Posts Populares

Vikings – S06E05 – The Key

Contraditório mesmo é ver o episódio, avaliado com menor nota, ter sido o mais bem avaliado por mim, isto tratando-se apenas da atual temporada.

Sou do tipo de pessoa que ama enxergar questões sociais e o quanto isso influencia em relações interpessoais, e acabei por imaginar como se davam os acontecimentos na época em que se passa o seriado, e comecei a perceber a preocupação da produção em nos assegurar de rumos interessantes e com caráter que descreve bem a evolução histórica dos nórdicos, ainda mais filosoficamente falando.

Finalmente voltei a perceber que Vikings é, de fato, um bom drama, mas infelizmente não passa sua mensagem da forma mais acessível, é preciso parar e pensar no contexto histórico e social para entender a importância dos últimos acontecimentos da série. Sendo assim, inicio falando sobre o núcleo russo. Em Kiev, Oleg consagra-se novamente como a melhor adição ao elenco na temporada, de longe! E o cara chega a ser tão calculista que toda aquela revelação foi projetada por ele, do momento em que falava sobre títulos falsos (evidenciei por parecer ter sido uma dica), à introdução de Katya. Por mais intenso que tenha sido, fico me perguntando como poderia ser possível uma noiva aparecer do nada e ser idêntica a Freydis. Sinceramente, se a mesma não for uma visão ou algo do além, vou continuar a pensar que algo assim só é possível na ficção mesmo, falo isso esperando por possíveis reviravoltas atreladas a isso. De resto aqui, só acho o sotaque de Igor algo bem característico e marcante, e só a falta de conhecimento para justificar Ivar pensar que Katya é Freydis, acabei inclusive percebendo que não me recordo de ter visto gêmeas antes no seriado.

Vivia me perguntando sobre a relevância de Hvisterk na trama atualmente e, agora, vejo a exploração dos efeitos visuais e mentais das substâncias alucinógenas. Do vidente ao metamorfo, a poesia em demonstrar que todas as figuras presentes nas alucinações do filho de Ragnar são, na verdade, representações visuais frutos do seu subconsciente atreladas ao seu sentimental. Thora em chamas está ligada à perda do grande amor, o vidente ao direcionamento para um possível objetivo e o metamorfo ao seu maior medo. Conclui-se então a força que ainda há em Hvisterk em viver e procurar superar seus desafios, só que, para isso acontecer, ele necessita se curar da dor que foi perder Thora nas mãos de um irmão que certa vez escolheu apoiar.

Lagertha e Gunnhild com maestria no contexto de empoderamento feminino é uma delícia de se ver em cena. Visando atender ao público que sempre contempla esse fator em uma estória, que poderia tender a possuir apenas homens em destaque, Vikings acaba mostrando a força que ainda pode ter e tamanha mensagem vem sendo relatada nos pequenos detalhes. Seja pela liderança de Lagertha, pela ousadia de Gunnhild, ou simplesmente pelo acolhimento das moças que se sentiam celebradas ao ver outras escudeiras independentes. Ainda fico a me perguntar se a ligação para a visão dessa última ter acontecido está em carregar um filho de Bjorn, uma vez que Hali também era. Ainda em Kattegat, pontuo novamente o quão positivo tenho visto o amadurecimento de Ubbe e Torvi, principalmente ela relatando o amor por Bjorn. Os acordos mercantilistas em pauta é outro ponto positivo, no entanto, a tristeza já bate em imaginar como reagirão à morte de Hali.

No núcleo onde encontra-se Olaf, Bjorn e Harald aconteceu um dos eventos históricos mais importantes para o fortalecimento da ideia de estado para a época. Podemos ver também a forte relação com o clero por intermédio da influência e o cerimonialismo. Mas tudo só cheira a uma possível revolução interna contra Bjorn e isso me parece uma boa forma de explorar e desenvolver conteúdo para a série no momento.

Com tudo aqui apresentado, prevejo algo positivo para os próximos episódios, ainda mais diante do potencial que temos e as boas sacadas que a produção tem dado durante as últimas temporadas. Gostaria inclusive de partilhar minha satisfação em sentir que escrevi uma boa review e aproveito para convidar-lhes a compartilharem suas opiniões ou até mesmo dicas, sejam sobre a série, review ou do site. A seguir temos os vídeos promocionais do próximo episódio, agradeço por nos acompanharem e até a próxima!!!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries