido-os para assistirem ao vídeo promocional do próximo episódio, compartilharem suas opiniões sobre este episódio e/ou da review e, se possível, darem dicas, sugestões ou falarem suas perspectivas para o desfecho da temporada, pois tudo é bem vindo. Espero encontrá-los em breve, abração e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries